Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

07
Out 18

Hoje escolhendo-se o sucessor do trio LULA/DILMA/TEMER – num cenário de corrupção generalizada – associando perigosamente Política e Justiça (Eleitos e Nomeados): e podendo lançar definitivamente (pelo menos por muitos e muitos anos) o Brasil num Novo Abismo Antidemocrático (depois de tantos anos de Ditadura Militar).

 

xO-ex-presidente-Lula.jpg.pagespeed.ic.nJi6z1r5t6.

Lula da Silva

 

A menos de 24 horas de se saberem os resultados das Presidenciais no Brasil – com as eleições (1ª volta) a decorrerem hoje dia 7 de Outubro de 2018 – um total de 13 candidatos se perfilham no painel de potenciais Presidentes (bastando para ser eleito/nesta 1ª volta obter 50% dos votos+1 voto):

 

Candidato

Parido/Movimento

Orientação

Percentagem

Jair

Bolsonaro

PSL

Extrema- Direita

40

Fernando

Haddad

PT

Esquerda/pró-Lula

25

Ciro

Gomes

PDT

Esquerda

15

Geraldo

Alckmin

PSDB

Centro/Reformista

8

João

Almoêdo

NOVO

Direita/Liberal

3

Marina

Silva

Rede Sustentabilidade

Esquerda/Ambientalista

3

Alvaro

Dias

Podemos

Centro/Cristão

2

Henrique

Meireles

MDB

Esquerda

2

Cabo

Daciolo

Patriota

Extrema-Direita

1

Guilherme

Boulos

Psol

Esquerda

1

João

Goulart F

PPL

Esquerda

0

José Maria

Eymael

DC

Democracia Cristã

0

Vera

Lúcia

PSUT

Extrema-Esquerda

0

 

04out2018---jair-bolsonaro-concede-entrevista-a-tv

Jair Bolsonaro

 

Com todos os cidadãos brasileiros maiores de 18 anos a serem obrigados a participar neste ato eleitoral a decorrer este Domingo (exceção feita aos maiores de 16 anos/menores de 18 anos e aos maiores de 70 para os quais o voto é facultativo), com as urnas a encerrarem por volta das 21:00 (hora de Portugal), com as primeiras indicações a surgirem pelo final de Domingo (lá pela meia-noite) e com os resultados (finais) a serem divulgados durante a madrugada de segunda-feira (já dia 8 de Outubro): e pelo que todas as sondagens indicam com BOLSONARO e HADDAD a passarem à 2ª volta (confirmando-se esta previsão realizando-se a 28 de Outubro) com as alianças posteriores (à 1ª volta) a decidirem o próximo Presidente do Brasil.

 

Olhando para as derradeiras projeções para estas Presidenciais Brasileiras (deste Domingo/desta 1ª volta) com o Brasil o mais tardar no final deste mês (de Outubro) a eleger um novo Presidente, mesmo vencendo (na 1ª/2ª volta) na consulta eleitoral, tendo um número maior da população contra ele do que a seu favor (certamente mais rejeitados na consulta do que apoiados na votação): Bolsonaro (o candidato da extrema-direita) com uma taxa de rejeição entre o eleitorado de 43% (contra os 40% apoiando-o/-3%) e Haddad (o candidato apoiado por Lula) com uma taxa de rejeição de 36% (contra os 25% apoiando-o/-11%).

 

2018-10-07t113005z_1724682265_rc1812762c70_rtrmadp

Fernando Haddad

 

E para lá de toda a Corrupção generalizada (e Institucionalizada) que progressivamente vai destruindo todos os alicerces económicos e sociais do Brasil (com a colaboração de uma falsa Justiça atualmente na cama com o poder) – uma das maiores potenciais económicas mundiais – com a particular curiosidade do principal preso (político) ser LULA, não por ser o maior corruptor passivo/ativo comprovado e no poder (como o poderiam ser muito mais logicamente as grandes empresas e os grandes empresários) mas por ser (para os seus maiores apoiantes como o era então Temer) quem estava potencialmente mais à mão (livrando-se desse modo outros de serem igualmente acusados de Corrupção): acusado sem qualquer prova por um arrependido (um tubarão da construção) e assim sendo impedido de (muito certamente e segundo todas as sondagens) ser de novo eleito.

 

Provavelmente (Infelizmente) continuando tudo na mesma, exceto no crescimento do sofrimento brasileiro (e dos seus cerca de 210 milhões de cidadãos): com o grande favorito e candidato do PSL Jair Bolsonaro – o Messias do Brasil – tal como muitos outros políticos populistas de direita ou de esquerda, a recorrer às minorias sociais e económicas manipulando-as, para reforçar a sua igual minoria tornando-se por adição maioria. Apesar da sua adoração pelos militares, pela tortura e execuções (policiais/ilegais), pelo seu machismo evidente assim como pelo seu declarado racismo (num país multicultural e multirracial onde mais de 50% da população não é branca).

 

(imagens: Nelson Almeida/Afp – Record TV – Amanda Perobelli/Reuters)

 

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:15

Final

2018 European Masters

(Lommel/Bélgica)

 

[Nos 6 encontros anteriormente disputados entre ambos (os finalistas) com 4 vitórias para Joe Perry e 2 para Jimmy Robertson (e com as últimas 3 vitórias a pertencerem a Joe Perry).]

 

Jimmy_Robertson,_Joe_Perry_and_Ingo_Schmidt_at_Sno

Joe Perry/direita e Jimmy Robertson/centro

(Finalistas)

Nesta imagem em 2015 no decurso do Masters da Alemanha

 

Com a presença de apenas dois jogadores integrando o TOP 16 do Ranking Mundial (de Snooker)

 

– Mark Allen/IRLN (11ºRM) e Ryan Day/GAL (13ºRM)

 

Nos Quartos-de-Final do Masters Europeu (oito melhores)

 

– E já desde o início contando ainda com a ausência de jogadores como Mark Williams/GAL (2ºRM e atual Campeão do Mundo), Ronnie O’Sullivan/ING (3ºRM/e ainda ausente esta época de provas contando para o RM) e Ding Junhui/CHI (7ºRM)

 

Chegamos finalmente ao momento da decisão da 5ª prova da época 2018/19 (contando para o RM) a realizar-se este dia 7 de Outubro (domingo) na cidade de Lommel:

 

Com a Final do Masters a decorrer em duas sessões (13/19 horas), à melhor de 17 frames e atribuindo ao vencedor um prémio pecuniário (convertido em pontos para o RM) de 75.000£ (ao vencido 35.000£).

 

Fase

J

N

RM

J

N

RM

FINAL

JOE

PERRY

ING

18

JIMMY

ROBERTSON

ING

30

Fase

J

N

F

J

N

F

RQ

Sean

O’Sullivan

ING

4-0

Andy

Lee

HK

4-3

R1

Oliver

Lines

ING

4-1

Zhang

Yong

CHI

4-3

R2

Andrew

Higginson

ING

4-3

Zhou

Yuelong

CHI

4-3

R3

Kyren

Wilson

ING

4-1

Anthony

McGill

ESC

4-3

QF

Tian

Pengfei

CHI

4-3

Mark

Allen

IRLN

4-2

MF

Anthony

Hamilton

ING

6-3

Mark

King

ING

6-4

(J: Jogador N: Nacionalidade RM: Ranking Mundial F: Frame R: Ronda Q: Qualificação MF: Meia-Final)

 

Atribuindo-se todo o favoritismo ao inglês Joe Perry, não só pelo seu melhor Ranking Mundial (à porta do Top 16) como à sua maior experiência (profissional):

 

Já vencedor de alguns torneios (contando ou não para o RM), por diversas vezes finalista (vencido) ou tendo atingido as MF ou QF;

 

Ao contrário de Jimmy Robertson (cerca de doze anos mais novo) tendo como melhor prestação os QF do Masters da Alemanha (de 2018).

 

E vencendo o Masters Europeu com Jimmy Robertson podendo passar a 26ºRM ou em alternativa (caso o primeiro perca) com Joe Perry a passar a integrar o Top 16 Mundial.

 

Com o inglês Mark Selby (graças à sua vitória na prova anterior – o China Championship) mantendo a liderança do RM assim como o da época.

 

(imagem: wikimedia.org)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:20

Outubro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12

14
19
20

21
26
27

29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO