Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

02
Abr 19

[Com o metano a poder ter um papel fundamental, no aparecimento de Água em Marte. No caso da Terra e como todos nós sabemos, sendo um indicativo adicional da presença de Vida. Que o digam as vacas, tão famosas pela sua digestão & expulsão − de dejetos (e traques) ricos em Metano.]

 

MarsCraterWalls.jpg

This image

shows large gullies

on both the pole- and equator-facing slopes

of a crater on Mars.

(Image: NASA/JPL-Caltech/University of Arizona)

 

Passado o Equinócio da Primavera (ocorrido a 20 de Março, pouco antes das 22.00) e lendo o SPACE JOURNAL (room.eu.com) relativo ao início da primeira semana do mês de Abril (Primavera no Hemisfério Norte e com a Mudança da Hora já efetuada, de sábado para domingo em Portugal), duas notícias bastante interessantes (pela presença de metano e pela presença de água) envolvendo o ainda misterioso (terá alguma vez tido vida, água, atmosfera?) planeta Marte (assim como o seu meio ambiente hostil) e podendo contribuir para o tão desejado êxito de futuras missões (de exploração espacial) desde sempre cobiçadas por Governos (EUA, Rússia, China) e agora até por Entidades Privadas (como a norte-americana SPACE X):

 

Falando-se da primeira confirmação da presença de METANO em Marte (com uma sonda confirmando os resultados da outra), efetuada por um grupo de cientistas utilizando dados obtidas pela sonda MARS EXPRESS e aí confirmando (relativamente ao mesmo período de tempo) anteriores dados fornecidos pelo ROVER da sonda CURIOSITY mas nunca completamente confirmadas e como consequência levadas a sério (pela restante comunidade científica) e como se já não bastasse (para alegria de ELON MUSK e do seu ambicioso projeto de Colonizar Marte)  da presença ainda hoje (como já poderá ter ocorrido no passado da História Geológica do planeta com mais de 4,6 biliões de anos) de água na superfície marciana − no seu subsolo.

 

Com novos estudos a afirmarem que o planeta “não será tão seco como se pensava” mas na realidade e nalgumas regiões algo húmido não só nos Polos (congelada) como até no Equador (chegando à superfície através de fendas, existentes nas suas inúmeras crateras). Tal como se pode constatar com “New evidence of a planet-wide groundwater system on Mars”:

 

“Earlier this month, scientists suggested Mars once had an ancient planet-wide system of channels that connected underground lakes with an extensive ocean that covered much of the martian surface. Impressive as this sounds, it might only be half of the story.”

(Kerry Hebden/room.eu.com)

 

MarsExpress.jpg

An artist's impression of the Mars Express spacecraft

which has just helped a team of scientists

make the first independent confirmation of a methane spike

recorded by Curiosity in 2013.

(Image: ESA)

 

Deixando no ar a ideia parcialmente confirmada e situando-se para além de uma mera hipótese teórica (ou não se baseasse em resultados práticos obtidos por aparelhos de medição instalados em duas sondas automáticas colocadas no local − uma em órbita/Mars Express outra à superfície/Curiosity Rover) de que no presente Ainda Existirá Água em Marte manifestando-se à superfície por intrusão da mesma (água e com a mesma a ser impulsionada devido a reações físico-químicas) desde o subsolo até mais acima (crosta marciana):

 

“We propose an alternative hypothesis that they originate from a deep pressurised groundwater source which comes to the surface moving upward along ground cracks."

(Essam Heggy/in Nature Geoscience).

 

E para além da presença de Água em Marte (no presente), sabendo-se da sua importância na existência de Vida (veja-se o caso do nosso planeta) e sendo nós seres (e como seu produto) Inteligentes e Organizados (tal e qual numa Linha de Montagem) − ou não fosse a Terra coberta em 70% por água e aproximadamente dentro dos mesmos valores o nosso corpo fosse (maioritariamente) por ela constituído – com a presença de um gás como o Metano (o mais simples hidrocarboneto) que na Terra poderá significar uma grande variedade de coisas (desde objetos a sujeitos): olhando apenas para as informações inseridas na Wikipédia podendo ser originado (o Metano) por ação de Gás e Carvão, de Vulcões e Falhas Geológicas, de Decomposição Orgânica, de Pântanos, de Digestão dos Animais, de Bactérias e etc., entre material mineral e material ORGÂNICO, possivelmente BIOLÓGICO, VIVO, ORGANIZADO.

 

(legendas/imagens: Kerry Hebden/as indicadas)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 15:09

[Eleições Presidenciais a 31 de Março (1ª volta) e 2ª volta a 21 de Abril (sendo necessária). E sendo-o na realidade, entre um oligarca (milionário, não exilado, envolvido em negócios ilegais e temporariamente esterilizado) e o representante de um outro oligarca (milionário, exilado, envolvido em negócios ilegais e perseguido no presente pela Justiça oficial).]

 

Kiev, Ukraine

(News)

 

maidan-fractures_large_large.png

1

Since the start of the Maidan protests six months ago,

Ukraine has been at the centre of a crisis

which has exposed and deepened the fault-lines

− geopolitical, historical, linguistic, cultural −

that traverse the country.

(Ukraine’s Fractures/Volodymyr Ishchenko/01.07.2014)

 

“Early results Monday in Ukraine's presidential election showed a comedian with no political experience maintaining his strong lead against the incumbent in the first round, setting the stage for a presidential runoff in three weeks. With over 70 percent of the polling stations counted, Volodymyr Zelenskiy had 30 percent support in Sunday's vote, while President Petro Poroshenko was a distant second with just over 16 percent.”

(cbsnews.com)

 

Um país literalmente dividido (certamente sem o consentimento do seu povo)

em duas partes incontactáveis (e nelas se mantendo enclausurado e dividido).

E desta forma sem solução (salvação) à vista, seja armada ou desarmada.

 

Euromaidan_01.JPG

2

Demonstração Pró-EU na Ucrânia

Kiev 27.11.2013

(mais próximos da fronteira Ocidental)

 

2014-03-09._Протесты_в_Донецке_022

3

Demonstração Pró-russa na Ucrânia

Donetsk 08.03.2014

(mais próximos da fronteira com a Rússia)

 

Concluída a 1ª volta das eleições presidenciais na Ucrânia marcada para 31 de Março (passado domingo) – com mais de 90 candidatos a apresentarem documentos, pouco mais de 40 a serem registados, pouco menos de 40 a poderem concorrer (39) e finalmente com pouco mais de uma mão cheia deles a poderem vencê-las – confirmam-se os resultados para os quais as sondagens previamente apontavam (relativas a 25 de Março) indicando corretamente quais os 5 candidatos mais votados e a sua correta ordenação (como se verifica na tabela seguinte):

 

Resultados da 1ª volta das Eleições Presidenciais na Ucrânia

(31 de Março de 2019)

 

Candidato

Partido

(apoio)

Ideologia/Posição Política

Sondagem

%

Resultado

%

Volodymyr Zelensky

Servant of the People

Populista /Pró-Europeu/Todas ideologias

28/29

30.41

Petro Poroshenko

Independent

(PPBS)

Nacionalistas-Cristãos/Pró-Europeus/Direita

18/19

16.03

Yulia Tymoshenko

Fatherland

Populista/Pró-Europeu/Direita

14/15

13.24

Yuriy Boyko

Independente

(OB)

Liberais/Eurocéticos/Centro-Direita

9/10

11.55

Anatoliy Hrytsenko

Civil Position

Conservadores/Liberais/Pró-Europeu

8/9

7.03

(os 5 candidatos mais votados/num total de 39)

 

Владимир_Зеленский_(2018).jpg

4

Zelensky

30% na 1ª volta das Presidenciais de 2019 na Ucrânia

(vencedor da 1ª volta e candidato/favorito na 2ª)

 

Não tendo nenhum dos candidatos mais votados obtido mais de 50% dos votos (condição para ser eleito logo à 1ª volta) tendo-se de realizar uma 2ª volta Presidencial marcada para o próximo dia 21 de Abril (do passado domingo a 3 semanas) tendo como únicos candidatos os dois mais votados na 1ª volta (realizada ontem): VOLODYMYR ZELENSKY (perto dos 30%) e PETRO POROSHENKO (perto dos 16%). Eliminando desde logo da corrida Yulia Tymoshenko, um dos candidatos afirmando-se favorito (uma mulher) e reclamando desde já de manipulação eleitoral (a favor de Poroshenko com o poder instalado recuperando-o para a 2ª volta).

 

Sendo assim no próximo dia 21 de Abril com dois candidatos lutando entre si de modo a garantirem para os próximos anos (2019 − ????) a presidência da Ucrânia, de um dos lados tendo o atual Presidente POROSHENKO com toda a sua máquina estatal/eleitoral a apoiá-lo, além de ser de todos os candidatos o que mais fundos de apoio (privados) recebeu estimados em mais de $15 milhões (com Tymoshenko em 2º/$12 milhões e Zelensky em 3º/$4 milhões) − o candidato do mais completo status quo (e da total indiferença) face ao que se passa no extremo leste da sua pátria – e do outro lado (fazendo-nos recordar o ocorrido noutras circunstancias e recentemente na Itália, com a vitória do partido fundado por Beppe Grillo/o Palhaço − o Movimento 5 Estrelas − hoje a maior força italiana e liderando o Governo) apelando o voto ao eleitorado mais jovem e simultaneamente dizendo-se (lhes) antissistema (sendo pouco mais de 12 anos mais novo que Poroshenko), tendo o oponente ao atual presidente o conhecido Comediante ZELENSKY: o mesmo que no seu programa de TV (ucraniana) Servo do Povo − e como seu principal personagem se colocou na posição de Presidente (personificando o seu atual adversário) interpretando-o/introduzindo-o à sua Comédia.

 

800px-Official_portrait_of_Petro_Poroshenko.jpg

5

Poroshenko

16% na 1ª volta das Presidenciais de 2019 na Ucrânia

(2º na 1ª volta e candidato/ainda Presidente na 2ª)

 

E no meio deste conflito (global e não regional por incluir duas grandes potencias como a Rússia e os EUA) que envolveu a Ucrânia, levando-a do atraso e da pobreza (então reinante) a um reerguer bem prometedor e de relativo sucesso (veja-se a organização em conjunto com a Polónia do EURO 2012/prova em que Portugal foi eliminado nas meias-finais pela Espanha/que se sagraria Campeã nos penaltis) mas inexplicavelmente (para a generalidade do seu Povo) e no fim deste percurso à Guerra Civil e à destruição quase total do lar de mais de 45 milhões de habitantes – com o futuro da Ucrânia a não se perspetivar melhor do que o é no presente, ou não fosse o Povo (algum dele pois ainda existe o leste) ter de escolher entre um tipo de aspeto sério, milionário e já com um grande historial (e experiência) de fácil convivência com a corrupção (oriunda sob a forma de ajuda e como forma de financiamento sobretudo do Ocidente) e um outro (que poderia ser a cópia-anti cópia-complemento-réplica do anterior) de aspeto mais jovem e divertido, com o sangue de Comediante no corpo e declarando-se antissistema, mas no fundo apresentando um discurso (ideias) vago − “Se não tem promessa, não tem deceção” (Zelensky) – e com o ”Rabo-de-Fora”.

 

“Com Zelensky

(o candidato a Presidente da Ucrânia em 2019 e o Protegido/presa)

a afirmar não ser uma marioneta de Kolomoisky

(o milionário e oligarca ligado a negócios ilícitos e além do mais o Protetor/predador)

 

Ou não fosse o Comediante e muito simplesmente a face da mesma moeda (do poder oficial/ucraniano), assumindo-se como anticorrupção, mas sofrendo igualmente de um (o seu) pequeno problema: tendo por trás de si outro indivíduo como Poroshenko (outro oligarca/milionário), que por acaso lhe abriu as portas da TV (e da sua grande popularidade) reforçando-lhe o seu apoio nas vésperas deste ultimo ato eleitoral − chamado Igor Kolomoisky no presente exilado e perseguido pela Justiça (outro que tal) talvez por corrupção (e outros negócios ilícitos).

 

(legendas e imagens: a partir de commons.com.ua [1] e wikipedia.org [2/3/4/5])

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:43

01
Abr 19

Imagens da última erupção registada no passado dia 27 de Março (quarta-feira) no vulcão mexicano POPOCATEPETL, num fenómeno geológico desde há alguns dias esperado, dado o crescente acumular de sinais do aumento da sua atividade (do vulcão) e do perigo iminente de explosões e de erupções (do mesmo):

 

PP.jpg

O vulcão mexicano Popocatepetl em erupção

(a cerca de 70Km da capital do México e a 1200Km de San Antonio/EUA)

 

Expetativas confirmadas pelas 01:23 UTC do dia 27 com o vulcão aparentemente ainda pouco ativo a iniciar um novo processo (violento) de expulsão de materiais incandescentes (magma), seguido de uma violenta erupção ejetando para a atmosfera cinzas vulcânicas ultrapassando os 8Km de altitude.

 

Com os efeitos mais nocivos desta erupção a estenderem-se por uns 2Km (a partir da cratera), deixando as encostas do vulcão Popocatepetl (e zonas adjacentes) a arder – e obrigando as autoridades mexicanas a subirem o nível de Alerta (indo de 0 até 5) de 2 para 3.

 

v1.jpg

Vulcão Popocatepetl

(segundos antes do início da erupção de 27.03)

 

Seguindo-se novas explosões e erupções no referido vulcão com a mais significativa a ocorrer (posteriormente) dois dias depois (dia 29 pelas 01:48 UTC) e lançando cinzas até 2Km de altitude.

 

No caso deste país da América do Norte − o México − fazendo fronteira com os EUA (localizado mais a norte) − e com o SUPER VULCÃO DE YELLOWSTONE (localizado no Parque Nacional norte-americano com o mesmo nome) – e com 42 vulcões identificados, no presente com o Popocatepetl a ser o protagonista (entre esta nova tribo de Ali Babá) mantendo-se num nível médio (assinalável) de atividade vulcânica.

 

v3.jpg

Vulcão Popocatepetl

(início da erupção de 27.03)

 

Vulcões Mexicanos integrando o Círculo de Fogo do Pacífico e fazendo parte da placa tectónica continental da América do Norte, no seu movimento convergente (refletido na deslocação da crosta terrestre acima ou abaixo do nível da água do mar) subduzindo (provocando o afundar da placa mais pesada) além do oceano a Placa de Cocos (placa tectónica oceânica localizada no oceano Pacífico, à oeste da América Central/wikipedia.org).

 

E com as últimas notícias referindo-se a este vulcão mexicano integrando a região geologicamente mais ativa do Globo Terrestre − onde (certamente) o Futuro da Terra se decidirá (pelo menos internamente) e onde se situa o território dos EUA – a informarem-nos que (através de volcanicdiscovery.com)

 

v4.jpg

Vulcão Popocatepetl

(segundos passados sobre o início da erupção de 27.03)

 

Popocatépetl Volcano Volcanic Ash Advisory:

REMNANT VA FROM ARND 30/0845Z ERUPTION. to 6,7Km

(Mar 30, 2019 18:00 PM)

 

Explosive activity continues. Volcanic Ash Advisory Center (VAAC) Washington warned about a volcanic ash plume that rose up to estimated 22000 ft (6700 m) altitude or flight level 220.”

 

v5.jpg

Cratera do vulcão Popocatepetl antes da última erupção

(vista aérea 1)

 

Deixando no ar alguma preocupação (para além da provocada pelas cinzas) sobre a evolução de mais esta crise vulcanológica, num ponto limite de uma das suas possíveis alternativas de desenvolvimento (caso não voltasse a acalmar-se) podendo dar origem a uma erupção pliniana (de intensidade/explosividade extrema) a mais violenta das manifestações deste tipo:

 

Entre outras consequências dramáticas (para o Homem e para a Sociedade que o alimenta) destacando-se (uma entre tantas) as que seriam provocadas pelas ondas de choque e de impacto atirando material vulcânico a vários Km de distância − levadas até ás últimas consequências, se em virtude da uma ainda mais intensa explosão/erupção, a mesma levasse à destruição parcial do vulcão (por exemplo das encostas).

 

v8.jpg

Cratera do vulcão Popocatepetl antes da última erupção

(vista aérea 2)

 

“Authorities in Mexico warned people to avoid the area around the Popocatepetl volcano after eruptions sent ash and smoke into the air and sparked fires in nearby fields.”

(ABC News/@ABC/twitter.com/29.03.2019)

 

Como se vê uma preocupação para os norte-americanos sobretudo os residentes no sul do país e particularmente no estado do Texas, obviamente provocada pela proximidade deste assinalável evento geológico (em curso) − cerca de 1200Km de distância entre o vulcão e a cidade texana de San Antonio – em princípio não provocando  no presente/futuro danos/vítimas indiretas mas podendo provocar alguns transtornos, como no trânsito aéreo e no fluxo turístico EUA Cidade do México (devido à proliferação no ar de cinzas vulcânicas).

 

E para a Maldição de TRUMP

depois dos ALIENS só mesmo as CINZAS!

(vista a origem de ambos, talvez justificando algum tipo de Muro)

 

(imagens: 1/4/5/6 - watchers.news e 2/3 - webcamsdemexico/youtube.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:37

SpaceX designs, manufactures and launches

advanced rockets and spacecraft

MAKING LIFE MULTIPLANETARY

(Space X)

 

mars-header.jpg

Making Life Multiplanetay

 

Aos 47 anos de idade com o cidadão com tripla nacionalidade (África do Sul/Canadá/EUA) – além de Milionário e com uma fortuna a caminho dos 22 mil milhões de dólares – ELON MUSK, a persistir na sua ideia (para uns meio-louca) de colocar seres humanos no planeta Marte (onde se andássemos como na Terra morreríamos nuns míseros segundos): apresentando-nos o protótipo (ainda em fase de construção) da NAVE ESPACIAL que levará a sua empresa aeroespacial SPACE X até ao Planeta Vermelho para além de algumas imagens adicionais do que poderá ser uma futura base (aí instalada).

 

“You want to wake up in the morning and think the future is going to be great - and that's what being a spacefaring civilization is all about. It's about believing in the future and thinking that the future will be better than the past. And I can't think of anything more exciting than going out there and being among the stars.”

(Elon Musk/Space X)

 

BFR1_Moon.jpg

SpaceX's Starship and Super Heavy Rocket

 

E sabendo-se simultaneamente do novo impulso que Donald Trump (acompanhado fortemente por antigos rivais seus nas primárias Republicanas) pretende dar ao desenvolvimento cientifico-tecnológico da indústria ligada à defesa e ao sector do armamento (na qual se integra e enquadra a nível Governamental toda a ação civil da NASA) − tendo como protagonistas (afastada a sociedade civil) nos desejos e sua total satisfação os seus amigos os Militares – não sendo de admirar que reaberto o horizonte (de investimento) novas personagens se aproximem (associados á área/negócio) oriundos da Sociedade Privada e ainda-por-cima subsidiados (fortemente) pelo próprio estado (servindo-se das suas impressoras/de dólares).

 

“Our aspirational goal is to send our first cargo mission to Mars in 2022. The objectives for the first mission will be to confirm water resources, identify hazards, and put in place initial power, mining, and life support infrastructure. A second mission, with both cargo and crew, is targeted for 2024, with primary objectives of building a propellant depot and preparing for future crew flights. The ships from these initial missions will also serve as the beginnings of the first Mars base, from which we can build a thriving city and eventually a self-sustaining civilization on Mars.”

(Space X)

 

mars-bfrs.jpg

Missions to Mars – First Mission

Objectives for the first mission will be (in 2022)

to confirm water resources, identify hazards,

and put in place initial power, mining, and life support infrastructure

 

Já com várias nações da Terra em alternativa aos EUA a lançarem-se ao (pelo mesmo) caminho, faltando apenas saber-se se a força de um coletivo (tal como se fez no passado, sempre feito por pioneiros, apresentando resultados) é não só maior e melhor do que a que um só indivíduo promete à multidão: quando no presente verificamos nos EUA uma fragmentação da ligação  estado/privado (quebrando pelo lado maior) talvez simbolizando o fim de um Império − veja-se a divisão NASA/Privados, com um sendo sugado/mesmo financeiramente pelo outro, no final e como tudo autodestruindo-se – enquanto no Resto do Mundo estados poderosos fazem precisamente o oposto (no topo estando a Rússia e a China e a caminho a Índia).

 

Nos próximos 10 a 20 anos e se tudo correr bem com o Homem a voltar a pôr o seu pé (esquerdo ou direito) na superfície da Lua e um pouco mais tarde e se o tempo o permitir (spaceweather) então fazê-lo em Marte (entre 2020/40). Para Musk (quando a dormir e a sonhar) daqui a 5 anos!

 

mars-progression.jpg

Missions to Mars – Second Mission

A second mission, with both cargo and crew, is targeted for 2024,

with primary objectives of building a propellant depot

and preparing for future crew flights

 

[Hoje vésperas do 1º de Abril e com o Homem das Estrelas (The Starman) ainda ao comando do seu carro elétrico Tesla (há muito a caminho de Marte), tornando-se este o batedor que um dia encontrará o seu mestre calcinado no inferno mortal de Marte (caso efetue a viagem, pelo menos restando os ossos).]

 

(imagens & legendas: spacex.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:25

Abril 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10

15
16

21
25



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO