Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

18
Abr 19

Na presença de dois objetos extrassolares, um (Oumuamua) exibindo-se e atravessando recentemente o nosso Sistema Solar (um Sistema que não o deles, referenciados a outra(s) estrela(s)) e outro (LaPaz 02342) há muito desaparecido (escondido) mas já há muito tempo por cá. E assim se concluindo (entre tantas e tantas coisas) que mesmo pouco se fazendo, sendo esperto e organizado (seja no caos ou na ordem as duas complementando-se), se pode mesmo ir muito longe − por vezes bastando tirar a pala (sem receio de se desorientar) e basicamente olhar para o lado.

 

snapshot 1.jpg

Oumuamua

Um Objeto Interestelar

(ilustração)

 

Quem ainda se recorda do alvoroço científico provocado pela passagem perto da TERRA do objeto interestelar OUMUAMUA (descoberto a 19 de Outubro de 2017 por Robert Werick − um físico-astrónomo canadiano – utilizando o telescópio Pan-STARRS localizado no Havaí) – atingindo a  9 de Setembro de 2017 o seu ponto de maior aproximação ao SOL (cerca de 38 milhões de Km) e a 14 de Outubro de 2017 o seu ponto de maior aproximação à TERRA (cerca de 24 milhões de Km) – poderá facilmente concluir como a descoberta de um objeto estranho ao nosso SISTEMA SOLAR (Extrassolar), originou tanta discussão (científica), tantas explicações para a sua origem e formação (num passado remoto e num lugar bem distante) e até pelo mistério e alguns segredos pelo mesmo transportado, algumas teorias mais estranhas senão mesmo entrando pelo mundo da especulação e da Conspiração: um objeto (asteroide) oriundo de uma outra estrela (que não a nossa), deslocando-se a uma velocidade (relativamente ao Sol) superior aos 38Km/s, apresentando uma dimensão entre 100m/1000m (incerta mas estimada em cerca de 400m/800m), com um período de rotação rondando as 7h/8h e um tom pouco usual vermelho-escuro (característico de objetos extrassolares) e por estas características (e outras associadas) podendo até ser visto como restos de um cometa (normalmente gelado mas neste caso segundo os cientistas sendo constituído por rochas/metais), pela sua órbita e tempo de entrada/saída (do Sistema Solar) viajando através do Espaço Interestelar há várias centenas (certamente muitas) de milhares de anos.

 

nittler_optical-arrow-750x489.jpg

Amostra do meteorito LaPaz 02342

Descoberto no território gelado da Antártida

(imagem)

 

Algo que não terá sucedido com a descoberta (em 2002) do METEORITO LAPAZ ICEFIELD 02342 (pelo menos com a mesma divulgação e promoção mediática de Oumuamua), um objeto (de cerca de 42g) considerado bastante antigo, tendo a particularidade de no seu interior integrar um fragmento de um cometa (certamente da mesma altura do meteorito) e podendo-nos dar ainda mais pistas sobre o início da formação do nosso Sistema Solar − e para além do mais disponível a pouca distância (não no Espaço mas) à superfície da Terra:  segundo os cientistas com uma constituição muito semelhante à dos Cometas Primitivos, formados por condritos carbonáceos (meteoritos rochosos com alto-teor de carbono). Apenas 5% dos meteoritos observados.

 

Um fragmento de um COMETA capturado (talvez há biliões de anos aquando da formação da Terra) por um ASTEROIDE, posteriormente entrando em rota de colisão com a Terra e impactando-a sobre o continente gelado da Antártida (no presente, mas certamente bem diferente nesse bem distante passado): e atravessando a atmosfera terrestre com o meteorito a proteger da ação desta (e da sua contaminação) o precioso fragmento de cometa primitivo nele incrustado.

 

Bolide.jpg

Entrada na atmosfera de um meteorito

Uma rocha vinda do Espaço, como diria Ernst Cladni o Pai dos Meteoritos

(imagem)

 

“Because this sample of cometary building block material was swallowed by an asteroid and preserved inside this meteorite, it was protected from the ravages of entering Earth’s atmosphere. It gave us a peek at material that would not have survived to reach our planet’s surface on its own, helping us to understand the early Solar System’s chemistry.”

(Larry Nittler/carnegiescience.edu)

 

E assim ao nosso lado, enterrado sob uma extensa camada de gelo e afastando do nosso olhar o continente perdido da ANTÁRTIDA − podendo ter sido em tempos remotos um território com um ecossistema (evoluindo por saltos e ao longo de ciclos) muito semelhante (por replicação num conjunto fechado) ao nosso – estando a tão desejada resposta, aquilo que pensaríamos obter apenas para lá do horizonte (para já inalcançável), num Evento extraordinário (anulando o Tempo) e ainda por determinar (ou não olhássemos todos as noites para o céu e para as estrelas e seu poder infinito): numa pequena amostra (42,42g), de dimensões reduzidas (3cmx3cmx2,25cm), perdida e localizada perto do Polo Sul (86° 22’ S, 70° 0’ W). E mesmo assim (como uma agulha num palheiro) descoberta (para crédito do Homem).

 

(imagens: NASA Goddard/youtube.com – Carles Moyano-Cambero/universetoday.com − Thomas Grau/Bolide/wikipedia.org)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:14

[Pretensamente achando estar a ser posta em causa a sua autoridade como Presidente e Comando Supremo das Forças Armadas (falamos de Donald Trump), vetando a decisão do Congresso (de maioria Democrata) tendo como objetivo terminar o apoio militar dos EUA ao genocídio levado a cabo contra o estado Iémen pelo reino da Arábia Saudita. Mas para já (parecendo não estar muito incomodados com o mais que esperado veto presidencial) sem grande resposta da parte dos Democratas.]

 

Trump Vetoes Congressional Resolution to End Yemen War

(Jason Ditz/antiwar.com)

 

479.jpg

Com as crianças a serem recrutadas para a guerra

(imagem: The New Arab/alaraby.co.uk)

 

“This resolution is an unnecessary, dangerous attempt to weaken my constitutional authorities, endangering the lives of American citizens and brave service members, both today and in the future.” (Donald Trump/antiwar.com)

 

479 c.jpg

Sendo mortas ou violadas sexualmente

(imagem: Getty/alaraby.co.uk)

 

“Houthis, supported by Iran, have used missiles, armed drones and explosive boats to attack civilian and military targets in those coalition countries, including areas frequented by American citizens, such as the airport in Riyadh, Saudi Arabia. In addition, the conflict in Yemen represents a ‘cheap’ and inexpensive way for Iran to cause trouble for the United States and for our ally, Saudi Arabia.” (Donald Trump/apnews.com)

 

Thousands of Children Killed or Sexually Assaulted in Yemen

(alaraby.co.uk)

 

479 b.jpg

Com funerais em massa de crianças como o ocorrido em Sanaa

(imagem: AFP/Getty/alaraby.co.uk)

 

“UN has sounded the alarm on Monday night about children in Yemen, reporting that thousands have been killed in the Saudi-and-UAE-led war in neighbouring Yemen. The UN Special Representative for Children and Armed Conflict Virginia Gamba said that more than 7,500 children have been killed in the war.” (alaraby.co.uk)

 

479 d.jpg

Com o Qatar a alcançar um acordo de cessar-fogo

(imagem: Getty/alaraby.co.uk)

 

"The figures for verified grave violations against children in Yemen during that period are staggering: more than 3,000 children were verified as recruited and used, more than 7,500 children were killed and maimed and over 800 cases of denial of humanitarian access to children were documented." (UN/alaraby.co.uk)

 

(textos e imagens: os indicados)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:28

Concluídas hoje (no Instituto Inglês de Desporto em Sheffield) as 3 Rondas de Qualificação para o Campeonato do Mundo de Snooker de 2019 – apurando os restantes 16 jogadores que se juntaram ao Top 16 do RM assim perfazendo os 32 finalistas – aproxima-se rapidamente a data do início da Fase Final do Mundial (detentor do troféu Mark Williams) a disputar a partir do próximo sábado (dia 20 de manhã) mas agora no (para o Snooker já um ícone)  CRUCIBLE THEATRE (Teatro do Cadinho).

 

2984945_00bf6c69.jpg

Mundial de Snooker

Fiel hospedeiro da Final (desde 1977)

Vendo à porta do Crucible Theatre (Teatro do Cadinho)

O troféu do Mundial de 2012 (conquistado por Ronnie O’Sullivan)

 

Acerca das Qualificações disputada em 3 eliminatórias e envolvendo 128 jogadores (apurando no final das 3 rondas apenas 16 ou seja 12,5%) com muitos deles ficando pelo caminho (112 ou seja 87,5%) e entre eles destacando-se pela sua posição mais elevada na tabela do RM (entre os mais bem colocados e suscitando maior surpresa com a sua eliminação) os seguintes jogadores (fiquemos pelos jogadores integrando o Top 30 − oito − entretanto eliminados):

 

8 dos Jogadores Eliminados nas Qualificações

 

R

J

N/RM

(5)

Ryan Day

Jimmy Robertson

Xiao Guodong

Mark King

Ricky Walden

GAL/17º

ING/22º

CHI/23º

ING/26º

ING/30º

(3)

Yan Bingtao

Tom Ford

Lu Haotian

CHI/20º

ING/25º

CHI/27º

(R: Ronda J: Jogador N: Nacionalidade RM: Ranking Mundial)

 

hero-4-38420982.jpg

Campeão do Mundo

O galês Mark Williams (2ºRM)

Atual Campeão do Mundo (conquistado em 2018)

Além de vencedor de 22 provas de RM (e 2 outros CM)

 

Com o quadro Final para a 1ª Ronda do Mundial de 2019 a ficar assim definido, envolvendo os 16 jogadores com acesso direto defrontando os 16 jogadores vindos das Qualificações (como a tabela seguinte indica) − e passando esta ronda tendo (os jogadores) de ultrapassar outras 3 rondas (2ªR, QF e MF) até atingir a desejada Final:

 

1ª Ronda do Mundial

 

Jogo

J₁

N/RM

J₂

N/RM

1

Mark

Williams

GAL/3º

Matin

Gould

ING/29º

2

David

Gilbert

ING/16º

Joe

Perry

ING/18º

3

Barry

Hawkins

ING/9º

Li

Hang

CHI/28º

4

Kyren

Wilson

ING/8º

Scott

Donaldson

ESC/39º

5

John

Higgins

ESC/5º

Mark

Davis

ING/38º

6

Stuart

Bibgham

ING/12º

Graeme

Dott

ESC/21º

7

Shaun

Murphy

ING/13º

Luo

Honghao

CHI/92º

8

Neil

Robertson

AUS/4º

Michael

Georgiou

CHP/52º

9

Mark

Selby

ING/2º

Zhao

Xintong

CHI/67º

10

Luca

Brecel

BEL/14º

Gary

Wilson

ING/32º

11

Jack

Lisowski

ING/11º

Allister

Carter

ING/19º

12

Mark

Allen

IRLN/6º

Zhou

Yuelong

CHI/35º

13

Judd

Trump

ING/7º

Thepchaiya

Un-Nooh

TAI/43º

14

Ding

Junhui

CHI/10º

Anthony

McGill

ESC/24º

15

Steven

Maguire

ESC/15º

Tian

Pengfei

CHI/81º

16

Ronnie

O’Sullivan

ING/1º

James

Cahill

ING/sRM

 (J₁ e J₂: jogadores em confronto sRM: sem RM)

 

p10501441.jpg

Mundial de 2012

Ronnie (9º a partir da direita), Robertson (7º), Trump (5º) e Allen (12º)

Deste quarteto e pelo desempenho esta época talvez saindo o novo CM

Num grupo de 4 Integrando 3 CM (com Mark Allen tendo atingido uma MF no CM de 2009)

 

Definidos os jogos da 1ª Ronda do Campeonato do Mundo de 2019 (a disputar entre 20/sábado e 25/quinta-feira) − com Ronnie O’Sullivan (Líder do RM) numa das partes do Quadro e Mark Williams (atual Campeão do Mundo) na outra parte do mesmo – podendo-se desde já indicar o emparelhamento para a 2ª Ronda do Mundial:

 

Jogos da 2ª Ronda do Mundial

 

Jogo

VJ

Jogo

VJ

17

1-2

21

9-10

18

3-4

22

11-12

19

5-6

23

13-14

20

7-8

24

15-16

(VJ: Vencedor do Jogo)

 

E dos jogadores presentes nesta Fase Final do Mundial (32) com 22 sendo oriundos do Reino Unido (68,75%) − ingleses e escoceses em maioria − 6 sendo oriundos da China (18,75%) e 4 sendo oriundos do Resto do Mundo (12,50%). Com a América e a África ausentes.

 

Uma prova com transmissão Eurosport e a realizar-se no Teatro do Cadinho (em Sheffield) de 20 de Abril até 6 de Maio dia da realização da Final.

 

(imagens: Chris Downer/geograph.org.uk − worldsnooker.com − twominutesnews.wordpress.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:13

Abril 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10

15
16

21
25



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO