Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

01
Jun 19

Não sendo bem a mesma Coisa

(comparando-nos a Objetos, não estando o Sujeito na Moda)

conforme se fale de “RICOS

(sendo eles os Patrões)

ou se fale de “POBRES

(tendo esmagadoramente um Emprego apesar de desejarem um Trabalho, neste último podendo criar/não replicar no seu fascinante ofício),

para uns sendo um Passatempo (um Hobby)

para outros uma Necessidade (de pura Sobrevivência).

 

6d2b5dd7a5b044bc02b3d4ed6dc56b25.jpg

 

“No Ranking dos Empregos podendo ser proporcionados para usufruto Futuro dos nossos Filhos (que tanto esforçaram os seus Cérebros, gastando dinheiro em Explicações Profundas e em Centros de Formação/Emprego como o são as Universidades Privadas) sendo fácil (1) descobri-los e ainda mais fácil (2) apanhá-los: nem que sendo uma “Besta (IQ perto de Zero) e depois de pré-comprar “Explicações & Curso (para tal servindo os Privados) olhando apenas para as Tabelas (remuneratórias) e inscrevendo-se no Partido (do Arco Governamental). Num país onde o “bom-aluno” e tal como acontecia ontem nos “Tempos da Outra Senhora (que nem era uma Senhora, mas Senhores), é ainda hoje o Indivíduo que podendo até ter um grande atraso mental em contrapartida tem uma Boa Memória Fotográfica, sendo então considerado um Génio e ganhando (no Sorteio, mesmo havendo fraude) um grande Emprego.”

 

Para quem vive em Portugal e ainda não foi certificado com a “Habilitação Profissional de Não Ver para Receber”, poderá ter no presente ainda algumas dúvidas do local onde se encontra a tão procurada e fundamental “Árvore das Patacas”, não só importante para a “Sobrevivência dos Velhinhos” como e sendo ainda mais importante para o “Futuro Profissional dos Nossos Filhos− já que “Sem Dinheiro Nunca se Conseguirá Comprovar Definitivamente a Nossa Existência”, dada a “Bolsa estar Vazia” sendo idêntica e sendo um reflexo da nossa “Bolsa Sem Poder”: com a nossa total Integração na Sociedade Civil (Católico-Romana e Economicista) e nas “Graças-do-Senhor (Ideológico, Político-Religioso e assente em Santinhos-de-Madeira, assim como na simbólica “Caixa−de−Esmolas”) podendo-se “Ir Longe”, conjugando a nossa profissão com a nossa obvia e obrigatória opção partidária (conforme o Tempo/Espaço e pelo menos para já do “Arco-da-Governação” − ou será da Corrupção − o PS ou PSD) e simultaneamente numa Visão estritamente Contabilística subalternizar a Família (Fonte de Débito) face à Profissão exercida (Fonte de Crédito). Sendo fácil de concluir para quem percebe minimamente o esquema de participação ordenada/integrada/blindada (protegida) pois ambicionando pertencer-lhe, que para além de um Certificado e de um Emprego (não um Trabalho) convenientemente aceite/legalizado (podendo aqui ser Público ou Privado) sendo sempre conveniente, obrigatório e FUNDAMENTAL para além do cumprimento da nossa Requisição Civil (ou até mesmo Militar) − o nosso Quotidiano Monótono, Repetitivo, de Miséria, mas dito como o único passível de nos garantir a Sobrevivência − nos alistarmos nos Partidos que sempre garantiram Emprego (sendo Emprego uma coisa e o Trabalho outra), dinheiro e o continuar tranquilo da nossa limitada, não Evolutiva, mas “Rica Vidinha”.

 

The+difference+between+work+and+a+Job.jpg

 

E assim, analisando as Tabelas Remuneratórias − do Estado e nos finais de Maio de 2019 e como referência para os Privados (subindo o salário das Chefias e mantendo/descendo a dos restantes/conforme a hierarquia) − com duas profissões particulares estando logo em destaque, o atual presidente da CGD na Vanguarda Revolucionária (Extremista por Situacionista) recebendo 36.000€/mês e um ou outro Diplomata (com os seus mitos anos de serviço) com os seus 10.000€/mês, seguido logo (na 1ª Linha da Elite) pelos Altos-Cargos (Institucionais) de Presidente (República e Assembleia podendo ambos ultrapassar os 8.000€/mês) ou 1º Ministro (podendo andar pelos 7.000€/mês) e como não poderia deixar de ser imediatamente (na 2ª Linha da Elite e sendo esta extremamente intrusiva por vezes “digladiando-se pelo mesmo espaço” com a 1ª Linha) perseguidos” pelos Juízes (depois da nova proposta podendo chegar aos 6.000€ a 7.000€/mês). E na 3ª Linha surgindo os presidentes de Câmara e os Professores Universitários (podendo chegar aos 4.000€/mês e por 1.000€/mês ou mais ultrapassando-o), para de seguida e perdidos entre a Multidão (dos ao longo de toda a sua carreira profissional, nunca tendo sido beneficiados e até sendo regredidos, trabalhando 9 anos, eliminando-lhes por decreto 6 e com alguns cheios de sorte “por sorteados” a receberem 3) surgirem “os usurpadores (que segundo o novo Guru António Costa queriam para eles o dinheiro do povo) e no entanto “maioritariamente desgraçados (nas suas aspirações e direitos cumprindo os seus deveres legalmente registados em contratos e no entanto com ordenados entre 800€/mês e 2.700€/mês) os nossos antigos segundos-pais, primeiros-educadores, tutores e formadores, os simplesmente conhecidos como os “Nossos Professores”: Mal Tratados e Mal Pagos (ficando-se mesmo entre os mais velhos e devendo estar já reformados, pelos pouco mais de 3.000€/mês). De Cima a Baixo (dos 36.000€/mês aos 800€/mês) sempre aqui e mencionados como ordenados brutos, depois do desconto e sendo líquidos, afetando muito mais os que já à partida, mais trabalhavam e menos recebiam (um professor dito novo, ainda sem grandes habilitações e experiência depois de desconto recebendo o Ordenado Mínimo Nacional uns 600€/mês). Para o Topo ficando o Dinheiro e as Condecorações – e para os Outros ainda não lhes tendo entrado a Verdade (na sua dura cabeça) e não querendo ainda aceitar algumas das melhores ideias dos nossos pais e antepassados – “O Voto é a Arma do Povo, Não Votes, Senão ficas Desarmado” − nada restando fazer senão mesmo esperar (negativo por Estático contrário ao Movimento e à Vida) tentando no entanto adivinhar (para assim não morrer, sendo minimamente dinâmico) o que irá por aí um certo dia “Rebentar”.

 

Job_vs_Career_-_Cover_Image.jpg

 

Distribuindo inicialmente (e como oriundas das Lojas dos Cem) umas quantas/inúteis prendinhas, colando pelos meio uns cartazes e curvando-nos (estrategicamente, não sempre) perante os Chefes, para um dia mais a sério e cumprindo o destino traçado (para nós) entrarmos numa Freguesia ou Câmara ou outra repartição qualquer, tendo nós ganho direito (de acesso com cartão partidário) mas que seja sempre do Estado: com o Ideal para todos sendo ter um Emprego (Certo) no Estado e outro suplementar no Privado ou então em −alternativo detendo (em mãos) uma Fundação ou uma PPP (Parceria Público-Privada) − ambas caraterizando-se por nunca darem prejuízo aos Privados (tenham estes lucro ou prejuízo) deixando isso para o Estado (investindo maioritariamente e dando para o torto sendo o único “a saltar” a pagar). E disto tudo saindo as “Profissões com Futuro” e os “Empregos (não os Trabalhos, duas coisas completamente diferentes, senão mesmo opostas) a Aconselhar. Já agora e para esclarecer com o Trabalho (ter um ofício por exemplo sendo Escritor ou Pintor) sendo responsável pela inovação/produção, já o Emprego (ter uma ocupação por exemplo de Contabilista ou Juiz) tendo como único fator de análise a ocupação do tempo (como se este fosse a mais) maioritariamente em processos replicativos não imaginativos e não evolutivos, decadentes. Olhando-se então para algumas Tabelas (Salariais) para assim indicarmos aos nossos filhos quais as melhores opções de Vida nunca de Trabalho (cansativo) mas certamente de Emprego (ocupacional e sobretudo para as Chefias podendo exercer o poder desintoxicador da hierarquia, extremamente útil por terapêutico). Quando para além Destes Filhos (Pré-Colocados e Bem-Empregados) a esmagadora maioria dos Outros o que gostaria era de TRABALHAR (no fundo, Transformar e integrando o conjunto, Evoluir).

 

(imagens: pintrest.com – slideplayer.com – vananservices.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 11:14

O local onde no mês de Fevereiro do próximo ano aterrará a missão MARS 2020 e a partir do qual se deslocará o seu ROVER (um veículo motorizado) na prossecução do Programa (da NASA) de Exploração de Marte (MEP): tendo como objetivo da missão o estudo da formação (e história inicial) e processos geológicos (e simultaneamente climáticos) do planeta, a hipótese de alguma vez na sua cronologia temporal ter tido Vida e ao verificar as diferenças apresentadas pela Terra e por Marte tentar descobrir como os Humanos lá se poderiam estabelecer. Ou seja, a Etapa Zero da futura Colonização pelo Homem, do até aí considerado misterioso (até há pouco tempo afirmando-se ter canais e até por lá andando os marcianos/como o fez Giovanni Schiaparelli em 1877) 4º Planeta do Sistema (Solar), o Planeta Vermelho.

 

pia23239-1865x1200.jpg

Cratera JEZERO

Onde o MARS 2020 e o seu ROVER

Tocarão a superfície de Marte

 

Um local escolhido para a nova missão da NASA e de um novo ROVER (depois da “morte” recente do OPOORTUNITY) movimentando-se na superfície de Marte, sendo um antigo lago marciano instalado numa cratera de impacto, talvez fornecendo ainda vestígios de algo (que por lá tenha passado − tanto no Espaço, como no Tempo − ou andado por perto) como Água ou como Vida. Pelo menos e a partir dos minerais aí existentes (pelas texturas e cores apresentadas, sendo certamente diversos) podendo-se por compreensão e associação confirmar ou não a existência de Água na História de Marte (com mais de 4,5 biliões de anos). Com o MARS 2020 (e o seu ROVER) a ter um tempo de vida estimado para um ano, mas certamente e tal como os seus antecessores (SPTRIT, OPPORTUNITY, MSL) estendendo-se por muitos mais − e concluída a missão ainda fazendo algo mais. Desde logo e estando já programado, tentar obter experimentalmente Oxigénio de dióxido de carbono e descobrir uma fonte de Água (não encontrada à superfície) de origem subterrânea. Tendo-se então aí “a base para a Base do Homem.

 

(imagem: NASA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:10

Com a “Chuva-de-Estrelas (meteoritos) das TÁURIDAS (parecendo ter origem na constelação do Touro) ainda a caminho da Terra e só cá chegando, no Hemisfério Norte em pleno Outono (20.10 a 10.12 e com o pico a 12.11) e no Hemisfério Sul no fim do Inverno (10.09 a 20.11 e com o pico a 10.10),

 

– No Hemisfério Norte originada em fragmentos do asteroide 2004 TG10

e no Hemisfério Sul em fragmentos do cometa ENCKE

 

Antecipando-se à sua chegada e focando-nos num episódio recentemente ocorrido no Hemisfério Sul nas proximidades da costa da AUSTRÁLIA, eis que reaparecem de novo os receios de um Impacto (de um desses fragmentos com a Terra) conforme a sua dimensão/constituição podendo ter consequências catastróficas:

 

Fireball-in-Australia-52819-625x352.jpg

Com uma Bola-de-Fogo do tamanho de um automóvel

A iluminar por momentos os céus noturnos da Austrália − e desaparecendo

(imagem: SA Health/Facebook/geek.com)

 

No passado dia 21 de Maio com um meteoro a entrar na atmosfera terrestre a uma V = 11,5Km/s, iluminando todo o Céu à sua passagem, explodindo no ar com uma energia semelhante a uma Bomba Atómica e finalmente fragmentando-se e despenhando-se nas águas do oceano Índico (na Grande Bacia Australiana) a uns 300Km da costa (do sul da Austrália).

 

A 'hypersonic' fireball

Just hit Australia

With the power of a NUCLEAR bomb

(express.co.uk/26.05.2019)

 

Levantando logo de imediato − tão próxima a presença e passagem deste meteoro, passando perto de terra e de zonas habitadas − a hipótese de Impacto (principalmente para aqueles considerando esta “Chuva das Táuridas”, como uma das fontes principais destes objetos passando perto da Terra e colidindo com a mesma, podendo ser perigosos), na semana passada (dia 1) com o seu Protagonismo a desenrolar-se no Ar (a mais de 30Km de altitude por essa razão não provocando danos) e acabando no Mar, mas certo dia (no caso australiano a partir de 10 de Setembro, mas ainda faltando mais de três meses) podendo desenrolar-se no Ar mas concluindo-se em Terra (aí já sólida).

 

snapshot 11.jpgsnapshot.jpg

Apanhado por câmaras CCTV a imagem de uma bola-de-fogo brilhante

atravessando os céus australianos e explodindo − pouco antes da meia-noite

(imagens: Tic Toc by Bloomberg/youtube.com/yahoo.com)

 

Potential risk of Taurid meteor swarm

'Harbinger?'

Rogue Fireball near-missed Coast of Australia!

(ufosightingshotspot.blogspot.com/29.05.2019)

 

Um caso por ocorrido sobre o mar e a grande altitude, felizmente não editando agora (mas no Hemisfério Sul) o meteoro de Chelyabinsk (ocorrido na Rússia), mas tal acontecendo em terra e sobre áreas habitadas, podendo ter consequências muito mais graves da ocorrida (e atrás referida) em 2013: provocando destruição material e cerca de 1200 feridos essencialmente devido aos efeitos provocados pela ONDA de CHOQUE (criada na atmosfera ao explodir o objeto).

 

Mas no caso da Austrália, certamente nada tendo a ver com a esta “Chuva-de-Estrelas das Táuridas (com tanto tempo de avanço). E com o especialista (Engenheiro Aeroespacial Steve Chesley) na rádio (ABC Radio) afirmando − até para fazer descansar os locais (australianos):

 

“You wouldn’t want it to land on your head but these wouldn’t really do any damage on the ground. What the folks there along the coast of South Australia saw was a spectacular light show, probably a very loud sonic boom that would rattle the windows, this wasn’t big enough to break windows I expect, and then just small pebbles falling to the Earth and not at hypersonic velocities, they slow down very quickly.” (Steve Chesley/express.co.uk)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:01

Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13

19
20
21
22

24
25
27
29

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO