Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

21
Out 19

“Blue light isn’t the main source of eye fatigue and sleep loss

– it’s your computer.”

(Phillip Yuhas/theconversation.com)

 

file-20191010-188807-u4v7v7.jpg

 

O esclarecimento por parte de um investigador e professor-assistente da Universidade Estadual do Ohio (EUA) – Phillip Yuhas, especialista em optometria desmentindo (pelo menos parcialmente) os perigos para a visão (e logicamente para a capacidade/qualidade dos nossos olhos) dirigidos (quase exclusivamente) para a emissão de “Luz Azul: isso porque se estudos laboratoriais apontam para danos nas células da retina (por vezes irreversíveis) por exposição excessiva (no tempo e na intensidade) a luzes-azuis e brilhantes, estudos epidemiológicos apontam para outras conclusões completamente diferentes, mas no fundo complementares e como tal enriquecedores (do nosso conhecimento).

 

“If being outside on a sunny afternoon likely doesn’t damage the human retina,

then neither can your dim-by-comparison tablet.”

(Phillip Yuhas/theconversation.com)

 

Pelo que se se pretender proteger a Visão e manter os seus órgãos − os OLHOS – saudáveis, não se devendo preocupar apenas com a exposição á luz AZUL, como simultaneamente com outro fator (talvez tanto ou mais importante) extremamente relevante (que o digam os oftalmologistas): por exemplo e estando a utilizar o monitor − do seu computador (emitindo luz-azul e brilhante) − tendo em especial atenção o bom desempenho e a boa manutenção da Máquina que nos permite exercer tal função, os OLHOS (e neles, a sua Retina). Como?

 

“Laboratory studies have shown that prolonged exposure to high-intensity blue light damages retinal cells in mice.

But, epidemiological studies on real people tell a different story.”

(Phillip Yuhas/theconversation.com)

 

Colocando-nos nas mãos dos especialistas (aqui os optometristas e os oftalmologistas), para (1) além dos cuidados a ter com exposições excessivas à cor da luz − como é o caso do Azul (agressivo), no fundo (para nossa segurança e proteção a nível de Saúde Visual) (2) fazer o necessário e o básico para os olhos funcionarem bem e sem grandes perturbações (de comunicação): usando óculos com lentes apropriadas (protegendo do brilho intenso e do azul), piscando frequentemente os olhos (fechando-os/abrindo-os para lubrificação), indo fazendo intervalos de descanso (no mínimo uns segundos de 20 em 20 minutos) e até lubrificando-os (artificialmente) com gotas-para-os-olhos caso se pretenda estar (ativo) um tempo mais extenso.

 

“Based on my research,

my advice is don’t believe the hype about blue light

and don’t waste your money on products you don’t need.

Instead,

keep screens out of your bedroom and dim them before bedtime

and keep your eyes lubricated.

And don’t forget to blink!”

(Phillip Yuhas/theconversation.com)

 

[Phillip Yuhas/11.10.2019: “Blue light isn’t the main source of eye fatigue and sleep loss – it’s your computer” − theconversation.com/blue-light-isnt-the-main-source-of-eye-fatigue-and-sleep-loss-its-your-computer-124235]

 

(imagem: Chaoss/Shuttterstock.com/theconversation.com)

 

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:21

“Uma ideia (e imagens) para quem pretenda um dia reproduzir no seu quintal (ou no de alguém, sendo “a brincadeira” o objetivo) um ambiente de um Evento Apocalíptico, como o será o de um Mundo Zombie com os seus (como se fossem os nossos) Walking Dead.”

 

2.jpg

 

1.jpg

 

A Scary, Jerking "Groundbreaker"

Zombie

(Cory Doctorow/boingboing.net)

 

4.jpg

 

3.jpg

 

“An incredibly effective illusion, one that capitalizes on the jerking, sudden motions of the pneumatic to lend a terrifying, otherworldly vigor that makes the mannequin skinned over the pneumatics seem like the living dead.” (Cory Doctorow/boingboing.net)

 

(imagens: instructables.com/boingboing.net)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:13

[Os Homens Também se Abatem.]

 

Toda a Gente sabe existirem muitas maneiras de se Matar uma Pessoa,

mesmo que aparente e exteriormente, ainda pareça Viva

− Mas não passando de uma pobre aproximação, de um mero

 Zombie.

 

“Numa evolução de 7 anos, dos 41 aos 48 anos.”

(bem a caminho da terceira-idade)

    

1024px-Julian_Assange_in_Ecuadorian_Embassy_croppe  5dadba5185f54017331dc68e.jpg

Em 2012 à esquerda

(Embaixada do Equador em Londres)

Em 2019 à direita

(carrinha da prisão de Londres)

 

Preso 6,5 anos numa Embaixada e 0,5 anos na Prisão − e já indo num total de 7 anos sem julgamento (e sem uma “verdadeira” nota culpa formada), a não ser o Político e o dos Média (dependentes dos primeiros) sem previsão credível para o que se seguirá, a não ser o procedimento comum a ter com os Polícias do Mundo, os norte-americanos − entregando-lhes em mão o Inimigo (não do Reino Unido, mas dos EUA) – e quase que completamente esquecido pela esmagadora maioria da Elite dirigente de todo este planeta (aquele pequeno mas belo “Ponto-Azul”, a TERRA) − como que impondo a necessidade absoluta de um “CONSENSO” ditatorial, agora em curso e em rota-de-cruzeiro nos Estados Unidos (esperando-se não se tratar e ao contrário do projetado, “o seu TITANIC”) sendo pedagógico e talvez mesmo obrigatório até para compreendermos melhor a mentalidade dominante – da nossa Elite, dos nossos líderes, dos nossos intelectuais e até dos nossos fazedores de opinião (no meio da Pirâmide, os mais próximos da base da “Cadeia Alimentar”) – conhecer e compreender os seus Mecanismos (de funcionamento) e o aspeto das suas vítimas (como dominante e sendo predador, tendo as suas presas), sabendo interpretar as imagens (com os nossos órgãos dos sentidos e nunca delegando a função) e fazendo corretamente a (sua) tradução. Propondo-se num Passatempo a (1º) Descoberta das Diferenças” e a resposta à pergunta (aqui não dando milhões, nem mesmo tostões) sobre o (2º) Destino Final de Assange”: pré-montado rigorosamente todo o cenário, decorado à sua medida (do Predador) e inserindo-se posteriormente o protagonista (a presa), restando apenas duas opções, (A) o de ser preso ou de (B) já estar morto.

 

(imagens: wikipedia.org e rt.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:06

[Democratas, Candidatos, Sondagens]

 

Com as Eleições Presidenciais dos EUA cada vez mais próximas − 3 de Novembro de 2020 – assim como a Convenção Nacional Democrata − 13/16 de Junho de 2020 – são de momento 15 (de um total inicial de 19) os candidatos à nomeação DEM − sabendo-se antecipadamente que DONALD TRUMP será o representante Republicano (para um 2º mandato) às Presidenciais de 2020.

 

190826-joe-biden-elizabeth-warren-bernie-sanders-s

Joe Biden, Elisabeth Warren e Bernie Sanders

O Trio de onde sairá muito provavelmente o candidato Presidencial Democrata

(salvo se, entretanto, não sair “um coelho-da-cartola” − DEM)

 

E do Pentadecágono Democrata (com os seus 15 lados/vértices/candidatos, tentando dar forma e conteúdo às suas ideias) apenas com três candidatos à nomeação DEM (para as Presidenciais 2020) a terem no presente hipóteses de o conseguirem – JOE BIDEN, ELISABETH WARREN e BERNIE SANDERS (nas sondagens, que lhes proporcionam a entrada nos debates, com todos nos dois dígitos, variando entre os 15%/30%) – não se augurando grandes perspetivas para os restantes candidatos.

 

Ordem

Candidato

%

Ordem

Candidato

%

Ordem

Candidato

%

Joe

Biden

29,2

Beto

O’Rourke

2,6

11º

Tulsi

Gabbard

1,2

Elisabeth

Warren

23,4

Andrew

Yang

2,2

12º

Michael

Bennet

1,0

Bernie Sanders

15,2

Amy

Klobuchar

2,0

13º

Julian

Castro

0,8

Peter Buttigieg

5,8

Cory

Booker

1,6

14º

-

-

Kamala Harris

5,4

10º

Tom

Steyer

1,6

15º

-

-

(Real Clear Politics − RCP Average − 16.10.2019 − Lista de 13 candidatos)

 

Nos debates televisivos

− Via CNN –

Entrando os 12 primeiros candidatos expressos nas sondagens

 

Entre os restantes (todos com menos de 6%, uma 2ªDivisão) liderando os candidatos Peter Buttigieg e Kamala Harris, mas tendo-se ainda de destacar um outro candidato (mulher) tornado centro das atenções pelo seu aparente desenquadramento politico/ideológico − Democrata, mas não sendo pró-HILLARY – sabendo que quem a ataca (ou aos CLINTON), tem resposta imediata e (tal como dizia o PS) “Leva”: tratando-se de TULSI GABBARD (com pouco mais de 1%, oriunda duma 3ª Divisão) pelos vistos incomodando HILLARY.

 

primaries_DEM_JULY.14.jpg

EUA

A um ano das Eleições de 2020 e ainda com Donald Trump Presidente

(realizando-se a 03.10.2020 e talvez elegendo − 2º mandato − o mesmo inquilino)

 

No contexto atual da política interna dos EUA e com os Democratas desde o início de 2017 a “tentarem deitar fogo” ao seu atual Presidente (e até, “a tudo que mexe à sua volta”, por método de esmagamento) − o seu “TRAUMA”, sendo-o por não o ter conseguido, mesmo com toda a gasolina despejada (em tudo intencionalmente) pela esmagadora maioria dos MEDIA (sobre a fogueira) − e agora que já se vislumbra cada vez mais perto (e sendo como tal “tudo muito mais decisivo”) o tiro de partida das Presidenciais 2020, com “a atual Líder dos CLINTON e simultaneamente Líder Sombra dos Democratas” (ou “Dono”) numa de defender os “seus candidatos” à nomeação DEM (e não podendo pelo menos para já ser ela), não se coibindo (não se sabendo refrear, devido à raiva incontida, reflexo das suas derrotas sucessivas) de denegrir e tentar destruir uma colega sua de partido (Democrata), na Câmara de Representantes desde 2013 e militar condecorada das Forças Armadas dos EUA: este ano declarando-se candidata à nomeação DEM às Presidenciais 2020 (depois de há 4 anos, ter apoiado Bernie Sanders) e sendo inesperadamente (ou não) atacada (se não fosse por mais nada, definindo o atacante) por Hillary Clinton (como se vê a seguir – só com 3 preciosidades, entre outros exemplos e explicações tenebrosas − com Hillary referindo-se a Gabbard) ligando-a − e como não poderia deixar de ser (principal sintoma da sua Doença Obsessiva) − aos RUSSOS (na sua mente, com colisão=acidente=morte, do adversário):

 

44d563d1-1d44-491f-b752-09a1477cb192-Democratic_De

Tulsi Gabbard

Integrando o US Army, Representante Democrata e atacada por Hillary Clinton

(para esta, mais um instrumento ao serviço dos russos, no fundo uma “traidora”)

 

O Veneno lançado por Hillary sobre a sua colega de partido Gabbard

 

"They are also going to do third party again. I'm not making any predictions, but I think they’ve got their eye on somebody who is currently in the Democratic primary and are grooming her to be the third-party candidate.”

 

"She is a favorite of the Russians. They have a bunch of sites and bots and other ways of supporting her so far. That's assuming Jill Stein will give it up, which she might not because she is also a Russian asset.”

 

"They know they can't win without a third-party candidate, and so I do not know who it's going to be, but I can guarantee you they will have a vigorous third-party challenge in the key states that they most need it."

 

(imagens: nbcnews.com – Javier Zarracina/Getty Images/vox.com − usatoday.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:53

Razão pela que muitos de nós

(p/ alguns sendo necessário)

ainda usam o(a) Boneco(a) Insuflável.”

(em vez das modernas e amanhã digitais SEX-DOLLS)

 

5daa94f92030277971650e5d.jpg

 

Talvez como o artigo (da RT) sugere devido a HAL – no filme de STANLEY KUBRICK “2001 A SPACE ODYSSEY”, o computador (HAL 9000) controlando a maioria das operações a bordo da nave espacial DISCOVERY (na sua missão a JÚPITER) – assim como à falta de confiança que se tem no HOMEM (assim como na sua criação a MÁQUINA) – com a Máquina a poder servir-se ilegalmente do Homem (não cumprindo a regra número um, protege-lo), assim como o Homem (não o sabendo, mas eventualmente podendo ser “uma verdade”) a poder ultrapassar indevidamente (“viciosamente”) o pedido à mesma solicitado – não e como se esperava para proteção do Homem, mas como salvaguarda suplementar de preservação e de segurança (selo de garantia de integridade) para a Máquina − DAÍ O NOSSO GRANDE ESPANTO − eis que um grupo de Académicos (Anco Peters e Pim Haselager/International Journal of Social Robotics/researchgate.net) solicita às autoridades oficiais de direito (com competências e responsabilidades na área) uma autorização de consentimento (de “utilização”), por parte não do Homem mas vindo do lado da Máquina:

 

“Academics want sex robots

capable of withdrawing consent.

Even our fantasies aren't safe

from the virtue police.”

(rt.com)

 

Partindo da ideia da existência de um conflito futuro (verdadeiramente possível) entre o Homem e a Máquina (vindo de um lado ou vindo do outro, pelos vistos devendo ser equiparados), com estes investigadores (a partir do seu artigo “Designing Virtuous Sex Robots”) nas suas experiências teórico-existenciais (e certamente tendo muito tempo e espaço, para gastar) não reais por refletidas (num Espelho) preferindo em vez de confiar no Homem, prevenir-se defendendo a Máquina (pensando-a como uma “minoria” como tal, a ser protegida). E assim oferecendo às Máquinas, a possibilidade de dizerem não ao Homem:

 

Sem título.jpg

 

“Researchers are calling for sex robots

to be programmed with the ability to give and rescind consent,

lest their human 'partners'

become rape-crazed maniacs.”

(rt.com)

 

Levando esta “Cultura do Consenso” a um extremo nunca pensado, colocando agora a Máquina (no mínimo) ao nível de nós, do Homem (como se já não chegasse como sujeitos que somos a nossa desvalorização crescente face aos objetos, agora tornados inteligentes e transformados em ROBÔS) e abrindo ainda mais as portas para a nossa (completa) subjugação (consentida): nem sequer se podendo brincar com objetos (o que naturalmente fazemos, desde a nossa infância, com os chamados brinquedos) apesar de se o poder (fazer) mais tarde ou mais cedo mas com sujeitos e armas (conjugados = Morte). E desse modo mesmo que nunca se recorra a um humano para uma simples prática de sexo − devido a possíveis desentendimentos e diferentes versões futuras −  substituindo-o por um Robô-Sexual (com o(a) Boneco(a) Insuflável tal não acontecendo provavelmente por ser “analógico”) podendo-se mesmo assim ter azar, com o Robô chamando a polícia (por falta de cumprimento do processo de consentimento) e acabando-se na prisão.

 

“Robots face ‘sabotage’

from human co-workers

fearing they will be replaced.

But is that a surprise?”

(rt.com)

 

E continuando as violações entre Humanos (sem fim à vista e em crescendo), optando-se prioritariamente (pelo menos nas suas “particulares” preocupações, de alguns) por proteger não os originais, mas as suas (ou seja, as nossas) próprias cópias (mecânicas), apenas por digitais e com certificado IA (Inteligência Artificial): e mais cedo do que pensávamos com a Raça Dominante a ser (depois do BIOHOMEM ) – inicialmente e num período definido – BIOMECÂNICA, para posteriormente e ao Evoluir se metamorfosear, tornando-se num Entidade qualquer, individual – “negando a Morte” − ou coletiva – “deixando-se levar por ela”.

 

(imagens: Global Look/Lapone/Fotogramma/RT −GIPHY/RT)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:44

Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9



27


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO