Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

09
Jan 19

Com tudo o que se passa na América (incluindo a luta Milionários/seus representantes, com estes últimos a lutarem pela sua sobrevivência podendo entretanto ser dispensados) contagiando de imediato todo o Mundo (num menu superlativo e com as tradicionais Fake News): numa altura em que a mesma (a Economia Norte-Americana) caminha para uma nova Bolha, exportando para o lado de lá do Atlântico, fazendo explodir a Europa (até à fronteira russa) e deslocando o Eixo da Terra (longitudinalmente) de Washington para Pequim: passando então a estar este (eixo-da-terra) nas mãos do Eixo do Mal.

 

Screen-Shot-2019-01-09-at-11.54.59-AM.jpg

 

Como se o Mundo estivesse (minimamente) interessado no cenário há muito (desde a sua tomada de posse em Janeiro de 2017) tendo vindo a ser montado (pela generalidade dos políticos e dos média) em torno do 45º presidente dos EUA o republicano Donald Trump

 

Sabendo-se como se sabe ser apenas uma questão interna (dos EUA) envolvendo Republicanos e Democratas (as duas únicas faces da mesma moeda o Dólar) mas tendo superlativamente como pano de fundo (o ponto fulcral de toda esta virtual mas aparentemente intensa convulsão) toda a Classe Política Oficial Norte-Americana (e a manutenção da sua representatividade e privilégios)

 

Apesar de tudo continuar a apontar no sentido contrário (“Não Estou Interessado, Muito Obrigado!”), do início do Ano Novo de 2019 ter ocorrido sem grandes incidentes (até se alcançando Ultima Thule) e até do esquecimento começar (feliz e finalmente) a apagar da nossa memória (curta) os últimos traços da campanha (vista como cultura) esquizofrénica (por intoxicante) até aí incessante e enjoativamente levada a cabo (causando vítimas muitas delas inocentes por todo o lado),

 

Eis que a Onda-Psicótica parece de regresso (mas agora com os Democratas em maioria nos Representantes) tentando ainda e mais uma vez (à 3ª será de vez) reerguer Hillary à custa de Trump.

 

Jamais lhe dando descanso faça ele (Trump) o que fizer, esperando que até lá (próximas Presidenciais em finais de 2020) os outros (os DEM) não se autodestruam (por dentro) e se transformem (literal e) igualmente num vómito (em tudo igual ao dos REP): podendo então Trump vencer no ano de 2020, aí sendo e como muitos outros (o foram antes) reeleito Presidente (e nomeado como tal em Janeiro de 2021).

 

ss4pseqccjh9cyp13stk.jpg

 

Neste início de 2019 (quarta-feira, dia 9 de Janeiro) e para além do Muro (separando EUA e México), do Médio-Oriente (sobretudo do Irão) e da China (como Império em ascensão) não havendo mais nada do que falar (com a agência mediática/e global estando domiciliada nos EUA),

 

De novo com a Fava a sobrar para Trump (logo ele sendo o Rei) agora debruçando-se interessadamente (talvez para ver se o peixe-morre-mesmo-pela-boca) sobre a sua respiração (pelos vistos e segundo um seu atento observador lutando por respirar durante uns agonizantes 36 segundos):

 

“Do you like the idea of listening to Trump "struggling to breathe"? Splinter's Jon Eiseman has the video for you.”

(boingboing.net)

 

Entendendo-se que apesar das razões (patenteadas pelos DEM) estando por detrás de mais esta modesta e nada original Intrusão Mediática (oriundo do Bloco Não Trumpista) poderem ser na prática bastante válidas (na defesa da generalidade dos cidadãos norte-americanos e outros aí residentes),

 

A forma como tais são apresentadas (e embrulhadas) em nada as dignificam ou promovem, recorrendo os e seus autores por sua vez (os defensores da liberdade, das mulheres e das minorias) às tão atacadas armas e estratégias (conservadoras, de direita, por vezes extremista) adotadas pelo diabólico adversário (os REP):

 

Respondendo ao adversário baixando ainda mais de nível no debate e no discurso e com tal procedimento e espetáculo, traindo os poucos que ainda acreditavam nalguns deles.

 

Tudo se passando num país ainda sendo considerado (de longe) como a Maior Potência Global – Económica, Financeira, Cientifica, Tecnologicamente – no entanto e ao contrário do que se pensava (e ainda muitos acreditam),

 

Dispondo internamente e disponibilizando externamente os piores indicadores económico-sociais (Trabalho, educação, Saúde) algumas vezes imaginados para um país dizendo-se Desenvolvido como os Estados Unidos da América. Hoje sendo apenas suportado por Impressoras (imprimindo notas de Dólares) e por Militares (os detentores das Armas).

 

E ficando para quem a Europa (e o nosso querido Portugal)?

 

(imagens: boingboing.net e splinternews.com/AP)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:45

Objeto Celeste 2016 AZ8 (grande) e Objeto Celeste 2019 AS5 (pequeno):

Um Sistema Binário passando perto de nós a 7 de Janeiro (o 1º)

E outro fazendo-nos uma tangente sem avisar a 8 de Janeiro (o 2º).

 

2016AZ8.04jan18ut.f1.jpg

O NEO

2016 AZ8

(a caminho do seu ponto de maior aproximação à Terra)

 

Depois da passagem a 7 de Janeiro deste Ano Novo de 2019 do NEO (objeto celeste passando nas proximidades da Terra) 2016 AZ8 – um objeto de 224 metros de diâmetro, deslocando-se a uma velocidade de 9,1Km/s e passando a uma distância (na sua maior aproximação ao nosso planeta) a cerca de 4.450.000Km do nosso planeta – e perspetivando-se apenas para o próximo dia 10 do mesmo mês a passagem de outros 3 NEO’S (com o objeto passando mais próximo da Terra, com diâmetro de 11 metros, a fazê-lo a pouco mais de 1.150.000Km), eis que um novo objeto celeste (asteroide) passa nas proximidades de nós (e da Terra) sem que ninguém nos tenha avisado (e mesmo sem que ninguém o tenha avistado, antes da sua passagem perto da Terra): falamos do (pequeno) asteroide 2019 AS5 (pertencendo ao grupo Apollo) com cerca de 1/2 metros, no passado dia 8 de Janeiro (ontem) passando a apenas 15.000Km de distância (a uma v = 12,5Km/s) e sendo o primeiro NEO este ano (de 2019) a passar a menos de 1 DL (DL: distância lunar ou distância Terra/Lua em torno dos 384.401Km). Um NEO – 2019 AS5 – sendo pela 1ª vez observado 9 horas depois da sua passagem, pelas redondezas da Terra (dos nossos céus, de nossa casa): deixando-nos deveras preocupados e numa posição de alerta (extremo), dada a Informação nos chegar (somente) depois da concretização do (não previsto) Evento – e com os exemplos semelhantes a serem mais do que muitos, para já apenas com objetos (NEO’s) de pequenas dimensões. E se forem um pouco maiores, descobertos tarde de mais e podendo impactar (com o nosso planeta)? No caso deste NEO com o mesmo a ser descoberto 9 horas depois (da sua passagem, felizmente sem colisão), sendo-lhe atribuído o código 6 (parâmetros orbitais incertos) e tendo um período orbital de 1,56 anos: pela sua dimensão e na sua próxima passagem (segundo semestre de 2020), certamente não oferecendo perigo.

 

(imagem: spaceweather.com/NASA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:30

Sem ninguém (ou seja os norte-americanos) no local a tomar conta deles!

 

Com o veículo motorizado chinês YUTU-2 a movimentar-se livremente (s/concorrência) e às escondidas (de uma forma solitária e n/existindo “lunáticos”)

Pela superfície do nosso único satélite (em princípio natural apesar de algumas diferenças) a Lua (no seu lado para nós na Terra oculto).

 

A Lua

 

Depois de norte-americanos e russos já terem por lá andado (presencialmente e/ou através da presença de substitutos) eis que agora são os chineses a apontarem para a Lua e a tentarem fixar-se por lá: enviando para o nosso único satélite (natural) mais um veículo motorizado – o YUTU-2 – e logo o remetendo (dando logo para desconfiar) para o Outro Lado da Lua (aquele que nunca se vê se observado da Terra). E para além da chegada à Lua de mais um enviado do Eixo do Mal (juntando-se assim aos russos) – deixando os representantes de Deus (os EUA pelo menos na Terra) cada vez mais isolados (representando o Eixo do Bem) – sendo deveras suspeita a escolha da Outra Face: sabendo-se das dificuldades de Comunicação (com a Terra) estando-se do Outro Lado (da Lua) deixando-nos a todos alarmados (e de sobreaviso) sobre as intenções dos chineses. Científicas, Comerciais ou mesmo Coloniais (de Expansão de um Novo Império)?

 

6780050.jpg

Com o ROVER chinês YUTU-2

Já se movimentando na superfície da Lua

 

Da Terra

 

E sabendo-se no Presente qual o papel Interno destas três grandes potências espaciais (EUA, Rússia e China) no Futuro do planeta Terra (Social, Económico, Financeiro, Civilizacional) com o Eixo Económico-Financeiro Mundial a deslocar-se da região do Atlântico (EUA & Europa) para a região do Índico-Pacífico (China e Ásia) – assim como prevendo-se (desde já) o papel fundamental destas (mesmas potências) no desenvolvimento e Evolução da Vida no nosso planeta – com um Império entrando em decadência e sendo substituído por outro Império (de uma forma irreversível) emergente – sendo cada vez mais premente de questionar (agora que a Europa – sem referências económicas ou culturais desde a falência da URSS e da Alemanha – caminha para o abismo) qual a posição a tomar pelos ainda no Poder, agora que os EUA se fecham para o Mundo (com a sua política protecionista, não existindo amigos ou inimigos) e se preparam (aparentemente) para um novo assalto (não se sabendo para já qual, mas dependendo certamente da evolução da luta, Trumpistas versus Não Trumpistas).

 

(imagem: cnsa.gov.cn)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:17

[2019 Dafabet Masters: iniciando-se já no próximo domingo com o encontro Mark Allen x Luca Brecel.]

 

p05vn5md.jpg

As lágrimas de Kyren Wilson

E a felicidade de Mark Allen

(após a vitória do segundo na final do Masters de 2018 por 10-7)

 

Estando marcado para o final do mês de Janeiro o início da 1ª prova do Ano Novo de 2019 contando para o Ranking Mundial (época 2018/19) – o Masters da Alemanha (de 30 de Janeiro a 3 de Fevereiro) – decorre desde o início do ano a Liga dos Campeões (tendo-se já concluído 3 dos seus 7 grupos de Qualificação/para a Final) seguindo-se já este fim-de-semana o MASTERS: duas provas por convite (não contando para o Ranking Mundial) com a 2ª delas a ser uma das mais prestigiadas (de sempre) do Circuito Mundial (da modalidade) integrando a TRIPLE CROWN (juntamente com o UK Championship e o World Championship) e atribuindo ao vencedor um prémio de 200.000£ – e a ela tendo acesso apenas o TOP16 do RM (após a realização do 2018 UK Championship).

 

Realizando-se este ano a 45ª edição do MASTERS (1ª edição em 1975) com o inglês Ronnie O’Sullivan a ter conquistado o troféu o maior nº de vezes (7X) – dele (e no ativo) se aproximando mais o inglês Mark Selby (com 3X) – e com o norte-irlandês MARK ALLEN a ser o seu atual detentor (batendo na final o inglês Kyren Wilson por 10-7).

 

Betway_Desktop_worldsnooker_hero-1325x550.jpg

Ronnie O’Sullivan festejando a sua vitória

Na final do 2018 UK Championship

(após derrotar o norte-irlandês Mark Allen por 10-6)

 

Um MASTERS decorrendo de 13 a 20 de Janeiro no Palácio Alexandre em Londres, contando com a participação de 16 dos melhores jogadores Mundiais de Snooker (à altura do UK Championship) e com o Vencedor a ter que ultrapassar 3 eliminatórias (1ª Ronda, Quartos-de-Final e Meia-Final/sempre à melhor de 11 frames) antes de chegar à Final (à melhor de 19 frames) – e aí batendo o outro finalista e conquistando o MASTERS de 2019. Nos próximos dias 13/14/15/16 de Janeiro (do próximo domingo a quarta-feira) realizando-se as oito partidas da 1ª ronda desta prova, de todas elas sendo difícil de escolher as mais interessantes (ou não envolvesse o TOP16 do RM) desde a inicial MARK ALLEN x LUCA BRECEL até à última MARK SELBY x STEPHEN MAGUIRE.

 

[E terminado o ano de 2018 com a disputa o Open da Escócia – com vitória na Final de Mark Allen sobre Shaun Murphy (ING) batendo-o por 9-7 – regressando em 2019 uma outra prova (da Triple Crown) igualmente transmitida pela EUROSPORT: podendo-se assim (sossegado, em reflexão e em casa) assistir tranquilamente ao MASTERS.]

 

[Realizados os três primeiros grupos (de sete) da Liga dos Campeões estando desde já qualificados para o Grupo Final (igualmente c/7 jogadores) Neil Robertson/AUS, Jack Lisovski/ING e Judd Trump/ING.]

 

(imagens: BBC – World Snooker)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:11

Janeiro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
14
18
19

20
21
22
23
24

27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO