Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

07
Fev 18

“Um rolamento é um dispositivo que permite o movimento relativo controlado entre duas ou mais partes. Serve para substituir a fricção de deslizamento entre as superfícies do eixo e da chumaceira por uma fricção de rolamento.” (wikipedia.org)

 

42-46205410.jpg__800x600_q85_crop.jpg

Multiversos

(e rolamentos)

 

Neste Grande Oceano onde existimos (o Universo) ancorados a ponto perdido e impercetível do mesmo (sendo esse ponto a Terra), deveremos tomar em consideração que para melhor o compreendermos e assim o interiorizarmos (fazendo efetivamente parte dele e como consequência usufruindo-o), teremos em primeiro lugar que assumir o nosso papel e função (da Terra e como tal do seu ser vivo, organizado e inteligente o Homem) nesta complexa estrutura e no elaborado mecanismo deste imenso Oceano

 

‒ Colocando de lado e de vez a nossa nunca abandonada Teoria Geocêntrica (centrada na Terra e no Homem e limitada pelo nascimento e pela morte)

 

E em segundo lugar (depois de verificado o primeiro ponto, com a assunção definitiva de que para se sobreviver, sendo obrigatório abandonar o lugar habitualmente referido como de partida) de nos adaptar ao leito (invólucro) que entre parâmetros infinitos tudo acolhe: e lhe dá forma, cor e vida como noutro Organismo Vivo (Universo Vivo) qualquer ‒ num conjunto de organismos (suspenso por acessórios) formando o seu próprio modelo (Corpo) provavelmente replicados e formando Multiversos.

 

(imagens: misteriosdouniverso.net e sciencedaily.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:53

[Em 06.02.2018]

 

Cumpridas 20 das provas incluídas no Circuito Mundial de Snooker época 2017/18 (13 individuais contando para o Ranking Mundial/RM, 5 individuais não contando para o RM e 2 por equipas), faltam-se ainda cumprir mais 8 provas (6 contando para o RM e 2 não contando para o RM) até se chegar a 21 de Abril data do início da prova final (da temporada): aquela que consagrará o novo Campeão do Mundo de Snooker (o Betfred World Championship).

 

Com a próxima prova a ser o Coral Shoot-Out (de 8/11 Fevereiro) contando para o RM.

 

DingLiang.jpg

China

Campeã do Mundo por Equipas

(com Ding Junhui e Liang Wenbo)

 

Coletivamente com a China a conquistar a Little Swan World Cup (um Campeonato do Mundo de Snooker coletivo/por países) ‒ com a sua equipa a ser formada por Ding Junhui e Liang Wenbo vencendo na Final a Inglaterra (com Judd Trump e Barry Hawkins) por 4-3; e com a Grã-Bretanha (Ronnie O´Sullivan, Mark Williams, Graeme Dott, Michael Holt e Joe Perry) a bater a China (com Ding Junhui, Liang Wenbo, Yan Bingtao, Zhao Xintong e Zhou Yuelong) e no CG CVB Snooker Challenge (um duelo a 2 entre os 2 principais blocos GB/China) por 26-9.

 

Individualmente e disputadas 18 provas (com 13 delas contando para o RM) com a performance dos jogadores (oito melhores) a ser a seguinte ‒ e indicando a fase atingida (Vitória/V, Final/F ou Meia-Final/MF):

 

J

N

RM

V

(13+5)

F

(13+5)

MF

(13+5)

Ronnie O’Sullivan

ING

2

3+0

0+2

-

Mark

Williams

GAL

7

2+1

-

1+0

Judd

Trump

ING

3

1+0

1+0

2+2

John

Higgins

ESC

5

1+0

-

2+2

Luca

Brecel

BEL

15

1+0

-

1+1

Ryan

Day

GAL

17

1+0

-

1+0

Neil

Robertson

AUS

13

1+1

-

-

Mark

Selby

ING

1

1+0

-

-

(J: Jogador N: Nacionalidade)

 

474023_1.jpg

Ronnie O’Sullivan/Mark Selby

Vice-Líder do RM e Líder da época/Campeão do Mundo e Líder do RM

(respetivamente)

 

Com as restantes 5 vitórias a serem distribuídas por (contando para o RM) Michael White (GAL) e Ding Junhui (CHI) e (não contando para o RM) Shaun Murphy (ING), Kyren Wilson (ING) e Mark Allen (NIRL). E com os jogadores com melhor aproveitamento (vitórias) a serem Ronnie O´Sullivan e Mark Williams/17%, seguidos de Neil Robertson/11%. De momento com a tabela indicando o Top 16 do Ranking Mundial a ser o indicado na tabela (seguinte):

 

RM

J

N

£ (X1000)

RM

J

N

£ (X1000)

1

Mark

Selby

ING

1419

9

Mark

Allen

NIRL

400

2

Ronnie O’Sullivan

ING

722

10

Marco

Fu

HK

373

3

Judd

Trump

ING

704

11

Stuart

Bingham

ING

328

4

Ding

Junhui

CHI

653

12

Allister

Carter

ING

328

5

John

Higgins

ESC

537

13

Neil

Robertson

AUS

322

6

Shaun

Murphy

ING

516

14

Kyren

Wilson

ING

314

7

Mark

Williams

GAL

430

15

Luca

Brecel

BEL

309

8

Barry

Hawkins

ING

402

16

Anthony

McGill

ESC

283

(£: Libras)

 

Neste mês de Fevereiro ainda se realizando 2 provas contando para o RM (14ª/15ª) e iniciando-se uma terceira (16ª igualmente contando p/RM), com Anthony McGill (14ª/Coral Shoot-Out), Barry Hawkins (15ª/GP Mundial) e Stuart Bingham (16ª/Open do País de Gales) a defenderem o respetivo troféu (conquistado em 2017).

 

(imagens: PA e WPBSA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:45

Fevereiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9


18
20
22

26


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO