Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

06
Jun 17

UK-Election-2015.jpg

UK Elections

 

Com as eleições marcadas para a próxima quinta-feira (dia 8) as últimas projeções apontam para uma vitória dos Conservadores mas perdendo bastantes lugares para os Trabalhistas;

 

Ou noutra hipótese apesar de tudo possível mas certamente surpreendente (pelo terramoto político que provocaria agora que está em curso o Brexit sob o comando de Theresa May) para a vitória dos Trabalhistas e do seu tão contestado líder Jeremy Corbin.

 

Com o partido Escocês a poder ter um papel importante a desempenhar (no desenlace deste enredo).

 

General Election 2017:

Conservative poll lead over Labour narrows to just one point

 

Corbyn-and-May-small_trans_NvBQzQNjv4BqqVzuuqpFlyL

Theresa May (Tories) VS. Jeremy Corbin (Labour)

 

The Conservative lead over Labour has dropped to just one point in a new poll which is likely to set nerves jangling at Tory headquarters with polling day now just hours away.

 

The Tories were 24 points ahead of Jeremy Corbyn’s party when the election was called but the polls have tightened in recent weeks with a new survey by Survation for Good Morning Britain putting the Conservatives on 41 per cent and Labour on 40.

 

(imagens: cmegroup.com/telegraph.co.uk - texto/inglês: J. M./telegraph.co.uk/6.6.2017)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:36

[Depois do de Obama]

 

Mais tardiamente e com menos impacto que Obama em 2013

(3 meses depois de eleito, com um meteoro)

Trump demorou cerca de 6 meses para dar o sinal a Putin

(com 2 tempestades meteorológicas no ano de 2017)

 

Deadly storm kills at least 1, injures 3 in Russia

(rt.com)

 

R1.jpg

 

Para quem ainda se lembra da eleição de Barack Obama para um segundo mandato como Presidente dos EUA (6 Novembro 2012), também se poderá recordar que aproximadamente 3 meses depois (15 Fevereiro 2013) e de novo com Vladimir Putin como Presidente (Maio 2012), a cidade russa de Cheliavinsk foi fortemente abalada pela explosão de um meteoro com cerca de 17 metros de diâmetro, o qual ao atravessar a atmosfera e desintegrar-se provocou uma forte onda de choque originando diversos danos materiais e cerca de 1200 feridos. Libertando uma energia de 500Kt (muito superior à bomba nuclear de Hiroshima).

 

R3.jpg

 

No passado dia 8 Novembro 2016 com o sucessor de Barack Obama a ser eleito como 45º Presidente dos EUA na pessoa do bilionário e Republicano Donald Trump e se tiverem estado com atenção a tudo o que se tem vindo a passar ora no Espaço (com BO) ora no Tempo (com DT), verificando-se rapidamente e sem necessidade de recorrer a grande esforço que no caso de Donald Trump o Evento que o terá precedido, ter-se-á concretizado um pouco mais tarde e sob a forma Meteorológica: com 2 grandes tempestades, uma a 29 de Maio (Moscovo) e outra a 3 de Junho (Ecaterinburgo) ou seja cerca de 6 meses depois.

 

R4.jpg

 

Curiosamente dois Eventos que se relacionam e interligam tanto no remetente (os EUA) como no destinatário (Rússia), apesar do primeiro não ser o mesmo (antes Obama depois Trump) e do segundo se manter (Putin): com cada um dos dois últimos Presidentes norte-americanos partilhando no tempo o mesmo Presidente Russo, a curto ou mais extenso prazo e logo após a declaração de vitória, mostrando supremacia e total controlo do Mundo, atacassem os seus inimigos mas de uma forma Natural. E mostrando-lhes a linha vermelha a nunca tentar transpor (com devida antecipação).

 

(imagens: rt.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 10:40

Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
13
15
16

20
24

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO