Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

25
Mar 19

[A passagem do ciclone IDAI − Portugueses, Indianos e Chineses]

 

A importantíssima colaboração da Diáspora Indiana (e não como todos pensaríamos da Diáspora Portuguesa) na ajuda e solidariedade (por iniciativa própria e no momento certo) ao povo amigo (e que antes os soube acolher) de Moçambique:

 

Indian diaspora supports relief efforts in Mozambique

Helicopters from the Indian Navy have undertaken a number of sorties to evacuate survivors. Additionally, the helicopters have been used to drop food and water.

(Times of Oman/timesofoman.com/25.03.2019)

 

1014583.jpg

1

Com a diáspora indiana a apoiar fortemente

o auxílio às populações moçambicanas

afetadas pelo ciclone Idai

 

Com uma população perto dos 30 milhões (e com um aumento percentual médio de cerca de 3%) − e uma densidade populacional de 38 habitantes/Km² − espalhada por um território de aproximadamente 800 mil Km² − e com 1/3 da população vivendo em centros urbanos – e sendo suportada por numa economia de baixo perfil/praticamente de sobrevivência e baseada na agricultura (ou não fosse o país um dos mais pobres de África e ao contrário de Angola sem riquezas − petróleo/diamantes − no seu subsolo), este país de língua oficial portuguesa e de maioria católica (católicos/24% e muçulmanos/18%), de origem étnica esmagadoramente africana (99%) e com apenas 20% da sua população tendo acesso à utilização de eletricidade, vê-se agora perante um cenário extremo e verdadeiramente dramático (económico/financeiro/social/civilizacional), como resultado de um fenómeno meteorológico extremo protagonizado pela passagem (por Moçambique e entrando pela região da Beira) do ciclone tropical IDAI:

 

Idai 3.jpg

2

Com a marinha indiana

a ser a primeira a responder à crise humanitária

passado o ciclone Idai

 

Causando imensa destruição (material) à sua passagem, atingindo sobretudo e com grande intensidade (ventos fortíssimos/200Km/h e elevada precipitação) a região da Beira (em Moçambique) e no seu trajeto (desde Madagáscar seguindo posteriormente para Moçambique) atingindo ainda outras regiões próximas e até outros países africanos vizinhos (como o Malawi, o Zimbabwe e a África do Sul) − e só entre os residentes nesta antiga colónia portuguesa com o número de vítimas mortais caminhando rapidamente para as 500, parecendo querer confirmar as estimativas iniciais apontando para mais de 1000 mortos.

 

Idai 4.jpg

3

Com o Alta-Comissão Indiana no Maputo a colaborar

com 3 navios da marinha, o INS Sujata, o ICGS Sarathi e o INS Shardul

na ajuda humanitária a Moçambique

 

No fundo mais um território abandonado (sem matéria-prima a cobiçar) por muitos daqueles (como por exemplo António Guterres trocando o lugar de Alto Comissário da UN para os Refugiados, pelo cargo de Secretário-Geral da UN) que o deveriam tornar como uma das referências de intervenção prioritária e obrigatória/senão moral até por humanitária – como os Europeus e os Portugueses (entre eles os antigos colonialistas portugueses e seus apoiantes internacionais) − no presente apenas sendo auxiliados (em maior escala de investimentos) pela Índia e pela China como consequência das respetivas políticas de penetração (económica e global) destes dois gigantes asiáticos em África (substituindo entre outros e talvez com alguma estranheza para os africanos, os seus já conhecidos/por com eles já terem vivido/sobrevivido Europeus).

 

Idai 5.jpg

4

Com a Marinha da Índia a poder orgulhar-se

do salvamento (das cheias) de cerca de 200 pessoas

e da assistência médica (em campos de acolhimento) a quase 1400

 

Daí a estranheza (até para nós em Portugal) de vermos um militar português (valha-nos as pessoas boas, que existem em muitos de nós) a tentar salvar (e certamente a consegui-lo) a vida de moçambicanos em risco de vida (neste caso uma mulher doente), fazendo-o a bordo de um helicóptero indiano:

 

O único ali mais habilitado a fazê-lo ou não falasse português (e querendo-o como se viu levar a cabo e concretizar) como assim o aceitaram (ou não fossem aí/na ajuda todos solidários) os tripulantes indianos.

 

Deixando-nos um amargo de boca sobre tudo o que poderia ter sido feito (por ex-colonialistas e ex-colonizados mas agora tendo acesso ao poder) − mas nunca o tendo sido feito (executado) − postos perante (perplexos) quase nada (de ajuda, solidariedade, dinheiro) e (por outro lado) um monte crescente de abutres (que sempre aparecem nunca nada resolvendo mas penetrando o mercado aparentemente e segundo os mesmos dando-nos nada mais que um pouco de conforto) palrando e aproveitando apenas para aparecer na TV.

 

Idai 6.jpg

5

Uma tempestade tropical causando (para já e só em Moçambique) 500 vítimas mortais (com as previsões a ultrapassarem as 1000) atingindo dramaticamente o país (pessoas e infraestruturas) e como tal afetando (ainda mais) a já tão frágil sociedade moçambicana

 

Por causa destas e de outras a saída da Europa (e de Portugal) de África e a sua substituição pela Ásia e pelo Novo Império Chinês:

 

Connosco a Europa a morrer (veja-se o espetáculo do Brexit) e os EUA para já a ver (não sabendo bem ainda, quem atacar/invadir).

 

thumbs.web.sapo.io.jpeg

6

Com o primeiro de dois aviões C-130 com apoio português às operações de socorro em Moçambique (ocorrido de 4 para 5 de Março) a ser esperado (finalmente) dia 22 (passadas mais de quinze dias) na cidade da Beira ( a região mais afetada)

 

[Compreendendo-se mais uma vez que sendo os portugueses tão fortes em certos parâmetros (e com razão e resultados) – maioritariamente oriundos das bases das hierarquias e como tal (e como deveria ser com todos) tendo-se que fazer à vida − noutros deixamos claramente “mesmo muito, senão tudo” a desejar (comprovado caso após caso) – maioritariamente oriundos do topo das hierarquias (aqui habituados ao deixa-andar deixando o resto (tal como diria Camões) para a inveja. Mas no geral e ignorando os Média (com o seu matraquear incessante, mais manipulador que informativo) um assunto não parecendo despertar grande interesse entre nós – mesmo nas nossas redes/sociais mais interessadas/direcionadas em redor de factos banais. Se ainda fosse para “mironar” sexo ou então cozinha! Mas felizmente e não sendo todos iguais (nem diferentes) com a ajuda portuguesa a aumentar ainda que demasiado tranquila mas com boa-vontade e progressivamente.]

 

(imagens/informação de legendas: 1 @indiannavy on twitter/timesofoman.com – 2/3/4/5 mynation.com – 6 sapo.pt )

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:07

"Mesmo que não a vejamos a Verdade anda sempre por aí"

 

issue17-A-panorama-combining-images-from-NASAs-Cur

Aqui estando bem exposta

a diversidade geológica

verificada no monte Sharp

(Marte)

 

Num artigo (publicado em room.eu.com) de Eriita Jones (Universidade do Sul da Austrália) relativo ao ano de 2018 e contando (na investigação) com a colaboração (no terreno) do módulo de aterragem da sonda PHOENIX e do laboratório científico-marciano do ROVER CURIOSITY (recolha de dados), o lançamento da hipótese de que a possível solução para a já tão antiga questão da existência de Vida no planeta Marte (talvez ainda hoje), poderá residir nos fluxos salgados líquidos ainda escorrendo por extensas regiões da subsuperfície marciana: e neles podendo albergar Vida Microbiana. Tentando com este estudo levar os cientistas a abandonarem a ideia (errada) de que Marte se resume apenas a um planeta seco e sem vida, até pela diversidade (extensa) de solo (apresentado) e de alguns meios ambientes temporários − instalados no subsolo − podendo obviamente sugerir o contrário: aparentemente seco mas ainda com Vida.

 

(imagem: nasa.gov)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:30

“O’Sullivan completes astonishing return to world no 1

with Tour Championship victory”

(Desmond Kane/Eurosport.com)

 

Como chegar de novo a Líder do Ranking Mundial aos 43 anos?

 

Depois de:

Se sagrar 5X Campeão do Mundo

(2001/04/08/12/13);

Ganhar 34 provas de Ranking Mundial

(última – 2019 Coral Players Championship);

Fazer 1000 breaks centenários.

 

2550512-52908950-2560-1440.jpg

Ronnie O´Sullivan

Novo Líder do RM

 

Vencendo a sua 35ª Prova de Ranking Mundial

E fazendo o seu 1008º break centenário

(no 2019 Coral Tour Championship)

 

Final

J

J

Final

Final

J

J

Final

F

Ronnie O’Sullivan

(ING)

Neil

Robertson

(AUS)

R

F

Ronnie O’Sullivan

(ING)

Neil

Robertson

(AUS)

R

1ª S

Dia/23.03

H/19:00

-

13º

27

82

7-6

6

69

0-1

14º

89

0

8-6

29

87

0-2

15º

7

61

8-7

74

0

1-2

16º

7

68

8-8

97

0

2-2

3ªS

D/24.03

H/19:00

-

77

16

3-2

17º

129 [129]

5

9-8

106

24

4-2

18

36

62

9-9

71

60

5-2

19

95

0

10-9

35

65

5-3

20

10

77

10-10

2ª S

Dia/24.03

H/13:00

-

21

80

30

11-10

100 [100]

17

6-3

22

91

4

12-10

10º

49

60

6-4

23

20

73

12-11

11º

0

106 [106]

6-5

24

83

35

13-11

12º

69

32

7-5

25

-

-

-

À melhor de 25 frames

(J: Jogador F: Frame R: Resultado S: Sessão []: Breaks Centenários)

 

Neil_Robertson_at_Snooker_German_Masters_(DerHexer

Neil Robertson

(7ºRM)

 

E assim com o Open da China aí à porta (início no próximo domingo 01.04) e com o Mundial a menos de um mês de distância (fase final com início a 20.04) eis que o penta Campeão do Mundo Ronnie O’Sullivan (The Rocket) assume de novo a liderança do Ranking Mundial: na sua posse e pela última vez a 3 de Maio de 2010 (já lá vão quase nove anos e tendo como seu antecessor e sucessor outra lenda ainda no ativo o escocês John Higgins) e agora reassumida (Março de 2019) com a conquista do 2019 Coral Tour Championship. Numa final fantástica tendo como seu opositor outro dos maiores jogadores da atualidade o australiano Neil Robertson e justificando definitivamente a forte candidatura de THE ROCKET ao título de 6X Campeão do Mundo. Esta época (faltando o Open da China e o Mundial) sendo o único a ter ganho 3 provas de RM (para além do triunfo noutras 2 de n/RM).

 

[Transmissão na Eurosport do Open da China (a partir do Beijing National Olympic Center Gymnasium) e do Campeonato do Mundo (a partir do Crucible Theatre em Sheffield).]

 

(imagens: eurosport.com – wikipedia.org)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:19

Março 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

16


29
30



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO