Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

07
Mar 18

Com o Mau Tempo que se tem vindo a fazer sentir na região do Algarve a ter já provocado uma vítima grave (ainda hospitalizada em Faro) na cidade de Albufeira, com uma árvore a atingir (na segunda-feira da parte da manhã) uma senhora aí residente (professora reformada de mais de 60 anos), quando a mesma circulava a pé nos caminhos destinados a peões, rodeando a Câmara Municipal e o Tribunal.

 

IMG_3838.jpg

Albufeira

Próximo do parque de autocaravanas do Imortal

(04.03.2018)

 

Com a previsão meteorológica a apontar especialmente a partir da próxima sexta-feira (dia 9 de Março) para uma mudança (mais notória) nas condições do tempo ‒ de frio com alguns aguaceiros (fracos e pouco frequentes) para uma ligeira subida da temperatura mas acompanhada de forte precipitação e de trovoadas (e ventos em princípio moderados) ‒ os primeiros avisos meteorológicas dirigem-se para as primeiras regiões do país a serem afetadas pela chegada do mau tempo, com o mesmo a surgir a partir do litoral sul subindo progressivamente para norte (e podendo até nevar no ponto mais alto localizado na Serra da Estrela). No dia seguinte (sábado) e segundo as previsões meteorológicas podendo de novo surgir condições climatéricas já por nós bem conhecidas ‒ até pela sua proximidade no tempo (especialmente para quem vive na região do Algarve) ‒ com períodos de chuva que poderão ser mais intensos acompanhados por fortes rajadas de vento (ou outros fenómenos atmosféricos extremos como o serão os Tornados).

 

IMG_3841.jpg

Faro

Próximo das instalações desportivas do Farense

(07.03.2018)

 

Nada de comparável com o que têm vindo a suportar (igualmente nestes últimos tempos) os residentes na América do Norte, no caso particular dos EUA com tempestades surgindo e desenvolvendo-se no oceano Atlântico (num curto espaço de dias logo duas) e dirigindo-se para o nordeste do seu território, transportando consigo ventos fortes e frios e queda de neve intensa com rápida formação de gelo: e que apesar de se estar perante a maior potência Global e terra de Excecionais, já provocaram (para no caso da 1ª tempestade) vítimas mortais (9) e deixaram milhões sem energia elétrica (2). E no caso que mais diz respeito a quem habita o Algarve (tendo ultimamente sofrido os efeitos de 2 tornados) com a previsão meteorológica (do IPMA) a indicar para os próximos dias (8 a 16 de Março), céu mais ou menos encoberto, períodos de chuva (iniciais) a aguaceiros (por vezes e ao longo dos dias diminuindo ligeiramente a precipitação) e temperaturas variando entre 10⁰C/19⁰C (mínima/máxima). No fundo tudo normal desde que não surja de novo outro Fenómeno Meteorológico Extremo (como um Tornado ou uma Tromba de Água).

 

(imagens: PA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 20:22

No Final de Um Império

 

Com a recente publicação pela revista norte-americana FORBES (sediada em Nova Iorque e dedicada aos Negócios, às Finanças, à Economia) da Lista das Pessoas Mais Ricas do Planeta (integrando mais de 2200 milionários, mais de 70 países e onde um português/por Portugal ocupa a 382ª posição), é relativamente fácil numa rápida e primeira análise à lista agora editada, verificar quais os Sectores da Sociedade controlados atualmente pelos Novos Senhores do Mundo.

 

Amazon-CEO-Jeff-Bezos-is-now-the-richest-person-in

JEFF BEZOS

O Homem dos 3 Dígitos

(X 1 bilião)

 

No caso de alguns analistas portugueses (como poderá ser o caso da revista Exame/visão.sapo.pt/exame) o mais importante sendo descobrir quais os mais ricos (talvez só por isso/o dinheiro acumulado e para os escolher como modelos/neste caso com Jeff Bezos em 1º e no comando), desses os mais próximos de nós (em geral à procura dos seus podres para se poder dizer mal deles e por inveja arredá-los/neste caso estando a caída em desgraça Isabel dos Santos em 924º lugar) e já agora a nossa posição Neste Mundo (avaliando o nosso índice fálico conforme o seu movimento em altura/neste caso com a viúva de Américo Amorim em 382º lugar) e futuras hipóteses e possibilidades (de penetração) ‒ considerando que o Presidente da maior potência do Mundo (os EUA) aparece apenas em 766º lugar.

 

Mas nada disto interessando a não ser para Acumular (ainda mais) Lixo, sendo muito mais interessante para além de estabelecer um Ranking (como será o caso das escolas, comparadas umas às outras, sem se preocupar com o ambiente económico-social, onde estão inseridas) ‒ péssima ideia convidando à apatia e ao conformismo ‒ conhecer em que setores cada um desses milionários investe, originando com a sua ação o disparar (do valor) da sua exponencialmente crescente Fortuna. E assim vejamos o quadro (do Top 20 e expresso em Biliões de Dólares) ‒ apenas com 1 milionário apontado (em biliões de dólares) aos 3 dígitos e com outros 10 milionários apenas com dois dígitos mas sendo superior a 50 (biliões) ‒ e a parir daí tiremos (tirem) conclusões (nem que seja só uma e de preferência a mais importante):

 

R

I

N

F

V

R

I

N

F

V

1

JEFF

BEZOS

EUA

Amazon

112

11

MICHAEL BLOOMBERG

EUA

Bloomberg

LP

50

2

BILL

GATES

EUA

Microsoft

90

12

LARRY

PAGE

EUA

Google

48

3

WARREN BUFFETT

EUA

Berkshire

H.

84

13

SERGEY

BRIN

EUA

Google

47

4

BERNARD ARNAULT

FRA

LVMH

72

14

JIM

WALTON

EUA

Walmart

46

5

MARK ZUCKERBERG

EUA

Facebook

71

15

ROBSON

WALTON

EUA

Walmart

46

6

AMANCIO ORTEGA

ESP

Zara

70

16

ALICE

WALTON

EUA

Walmart

46

7

CARLOS SLIM

MEX

Telecom

67

17

MA

HUATENG

CHI

Internet

Media

45

8

CHARLES KOCH

EUA

Koch

60

18

F B

MEYERS

FRA

L’Oreal

42

9

DAVID

KOCH

EUA

Koch

60

19

MUKESH

AMBANI

IND

Petrochemicals. Oil & Gas

40

10

LARRY ALLISON

EUA

Software

58

20

JACK

MA

CHI

E-Commerce

39

(R: Ranking I: Identificação N: Nacionalidade F: Fonte V: Valor em biliões)

 

Olhando para a tabela destacando-se desde logo a presença norte-americana (65% de Presenças e mais de 70% de Valor) e apenas a intrusão de outros 5 países: 1 do continente americano (México) ‒ importante nas telecomunicações pela ação fulcral que representa para o país ‒  2 do continente europeu (Espanha e França) ‒ incidindo sobre mercados supérfluos e inúteis, muitos deles minoritários mas de luxo (e mais dirigidas aos desejos das elites) ‒ e outros 2 do continente asiático (Índia e China), um deles ligado a um conglomerado e o outro ao extraordinário Mundo Digital.

 

global-control-1.jpg

Ecossistema das Corporações Transnacionais

Contendo 75% do total de corporações, com 35% delas localizadas no seu núcleo e no entanto representando 95% do valor de toda a rede aqui ilustrada (Kate Torgovnick/ted.com)

 

Virando-nos finalmente para os setores e para o investimento feito pelos artistas ‒ os Bilionários ‒ concluindo-se o forte interesse (no investimento) nas Comunicações e nos Média, abrangendo uma área tão vasta incluindo os mais diversos (e apetitosos) interesses: em ramos como o do e-commerce, do digital e da eletrónica, do software e do hardware e das redes sociais e da internet. Ou seja para além do controlo das fontes vitais de sobrevivência e de abastecimento (por exemplo a Walmart), manipulando-se igual e simultaneamente a opinião pública (por exemplo com o Facebook) agora com notícias adaptadas (à Nova Realidade) como o serão as FAKE NEWS (vindas de todos os lados para aquecer mais a malta, queimando-nos de vez os fusíveis e esgotando-nos a força). Restando à decrépita Europa (uma velha decadente, vivendo de roupa e cosméticos e ainda com sonhos sendo para nós pesadelos) o ramo da Decoração.

 

E Dando Origem a Um Outro Império

 

maxresdefault.jpg

EUA vs. China/Rússia

Científica e Matematicamente

Num duelo em que o vencedor não será sempre o mesmo

 

E da mesma forma que o Dólar (como qualquer símbolo representando num determinado momento da História o poder de um Império) se vai esvaziando irreversivelmente à medida que o seu equivalente

 

‒ E principal ATIVO (sobretudo Económico-Financeiro)

 

Se vai degradando aceleradamente (no presente com uma dívida nacional a ultrapassar os 20,8 milhões de milhões de dólares),

 

- Como se tudo o que tem feito funcionar o mundo (até ao presente) tivesse repentinamente deixado de funcionar ‒ dado não haver a partir de agora o objetivo de utilizando matéria-prima produzir (algo de concreto e palpável) oferecendo algo (que não sansões e balas) para a troca (obrigatória),

 

- E como que alguém tivesse descoberto uma Nova Pólvora e por qualquer motivo não o quisesse divulgar (conversas da treta) ‒ como se não sentíssemos com todos os nossos órgãos o grande estrondo e a nossa subsequente implosão como sujeito,

 

O que na Realidade estará a suceder será (certamente) uma Mudança de Desígnio (Global), com mudança de Cenário (EUA) assim como de Protagonista (Amigo Americano):

 

Com a Ásia e a China (juntando-se a ela a Rússia) na frente do pelotão (enchendo-se de ouro e de prata e outros materiais preciosos)

 

E espantosamente com os EUA vendo a Caravana passar (cheio de dólares e de mais nada) e o seu Mundo a Esvaziar: como se fosse mais um balão fabricado na China.

 

(imagens: aonepunjabitv.com ‒ blog.ted.com ‒ Military Update/youtube.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:13

Final

Open do País de Gales

 

John Higgins ‒ 9

Barry Hawkins ‒ 7

 

Concluída a 4 de Março a 16ª prova do Circuito de Snooker (época 2017/18) contando para o Ranking Mundial, apenas 15 jogadores (dos mais de 130 inscritos) conseguiram vencer 1 ou mais provas: destacando-se nesta lista restrita o inglês Ronnie O’Sullivan (com 4 vitórias), o escocês John Higgins (com 2 vitórias) e o galês Mark Williams (também com 2 vitórias) responsáveis por 50% das vitórias (8 em 16). Podendo-se ainda salientar uma 3ª vitória do galês Mark Williams (já referido anteriormente) mas numa prova não contando para o RM e as 2 vitórias do australiano Neil Robertson mas só com uma delas contando para o RM. E com a melhor notícia destes últimos dias (bem justificada nesta 16ª prova) a ser o regresso do inglês Barry Hawkins (finalmente e após o último Campeonato do Mundo onde foi semifinalista) às suas boas exibições ‒ pondo à prova o Tetracampeão do Mundo o escocês John Higgins e em diversas fases das duas sessões da final podendo muito bem ter arrancado para uma vitória (a sua). Mantendo-se o inglês Mark Selby (2X CM) como Líder do RM e o seu compatriota Ronnie O’Sullivan (5X CM) como Líder do RM da Época (2017/18).

 

sm5.jpg

Shaun Murphy

Vencedor do Open de Gibraltar de 2017

(4-2 na Final contra Judd Trump)

 

A 3 provas (contando para o RM) do fim desta época (disputando-se ainda 2 provas e faltando concluir 1 outra, mas com as mesmas não contando para o RM) ‒ Open de Gibraltar (25.000£ p/vencedor), Campeonato Ladbrokes (125.000£ p/vencedor) e Open da China (225.000£ p/vencedor) e antes da disputa (final) do Campeonato do Mundo de Snooker de 2018 (a disputar-se entre 21 de Abril e 7 de Maio e com o vencedor a receber 425.000£), com os jogadores (objetivamente os melhores) a terem como único objetivo integrar a lista do Top 16 do Ranking Mundial, de modo a evitarem as Rondas de Qualificação e a integrarem desde logo (final do Open da China) o Quadro Principal do Mundial. Antes do início da próxima prova contando para o RM (o Open de Gibraltar) com a lista dos Top 24 do Ranking Mundial (certamente de onde sairá diretamente o Top 16 para a Fase Final do Mundial) a estar disposta pela seguinte ordem:

 

RM

J

N

£ (x1000)

RM

J

N

£ (x1000)

1

M

Selby

ING

1410

13

L

Brecel

BEL

309

2

R O’Sullivan

ING

770

14

S

Bingham

ING

306

3

J

Trump

ING

701

15

N

Robertson

AUS

300

4

D

Junhui

CHI

665

16

A

McGill

ESC

295

5

J

Higgins

ESC

604

17

S

Maguire

ESC

279

6

M

Williams

GAL

433

18

R

Day

GAL

272

7

S

Murphy

ING

425

19

L

Wenbo

CHI

255

8

B

Hawkins

ING

424

20

M

King

ING

238

9

M

Allen

NIRL

383

21

R

Walden

ING

234

10

M

Fu

HK

363

22

J

Perry

ING

199

11

A

Carter

ING

324

23

G

Dott

ESC

198

12

K

Wilson

ING

315

24

M

Gould

ING

188

(RM: Ranking Mundial J: Jogador N: Nacionalidade £: Libras)

 

Iniciando-se esta quarta-feira o Open de Gibraltar (com detentor do troféu a ser o inglês Shaun Murphy) decorrendo o mesmo até domingo (11 de Março) com a disputa de 3 Rondas de Qualificação e mais 5 Rondas Eliminatórias até se atingir a Final: num total de mais de 200 jogadores participando na prova (203) mas registando a ausência de alguns jogadores do Top Mundial (neste caso Top 16) como Mark Selby (nº1), Ronnie O’Sullivan (nº2), Judd Trump (nº4), John Higgins (nº5), Mark Williams (nº6), Marco Fu (nº9), Neil Robertson (nº13) e Mark Allen (nº16) ‒ e com o Sexteto Stephen Maguire/Ryan Day/Liang Wenbo/Mark king/Joe Perry/Yan Bingtao a tentar aproveitar mais esta oportunidade para se aproximarem desse objetivo (o Top 16). Até quinta-feira decorrendo as Qualificações iniciando-se no dia seguinte (9 Março) a 1ª Ronda do Quadro Final.

 

(imagem: worldsnooker.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:03

Março 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10



25
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO