Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

24
Ago 17

Enquanto pela Terra a sua raça dominante disfrutando do seu ecossistema e da proteção existente (oferecida entre outros pela atmosfera terrestre) se entretém a ver o seu excitante e exclusivo Eclipse (um Evento só para nós ainda-por-cima no nosso hemisfério e na estação do Verão), em Marte e sem proteção (e se tal tiver existido) e com o bom ambiente passado (à história ‒ hoje sem oxigénio e sem água) nada resta de relevante graças aos raios mortais.

 

1793ML0092500020702265E01_DXXX.jpg

 Um Antigo Leito Oceânico

Marte ‒ Curiosity Rover ‒ Sol 1793

(22 Março 2017)

 

Retrato de um mundo num passado provavelmente já bastante remoto (uns biliões de anos) podendo ter tido um percurso evolutivo em tudo idêntico ao nosso (planeta), mostrando a quem quer ver todos os indícios e até evidências de se estar perante terrenos não expostos (à atmosfera desse mundo) e anteriormente recobertos por grandes extensões líquidas (familiares) como os oceanos na Terra.

 

Com uma parte relevante da sua superfície sólida a estar submersa por um grande oceano líquido (comparativamente menor que o da Terra), provavelmente constituído por água e outros elementos como os minerais (por exemplo o sal) e talvez com movimento e até mesmo com vagas (podendo ser menores que as nossas), uma estrela também nossa (o Sol a acompanhar) e até ar respirável e suscetível de Vida.

 

Hoje dia 22 de Agosto de 2017 e conforme o dito retrato registado pelas câmaras a bordo do Rover Curiosity, com o cenário completamente reconvertido por sucessivas transformações ocorridas durante biliões de anos (esmagadoramente provocadas por interferências vindas do Espaço exterior, tendo na fila da frente os raios solares e cósmicos e ainda os impactos diretos), apresentando-nos o que aqui seria (hoje na Terra) o leito oceânico sem água.

 

(imagem: nasa.gov)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:00

Duas provas do circuito contando para o Ranking Mundial

(2ª e 3ª)

 

[No Paul Hunter Classic (masculino) com a curiosidade do suiço Alexander Ursenbacher ir participar na 1ª ronda desta prova; e da inglesa Reanne Evans ter igualmente garantido idêntica presença (nessa mesma ronda) ao derrotar o também inglês Imran Nisar (por 4-2) na 3ª e última ronda de qualificação (depois de já ter afastado o alemão Jan Eisenstein por 4-2 na 2ª ronda e o turco Soner Sari por 4-3 na 1ª ronda).]

 

599ed20ccd706e263f91ce9a.jpg

 Luca Brecel

(Bel/27ºRM)

 

Concluída a 4ª prova individual do Circuito Mundial de Snooker época 2017/18 (disputaram-se mais 2 por equipas) ‒ 2 não contando para o Ranking Mundial e 2 contando para o RM ‒ sucede-se um novo vencedor das 4 finais disputadas: depois de Ryan Day/Gal (Masters de Riga/RM), Neil Robertson/Aus (Masters de Hong Kong) e Kyren Wilson/RU (Jogos Mundiais), seguindo-se agora Luca Brecel/Bel ao vencer o Evergrande China Championship (contando para o RM). E com as provas por equipas a serem ganhas pela China (ao bater a Inglaterra no Mundial por Nações a 24) e pela Grã-Bretanha (ao vencer a China no Snooker Challenge a 2).

 

R

J1

N

F

J2

N

QF

Shaun

Murphy

Ing

5-2

Zhou

Yuelong

Chi

QF

Allister

Carter

Ing

5-2

Fergal

O’Brien

Irl

QF

Luca

Brecel

Bel

5-4

Ronnie O’Sullivan

Ing

QF

Li

Hang

Chi

5-3

Mark

Williams

Gal

MF

Shaun

Murphy

Ing

6-4

Allister

Carter

Ing

MF

Luca

Brecel

Bel

6-5

Li

Hang

Chi

F

Luca

Brecel

Bel

10-5

Shaun

Myrphy

Ing

Evergrande China Championship

(R: Ronda J: Jogador N: Nacionalidade F: Frame)

 

Iniciando-se de imediato o Clássico Paul Hunter com 291 jogadores inscritos e a decorrer na Alemanha entre 22 e 27 de Agosto (3ª prova da época a contar para o RM): terminando hoje a 3ª ronda de qualificação e iniciando-se amanhã a 1ª ronda da prova com os 64 sobreviventes. Numa prova cujo detentor do troféu é o inglês Mark Selby atual Campeão do Mundo e líder do Ranking Mundial. E apenas no mês de Setembro regressando o Mundial de Snooker com a disputa de 3 provas individuais, a primeira por convites (logo não contando para o RM) e as seguintes contando para o Ranking Mundial: World 6 Red (Tailândia), Open da Índia e Open Mundial (China) por esta ordem.

 

CR

J

N

RM

V

PMF

PQF

Ryan

Day

Gal

15

1

1

1

-

Luca

Brecel

Bel

27

1

1

1

Shaun

Murphy

Ing

8

0

1

1

-

Stephen Maguire

Esc

19

0

1

1

Com duas provas disputadas contando para o RM

(CR: Conjunto Resultados RM: Ranking Mundial V: Vitórias PMF: Presença Meia-Final PQF: Presença Quartos-Final)

 

Ainda neste mês de Agosto e tendo-se já iniciado (igualmente na Alemanha) decorrendo o Clássico Paul Hunter mas no sector feminino ‒ de 24 a 27 de Agosto, contando com a participação de 27 jogadoras e contando para o RM (feminino). Decorrendo de momento a 1ª fase com 25 jogadoras em prova disputando uma fase de grupos da qual sairão as 14 jogadoras que se juntarão a Ng On Yee/Chi (atual Campeã do Mundo, nº 2 do RM e detentora do troféu agora em disputa) e Reanne Evans/Ing (líder do Ranking Mundial) para os oitavos-de-final (num total de 16 apurados) a disputar esta sexta-feira (dia 25).

 

(imagem: dhnet.be)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 20:51

Agosto 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10

17

22
23



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO