Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

07
Out 19

Com 226 já eleitos dos 230 (faltando 4 pela emigração) e com o PS a ganhar as Legislativas 2019 (mas) sem maioria absoluta (efetiva aos 116 deputados), sendo mais que previsível a nomeação de um Governo (exclusivamente) PS, com o apoio (óbvio) no parlamento da sua respetiva bancada e o apoio estritamente parlamentar (deixando passar o Governo de iniciativa PS) do BE, PCP/PEV e PAN (falando apenas dos partidos com representação parlamentar em 2015).

 

resultados_finais_legislativas_2015105898a0.jpg

Eleições Legislativas de 2015

(resultados)

 

Mesmo com toda a oposição à anterior Engrenagem estando contra (PSD e CDS) com os seus 82 deputados nem sequer conseguindo fazer frente ao PS com 106. Quanto mais e se somarmos (quase) todos (os “aliados”), com o PS a poder contar com uns 142 (acordados ou a dormir).

 

Deputados Apurados: 226

Deputados p/ Apurar: 4

(p/Emigração)

Total de Deputados: 230

(maioria absoluta a 116)

 

Partidos

Deputados/2019

Deputados/2015

Variação

PS

106

86

+20

PSD

77

(PSD+CDS=102)

(PSD+CDS=-20)

BE

19

19

0

PCP/PEV

12

17

-5

CDS

5

(PSD+CDS=102)

(PSD+CDS=-20)

PAN

4

1

+3

CHEGA

1

0

+1

IL

1

0

+1

LIVRE

1

0

+1

Abstenção: 45,5%

 

Numa clara e significativa vitória do PS (em 2015 sendo o 2º partido mais votado tendo de negociar para poder formar Governo e agora não) e numa outra menos significativa, mas algo relevante do PAN (passando de 1 para 4 deputados), para no espaço de evolução neutra se situar o BE (mantendo a sua representação) e do outro lado negativo por regressão, encontrarmos o PCP/PEV (pagando o grosso da fatura do custo político da Geringonça, perdendo 5 deputados) e sobretudo o (regressado ao “partido do Táxi”) CDS (por pouco sendo ultrapassado pelo PAN).

 

Assembleia da República tendo agora a particularidade de ter na sua constituição mais 3 novos partidos – CHEGA (direita), IL (centro) e LIVRE (esquerda). Aceitando-se apostas, “com quem vai o PS negociar”?

 

[E com os novos partidos − CHEGA, IL e LIVRE − acabados de chegar à AR, a poderem aprender com o PAN (com a sua estratégia vazia), a como no futuro se candidatarem, a ter a sua própria bancada (parlamentar).]

 

(imagem: rr.sapo.pt)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:48

Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9



27


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO