Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

10
Nov 19

Registos de um peixe (segundo pescadores, supondo-se ser uma carpa, um peixe vivendo em ambientes com menor salinidade como rios e lagos) com “cara humana” obtida na passada terça-feira (5 de novembro) num lago situado na capital da província de YUNNAN (localizada no sudoeste da CHINA) – KUNMING – da autoria de um turista no momento e acidentalmente passando por lá e reparando no caso estranho, estampado na face do peixe na altura dirigindo-se para a margem do referido lago (conforme notícia ufosightingshotspot.blogspot.com a partir do canal Viral Strong e publicado a 8 de novembro em youtube.com) – o "Peixe com Cara de Homem":

 

snapshot1.jpg

 

Chinese tourist spots fish with 'human face' in lake

 

A fish with a "human-like face" was spotted swimming in a lake

by a tourist in southwestern China's Kunming on November 5.

(Viral Strong/youtube.com/08.11.2019)

 

snapshot2.jpg

 

A woman says:

 

"See the fish has become a fairy, it has a human-like face."

 

The markings on the fish resemble that of a human's eyes, nose and mouth.

According to fish farmers, the fish is actually a kind of carp.

(Viral Strong/youtube.com/08.11.2019)

 

snapshot3.jpg

 

E tal como o artigo afirma não se tratando de nenhum Alienígena do Espaço nem (pelo menos que se saiba, no nosso disponibilizado e projetado “Mundo Real”) de nenhum derivado Terrestre – como o serão os “Aliens from Mexico” ou como o poderiam ser os “Aliens from China”, conforme o enquadramento legal e de momento feito pelos “Representantes de Deus na Terra (assim se afirmando e definindo) sendo nativos dos EUA – mas simplesmente de mais um peixe entre outros (peixes e respetivas funções, como serem comidos/fisicamente ou comerem-nos/mentalmente) servindo de espelho (apenas utilizado hoje não para nos “revelarmos”, mas para reforçar a nossa “máscara”) para a nossa própria face.

 

snapshot4.jpg

 

No canal Viral Strong” (youtube.com) com a notícia contando ainda com a contribuição (como em todas as Redes Sociais, esmagadoramente “sob ocupação”) dos seus utilizadores (maioritariamente e por absorção crónica, dos mesmos) com os habituais e sociais disparates (pondo de lado a ciência/cultura e memória e optando pelo entretenimento/espetáculo):

 

Someone must flush there sperm and female gold fish down the toilet at the same time again nasty mf.(Judah LionHeart/youtube.com)

 

That's a cursed fish, and this is a cursed video. Everything in China is cursed.(mutabore7/youtube.com)

 

I ‘m sorry I saw this its horrible must be fake news.(Listen Truth/youtube.com)

 

(notícia e imagens: Viral Strong/youtube.com e ufosightingshotspot.blogspot.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:58

Caindo morto no frigorifico por volta do ano 3281 AC.

(queimando nada restando)

 

Some of the species found entombed in ice with the famous mummy are known to grow at the elevation where Ötzi died. Others were likely carried there by animals such as the alpine ibex. But the Iceman also brought some species with him, both deliberately and inadvertently. Many of these species grow in the nearby valley of Schnalstal in the Alps, suggesting that Ötzi made his final trek to the high mountains through this valley.” (Stephanie Pappas/livescience.com)

 

4LP8kZP3Z3KjzL3kTvdiiF-970-80.jpg

A Mão de OTZI o HOMEM-DO-GELO

 

Para quem pretender antever o seu aspeto (depois de “ultrapassada a estação”, depois de morto) daqui a uns milhares de anos (e mesmo na morte, só o sendo para alguns) – inicialmente bem conservado no gelo e posteriormente sendo entregue a um curador – nada melhor do que olhar para a mão (mumificada) de OTZI o Homem-do-Gelo (fig. 1): ou então e se possível para o seu corpo mumificado (fig. 2).

 

“Nós que andando mascarados, tanto gostamos de máscaras

− olhe-se para o Carnaval –

usando apenas o espelho, para retocá-la (a máscara) ainda mais.”

 

eqxCt5XcmH7ERDiBgg7Qtk-650-80.jpg

OTZI o HOMEM-DO-GELO em 2010

 

Um Homem vivendo na Idade da Pedra e na sua “Unfortunate Last Journey” sucumbindo há uns 5.300 anos (segundo os especialistas, com cerca de 1,6 metros de estatura e uns 50Kg de peso) devido a algum tipo de incidente (grave, verificado numa possível emboscada), provocando um forte traumatismo craniano e fortes hemorragias internas (sem cura, fatais). E até se conhecendo a sua última refeição (neste seu “Ciclo da Vida”, antes de dar o “Salto”): pão, fruta e carne (por vezes sendo acompanhado por musgos e por água, talvez para facilitar a ingestão/digestão).

 

[Só por curiosidade (aqui aparecendo − apenas no fim e como chamariz − nos “TAGS” do blogue), no artigo não se falando de sexo.]

 

(imagens: [Gianni GIANSANTI/Gamma-Rapho via Getty Images] e [Samadelli Marco/EURAC] em [livescience.com])

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:51

Comendo” Eletricidade!

(Microbes harvest electrons)

 

A partir de um estudo científico (publicado a 05.11.2019) oriundo da Universidade de St. Louis (cidade localizada no estado norte-americano do indina) e debruçando-se sobre bactérias (micro-organismos isolados ou organizados em colónias, podendo vir com ou sem ar e sendo dos organismos mais bem-sucedidos) – aparecendo evidências da sua existência em rochas andando pelos 3,8 biliões de anos (com a Terra a ter pouco mais de 4,5 biliões de anos) – a conclusão de que as mesmas sobrevivem “Comendo Eletricidade”:

 

191105133039_1_900x600.jpg

Bactéria

 

“New work reveals how one kind of bacteria 'eats' electricity

by pulling in electrons straight from an electrode source.”

(Washington University in St. Louis − November 5, 2019)

 

Não tendo boca como nós e assim por esse meio (instrumento, órgãos e aparelhos) não se podendo alimentar – transformar alimentos (através de reações químicas) para dele obter energia – e sabendo-se de antemão da necessidade das mesmas em obter tal recurso energético (tal como nas máquinas o combustível necessário, para o funcionamento dos seus corpos), tendo a mesma que recorrer (p/ poder sobreviver) a uma outra estratégia (e a um outro rumo): puxando eletrões e alimentando-se deles. Como? Simplesmente com a Bactéria ao alimentar-se de CO₂ e de “ENERGIA” produzindo recursos importantes (para si) como biocombustível.

 

[Artigo: sciencedaily.com/releases/2019/11/191105133039.htm]

 

(imagem: Kateryna Kon/Adobe Stock/sciencedaily.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:46

Tal como visto na passada terça-feira dia 5 de novembro por volta das 10:00 da noite, no 334º dia marciano (ou SOL 334) [SOL = 24h 37' 22.663''] de estadia do módulo de aterragem InSight na superfície do planeta Marte. Após a morte do Rover Opportunity às mãos de uma grande “Tempestade de Areia (engolindo quase todo o planeta) tendo apenas como única companhia (com rodas) o ROVER CURIOSITY.

 

C000M0334_626213312EDR_F0000_0678M_.JPG

NASA's InSight Mars lander acquired this image

of the area in front of the lander

 

No cenário aparecendo-nos (tal como na Terra numa noite sem nuvens, mas ao contrário de Marte, não possuindo atmosfera) um “Céu Noturno cheio de Estrelas”, salpicando-o de pontinhos coloridos e cintilantes (aparentemente estáticos) e atravessados por outros (eventualmente) mais dinâmicos (formando no registo retas, infinitas) − em Marte como se fosse na Terra (mas sem Vida), ou não fosse o mesmo Sistema (Solar).

 

(imagem e legenda: InSight Mission − SOL 334 − NASA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:00

Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


18
22

28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO