Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

17
Abr 18

Meteorologia:

Prevendo-se para os próximos cinco dias (quarta-feira/18 a domingo/22) a passagem progressiva de dias de céu limpo a nebulado para dias de aguaceiros a períodos de chuva, com vento moderado (sobretudo de SE) e subida ligeira das temperaturas.

 

A1.jpg

No passado e ainda húmido fim-de-semana

Bebendo um medronho junto ao Mercado Municipal da Guia

 

Se na semana de trabalho iniciada em 2 de Abril (uma segunda-feira), em função do tempo que se fazia sentir e daquilo que desejávamos poder desde já estar a usufruir (no terreno), poderíamos pensar estar antecipadamente na estação do Verão (ou pelo menos tomando conhecimento de como ele iria ser este ano) – afirmando convictamente “para a semana vou para a praia” (semana de 9/segunda-feira a 15/domingo de Abril) – logo no fim-de-semana (de 7/8 Abril) e no início da seguinte (semana), ficando claro para todos o regresso do Mau Tempo (como se pôde confirmar) com períodos de chuva/aguaceiros e descida nas temperaturas (sobretudo ao anoitecer). Deixando-nos para ali sentados, pensando um pouco em tudo, em cadeira e mesa molhada e com um copo de medronho na mão (para aquecer).

 

A2.jpg

Num período de transição entre céu encoberto e céu limpo

Olhando o Céu e o Mar à entrada do Porto de Abrigo

 

Desse modo se confirmando que mesmo a Sul (de Portugal) os Ditados Populares (mesmo que adaptados à sua realidade e intensidade) são verdadeiros: “Em Abril águas Mil”. E assim se de 2/8 de Abril se perspetivava a chegada do Verão (fazendo-nos ansiar pela semana seguinte) de 9/15 de Abril tudo se alterou (verdadeiramente “do seco para o molhado”), não numa viragem de 180⁰ com o regresso do Inverno (presenteando-nos com o pagamento meteorológico e inesperado de um tipo de retroativo) mas caindo-se na realidade e encarando-se de frente a Primavera. Deixando-se por momentos os passeios à beira-mar (e o cheiro do mar) e indo-se para o interior usufruir da comida e do ar (do campo e do seu odor a citrinos). Partindo da visão (Porto de Abrigo dando entrada à Marina) e então daí arrancando.

 

A3.jpg

Feira Quinzenal de Albufeira de 17 de Abril

Ainda com pouco movimento mas com tendência a acelerar

 

Já nesta semana iniciada a 16 (de Abril) com o bom tempo a parecer querer voltar de novo, com o céu-azul (mais-ou-menos limpo) e o Sol (com os seus raios a aquecer-nos o corpo) a acompanhar-nos por todo o lado, comprometendo-se (para já) com uns bons dias de praia e proporcionando-nos em concordância (com a previsão meteorológica) um bom ambiente para o convívio ao ar livre: a trabalhar, a preguiçar ou praticando simultaneamente ambas (tal como acontece numa feira, com vendedores, compradores e acompanhantes de luxo – como companheiros de trabalho ou amigos em passeio). Como sucedido esta terça-feira (dia 17) 3ª terça-feira de Abril (a 1ª tendo sido dia 3) e como tal, segunda e derradeira feira do mês (sendo a mesma quinzenal) agora a correr (sendo a próxima/em princípio a 1 de Maio).

 

A4.jpg

A6.jpg

A5.jpg

Entre tantos produtos uma grande variedade de fruta, legumes e sementes

Numa redução de preços só possível numa feira popular

 

Nesta terça-feira 17 de Abril decorrendo a Feira Quinzenal de Albufeira com o tempo convidando ao passeio (à feira e ao mercado), a uma etapa gastronómica (num dos bons e baratos restaurantes de Albufeira), a uma ida à praia e a um período de relaxamento (para os residentes temporários e turistas) e para os outros o dia-a-dia do costume (para os residentes habituais trabalhadores ou desempregados). Tendo-se sempre a vantagem de tal ocorrer no Algarve (com bom tempo e comida e um povo acolhedor) e a grande desvantagem de um grande isolamento (Científico, Cultural e de memória) do Mundo – privilegiando o Comércio (o Objeto Turístico e Imobiliário) e desprezando o Resto (o Sujeito da História os verdadeiros Indígenas).

 

(imagens: Publicações Anormais)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:02

[Não sendo por mero acaso a terra dos marcianos também ser mundialmente conhecida como o Planeta Vermelho.]

 

Últimas Notícias/Em Desenvolvimento

(16.04.2018 – mais de 72 horas após o 1º Bombardeamento)

 

ovni141.jpg

NASA’s Mars Nuclear Explosion Cover-Up Exposed by India’s Mars Orbiter

(UFO-Alien Hunters Claim)

Mars anomaly hunters have ruled out other possible causes of the mushroom cloud, such as surface wind and a methane explosion, leaving only the possibility of a nuclear mushroom cloud

(legenda/imagem: inquisitr.com)

 

Fonte amiga confirmada por outra Fonte amiganão há duas sem três – afirma perentoriamente ser esse facto Altamente Provável. Aparecida a terceira Fonte (também amiga) e tendo como objetivo a preservação (da amizade) com as três Fontes ameaçando (depois da Síria) Bombardear Marte.

 

Enquanto num território do 3º Planeta do Sistema (Solar) centrado num ponto de coordenadas 33,5N e 36,2E (fazendo fronteira com uma grande extensão de água) prossegue uma aparente operação de limpeza (terraplanagem e assassinato),

 

– Iniciada num passado ainda muito recente (uma geração) num território vizinho localizado a Oriente (rico numa complexa composição de hidrocarbonetos) –

 

E num momento particular (e evidente) de desenvolvimento da mesma operação (e respetivo processo) na direção de uma solução eventualmente definitiva (a distância apesar de contribuir positivamente para alguma imparcialidade, poderá ser simultaneamente e pelo mesmo motivo algo distorcida),

 

“I've been to Mars and it's full of ALIEN bodies” claims lawyer (Andrew Basiago) in bid to be US President

(express.co.uk)

NASA is looking for someone to protect Earth from aliens

(cnbc.com)

 

– Com os poucos representantes da espécie dominante habitando (ainda) esta região deste planeta interior (à Cintura de Asteroides), a começarem a tornar-se cada vez mais visíveis saindo pouco-a-pouco do meio dos escombros dos seus pontos de concentração –

 

Eis que canais de informação do planeta (detetados exteriormente) – pelo seu impacto e penetração considerados os mais poderosos (obviamente oriunda do território dos Excecionais) – concretizando um plano certamente planeado entre determinados focos de propagação e de colonização (a derradeira etapa iniciada na observação à distância), colocam à nossa disposição novas revelações se não trágicas (veremos no futuro) pelo menos surpreendentes (no presente).

 

Podendo nada significar (mesmo tratando-se de esquizofrenia política, utilizando o método Fake News) ou num extremo ideológico provocar a ocorrência de um Evento bem relevante e final (ao nível da Extinção da espécie):

 

Antes (sem oportunidade ou recurso) – na era da Verdade – uma Conspiração,

Agora (que comprovada) – e na era da Quase Verdade – a Realidade.

 

UFO0.jpgUFO 1.jpg

UFO2.jpgUFO3.jpg

Ufo Attack Caught Over Syria

(editado em 26.08.2017)

“Eventualmente na Síria com um objeto voador não identificado suspendendo o seu movimento sobre instalações suspeitas (não se sabendo contra e apoiando quem) atacando-a e destruindo-a de imediato”

(legenda/inglês e imagem: UFO Hunters/youtube.com)

 

Segundo a última recolha de dados oriundos deste planeta e aqui recebidos pouco mais de três minutos depois (à velocidade da luz) com a Campanha de Propaganda (interna) a não se limitar já e somente a essa região particular nem ao próprio corpo celeste em causa (e logo um vizinho próximo), mas a extravasar (inesperadamente) para o seu exterior atingindo mesmo um Mundo Alienígena e pondo em causa a sua neutralidade por inexistência e/ou ausência de procuração.

 

E assim (segundo a evolução recente dos novos manuais de instrução ocidentais) depois da primeira tentativa de invasão (só para citar casos com um número significativo de indivíduos da espécie dominante envolvidos e mais amplamente divulgados) – dos nossos protetores (EUA), da Ilha (UK) e dos seus aliados (comandados pelo novo Dançarino francês) – por parte dos (1) Alienígenas Negros, por parte dos (2) Alienígenas Mexicanos e por parte dos (3) Alienígenas Russos, surgindo agora as primeiras revelações sobre um provável envolvimento de (4) Alienígenas Marcianos:

 

Depois dos (1) ALIENS de raça negra tentando sobrepor-se á raça branca predominante (sendo a extinção dos Índios apenas um pormenor inevitável, diretamente associado à Evolução e ao predomínio do mais forte);

 

– E até colocando brancos contra brancos (numa Guerra Civil) por uma questão de cor/pormenor (deve-se pagar a um negro se um branco ganha tão pouco ou quase nada?)

 

Boriska Kipriyanovich, who lives in Volgograd, Russia, alleged he lived on the red planet before being reborn on Earth

(thesun.co.uk)

Nuclear WW3 between US and Russia 'prevented by aliens'

(express.co.uk)

 

Depois da invasão de (2) ALIENS mexicanos (e de outros sucedâneos latinos) obrigando à construção de um muro de separação (e de proteção) face ao perigo eminente da chegada de multidões incontroláveis de Zombies oriundas do sul (avançando no terreno e comendo tudo e todos);

 

E mesmo depois dos (3) ALIENS russos terem recomeçado a sua típica, suja e invisível guerra química introduzindo-a (simultaneamente) tanto em território Inimigo/UK como em território Amigo/Síria (numa clara indicação de que na esmagadora maioria dos casos quem está por detrás só pretende apossar-se de algo e de seguida coloniza-lo),

 

Sendo a hora de outros estrangeiros chegarem,

 

– Os SPACE ALIENS –

 

Vindos agora de Mundos ainda mais Exteriores e distantes (ainda assim possíveis de ser alcançados) e segundo informações fidedignas (por autorizadas e postas à nossa disposição) oriundos do 4º Calhau mais afastado do foco Iluminando todos Nós (e Eles): sugerindo-se cada vez com mais força, determinação e impacto e como possível explicação (e por repetição incessante, tornando-se credível),

 

– Para o que tem sucedido na Síria –

 

Uma Intervenção Extraterrestre com origem no Planeta (obviamente tendo que ser essa a cor associada) Vermelho. Por quê?

 

World-War-3-Baba-Vanga-Syria-Russia-Vladimir-Putin

World War 3 prophecy

Did Baba Vanga predict the rise of Vladimir Putin in the fires of war?

“Russia will not only survive, it will dominate the world”

By Baba Vanga a bulgariam mystic woman

(legenda/inglês e imagem: express.co.uk)

 

Numa estratégia maléfica e insidiosa similar à utilizada neste 3º Calhau (de momento) entre oito (a contar da Estrela), fazendo-nos associar de imediato Ataques Químicos com Russos (com estes a negarem o fabrico dessas armas e a sua utilização) e Água com Marcianos (com estes recusando-se a aparecer e existir):

 

No 3º Calhau/ Terra com os Vermelhos a negarem o seu mais que certo envolvimento (no assassinato de inocentes usando terríveis venenos),

 

– Envenenando impunemente na Ilha (UK) e no Médio-Oriente (Síria)

 

E no 4º Calhau/ Marte com os outros Vermelhos (escondendo-se para penetrarem e sem remorso violarem) escondendo a sua existência (como se existindo Água não existindo Vida) para mais eficazmente atuarem (e rapidamente se infiltrarem).

 

E associando os Vermelhos (da Terra e de Marte) na mesma tela de projeção (ligados umbilicalmente pelo mesmo produtor e guião), no meio do estrondo e da total confusão

 

 Is Vladimir Putin set to announce to the world that aliens are here on Earth?

(express.co.uk)

Putin announces mission to Mars in 2019

(magapill.com)

 

– Proporcionado pelo Espetáculo de Mentira e Remodelação –

 

Criando um Real a partir da Ilusão juntando PUTIN, VENENOS e EXTRATERRESTRES:

 

Depois de 1947 e do incidente ocorrido no estado do Novo México na localidade de Roswell (marco histórico do desmascaramento da ligação secreta estabelecida entre os EUA e um grupo de ET’s, anteriormente trabalhando para os nazis e posteriormente recuperados – como Wernher von Braun o Engenheiro dos foguetões durante o regime Nazi – pelos norte-americanos em seu benefício),

 

Neste século XXI sendo a vez de os russos compartilharem uma Aliança com os seus (outros) aliados Extraterrestres e com os mesmos (como prova de amizade, lealdade e provavelmente ideologia) pondo à sua disposição (dos seus irmãos vermelhos) a sua última tecnologia dando-lhes preferência e vantagem.

 

Amanhã (com o nosso esmagamento debaixo de toneladas e toneladas de Fake News) nem sequer se necessitando de Terrestres nem mesmo de Extraterrestres – para se invocar o direito de alguns para exterminar todos os outos – dispensando-se factos (a Verdade) e valorizando-se decisões (mesmo que falsas lucrativas e como tal virtuosas).

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 15:27

15
Abr 18

Podendo ajudar-nos ainda mais na descoberta de Outros Mundos e de Seres Alienígenas

 

No decorrer deste mês de Abril, ainda em atividade e decorridos quase 5 meses desde a sua entrada em ação (quando estava previsto durar 3), com a NASA a afirmar ter cumprido integralmente todos os objetivos projetados (de operação no Espaço) para a nano sonda ASTERIA.

 

mass_properties_test_prep.jpg

A nano sonda espacial Asteria

(testando-a em Abril de 2017 antes do seu lançamento)

 

Com objetivos a superar ao longo da sua experimentação e desenvolvimento, as NANO NAVES ESPACIAIS (sondas espaciais miniaturizadas) para além das suas virtudes económicas, científico-tecnológicas e sobretudo do seu alcance inimaginável e talvez revolucionário (hoje miniaturizando Objetos amanhã miniaturizando Sujeitos) – bastando para tal lembrar o filme lançado em 1966 e dirigido pelo cineasta Richard Fleischer A VIAGEM FANTÁSTICA (no qual um submarino é miniaturizado e introduzido no corpo de um cientista – fugido e oriundo do lado de lá da Cortina de Ferro – de modo a salvá-lo de um coágulo formado no cérebro) – começam desde já e progressivamente a justificar a razão da sua existência e aplicação com as suas primeiras missões atribuídas e concretizadas no Espaço (iniciadas em Agosto de 2017): lançadas para o Espaço rodeando o planeta Terra em meados de Agosto do ano passado (por um foguetão FALCON-9 da SPACE-X) e posteriormente sendo colocadas em órbita da Terra a partir da Estação Espacial Internacional (ISS) cerca de três meses depois (logo estando a operar vai fazer cinco meses).

 

asteria20171207-Copy-1280x494.jpg

Asteria ao ser colocada em órbita

(por um braço automático a partir da ISS)

 

Com o satélite EXOPLANETSAT operado pela NASA e previsto para operar por 90 dias (mas naturalmente com a sua missão prolongada), transportando consigo um instrumento ótico – um TELESCÓIPIO MINIATURIZADO – destinado à realização de medições astrofísicas e denominado ASTERIA: atualmente movimentando-se em órbita da Terra e tendo como missão atribuída o estudo (entre outros corpos celestes como as estrelas albergando Sistemas Planetários) dos EXOPLANETAS, observando e registando o seu movimento ao longo da sua trajetória (sendo capaz de se adaptar às sucessivas mudanças de coordenadas/trajetória do objeto em estudo) particularmente na exploração do campo da FOTOMETRIA. Uma possibilidade espetacular que se abre para a futura exploração de Mundos Extremamente Longínquos e obrigando necessariamente à execução de missões de custos elevadíssimos (missões interplanetárias, missões para além do Sistema Solar e missões intergalácticas), aqui transformada pela dimensão reduzida dessas sondas, pelas grandes distâncias a alcançar e pelas múltiplas tarefas podendo executar (armazenar e transmitir), numa missão de Custos Reduzidos e para além do mais contribuindo (decisivamente e no campo) para o desenvolvimento dos futuros Telescópios.

 

ASTERIA-Instrument.jpg

Arquitetura de Asteria

(filtrando o ruído e traduzindo o sinal recebido utilizando um algoritmo)

 

Segundo a NASA com o CubeSat ASTERIS (com uns 10Kg e o tamanho de um pacote de cereais) a demonstrar todas as suas capacidades no campo da Astrofísica, numa ilustração da aplicação das mesmas (capacidades da nano sonda) mostrando-nos o acompanhamento de uma estrela ao longo da sua trajetória, com Asteris apontando sempre para o seu respetivo alvo em destaque no estudo (a estrela): “It carries a payload for measuring the brightness of stars, which allows researchers to monitor nearby stars for orbiting exoplanets that cause a brief drop in brightness as they block the starlight.” (photojournal.jpl.nasa.gov)

 

(imagens: nasa.gov)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:32

From

“Yes We Can”

To

“Catch Me If You Can”

 

Vivendo-se um momento Histórico de um dos Máximos de Hipocrisia Humana, substituindo-se o Verdadeiro e o Falso pelo Praticamente Verdadeiro e pelo Praticamente Falso: dispensando desde logo provas e defensores (parasitas e intermediários) e deixando a decisão na mão dos acusadores (os oráculos oficiais).

 

88435-catch_me-dreamworks.jpg

Catch Me If You Can

(um filme de Steven Spielberg com Leonardo DiCaprio)

 

Com a população do planeta Terra (entre 257 países e territórios) estimada em mais de 7,6 mil milhões de seres humanos (e com 192 estados-membros integrando a maior organização intergovernamental Mundial a ONU, ou seja, quase 75% do total), três Estados representando apenas 6% da População Mundial (mas por outro lado representando mais de 42% do investimento global em armamento) – EUA, Reino Unido e França – decidiram mais uma vez e unilateralmente (com a liderança a ser assumida pelos EUA, apenas acompanhado pelo Entreposto e pelo novo Dançarino) fazer Justiça pelas próprias mãos, desrespeitando simultaneamente toda a Comunidade Internacional e utilizando as agora na moda Fake News: de uma forma rápida e simplificada colocando todo o Mundo à beira de uma nova Guerra Mundial não Convencional (sendo convencional com feridos e mortos) mas Nuclear (não sendo convencional com mortos a prazos variáveis), baseando a construção de todo este cenário de Guerra e de Ataque Eminente aos seus próprios países – e como tal (e segundo as suas Profecias) ao Resto do Mundo – numa mistura de ingredientes nunca julgados possíveis de se juntarem e de se interligarem (e até de se fundirem, criando uma nova Ideologia dirigida ao objeto, entretanto e no decorrer do processo já com o sujeito transformado num subobjecto) formando um composto sólido e para a esmagadora maioria aparentemente credível. Juntando apenas Mentiras (Fake News) com muita Hipocrisia (“Faz o que eu digo mas não faças o que eu faço”). E assim no dia 13 de Abril (ainda sexta-feira dia de azar, mas só para os lados de Washington) – já sábado (dia 14 de madrugada) na capital da Síria (Damasco) – com a Tríade liderada pelos Excecionais apoiada esmagadoramente pelos Média e Senhores da Guerra e pelas estratégicas, sucessivas e implantadas Fake News (sem dúvida excecionais nos resultados obtidos a curto-prazo), invocando mais um pretenso Ataque Químico do regime de Bashar al-Assad sobre a população Síria (depois de um outro russo sobre a população inglesa) a responder durante uns quinze minutos com mísseis e bombardeamentos (dizem que com o dobro do impacto do de há um ano atrás também como resposta a um Ataque Químico do regime mas nunca confirmado) de novo sobre o já tão martirizado povo da Síria, pelos vistos podendo ainda ser sujeito à prossecução do genocídio. E com três pessoas nada recomendáveis como TRUMP, MAY e MACRON – acusando, julgando e condenando – a decidirem o futuro do Mundo como se não existissem muitos outros (7,15 mil milhões) com os mesmos direitos à existência. Um caminho minado e extremamente perigoso – até para o líder da Tríade (os EUA) quanto mais para os acompanhantes (Reino Unido e França) – numa ameaça e insulto a outras grandes potências (estando ao lado de quem estiverem sendo todos perigosos): como a China, a Índia, a Rússia, o Japão e a Alemanha entre outros (e a estes se juntando os outros países nucleares como o Paquistão, a Coreia do Norte e Israel). E com qualquer um dos Blocos EUA-RÚSSIA-CHINA com todas as suas ogivas nucleares (num total global aproximado de umas 14.900 mais de 14.000) a poder ser o detentor da agora inequívoca e válida Quase Verdade (cada um logicamente com a sua) e como justificação a poder destruir muitas outras terras e em conjunto toda a Terra (e num Evento ao Nível da Extinção exterminando o Homem, a raça dominante habitando o planeta, dita racional e inteligente).

 

(imagem: dreamworksanimation.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:26

14
Abr 18

[E de Força-Bruta vinda de todas as direções, cometendo genocídio e terraplanando o planeta – impunemente e com o selo de garantia mortal da ONU!]

 

Com Theresa a exigir um Ataque Rápido, com Trump a desejar um Ataque Duro e com Macron simplesmente a Dançar (recordando-nos Sarkosy o dançarino de Merkel).

 

Última Hora 1

Facto

O Ataque da Grande Coligação Ocidental

US/UK/França

Sábado dia 14 de Abril pela hora do jantar (em Washington) e ainda de madrugada em Lisboa (antes do nascer-do-sol em Damasco) o Presidente dos EUA com o apoio do Governo do Reino Unido e do Presidente da França ordenou um ataque à Síria: pretensamente tendo como objetivo locais associados ao estudo, desenvolvimento, produção e armazenamento do arsenal químico sírio (em princípio um projeto há muito encerrado e confirmado oficialmente por entidades internacionais especializadas e creditadas), com um deles localizado precisamente no meio de Damasco numa zona densamente povoada e na qual nem uma “intervenção cirúrgica salvará os aí residentes. Estando programado para hoje (pelo menos antes do ataque) a partida dos inspetores de armas químicas (do OPCW) para Duma na Síria.

 

9659042-3x2-940x627.jpg

Um míssil sobrevoando a capital da Síria Damasco

14 Abril 2018

(onde se encontram mutos refugiados da Guerra Civil Síria)

 

Num cenário de luta sem quartel entre duas fações Militares (trabalhando ambas para o mesmo Complexo Industrial-Militar) atualmente ainda em confronto (mas com a aparentemente mais moderada a perder terreno muito rapidamente) no interior da Administração Norte-Americana,

 

– De forma a tomarem nas suas próprias mãos o controlo total da (atual e real) Política Externa (assente na sua larga supremacia militar) dos EUA, por delegação do Presidente nesses seus fiéis apoiantes (afastando-se dos civis, refugiando-se nos militares)

 

Continua simultaneamente a desenvolver-se (de momento e erradamente parecendo suspensa) uma nova crise em torno do Conflito Sírio (quando menos se esperava agora que a Guerra Civil Síria parecia aproximar-se do fim com a derrota do Estado Islâmico e a vitória das tropas leais ao regime sírio),

 

Com os EUA a ameaçarem a atacar a Síria (desde a Guerra ilegal do Iraque sob o pretexto repetitivo, já cansativo e nunca confirmado da utilização de armas químicas),

 

E a Rússia em tipo de resposta a avisar para então terem cuidado:

 

Ou seja num ato de extrema loucura política por nunca vista (superior à de David Cameron ao propor o plebiscito sobre o Brexit) e num processo de construção inquisitorial (e de molde diabólico) de um culpado nunca imaginado (nem mesmo por George Orwell) mas materializado por projetado (nos Média),

 

– Com a líder da Ilha Theresa May (depois de sucessivos pontapés no Continente) a clamar por uma Guerra contra Putin (chamando hipocritamente a si os 27 dos ex-28) colocando à disposição de Trump um submarino e comportando-se como um Boneco (descontrolado e nas mãos de alguém)

 

E prevendo-se como mencionado anteriormente a vitória (na Casa Branca e ao lado de Trump) da estratégia da Intervenção Militar (dos Falcões, os mais duros e intervencionistas),

 

Sobre a do diálogo, do compromisso e da Diplomacia (como Política Externa)

 

Última Hora 2

Questão

E no meio desta Guerra

Onde está a Europa?

Com a estação de TV estatal a relatar o início do ataque aéreo levado a cabo pelos EUA/UK/França à capital Damasco, podendo-se observar no céu noturno rastos luminosos provavelmente da aviação, misseis e antimísseis (com a defesa antiaérea Síria a afirmar ter abatido uma dúzia desses misseis) e com as forças comandadas pelos EUA (à distância provavelmente do Mediterrânico) a afirmarem ser uma missão de punição e de aviso (à Síria como subentendendo-se à Rússia e ao Irão) mas de apenas um dia. Mas para evitar confusões avisando-se antecipadamente (e de novo) os russos, ficando-se a gora a aguardar a reação (ao ataque) dos mesmos. O verdadeiro objetivo de israelitas (ensaiando) e de norte-americanos (concretizando).

 

14dc-prexy1-master768.jpg

Donald Trump de costas voltadas a Síria

Para Duma e para o Mundo

(mantendo por tempo indeterminado a guerra e a morte)

 

Sendo previsível que entre as duas propostas (limite) colocadas em cima da mesa, uma delas seja a Verdadeira e a outra (talvez antes escolhida) a revogada: colocando-se a escolha entre uma Repetição (tendo como Alvo aparente a Síria) ou uma Provocação (tendo como Alvo real a Rússia).

 

Depois do afastamento de Rex Tillerson “o mole” (Secretário de Estado) e da chegada de John Bolton “o duro” (aparentemente como Conselheiro de Segurança de Donald Trump),

 

– Tendo nós um pouco de cultura e de memória um dos cérebros na Administração Bush de toda a orquestração que levou ao engodo e tragédia da Guerra do Iraque

 

Com a opção de Ataque Cirúrgico de aviso e de castigo (como ocorrido há cerca de um ano e pretensamente pelos mesmos motivos igualmente nunca provados) a perder irremediavelmente terreno (cada hora que passa),

 

E com os Militares apoiados por John Bolton (mesmo com o mais moderado James Mattis ainda presente e sendo a única voz a prever o pior cenário),

 

Querendo premiar Donald Trump (levando-o à ação e ao palco da Política Externa subindo a popularidade) e arrancar no processo (e fartos de esperar pelo Pentágono),

 

Propondo algo muito mais profundo como a destruição de todas as infraestruturas governamentais (que ainda restam de pé na Síria) destruindo definitivamente o Estado (repartindo o território) e sendo necessário levando tudo à frente (ou seja sírios, iranianos e russos).

 

Numa Via bem Aberta tendo a direção do Irão e com os norte-americanos a sugerirem a não existência da Rússia assim como não ingerência da China (para já não falar do Outro Mundo transformado na ONU num vazio).

 

(imagens: abc.net.au e nytimes.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 05:05

Ontem de madrugada (cerca das 04:00) o mau-tempo abateu-se por momentos (uns minutos) sobre Albufeira (relâmpagos, trovoada, chuva e sobretudo vento) na zona das Minhocas.

 

20974493_UkCiU.jpeg

1

Imediações da Rotunda das Minhocas

13 Abril/Sexta-feira

(com o supermercado ao fundo)

 

E já com muitos esperando (em Albufeira) em função do tempo verificado no início da semana anterior (2/6 Abril) que chegada a Primavera e o bom tempo (como se verificava por exemplo no dia 3) se poderia desde já usufruir de uma imagem antecipada do que poderá ser o próximo Verão Algarvio (com os raios do Sol a começarem a aquecer o corpo e já com pessoas passeando na praia e até mergulhando no mar),

 

Eis que chegado o fim-de-semana (7/8 Abril) regressa de novo à região a incerteza meteorológica (entre o céu por vezes encoberto e com períodos de aguaceiros ou meio encoberto e com o Sol sempre à espreita), nesta semana (9/13 Abril) e perto do fim da mesma, a 11 (quarta-feira) com um dia de Sol, a 12 com um dia de Chuva, para logo na madrugada de 13 (esta sexta-feira) e confirmando a evolução meteorológica para piores condições climatéricas, chegar a Albufeira trovoada e relâmpagos, acompanhados por forte precipitação e vento forte (e um ou outro incidente, provocado pelos ventos fortes, momentâneos e localizados):

 

ALB2.jpg

2

A partir do Miradouro do Rossio

11 Abril/Quarta-feira

(olhando o oceano Atlântico)

 

Com uma rajada de vento forte e localizado (não um tornado) a atingir a zona da Rotunda das Minhocas (localizada na Avenida dos Descobrimentos) danificando (entre outros objetos como placards publicitários e sinalização) parte da cobertura do parque de estacionamento exterior de um supermercado (Pingo Doce) e com essa mesma estrutura (ao ser arrancada e ao cair) a danificar uma dúzia de automóveis estacionados nas proximidades.

 

Com esta manifestação de mais um fenómeno atmosférico extremo e localizado de vento (na Região do Algarve) – tornando-se pelos vistos um Evento cada vez mais habitual – sendo Albufeira mais uma vez vítima de um acontecimento meteorológico (semelhante) envolvendo igualmente chuva e vento intenso (no anterior com uma árvore localizado no perímetro envolvendo a CMA a cair e a atingir gravemente uma professora já reformada e residindo perto) provocando para já (nos dois incidentes) 1 ferido e danos materiais:

 

ALB1.jpg

3

Albufeira florida e águas do Atlântico

11 Abril/Quarta-feira

(virado para o mar e tendo à direita a marina)

 

Mas para já sem a passagem de qualquer tornado, nem de qualquer período intenso de precipitação (em volume e em tempo) nem que seja para testar as obras (alegadamente feitas) e o escoamento das águas (pluviais) para o mar: para que de novo Albufeira (a parte antiga e mais baixa da cidade) não fique de novo submersa (por um Tsunami não vindo do mar mas oriundo de terra) – recordando as inundações do final (de Novembro) de 2015.

 

Na previsão meteorológica para os próximos dias (em Albufeira) e segundo o IPMA, com o tempo previsto este fim-de-semana (14/15 Abril) a apresentar-se com céu parcialmente nublado ou com chuva (no domingo), vento moderado a fraco e temperaturas entre os 9⁰C/21⁰C (mínima/máxima); para a semana seguinte (16/20 Abril) mantendo-se as condições meteorológicas presentes com a percentagem de probabilidade de chuva a aumentar ao longo da semana.

 

intensity.jpg

4

Sismo a NW Portimão

12 Abril/Quinta-feira

(com uma intensidade M2,6)

 

Sismologicamente sem nada de relevante a mencionar (nesta última semana) e com o sismo mais intenso (sentidos na Região do Algarve) a ocorrer esta quinta-feira (12 Abril pelas 04:27 da madrugada) a NW Portimão (e a 20Km de profundidade) com M2.6 (e com o Golfo de Cádis, o mar de Alboran, Almeria e Marrocos a tremerem).

 

(imagens: (1) albufeirasempre.blogs.sapo.pt – (2/3) Publicações Anormais – (4) ipma.pt)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:06

13
Abr 18

Apesar de agrupados (reagrupados) mas não tendo ainda dado o salto (limitados pelo Espaço de circulação e pelo Tempo de existência proporcionados ao Homem,

 

E no entanto cansados da manipulação e do condicionamento a que temos estado sujeitos neste longo período de Homo Centrismo

(substituindo no Centro do Mundo a Terra pelo Homem)

 

Em vez de olharmos para os pés bem assentes na Terra (onde estarão certamente as Origens da Vida) continuamos sistematicamente a olhar (mesmo que inconscientemente como que em sonhos) lá para cima para o Céu:

 

Aparentemente sem limites e aí estando o Criador.

(e dadas as condições cá na Terra, num ato de desespero do Homem)

 

planets_0.jpg

A Terra, a Lua e Marte

(todos já sujeitos à aplicação do sismógrafo)

 

Num regresso ao passado em cerca de 40 anos (e recuando às missões VIKING 1 e 2 ao PLANETA VERMELHO) a missão da NASA InSight com o seu lançamento previsto para 5 de Maio (deste ano) através de um foguetão Atlas V 401 (com chegada à superfície de Marte estimada para 26 de Novembro de 2018), irá colocar de novo sobre o solo de Marte um aparelho que deteta os seus movimentos (depois de já o ter feito há uns 130 anos na Terra e há uns 50 anos na Lua): um SISMÓGRAFO.

 

PIA22320_modest.jpg

O SEIS na superfície de Marte

(Ilustração – PIA 22320 – NASA)

 

Com esse sismógrafo a ser (para além de um magnetómetro) um dos 4 instrumentos (SEIS, HP³/estudo de fluxos de calor, RISE/estudo do interior de Marte e TWINS/estudo do clima marciano) colocados a bordo do módulo de aterragem da missão InSight – o SEIS (Seismic Experiment for Interior Surface) – tendo como objetivo o registo dos sismos e outras atividades internas do planeta (para além do efeito dos meteoritos ao impactarem com a superfície marciana) de modo a melhorar ainda mais a compreensão da constituição de Marte, sua formação e evolução.

 

E para além do mais dada a sua elevada sensibilidade (ultrassensível) sendo igualmente útil na deteção de atividades atmosféricas como o serão as tempestades de areia (por exemplo os redemoinhos denominados como Dust Devil). Detetando pela 1ª vez todos os sismos registados na superfície do Planeta Vermelho sejam de origem interna como externa (e mais uma vez nunca esquecendo as sondas Vikings, no entanto e na altura dispondo de menos meios técnicos e científicos) e como segurança e proteção (a este registo, recolha e estudo detalhado de dados) utilizando um equipamento de medição duplamente protegido do ambiente exterior (extremamente agressivo, tóxico e radioativo), protegendo-o (o SEIS) das ações do vento e das grandes amplitudes térmicas marcianas (proteção exterior) assim como (através da utilização de uma redoma isolada a vacum) das ações exteriores do (mesmo) ambiente marciano (proteção interior).

 

1024px-Sagan_Viking.jpg

O cientista norte-americano Carl Sagan

(ao lado de um modelo das sondas Viking)

 

Há cerca de 43 anos com o lançamento do programa da NASA (Agência Espacial Norte-Americana) VIKING (duas sondas – Viking 1 e Viking 2 – lançadas em 1975, chegando a Marte em 1976 e com o módulo de aterragem operando até 1982/Viking 1 e 1980/Viking 2) com os primeiros aparelhos de deteção sismológica a chegarem à superfície de Marte, numa das sondas verificando-se o não funcionamento do mesmo (sismógrafo) mas com a outra (Viking 2) a funcionar em pleno e a transmitir os primeiros dados deste corpo celeste alienígena (o segundo depois da Lua e inicialmente testado na Terra): mas devido à sua deficiente colocação (não diretamente sobre o solo mas sobre o deck do módulo, causando vibrações originadas no mesmo a partir de ação exterior) e maior exposição à ação dos ventos (e tempestades de areia) com muitos desses dados recolhidos e transmitidos (para a Terra) a tornarem-se muitas vezes de difícil tradução no meio de tanto “ruído”.

 

Mas não estando por vezes assim tanto vento (ou outro tipo de intervenção/exterior como é o caso dos meteoritos) sendo possível detetar (em condições ideais, de relativa acalmia em redor) certos casos particulares: e não estando este agente presente (o vento – não incomodando se não excedendo os 2 a 3m/s) tendo sido possível de concluir existir um nível de sismicidade (possível/previsível) no interior das placas tectónicas de Marte (mais ou menos ativas) numa percentagem de cerca de 2/3 da (típica) registada na Terra, sendo ainda detetado um outro fenómeno – o Evento registado em SOL 80 (80º dia marciano de estadia no planeta) – podendo ser considerado como um Acontecimento Sísmico. Interpretado como um sismo (terrestre) podendo ter magnitude 3 e epicentro a mais de 100Km – e ainda se podendo acrescentar (sobre a geologia de Marte):

 

Preliminary interpretation of later arrivals in the signal suggest a crustal thickness of 15 km at the Utopia Planitia site which is within the range of crustal models derived from the gravity field. More events must be recorded before a firm interpretation can be made of seismicity or crustal structure“.

(Seismology on Mars/caltech.edu)

 

(imagens: sciencebuzz.org e nasa.gov)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:57

12
Abr 18

“Russia vows to shoot down any and all missiles fired at Syria.

Get ready Russia, because they will be coming, nice and new and “smart!”

You shouldn’t be partners with a Gas Killing Animal

Who kills his people and enjoys it!”

(Donlald J. Trump/@realDonaldTrump/twitter.com)

 

ap17315382310704.jpg

 

A horas de mais uma possível (com Donald Trump e o seu Twitter tudo sendo imprevisível) intervenção militar dos Estados Unidos da América (no Médio-Oriente) a pedido da Administração da Casa Branca (como aparente resposta à preocupação do seu mais fiel Entreposto localizado numa ilha da Europa e liderado por Theresa May, o Reino Unido) – e com o Presidente Donald Trump procurando proteção nas mãos do poderoso Complexo Militar-Industrial Norte-Americano (Política Externa), queimado como tem sido pela esmagadora maioria dos Média e por muitos dos seus opositores (Democratas como Republicanos) desde que foi eleito em Novembro de 2016 como o 45º Presidente dos EUA (Política Interna),

 

– Tudo sendo justificado para a generalidade da opinião pública (de um dos lados, a dita Ocidental) como sendo uma resposta obrigatória e adequada (e Democrática) ao crime horrendo perpetrado no Reino Unido (em qualquer dos casos e dadas as vítimas questionando-se qual?) e de seguida na Síria (havendo provas sendo interessante saber com que objetivo?) pelos adeptos da utilização de instrumentos de guerra primitivos, ultrapassados e ilegais (por proibidos) e com o selo (pelos vistos de Garantia) inequívoco da Rússia (dirigida por um ex-Agente do KGB e potencial homem violento de nome Vladimir Putin) como o são os Agentes Químicos, Tóxicos e Mortais

 

E a poucas horas do fim do prazo dado por Donald Trump (24 a 48 horas) para a Rússia pensar melhor no assunto (Sírio) e refletir com maior profundidade nas consequências de desafiar os EUA e observando-se desde já o novo bailarino francês (digno sucessor de Sarkosy) a entrar em ação (mais Humanista apesar de ser do género Masculino) e a nova Dama inglesa agora de Betão gritando contra o novo ditador e nazi Vladimir Putin (muito mais violenta apesar da diferença de género),

 

“UK reportedly orders subs towards Syria

For possible missile strikes.”

(cnbc.com)

 

“After Syria Strikes, Israel Expects Proxy War With Iran.

Officials, analysts predict 'showdown' in Syrian territory.”

(antiwar.com)

 

hqdefault.jpg

 

– Com o par de bailarinos Sarkosy/Kadafi (o Líbio) a ser substituído pelo novo par Macron/Salman (o Saudita) e com Theresa May tal como Donald Trump (isolados internamente) a tentarem salvar-se no seu território (Política Interna) distraindo o seu eleitorado da grave situação social e económica interna e recorrendo à possibilidade de uma potencial Guerra mas vinda do exterior e necessitando de pré-proteção (Política Externa)

 

Com o nosso maior espanto e incredibilidade a não ser pelos vistos suficiente para cairmos fulminados e cilindrados (com a nossa elite não reagindo, continuando estrategicamente ausente e delegando responsabilidades em/segundo eles inferiores/mas úteis) dada a completa indiferença dos nossos políticos, colocados perante mais um Cenário de Morte e de Guerra (criadas as raízes da intolerância, cada vez mais próximo, intrusivo e irreversível) deixando assim e mais uma vez o Comboio passar (sem reação da Alemanha e como tal da EU) mesmo que à frente do mesmo esteja há muito bem definido o fim dessa mesma linha: uma III Guerra Mundial confirmando o Fim da Europa.

 

Com os EUA (utilizando o pretexto da Síria) ameaçando a Rússia, ou seja, com as mais de 7500 armas nucleares norte-americanas (48%) a ameaçarem as 7100 armas nucleares russas (46%),

 

– Os outros (França, China, UK, Paquistão, Índia, Israel e Coreia do Norte) talvez tendo umas 1000 (6%)

 

“Russia will shoot down US missiles fired at Syria

And retaliate against launch sites, says ambassador.”

(independent.co.uk)

 

"Smart missiles should fly towards terrorists,

Not towards the legitimate Syrian government."

(Russia's Foreign Ministry spokesperson Maria Zakharova's/nhk.org.jp)

 

Hot+Topic+-+Syria+(4 8).jpg

 

E assim (simplificando tudo ao máximo) traduzindo tudo isto em miúdos (o que para nós os pobres e leigos mais interessa), divulgando e informando (e não manipulando) todos nós e todo o Resto do Mundo (fazendo parte de um bolo de mais de 7,5 biliões) de modo a todos compreenderem e interiorizarem (se quiserem manter-se ilesos psíquico e/ou fisicamente) do que realmente aqui está em causa: dado todo o seu poder Nuclear como Maior Potência Militar Global, com os EUA a ter a capacidade de pelo menos destruir 75X o planeta Terra enquanto a Rússia (menos poderosa) limitando-se a apenas a poder destruir umas 70X. De momento esperando-se pelo ataque (em princípio dos EUA à Síria mas com o Alvo além da Rússia a apontar para outro grande e apetitoso produtor de petróleo o Irão) e pela resposta (da Rússia e dos seus Aliados Orientais) para verificar qual deles terá o maio botão.

 

(imagens: onlinebreakingnews.info/patriotpowerednews.com/charitynavigator.org)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:15

11
Abr 18

Open da China

Final – 8 Abril 2018 – Pequim

Mark Selby – 11 Barry Hawkins – 3

 

Betfred-Snooker-World-Championships-2017-Day-Seven

Mark Selby

(Atual Campeão do Mundo de Snooker)

 

Concluídas as 26 provas integrando o Circuito Mundial de Snooker época 2017/18 (a nível profissional/individual) é este o quadro das Vitórias (V), presenças em Finais (F) e presença em Meias-Finais (MF) dos 11 melhores jogadores (o nosso Top 11/jogadores tendo ganho pelo menos 1 prova/das 19 contando para o Ranking Mundial):

 

O nosso Top 11

(Provas ganhas/presenças em MF contando para o RM)

 

TOP 11

J

N

RM

V

F

(atingiu)

MF

(atingiu)

Ronnie

O’Sullivan

ING

2

5

5

0

Mark

Williams

GAL

7

2

2

2

Mark

Selby

ING

1

2

2

1

-

John

Higgins

ESC

5

2

2

1

-

Ryan

Day

GAL

17

2

2

1

Judd

Trump

ING

4

1

2

3

Ding

Junhui

CHI

3

1

2

0

Neil

Robertson

AUS

10

1

1

1

-

Luca

Brecel

BEL

13

1

1

1

10º

Michael

White

GAL

31

1

1

0

-

Michael

Georgiou

CHP

54

1

1

0

(J: Jogador N: Nacionalidade RM: Ranking Mundial V: Vitória F: Final MF: Meia-Final)

 

[Com outros jogadores tendo ganho provas do circuito profissional de Snooker (época 2017/18) mas não contando para o Ranking Mundial: como os ingleses Shaun Murphy e Kyren Wilson e o norte-irlandês Mark Allen.]

 

Qualificação para o Campeonato do Mundo de 2018

11/18 Abril – Instituto Inglês de Desporto – Sheffield

128 Jogadores/3 Rondas

 

OnYee-and-Evans.jpg

Ng On Yee e Reanne Evans

(Campeã e Ex-Campeã do Mundo de Snooker Feminino)

 

Na 1ª Ronda de Qualificação para o Mundial e já com alguns jogos disputados (hoje quarta-feira 11 de Abril/1º dia de prova) destacando-se desde já a presença de 2 jogadoras (participando igualmente no Mundial de Snooker Feminino) e de outros dois jogadores com algum tipo de ligação à Língua Portuguesa:

 

Participação da atual Campeã do Mundo e Ex- Campeã do Mundo de Snooker Feminino

(no Campeonato do Mundo Masculino/incluindo 2 do sexo feminino)

 

Fase

J

N

RM

F

(19)

J

N

RM

1ªRQ

Ng

On Yee

HK

s/RM

1-10

(final)

Matthew

Selt

ING

57

1ªRQ

Reanne

Evans

ING

s/RM

3-5

(intervalo)

Dominic

Dale

GAL

44

(F: Frame RQ: Ronda Qualificação)

 

No primeiro caso Ng On Yee/HK atual Campeã do Mundo Feminino e Reanne Evans/ING Ex-Campeã do Mundo Feminino (entrando já hoje em ação) – entretanto com a natural de Hong Kong já eliminada – e no segundo caso Alexandre Ursenbacher/SUI filho de mãe madeirense (entrando em ação a 13) e Igor Figueiredo/BRA (entrando em ação a 14). E com esta fase de qualificação a integrar 128 jogadores, sujeitos a 3 eliminatórias e deles restando apenas 16. Dia 15 (domingo) iniciando-se a 2ª ronda (aí com os jogadores já reduzidos a metade/ou seja 64).

 

(imagens: dailyrecord.co.uk/PA e snnokerhub.co.uk)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 20:34

10
Abr 18

Como num país Profanado por todos os lados por uma Corrupção Generalizada (com tradição nas suas Elites e nos seus Militares) o primeiro Preso Político é um ex-Presidente (oriundo de estratos sociais baixos ou seja dos pobres) e tudo por causa de um apartamento tríplex (de luxo, claro): e sem um único comprovativo a não ser o testemunho de um premiado (pelo Juiz interessado não pela Justiça) depois de negociado e consequentemente arrependido.

 

Triplex-de-Lula-e-mariza.jpeg

Localização do tríplex dito de luxo localizado no litoral de São Paulo

(mantendo-se ainda em nome da construtora)

Que levou um Presidente à Prisão

 

Num país declarando a sua Independência em 1822 (sendo reconhecido como tal em 1825 e proclamando-se como Republica em 1889) – vai fazer este ano 196 anos – e atualmente com uma população estimada em cerca de 208 milhões de pessoas, Luiz Inácio Lula da Silva torna-se (segundo dados do Diário do Nordeste) no 7º Presidente brasileiro a ser preso: ou seja entre os 35 Presidentes que o Brasil teve até hoje 20% deles acabaram na cadeia. Levando-nos logo a pensar como justificação (errada) a Corrupção, associando Lula como Presidente e o motivo da sua prisão. E ignorando a origem (pelos vistos Infernal) de uns e os direitos adquiridos (pelos vistos Divinos) de outros, de modo a nunca se misturar corrupção ativa (a origem deste facto) e corrupção passiva (utilizada por extrema necessidade).

 

Nessa lista se integrando (durante o século passado) Hermes da Fonseca, Washington Luís, Artur Bernardes, Café Filho, Juscelino Kubitschek e Jânio Quadros e ainda (já neste século XXI) Luis Inácio Lula da Silva: presos por circunstâncias diversas (mas essencialmente políticas e ideológicas e/ou de ordem militar) uns ainda no ativo outros não (como Presidentes) mas nunca e diretamente por motivo único e básico ligado à corrupção (fosse ela ativa ou passiva). Ainda-por-cima com Lula acusado de corrupção, julgado e preso num tempo record e afastado da sua reeleição (liderando até ser preso as sondagens para as Presidenciais de 2018): julgado e condenado (devendo ser um Marco Histórico no Brasil) por um delito comum envolvendo um Tríplex de luxo (em Guarujá no litoral de São Paulo).

 

15307424.jpeg

O empreiteiro Léo Pinheiro que por delatar o ex-Presidente Lula da Silva

(recorrendo como prova à sua agenda pessoal)

Escapou à prisão com ajuda do Juiz do processo Sérgio Moro

 

Um país grandioso reconhecido como tendo a maior concentração de floresta (a Amazónia) e de vida selvagem (desde a mais variada fauna até tribos perdidas de humanos), rico na diversidade de raças (presentes e convivendo bem entre elas) e de proveitosa matéria-prima (desde a madeira ao petróleo) e no entanto tendo ao longo da sua História sido vítima das suas elites militares como políticas – criando na sociedade brasileira uma estrutura central (esqueleto) bem distorcida (de repartição de dividendos e de poder) constituída por um grupo de miseráveis (grande), outro de sobreviventes (enorme) e uma minoria de usufrutuários (os inevitavelmente sendo “vítimas” da corrupção):

 

Juntando os dois primeiros tendo-se o grupo representativo dos pobres (esmagador), restando para o outro grupo os nossos (ditos) representantes – para a desacreditação da Política e dos mesmos, manipulando (para seu benefício paternal, exclusivo, oportunista e estratégico) a Justiça.

 

_100774337_gettyimages-943064896.jpg

Luiz Inácio Lula da Silva

(35ºPresidente do Brasil no período 2003/11)

Condenado a cerca de 12 anos p/ causa de um apartamento

 

Daí assistirmos a um processo judicial (em torno de Lula e de um apartamento Tríplex) com origem, desenvolvimento e aplicação, unicamente tendo como alvo um objetivo estritamente político (destruindo um ex-Presidente e tentando-o impedir de o voltar a ser) – misturando Política e Justiça tal como o fazem as ditaduras – e acima-de-tudo deixando-nos estupefatos pela construção sem qualquer tipo de prova factual de tal processo (uma única assinatura ou comprovativo) dirigido (como em piloto automático) desrespeitando tudo aquilo que a Justiça devia respeitar: para além dos deveres (e aí entra em última instância o tribunal) conhecer e ter a obrigação de defender os direitos de todos os cidadãos ricos ou pobres e originários da elite ou das camadas mais desprotegidas.

 

Não sendo decente querer acusar-se alguém sem qualquer tipo de prova (nem que fosse a presença de Lula de alguma forma ou feitio no Tríplex) e na falta da mesma (por mais minúscula que fosse e a que condenação pior/melhor se dirigisse), tentar arranjar-se alguém para o apontar e premiando-o condenando o arguido/acusado/condenado à prisão: com uma espécie de arrependido face a uma boa recompensa a “acusar um a pedido de outro” e satisfeito o pedido com o juiz (o impulsionador de tal ato) tornado acusador a ser também o julgador e o condenador. E sendo fantástico (em termos de total incredibilidade) como tudo isto se passa sem nada se passar como contrarreação. Corrupção generalizada e Eleições já à vista (já com um Presidente não eleito na Presidência do Brasil)!

 

(imagens: atosnoticias.com.br/uol.com.br/Getty)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:25

Abril 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

16
18
21

22
25
27



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO