Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

14
Jul 19

Uma Excecional e múltipla

Chuva de Estrelas

avistada nos céus do Brasil

(resultante de fragmentos do asteroide Bolsonaro)

 

brazil-meteor-cluster-june-26-2019-f.jpg

Evento não associado

a uma Chuva de Estrelas conhecida

 

(1) Depois das primeiras manifestações da Natureza (Fauna & Flora já incluídas) apresentando-se (inicialmente de uma forma despercebida) ao seu novo Filho adotado (o HOMEM) e propondo-lhe a aceitação a seu bel-prazer (e segundo o livre-arbítrio) de um entre uma infinidade de caminhos − um ser vivo (suscetível de fácil intrusão e manipulação) colocado numa fase da evolução terrestre (depois da queda de outra espécie anteriormente dominante) proporcionadora das condições básicas para a sua replicação e sobrevivência (2) depois dos primeiros avisos e alertas vindos de terra e dos seus Animais e Plantas apontando para a destruição por parte do Homem do ecossistema e das suas estruturas de suporte, bem espelhado na extinção crescente das outras espécies (no final incluindo naturalmente a nossa) – “onde estão os outros animais nossos companheiros?” − e na destruição da camada vegetal cobrindo o planeta (substituindo a floresta da Amazónia por estufas compradas num hipermercado) e até (3) depois dos agora tornados claros avisos marítimos (baseados em histórias podendo ser verídicas) oriundos das aventuras dos descobrimentos, de marinheiros, tripulantes e restantes, relatando o aparecimento de grandes, portentosos e medonhos animais eventualmente vindo e habitando as grandes profundidades desconhecidas (e provavelmente infernais) oceânicas – como por exemplo os gigantes octópodes de múltiplos e mortais tentáculos (4) restando ainda a hipótese do aviso e do alerta convincente e mesmo definitivo poder vir a ser remetido e a nós enviado vindo (inesperada e de uma forma Revolucionária) de outro lado, não do Interior (do nosso e do ecossistema) mas do exterior (situado acima da nossa cabeça, curiosamente no “CÉU”) do Espaço: e no mais Absoluto desespero com alguns (de nós) irracionalmente (“como os cães e os gatos?”) a insistirem – face ao grande calhau TRUMP, como o poderia ser sido com o grande calhau HILLARY − no Impacto de um Asteroide. (5) No final do passado mês (26.06) com um sinal a ser mandado à Réplica do Sul (o Brasil do TRUMP Sul-Americano) com um festival de protótipos BOLSONARO a serem visíveis por instantes (de modo a não se revelar “o Segredo”) nos céus do Maranhão: no mínimo uns nove (certamente mais), em rotas paralelas e com origem (restos de asteroides ou de cometas ou outros objetos menores) ainda desconhecida.

 

(imagem: Bramon/Brazilian Meteor Observation Network/watchers.news/youtube.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:35

Julho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

15

26



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO