Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

04
Mai 19

“Um planeta (Marte) na sua forma e na sua base (de cenário)

Em tudo semelhante ao nosso (Terra),

Mas há muito tendo perdido

O seu Maior Organismo Vivo

A sua PELE.”

 

PIA23201_raw.png

Nascer-do-Sol

(cor-crua)

 

PIA23201_cc.png

Nascer-do-Sol

(cor corrigida)

 

Coincidindo com a fase final da mudança de regime (Fascismo → Democracia) levando ao golpe de estado ocorrido com a Revolução dos Cravos (um dos símbolos do 25 de Abril) – tendo como ponto definitivo de inversão política a passagem de 24 para 25 de Abril de 1974 (já os norte-americanos tinham abandonado a LUA e o Programa APOLLO há ano e meio) – talvez por sermos um povo que para sobreviver teve sempre que recorrer ao risco e à Aventura (tendo a dupla vantagem de poder recorrer a vias de fuga como a terrestre e a marítima) num facto ampla e globalmente reconhecido com a Aventura Extraordinária Portuguesa da Era dos Descobrimentos (séc. XV/XVI) – com Portugal sobretudo entre 1415/1543 a poder ser considerado (tal com atualmente os EUA, a Rússia e a China) como uma das Grandes Potências Mundiais – por algum acaso, coincidência ou intervenção Divina ou até mesmo como Homenagem à nossa Odisseia de Aventura & Descoberta (no presente e depois da Conquista dos Oceanos, seguindo-se a Conquista do Espaço), eis que de um Mundo Alienígena (Exterior à Terra) localizado a uns 60 milhões de Km de distância (neste mês de 2019) nos chegam imagens da nossa estrela (o Sol) na noite da comemoração do início da nossa Revolução: com os seus raios solares passando por nós (na Terra passados 500 segundos), atravessando a escuridão do Espaço por milhões de Km e passados uns escassos 760 segundos, chocando com este Mundo – Marte − e agora (vindo da sua parte ou então de um intermediário) dando-nos resposta (sendo aqui o intermediário as câmaras da sonda InSight).

 

PIA23202_raw.png

Pôr-do-Sol

(cor-crua)

 

PIA23202_cc.jpg

Pôr-do-Sol

(cor corrigida)

 

Prosseguindo na Grande Aventura do Homem antes com a Conquista dos Oceanos agora com a Conquista do Espaço (podendo-se afirmar ter-se iniciado em 1926 com o lançamento nos EUA do primeiro foguetão sob direção do norte-americano Robert Hutchings Goddard) – e pelo meio não se deixando de ficar perplexo como uma espécie necessitando de se movimentar (para sobreviver como qualquer organismo vivo e dinâmico) iniciada uma (sua) nova fase evolutiva e essencial face à evolução externa (de modo a se dar um novo Salto), repentinamente e sem justificação (válida/credível que não o dinheiro) abandona os seus desígnios e como que regride (entrando em hibernação ou coma induzido) tanto no Tempo como no Espaço (depois de 48 anos de luta sucedendo-se 45 anos de quase nada) “deixando-se a Lua para trás − com a NASA a presentar-nos (e logo a nós Portugueses nesta data tão festiva) com imagens vindas de Marte e apontando deliberadamente para o Sol: apresentando-nos logo na precisa altura do 24/25 de Abril comemorativo de um 1ª Dia de Liberdade (passado há quase meio-século) um nascer-do-Sol e um pôr-do-Sol não como visto da Terra (onde nos encontramos) mas como visto de Marte (onde nos poderemos vir a encontrar no futuro − esperemos que muito próximo – apesar de já terem saltado/na previsão dos 2020 para os 2040).

 

PIA23180_raw.gif

Nuvens

(cor-crua)

 

PIA23180_cc.gif

Nuvens

(cor corrigida)

 

Pia 23201 e PIA 23202 uma dando-nos a usufruir um nascer-do-sol o outro (vendo a “sua” estrela “partir”) um pôr-do-sol (como o poderá ter visto um hipotético marciano) – e adicionalmente como bônus confirmando a existência de atmosfera (em Marte como na Terra, mais rarefeita ou mais concentrada) uma amostra do céu não limpo mas com nuvens, PIA 23180. Numa visão InSight (Interior Exploration using Seismic Investigations, Geodesy and Heat Transport) – sonda norte-americana enviada para Marte e aí aterrando para estudar entre outros aspetos (à superfície deste planeta) fenómenos como os sismológicos e os de transferências de calor – e tendo-a como intermediária entre O Outro Mundo e o Nosso. Entretanto para contrariar a nossa felicidade (de modo a ser, nem que temporariamente e apenas na nossa Imaginação, a mais plena possível) e confundir-nos um pouco mais (sabendo como sabemos, que nem tudo o que vemos é) − com os originais depois de “tratados” a serem editados pela NASA – com os responsáveis (do JPL-Caltech) a mostrar-nos  o planeta MARTE (alternativamente o Planeta Vermelho) segundo o RAW (cores captadas) e segundo ELES (cores corrigidas), talvez nenhum deles nos disponibilizando o verdadeiro colorido de Marte. Senão vejamos:

 

Em PIA 23201 (Sunrise on Mars) com o registo a ser efetuado a 24 de Abril de 2019 pelas 05:30 locais, no 145º dia marciano de estadia da Insight no planeta;

Em PIA 23202 (Sunset on Mars) com o registo a ser efetuado já a 25 de Abril de 2019 pelas 18:30 locais, ainda no decorrer do 145º dia de estadia;

Em PIA 23180 (Clouds on Mars) com este último registo a ser feito simultaneamente ao anterior.

 

Mostrando-nos que sendo NOSSO, o SOL também o é de Todos, tal e qual como o 25 de Abril, Marte e todo o Universo. E para tal bastando querê-Lo (o hoje Impossível, mas com hipóteses Infinitas).

 

(imagens: photojournal.jpl.nasa.gov)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:46

02
Mai 19

[Agora que estamos na época (em Portugal) da caça ao (bolso do) Contribuinte: mas apesar de tudo e por aqui (a nossa tão querida terrinha) ainda com algum retorno (mesmo que mínimo) para os bolsos (já tão explorados/esburacados) dos referidos como pobres.]

 

0d6a567e-788e-11e7-a1a9-4f8ddd191a99-640x476.jpg

Microsoft nesta altura

Com muitas empresas apesar de apresentarem lucros na ordem dos biliões

Recebendo a devolução (em biliões) em retorno de impostos (em dólares)

 

Afinal de contas o teste levado a cabo no passado sábado (26 Maio) pela SPACE X − tendo como objetivo desse ensaio a cápsula espacial DRAGON – não terá sido vítima como inicialmente noticiado de uma simples “anomalia” (dada a dimensão e visibilidade do respetivo incêndio e fumo produzidos) mas de um problema muito mais grave (estando-se pelos vistos a testar os motores da DRAGON) levando à explosão e destruição da mesma.

 

Só mais tarde tendo aparecido oficialmente o reconhecimento do fracasso de mais este teste levado a cabo pela SPACE X − tendo como fim pretendido a preparação final da cápsula espacial DRAGON − em princípio prevista para inicialmente se tornar num veículo de transporte de carga no Espaço (desde logo abastecendo a Estação Espacial Internacional ou ISS) para a curto-prazo começar finalmente a transportar tripulação (o verdadeiro objetivo).

 

Falhanço acabando por ser reconhecido (pelo menos aparentemente) mais pela NASA do que pela SPACE X e parecendo mais um partilhar de culpas (neste caso pela NASA) para desculpar uma das partes (neste caso a SPACE X): partilhando a “MISSÃO” tornando-se ambas responsáveis pelo sucesso ou fracasso de uma ou da outra, apesar da construção ser da responsabilidade da SPACE X ficando apenas a colaboração/apoio para a outra parte a NASA.

 

Uma forma peculiar de se investir num Negócio (neste caso um caso típico nos EUA) pedindo financiamento ao Estado e com ele partilhando os possíveis fracassos dos Privados: tal como numa PPP (Participações Público-Privadas) tendo lucro ficando para o Privado e tendo prejuízo com as contas a serem enviadas para o Estado. Mesmo sendo Milionário uma forma de se investir mesmo com pouco dinheiro (próprio), tal como o terão feito muitos outros (investidores norte-americanos) entre eles ELON MUSK (o patrão da SPACE X).

 

snapshot.jpgsnapshot 2.jpg

Cápsula Espacial DRAGON

Teste de motores c/1 versão DRAGON (num processo ≈ ao sistema de emergência utilizada pela SOYUZ correndo mal o lançamento) sofrendo uma “anomalia” e explodindo

 

“NASA has been notified about the results of the @SpaceX Static Fire Test and the anomaly that occurred during the final test. We will work closely to ensure we safely move forward with our Commercial Crew Program.”

(Jim Bridenstine/administrador da NASA)

 

“The NASA and SPACE X teams are assessing the anomaly that occurred today during a part of the DRAGON SUPER DRACOSTATIC FIRE TEST at SPACE X Landing Zone 1 in Florida. This is why we test. We will learn, make the necessary adjustments and safely move forward with our commercial Crew Program.

(Jim Bridenstine/@JimBridenstine/Twitter.com)

 

Tudo se passando numa altura em que nos EUA muitas das suas grandes empresas de referência (entre outras AMAZON, APPLE e MICROSOFT) apontam para ganhos na ordem dos biliões de dólares (11,2/15,8/20,1 biliões de dólares em 2018) e no entanto e em sentido contrário (da lógica pretensamente do poder: “Se ganhas tens que pagar Impostos”, ou traduzindo literalmente “Se és Rico deves ajudar os Pobres”) – num insulto e numa provocação para quem trabalha, mesmo ganhando pouco dinheiro (lógica do poder para os pobres: “se recebes tens lucro, deves pagar um retorno”), num pagamento muitas vezes insuficiente (para a sua simples sobrevivência) e tendo obrigatoriamente de pagar impostos pagando todas taxas iguais a ZERO. Passando instantaneamente e conforme a Ocasião (por vezes o ACASO) e a Necessidade (ocasião/necessidade coincidentes), de lucro a prejuízo e vice-versa: virtudes exclusivas dos Estados Unidos da América, dos Dólares e das suas incansáveis rotativas (Impressoras) − como diriam (e já afirmaram) certos prémios Nobel (divertindo-se com a situação para eles IMPOSSÍVEL da falta de dinheiro) da Economia e Norte-Americanos.

 

MW-GB586_Income_20180111103344_ZH.jpg

De acordo com o Tax Policy Center

Com mais de 44% dos trabalhadores norte-americanos a não pagarem imposto

Apenas por nem sequer ganharem o suficiente para sobreviver

 

Segundo a TAX POLICY CENTER (uma organização não-partidária com sede em Washington) com mais de 44% dos norte-americanos a não pagarem imposto (Federal) no ano de 2018 (cerca de 76,5 milhões), significando apenas que a esmagadora maioria deles não ganha o dinheiro necessário e suficiente (ao contrário das grandes Empresas, na mesma situação de não pagarem, apesar do aumento dos seus lucros) para sobreviver. E pagando (pelos vistos por todos) os outros 56% (de trabalhadores). Num país considerado a Maior Potência Global (os EUA) e em que Portugal (que se saiba não uma grande potência mundial e ainda recentemente sob intervenção do FMI), poderia ser um (bom) exemplo de sucesso tanto na área da Educação como no da Saúde (quem diria).

 

Por cá com os nossos “Espertalhões” virando as costas aos seus (aos seus compatriotas portugueses e mesmo assim dando-lhes lições de Moral) e escolhendo outros (países) como “seu” domicílio fiscal: tendo como um dos exemplos mais divulgado o “Patrão” de um conhecido XXXX, com domicílio fiscal que não cá, mas situado no estrangeiro (e é certo que inteligente – no meio de tanto asno e com tantos de nós incluídos − protegendo-se e à sua prole). Enquanto Costa nos governa (a nível interno/nacional) e Marcelo (este só com um “L” não como o seu padrinho Marcello) nos exibe (a nível externo/internacional): este último ainda agora na China escutando os chineses e a sua “ROTA da SEDA”.

 

(imagens:  Swayne B. Hall/AP Photo/seattletimes.com − Engineering Today/youtube.com – Joe Raedle/Getty Images/marketwatch.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:05

[Depois de Moçambique − com IDAI e KENNETH − sendo agora a vez da Índia com o ciclone FANI.]

 

India Orders Mass Evacuations as 'Extremely Severe' Cyclone Nears

(Hillary Leung/Time/May 2, 2019/yahoo.com)

 

ni_vis_sat_tropicalindex_0.gif

À direita com o Olho do ciclone FANI

Oriundo da Baía de Bengala no norte do oceano Índico

E já muito próximo da costa nordeste da Índia

 

Como se pode ver no mapa (anterior) apresentando-nos uma imagem via satélite do norte do oceano ÍNDICO, sendo bem visível no cumprimento do seu percurso (previsto pela meteorologia) a rápida aproximação de uma grande tempestade, atravessando a Baía de Bengala e dirigindo-se para a costa nordeste da ÍNDIA: tratando-se do ciclone FANI (em intensidade equivalente a um furacão de Categoria 4) podendo originar rajadas de vento (máximas) na ordem dos 250Km/h e simultaneamente transportando consigo elevada precipitação, originar nas regiões mais atingidas (durante a sua passagem) grande destruição (material), inundações, deslizamentos de terra e inevitavelmente vítimas humanas (entre feridos/mortos/desaparecidos). Num cenário muito semelhante ao ocorrido recentemente em Moçambique (aqui com 2 tempestades num curto intervalo de tempo a abaterem-se sobre o país – as tempestades tropicais Idai e Kenneth) – causando mais de 1000 vítimas mortais (e ainda hoje Maio,3 com o regresso da chuva a aumentar ainda mais as preocupações, dada a persistência das inundações) – mas podendo no caso da Índia (até pela sua elevada densidade populacional) ter consequências ainda mais gravosas.

 

190501104226-tropical-cyclone-fani-forecast-track-

Ciclone FANI

Segundo a CNN com a tempestade a atingir a costa leste da Índia amanhã

Sendo de Categoria 3 (rajadas máximas ligeiramente superiores a 200Km/h)

 

Levando as autoridades a declarar o estado de emergência (especialmente a partir da costa nordeste) e a iniciarem um processo de evacuação maciço das populações no trajeto (e zonas próximas) de passagem do ciclone FANI − umas 800.000 – sabendo-se que dos mais de 1.000 milhões de indianos 10% deles (100 milhões) estarão no caminho desta violenta tempestade: classificando-a como uma “Tempestade Ciclónica Extremamente Severa” e prevendo a sua chegada a terra (oriundo do norte do Índico/Baía de Bengala) na próxima sexta-feira, 3 (amanhã):

 

Extremely Severe Cyclonic Storm FANI about 450 km south-southwest of Puri at 0530 hrs IST of 02nd May, 2019. To cross Odisha coast around Puri by afternoon of 3rd May.

(India Met. Dept./@indiametdept/twitter.com)

 

merlin_154270959_7209bc84-d5d9-4aed-be97-7775f64f4

Ciclone FANI em imagem via satélite

Obtida na passada quarta-feira na Baía de Bengala

E com o mesmo já a caminho da costa leste da Índia

 

Segundo as últimas informações sobre a evolução do ciclone FANI divulgadas nos últimos minutos, mantendo-se as previsões anteriores sobre o impacto devastador que poderá ter o mesmo ao atingir o nordeste da Índia, na aproximação deste fim-de-semana (de 3/4/5 Maio): mantendo-se a sua Categoria 4, apesar da CNN apontar para Categoria 3 e outros sugerirem mesmo (caso as condições meteorológicas em redor do ciclone o proporcionem) poder atingir Categoria 5 (com rajadas de vento máximas superiores a 250Km/h). Com a cidade de PURI (e outras regiões/localidades até Brahmapur) mesmo no caminho do Ciclone, a poder ser uma das principais vítimas do ciclone FANI. E com FANI a enfraquecer a partir de sábado/domingo transformando-se numa tempestade tropical com vento e sobretudo muita chuva.

 

(imagens: wunderground.com – cnn.com – noaa.gov)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:32

01
Mai 19

[Em Chicago, em Caracas, em Paris.]

 

“O primeiro 1º de Maio celebrado em Portugal depois do 25 de Abril

foi a maior manifestação alguma vez organizada no país.

Só na cidade de Lisboa

juntaram-se mais de meio milhão de pessoas.

Para muitos,

foi a forma dos portugueses demonstrarem a sua adesão ao 25 de Abril,

que uma semana antes restituía ao país a democracia.”

(Filipa Silva/jpn.up.pt/30-04-2004)

 

screen-shot-2017-10-13-at-9-03-23-am.png

Chicago

O pedido dos 500.000 manifestantes presentes no 1º de Maio de 1886

Pelas oito horas de trabalho diárias

Violentamente reprimida pela polícia

Originando dezenas de feridos e de vítimas mortais

 

No dia em que se comemora um pouco por todo o Mundo o DIA do TRABALHADOR (mesmo a nível litúrgico com a celebração de São José Operário)  – numa data comemorativa e de homenagem  (dia 1º de MAIO) à greve realizada há exatamente 133 anos pelos trabalhadores da cidade norte-americana de CHICAGO (pela conquista das oito horas de trabalho diário) com meio milhão de trabalhadores descendo à rua em manifestação pacífica e com a polícia como resposta a reprimir violentamente a mesma originando dezenas de feridos e de mortos – e em que por outro lado persiste e se intensifica (cada vez mais) a diferença (um dos diversos tipos de RACISMO) entre RICOS e POBRES, facilmente nos apercebemos que se no decorrer deste último século as nossas condições de Vida (de adaptação e de sobrevivência para a esmagadora maioria dos mais de 7,5 biliões circulando à superfície da Terra) se alteraram, as mesmas continuam a ser cerceadas e cada vez mais limitadas (no fundo negando a aplicação da Declaração Universal dos Direitos do Homem, proclamada pela ONU em 10 de Dezembro de 1948) conduzindo a um maior Desequilíbrio (agora denominado INIQUIDADE e introduzindo aquilo que Eles acham contrário à sua Moral, Religião e Justiça oficialmente adotada) económico e social (nesta fase do processo parecendo ter atingido um ponto de evolução irreversível): como se pode constatar (e sem exceção) em todos os Cinco Continentes (cingindo-nos apenas às notícias diárias) com a contínua proliferação de conflitos, de cenários de violência, de guerras intermináveis, de extensos territórios de fome, de contingentes de migrantes em fuga −(da Morte), etc. e como consequência (da total destruição física e mental) das inevitáveis doenças − dizimando sob os nossos olhos (mesmo que cabisbaixos, mas denotando o nosso sentido de Culpa e de Vergonha) e com o nosso conhecimento/consentimento tácito (situacionista/oportunista) famílias completamente inocentes.

 

Seja no Médio-Oriente (Iraque, Síria, Iémen, etc.), seja em África (Líbia, Nigéria, Somália, etc.) e seja na Ásia (Afeganistão, Myanmar, Índia/Caxemira, etc.); seja mesmo na Oceânia (outra estratégia de Guerra) com os atentados terroristas (sendo o último com grande impacto na Nova Zelândia), na Europa de leste (Ucrânia) ou mesmo na América (para já não falar de outra Guerra Mortal a Guerra dos Carteis de Droga Mexicanos, ou então do caos vivido em muitos países da América Central, agora com mais uma chama acesa pelos vistos de Petróleo e na Venezuela).

 

190501-nicolas-maduro-supporters-al-1358_788024d1a

Caracas

Manifestação de apoiantes de Nicolas Maduro

Durante a celebração deste 1º de Maio em Caracas

Exibindo ao centro a imagem do revolucionário e Libertador sul-americano

Simon Bolivar

 

Neste dia 1 de Maio de 2019 e depois de mais uma tentativa de Golpe de Estado aparentemente fracassada (curiosamente e antecipando-se à Comemoração, sendo levada a cabo no dia anterior ao Dia do Trabalhador) – apesar de fortemente apoiada pelos EUA através do seu representante GUAIDO (do outro lado da barreira estando Russos e Chineses apoiando MADURO), numa ação (concertada) contra um país Soberano e independente (tal como o afirma a ONU mas como sempre nunca saindo daí), utilizando o mesmo método (e até os mesmos indivíduos de há 46 anos) aplicado anteriormente (a 1 de Setembro de 1973) ao CHILE do socialista SALVADOR ALLENDE e tendo como consequência imediata a subida de mais um Ditador ao Poder (AUGUSTO PINOCHET) com apoio total (e manual de instruções) conforme etiqueta original “MADE in USA” − e a partir daí originando (para além da morte do Presidente eleito) no mínimo (para sermos mais comedidos e conservadores, baseando-nos nos “dados oficiais”) 3.000 pessoas mortas e outras 30.000 torturadas (e deixando de lado os “Desaparecidos”) – com as atenções globais a dirigirem-se obviamente para a Venezuela e para a possibilidade da agudização da sua já tão crítica situação interna (económica/social/política) podendo mesmo levar à Guerra Civil. Se há 46 anos com um Salvador-Militar a tomar as rédeas do país (para o ditador PINOCHET no CAOS TOTAL), agora com um Salvador-Civil a querer REPLICÁ-LO (GUAIDO apoiado por norte-americanos no presente no Poder, nem tanto por outros fora/dentro dele e apelidando-o de Socialista) mas sempre e curiosamente (executando-o) com o mesmo patrocinador.

 

E a caminho do fim do dia deste 1º Maio e a esta hora (19h 30mn em Lisboa, 14h 30mn em Caracas e ainda muito/pouco podendo neste dia suceder) estando tudo ainda em suspenso, com MADURO ainda na Venezuela (não tendo fugido num avião russo, como afirmado pelos EUA) assim como GUAIDO o seu adversário: lutando nas ruas com (ou será contra?) o seu Povo (com estes últimos à frente, para os proteger das balas) e tendo como objetivo (único, apenas de substituição) a derrota do adversário (e não a Vitória das suas ideias, como representantes desse povo). Pouco importando ser Maduro ou eventualmente mais para o Verde. Mas sendo Europeu e estando atento, ao olhar para a TV ficando surpreso (momentaneamente), um pouco confuso antes da “tradução” (das imagens): não sendo CARACAS (com Maduro e Guaido) mas sendo PARIS (com Macron e os Coletes-Amarelos). Restando-nos a nós escolher qual o Leão qual a Gazela (sendo que o 1ª come sempre o 2º) e daí sabendo tirar as respetivas as consequências (para todos nós no Mundo).

 

1e6fba979d634c3c80e95180a00d7438_18.jpg

Paris

Com as manifestações do 1º de Maio na capital de França

O país do Banqueiro Emmanuel Macron

A levar a mais uma manifestação de rua dos Coletes-Amarelos

O único palco aos mesmos fornecido e inevitavelmente levando a cenas violência

 

Quanto à Europa onde estamos (Portugal e os portugueses) integrados, mantendo-se fiel à América (internamente referida como violenta e extremamente agressiva, numa cópia exata de Donald Trump), apoiando o pretendente Guaido (o Amigo Américo-Venezuelano) mesmo nada lucrando com isso (mantendo-se obediente face a possíveis sanções dos EUA) e até podendo perder futuros e potenciais negócios (ou não tivesse a Venezuela a par do Irão, das maiores reservas de petróleo da Terra) − caso contrário podendo acontecer o mesmo como o sucedido (há horas) com CUBA, apoiando NICOLAS MADURO (e não JUAN GUAIDO) sendo desde já ameaçada pelos EUA com mais um “suplemento” (que não vitamínico) de sanções económicas: num retrato de uma Velha Europa há muito tempo ultrapassada e em franca e visível Decadência (onde estão os Humanistas, os artistas Defensores da Liberdade) – só usando o seu espelho, só olhando para uma dúzia e sistematicamente ignorando os restantes (não se apercebendo da virtualidade dos espelhos, apenas nos dando a imagem de algo visto como um mero objeto, razão pela qual muitos/não sendo necessário os evitam, queixando-se não deles, mas da sua imagem um pouco distorcida aí refletida) − vivendo num condomínio fechado (julgando-se em Segurança/Protegidos) e usufruindo do retorno dos seus Rendimentos (fazendo-nos pensar em Mortos-Vivos). Como Covardes e sem Vergonhas que somos, por opção e especialização (por Eles certificada/ordenada).

 

Por cá (o nosso Portugal, o “Portugal dos Pequeninos”) e como sempre devido “a problemas técnicos” − a que “somos completamente alheios e mesmo assim pedimos desculpa” – como esperado e por nós desejado (telespetador/consumidor) com “O Programa a seguir dentro de Momentos”. Recordam-se?

 

(ajuda nas legendas e imagens: haymarketaffairfilm.com – nbcnews.com − Christopher Furlong/Getty Images/aljazeera.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:49

Apurados os 4 semifinalistas (dos 144 jogadores iniciais) do Campeonato do Mundo de Snooker de 2019

 

– A disputar-se no Teatro do Cadinho na cidade inglesa de Sheffield

 

Mundial 2019

(Meias-Finais)

 

Fase

D/H

J

N

RM

J

N

RM

MF1

2/14:00

3/11:00

3/20:00

4/15:30

David

Gilbert

ING

12º

John

Higgins

ESC

MF2

2/20:00

3/15:30

4/11:00

4/20:30

Gary

Wilson

ING

20º

Judd Trump

ING

(D/H: Data/Hora J: Jogador N: Nacionalidade RM: Ranking Mundial MF: Meia-Final)

 

É desde logo relevante o percurso do inglês GARY WILSON desde as Qualificações até às Meias-Finais (tendo de ultrapassar 6 eliminatórias ao contrário dos restantes 3 jogadores, apurados disputando apenas 3 rondas dado integrarem o Top 16 do Ranking Mundial e com acesso direto à Fase Final), assim como o do Tetra Campeão do Mundo (1998/2007/2009/2011) e atual 2X Vice-Campeão do Mundo (2017 e 2018) o escocês JOHN HIGGINS (com 30 provas de RM ganhas): ao lado do inglês Ronnie O’Sullivan (com os seus 5 títulos Mundiais e 36 provas de RM ganhas) uma das duas Lendas ainda no ativo nesta modalidade do bilhar o SNOOKER.

 

A estes dois (um inglês e um escocês) juntando-se mais dois jogadores ingleses, um com uma carreira já mais consolidada – JUDD TRUMP (1X Vice-Campeão do Mundo/2011 e com 10 provas de RM ganhas) − o outro menos cotado no Ranking Mundial, mas sendo igualmente um excelente jogador (técnica e taticamente) – DAVID GILBERT.

 

E assim se completando o “Embrulho” com um laço brilhante de John Higgins (eliminando o grande favorito o australiano Neil Robertson) a embelezar ainda mais este Mundial (“reparando-o” depois da eliminação surpreendente de The Rocket).

 

MG_8733.jpg  nintchdbpict000294810256.jpg

Judd Trump, John Higgins

 

Gilbert1.jpg  Gary_Wilson_at_Snooker_German_Masters_(Martin_Ruls

David Gilbert e Gary Wilson

Entre eles estando o novo Campeão do Mundo

 

Amanhã (quinta-feira,2) iniciando-se a seguir ao almoço (14:00) a 1ª meia-final deste Mundial (agora em 3 dias e em 4 sessões e à melhor de 33 frames)

 

Para à hora do jantar (20:00) se seguir a 2ª meia-final:

 

Dada a cotação destes 4 jogadores (integrando desde já o Top 20 do RM) e a sua grande performance neste Mundial (com vitórias merecidíssimas) − comprovando a sua presente grande forma – com os prognósticos a serem incertos apesar de apontarem para uma final entre HIGGINS e TRUMP (com Higgins a tentar ultrapassar o pesadelo dos dois últimos Mundiais, sendo um dos finalistas mas nunca o vencedor).

 

Mas felizmente apenas se os outros – GILBERT e WILSON − o consentirem.

 

Até porque financeiramente 100.000£ é diferente de 200.000£ e certamente (ainda mais) de 500.000£, para além das 500.000£ vir ainda acompanhada do título de CAMPEÃO do MUNDO.

 

(imagens: worldsnooker.com − AFP/thescottishsun.co.uk − prosnookerblog.com − wikipedia.org)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:33

[Com partículas carregadas (protões/eletrões) ao atravessarem os poderosos campos eletromagnéticos rodeando Pulsares (estrelas de neutrões), dando origem à emissão (denominada Emissão Cherenkov) de raios Gama, com a projeção de flashes superintensos e extremamente luminosos/brilhantes.]

 

vanishing_pulsars.jpg

- While studying the globelike supernova remnant

Astronomers discovered a new pulsar PSR J1841-0500

- After shining for at least a year

The pulsar located inside the white circle abruptly disappeared.

- The left image was provided by the Multi-Array Galactic Plane Imaging Survey

The right by CHANDRA

(Shami Chatterjee)

 

Em mais uma conclusão Lógica (pelo nosso lado) e simultaneamente Natural (por parte de tudo o que nos Integra e Compõe) finalmente assumida por parte do Homem (o animal Racional habitando este planeta Terra e considerada a espécie Dominante), mais uma afirmação científica que poderia ter sido originada numa reflexão (é certo que um pouco mais incisiva e profunda) de um leigo curioso e autodidata (aprendendo com a sua experiência e com a replicação de episódios) − apenas observando, memorizando, associando (e dessa forma a partir do comportamento de um elemento podendo-se compreender os restantes) – informando-nos de uma Realidade um pouco diferente daquela oficialmente aceite (e incessantemente reproduzida) pondo em causa uma determinada Teoria (Científica) ou talvez nem tanto (apenas incompleta mas interagindo – por dinâmica − e sendo necessariamente Evolutiva):

 

“Faster-Than-Light Particles Emit Superbright Gamma Rays that Circle Pulsars”

(Yasemin Saplakoglu/livescience.com)

 

Tal como seria de esperar associando por exemplo a velocidade atingida por um Automóvel à velocidade atingida pela LUZ (dois veículos de transporte), com as mesmas (Automóvel e LUZ) atingindo a sua velocidade de referência (baixa ou elevada) mas podendo ser ultrapassadas (por baixo ou por cima) por outro tipo de veículo/objeto/partícula: e se a velocidade máxima atingida por um veículo circulando em terra atinge no momento cerca de 1200Km/h (Land speed record) – evoluindo desde velocidades muito menores (anteriores limites) para outras antes nunca imaginados (limites superados) – o mesmo podendo suceder com a LUZ e com a sua velocidade (limite) de 300.000Km/s. Contrariando ou talvez não entre todos os valores conhecidos o valor máximo oficialmente atribuído à velocidade da  LUZ (conhecida pelas suas partículas, viajando mais rapidamente entre todas por todo o universo conhecido) com os cientistas a depararem-se com Velocidades Superiores (à da Luz) apresentadas por outras partículas: viajando mais rapidamente do que a Luz ao atravessarem o Espaço (Quantum Vacum) rodeando PULSARES (estrela de Neutrões).

 

As electrons and protons fly by pulsars, they create the ultrabright gamma-ray flashes emitted by the rapidly twirling neutron stars, new research reveals.”

(Yasemin Saplakoglu/livescience.com)

 

crab-pulsar.jpg

- A group of astrophysicists using VERITAS

Spotted gamma rays with energies exceeding 100 billion electron-volts

Emitted from the Crab Pulsar supernova

- The fast spinning Crab Pulsar supernova

Was the first to be connected with a supernova remnant

- The Crab pulsar's emissions were more than 100 giga-electron-volts

Which are 100 billion times more energetic than visible light

 

Com esses “Raios-de-Luz” deslocando-se a mais de 300.000Km/s − as emissões CHERENKOV (raios GAMA) – e aparentemente contrariando a Teoria de Einstein (sobre a questão da Velocidade da Luz ser o Limite), a serem apenas o resultado (a consequência) da passagem de partículas carregadas por poderosos campos eletromagnéticos, como que lhes dando um impulso (criando uma Nova Onda), aumentando-lhes a velocidade e como que com um BOOM (sónico) ultrapassando os parâmetros normais (o limite/a fronteira): para além de nos fazer lembrar a barreira do Som (por exemplo sendo ultrapassada pela da Luz) e ainda nos recordar qual a fonte/forma de energia utilizada por muitas das sondas para se deslocarem (os campos magnéticos de corpos celestes, para dele obterem um impulso), nem se necessitando sequer de sair da TERRA (para observarmos/estudarmos este fenómeno) quando o poderemos confirmar aqui mesmo no nosso Mundo ao nosso lado (até aqui se vendo como tudo é Relativo do maior ao mais pequeno, do mais próximo ao mais afastado).

 

“These gamma-rays, called Cherenkov emissions, are also found in powerful particle accelerators on Earth, such as the Large Hadron Collider near Geneva, Switzerland.”

(Yasemin Saplakoglu/livescience.com)

 

E com mais este exemplo acentuando-se ainda mais a diferença (e a distância) entre Política/Estática/Estéril (símbolo de Limite, status quo e de Morte) e Ciência/Dinâmica/Evolutiva (símbolo de Infinito, movimento e de Vida), com uma mesmo face às evidências mantendo-se MONOLÍTICA/Indiferente (a Política) e com a outra face aos factos observados e infinitamente replicados TRANSFORMANDO-SE e mantendo-se fiel a LAVOISIER: “Na Natureza Nada se Perde, Nada se Ganha, Tudo se Transforma” − a primeira grande afirmação/reflexão universal (não colocando o Homem no Centro do Mundo mas nela), desmentindo o nascimento e a morte, como limite da existência (nossa e do Universo) mas no entanto nunca se descurando a outra (componente) a mental e Espiritual (não estritamente física). Ou o Universo não fosse uma Entidade Viva Eletromagnética (Físico-Espiritual). Com “Limites” por expandir (extinguir) sendo como tudo não descontinuados, mas naturalmente transformados. Mas tendo o Homem uma última palavra (primeiro passo: saindo da Terra, a sua Zona dita de conforto), não querendo ser Dinossauro, esquecido e Extinto.

 

"It provides a new way of testing some of the most fundamental theories of science by pushing them to their limits."

(Dino Jaroszynski/University of Strathclyde/eurekalert.org)

 

[VERITAS: Very Energetic Radiation Imaging Telescope Array System.]

 

(imagens/legendas: livescience.com e rt.com – CFA/ibtimes.co.uk)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:05

Maio 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
16

21
23



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO