Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

29
Fev 20

Depois de cumprido o de 2016 (com o resultado que se viu) o maior desejo (ainda por cumprir) da antiga elite Democrata (com as pontas dos dedos, ainda no poder) para esta ano de 2020:

 

9793BF36-C58F-4384-9C7B-A5C3E5FFC1E6.jpg

R.I.P.

Bernie Sanders

 

Na continuação das Primárias Democráticas para a escolha e nomeação do seu candidato para as Eleições Presidenciais de 3 de novembro de 2020 − com 3 CAUCUS/PRIMÁRIAS já concluídas – realizam-se este sábado as primárias da CAROLINA do SUL elegendo 54 delegados (e 9 SUPERDELEGADOS num total de 63). Para já e apenas com cerca de 3% dos delegados eleitos − e c/ BERNIE SANDERS a liderar − seguindo-se a Carolina do Sul (com Biden a liderar nas sondagens) para no próximo dia 3 se realizar a SUPER TERÇA-FEIRA e aí,  cerca de 1/3 dos delegados já estarem eleitos/distribuídos. E a partir daí com as primárias DEM certamente a “evoluírem”, introduzido o novo candidato e multimilionário MICHAEL BLOOMBERG (com a bênção do DNC), conjuntamente com os restantes (candidatos sobreviventes) tentando (mais uma vez) desmontar o socialista/comunista Bernie Sanders, fazendo-lhe definitivamente a cama (replicando o sucedido em 2016 com Hillary Clinton).

 

C

Iowa+NewHampshire

+Nevada

Carolina do Sul

DEM

DE

%

DNE

S

DE

DNE

Sanders

45

44,6

29

por distribuir

24,0

54

em

votação

9

por

distribuir

Buttigieg

26

25,7

11,5

Biden

15

14,9

39,0

Warren

8

7,9

6,5

Klobuchar

7

6,9

5,5

Steyer

0

0,0

12,0

Gabbard

0

0,0

1,0

Bloomberg

-

-

-

(C: Candidatos DEM: Democratas DE: Delegados Eleitos

DNE: Delegados Não Eleitos S: Sondagens)

Sondagens: Média RCP de 28.02.2020

 

E se as primárias da Carolina do Sul poderão esclarecer um pouco mais qual a verdadeira força de cada candidato DEM − com Joe Biden bem destacado nas sondagens (algo de inovador, podendo ainda sobreviver às 15 votações de terça-feira, 2) – seja qual for o resultado sendo o mais provável a luta dirigir-se (ou ser dirigida, impulsionada) para um confronto entre o “Comunista Sanders” e o “Democrata Bloomberg”: contando com a colaboração do DNC  (e com o dedo de Hillary) e ainda suportada por TRUMP – “apoiando” a luta de Sanders e caso ele ganhe a Convenção DEM (com Trump “rezando” por isso), usando o estigma DEM afirmando tratar-se de uma luta entre o Totalitarismo (do outro) e a Democracia (a dele). Esperando-se assim e em resumo a reedição do sucedido nas primárias DEM de 2016 (em que Hillary chutou desde o início Sanders p/ fora da corrida), com todos os órgãos de comunicação social (TV, jornais, redes sociais, etc., esmagadoramente DEM) a fazerem tudo por isso.

 

(imagem: democraticunderground.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:54

Com o surto epidémico de COVID-19 (uma nova versão de coronavírus) ainda bem ativo – a nível global (segundo Johns Hopkins CSSE, a 28 de fevereiro pelas 16:20, com quase 84.000 casos confirmados, 2.900 vítimas mortais (3,4%) e mais de 36.500 recuperados (43,7%) – aproveitando a ocasião para expor alguns dos mitos associados aos Coronavírus,  alguns deles (senão mesmo a esmagadora maioria) em nada contribuindo para a acalmia das populações:

 

Screenshot_2020-02-29 Coronavirus COVID-19 (2019-n

Mapa dos casos globais de Covid-19

(Johns Hopkins CSSE)

 

Já alarmadas com os números em crescendo (qualquer dia 100.000 infetados), sem previsão para o dia da inversão (atingido o pico máximo, com os números de infetados/mortos a começarem a descer) e com o número de vítimas mortais já perto dos três milhares.

 

Sobretudo quando estas “não notícias (boatos/rumores) podendo ser equiparadas a FAKE NEWS, são replicados por certas “autoridades e responsáveis” políticas, tentando obter algum proveito da situação:

 

Como foi o caso de um político norte-americano levantando a suspeita de que o vírus seria de fabrico chinês (Made in China), tendo sido produzido em Wuhan (o epicentro da crise), “escapado” das instalações (de produção) e infetado de seguida deliberadamente ou não (até podendo servir a situação, para testar o novo vírus entre humanos) a população local.

 

Seletivamente e como sempre (quando o político é unicamente um mero intermediário − entre o Estado e as Empresas − esquecendo quem o elegeu, afirmando no ato patrioticamente e como Servidor Público, representar) não se recordando da parte mais importante e que colocaria de imediato toda a sua argumentação em causa, como a dos chineses produzirem quase tudo até medicamentos e sob encomenda norte-americana (explorando mão-de-obra barata = ficar mais barato)”:

 

Como mão-de-obra escrava e ainda-por-cima incompetente, mas com os norte-americanos efetivamente deles sendo dependentes.

 

E aproveitando um artigo (de 28.02.2020) do site Live Science (livescience.com) lançando agora e aqui 12 desses “mitos-coronavírus (verdadeiros, falsos, assim-assim):

 

Caso

Mito

Valor Lógico

(simplificado)

V/F

1

Face masks can protect you

from the virus

F

(servindo apenas como medida preventiva)

2

You're waaaay less likely

to get this than the flu

V/F

(não necessariamente pois dependendo de outros fatores, apesar do nº que cada infetado contagia, no SARS era 2,2 e na gripe 1,3)

3

The virus is just

a mutated form of the common cold

F

(a constipação nada tem a ver com as infeções provocadas por coronavírus, transmitindo-se apenas entre humanos, o hospedeiro original; ao contrário das outras viroses em que o hospedeiro original/ex. morcego e o de seguida infetado/ex. camelo, posteriormente infetam o homem)

4

The virus was probably

made in a lab

F

(sendo uma mutação de outros coronavírus tendo provocado outras epidemias, aparentemente com origem nos morcegos, como com o SARS)

5

Getting COVID-19

is a death sentence

F

(neste momento com a taxa de mortalidade do COVID-19 andando acima dos 2% de infetados)

6

Pets can spread

the new coronavirus

F

(nem que os animais domésticos contraiam este vírus, como cães e gatos,  nem que o passem ao homem)

7

Lockdowns or school closures

won't happen in the US

V/F

(dependendo da evolução da epidemia, podendo em certos casos ser uma importante e decisiva medida preventiva; com o Japão a decidir encerrar desde já e temporariamente escolas devido ao Covid-19)

8

Kids

can't catch the coronavirus

F

(dado o vírus sem olhar a idades se transmitir entre humanos, naturalmente sendo mais suscetíveis os mais idosos/mais fragilizados e com a taxa de crianças infetadas, ser pouco maior de 2% − apesar de alguns afirmarem ser um valor subestimado)

9

If you have coronavirus,

"you'll know"

F

(com sintomas e tempo de incubação diferenciados ou podendo nem sequer evidenciar sintomas, podendo refletir-se em diagnósticos iniciais errados e contagiar inadvertidamente outros indivíduos)

10

The coronavirus

is less deadly than the flu

V/F

(com a taxa de mortalidade pela gripe e nos EUA a andar pelos 0,1% e o do Covid-19 pelos 2,3%, parecendo ser verdade, mas indo tudo depender da evolução futura de epidemia, podendo desacelerar/terminar, continuando a trabalhar-se como antes,  de um momento para o outro)

11

It's not safe to receive

a package from China

F

(segundo a Organização Mundial de Saúde ou WHO, com o vírus não sobrevivendo muito tempo num objeto)

12

You can get the coronavirus

if you eat at Chinese restaurants in the US

F

(nem sequer tendo alguma lógica até porque os países já afetados não se resumem à China − logo, à comida chinesa, até pelo nº de vítimas podendo ser italiana)

Consulta:

12 Coronavirus myths busted by science

29.02.2020 LIVE SCIENCE

(livescience.com)

 

hcpXyGPx4C9DQye6dPE7P6-650-80.jpg

Vivendo em Pequim com o Covid-19

(Kevin Frayer/Getty Images)

 

Com os números atualizados por volta das 12:15 de hoje (sexta-feira) 29 de fevereiro e publicados no site da Johns Hopkins CSSE (gisanddata.maps.arcgis.com) a apontar para 84.124 infetados, 2.867 vítimas mortais (3,3%) e 36.738 recuperados (43,7%).

 

E para além da liderança da China nos três parâmetros aqui referidos – infetados, vítimas mortais e recuperados – fora do território chinês com a Coreia do Sul (2.337) e a Itália (888) a liderarem o número de infetados, com o Irão (34) e a Itália (21) a liderarem o nº de vítimas mortais e com o Irão (73) e Singapura (69) a liderarem os recuperados (Itália, 46).

 

Para já sem Portugal no mapa de indivíduos infetados (pelo menos aqui residindo e com um português infetado hospitalizado no Japão).

 

(dados: 12 Coronavirus myths busted by science/livescience.com

− imagens: arcgis.com − livescience.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:05

28
Fev 20

A 2 provas de Ranking Mundial (e 1 por convite) de distância da realização do Mundial 2020 no Teatro do Cadinho (Crucible Theatre) em Sheffield (Inglaterra) – o Gibraltar Open  c/ prémio p/ vencedor de 50.000£ e a Coral Tour Championship c/ prémio p/ o vencedor de 150.000£ (a prova p/ convite sendo a Championship Legue) – começam-se a fazer as contas sobretudo entre certos jogadores situados nas proximidades da “fronteira (o 16º lugar), de modo a garantirem antes do início do Mundial 2020 um lugar no TOP 16 do RM: desse modo apurando-se diretamente para o quadro final do Mundial (constituído por 32 jogadores) não tendo que se sujeitar previamente às Rondas de Qualificação. E com essas duas provas a poderem proporcionar ainda um máximo de 150.000£ (convertidas em pontos para o RM), deixando ainda alguns jogadores a sonharem com o acesso direto à fase final.

 

Coral Players Championship

Meias-Finais

(à melhor de 11 frames)

D/H

MF1

N

RM

Vs.

MF1

N

RM

28.02

19:00

V

ING

V

ESC

15º

CM

1x

24.png

 Judd

Trump

CM

(2/MF)

517.png

 Stephen

Maguire

PRM

15x

PRM

5x

PRMEE

4x

PRMEE

(1/PF)

D/H

MF2

N

RM

Vs.

MF2

N

RM

29.02

19:00

V

CHI

18º

V

ING

CM

(1/1ªR)

40273.png

 Yan

Bingtao

CM

1x

511.png

Shaun

Murphy

PRM

1x

PRM

9x

PRMEE

1x

PRMEE

2x

(D/H: Data/Hora MF: Meia-Final N: Nacionalidade RM: Ranking Mundial

V: Vitórias CM: Campeonato Mundo PRM: Provas RM

PRMEE: Provas RM Esta Época PF: Presença Final R: Ronda)

 

Na antepenúltima prova em disputa – a CORAL PLAYERS CHAMPIONSIP (atribuindo ao vencedor 125.000£) – e disputadas as duas primeiras rondas (apurando 4 jogadores para as Meias-Finais e garantindo logo um prémio de 30.000£), em função dos 4 jogadores apurados − JUUD TRUMP, SHAUN MURPHY, STEPHEN MAGUIRE e YAN BINGTAO – com a única alteração relevante no Top 16 do RM e caso Yan Bingtao atinja (no mínimo) a final, a ser a troca de 16ºRM deixando de ser Joe Perry e passando a ser o jovem jogador chinês (acabado de fazer 20 anos). Quanto aos restantes três jogadores seja quais forem os resultados com Judd Trump mantendo o 1ºRM, com Shaun Murphy vencendo subindo (de 9º) a 8ºRM e com Stephen Maguire (igualmente) vencendo subindo (de 15º) a 10ºRM. E esta sexta-feira arrancando já as Meias-Finais (Eurosport/19:00) com o confronto Trump Vs. Maguire.

 

(imagens: worldsnooker.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:17

27
Fev 20

[Vivendo num Universo Vivo e tendo Alma, Eletromagnético.]

 

Estando presentes na Terra (e considerando-a como um descendente próximo do hipopótamo) desde há uns 30/40 milhões de anos − a BALEIA, uma das maiores criaturas do Mundo, capaz de viajar mais de 16.000Km – e sendo assim sujeita a todos os fenómenos que possam condicionar a evolução do ecossistema (terrestre) onde vivem – internos como os fenómenos sismológicos e de vulcanismo, externos como as tempestades solares e o geomagnetismo terrestre – estes mamíferos marinhos percorrendo todos os oceanos do planeta, também poderão por vezes ser afetados e verem o seu quotidiano perturbado (muitas vezes, significativa e perigosamente alterado).

 

225114_web.jpg

Baleias!

(sob efeito de tempestades solares)

 

Resultando para esta velha e resistente espécie danos que poderão ser mais ou menos extensos (potencialmente graves) sejam eles físicos e/ou psíquicos (partindo do princípio que estes animais têm psique): como por exemplo confusão e desorientação “ao nível mental da baleia”.

 

mystery-craft-ufos-space.jpg

UFO-Moon.jpg

v-shaped-ufo-nasa-iss-live-stream.jpg

Alienígenas?

(sob efeito de tempestades solares)

 

E se estes experientes (e inteligentes) animais acompanhando a evolução da Terra há algumas dezenas de milhões de anos (3 a 4 com o Homem andando por cá, há apenas uns 0,3 milhões de anos) nas suas habituais viagens anuais e interoceânicas (e intercontinentais) por vezes se deparam com obstáculos imprevisíveis (ou não o sendo, manifestando-se aleatoriamente) tendo que os ultrapassar, caso contrário deixando-se levar por eles (com tudo o de negativo que tal reação possa acarretar) e tendo que se sujeitar (adaptar ou extinguir),

 

Porque não pensar que as baleias tendo de se habituar (sujeitar, confundir, por vezes perecer) aos efeitos provocados na Terra (no Interior do seu ecossistema) pelas Tempestades Solares e pelas alterações no Magnetismo Terrestre − aqui confundindo-as na sua navegação

 

Eschrichtius_robustus_01-cropped-580x368.jpglitd-solar-prominence.jpg

Qual será a relação entre o comportamento das baleias

e as alterações no campo magnético terrestre originadas pelo Sol

 

O mesmo tipo de fenómeno não se poderá replicar no ambiente exterior (o Espaço) ao nosso planeta, afetando quem por lá anda (seja de origem natural ou artificial, terrestre ou hipoteticamente extraterrestre) da mesma forma: ficando confusos (nós ou eles?) como “baratas tontas”.

 

[Com a Terra a viver no presente − fim do mês de fevereiro de 2020  − sob um Mínimo de Atividade Solar, coincidindo com a mudança de ciclo do 24º para o 25º: com menor incidência dos raios solares (quantidade/intensidade), sendo substituídos por estas alturas e por outros, os raios cósmicos (muito mais energéticos e penetrantes, logo mais perigosos). E afetando (o Sol) o comportamento do campo magnético terrestre.]

 

(imagens: universetoday.com − ufosightingshotspot.blogspot.com

− Merrill Gosho/NOAA − NASA/SDO/J. Major.)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:14

Na imagem (abaixo) com esporos de um parasita observados ao microscópio – denominado HENNEGUYA SALMINICOLA (encontrado em salmões) – até agora o único ser vivo (animal multicelular) em que o seu DNA na sua sequência (assinatura) não apresenta (ao contrário de todos os outros animais da Terra, sejam terrestres, aéreos ou marinhos) “genes respiratórios”: ou seja, não necessitando de respirar oxigénio para sobreviver.

 

Q78HCWNMhVBfjZXp97VKRc-650-80.jpg

Alien Eyes

H. salminicola

(ou Henneguya salminicola)

Um parasita que ataca maioritariamente os salmões,

único animal conhecido (vivendo entre nós)

capaz de sobreviver “sem respirar” oxigénio

 

“A microscopic and genomic analysis of the creature revealed that,

unlike all other known animals, H. salminicola has no mitochondrial genome

the small but crucial portion of DNA stored in an animal's mitochondria

that includes genes responsible for respiration.

(Brandon Specktor/livescience.com)

 

Com este individuo um pouco estranho (pelas lacunas, pela forma, pelo aspeto) fazendo parte do Reino Animal e habitando (tal como o Homem) o nosso Ecossistema Terrestre (na imagem como que nadando sob os nossos olhos)  − e que muitos cientistas apontam como podendo ser um antepassado das ALFORRECAS – ao contrário dos seus prováveis ascendentes (e como afirma B.S.) perdendo o seu tecido, as suas células nervosas, os seus músculos (etc.) e pouco ou nada ficando (reduzindo-se ao mínimo) nem mesmo a sua capacidade respiratória.

 

Wz7qMKy2JGqg7hZcLf6WWn-650-80.jpg

Alien Eyes

H. salminicola

(ou Henneguya salminicola)

Sob um microscópio fluorescente c/ os núcleos dos parasitas

(sem DNA mitocondrial necessário para a respiração celular)

a emitirem uma cor verde

 

Um parasita com um perfil genético extremamente simplificado proporcionando-lhe uma rápida e numerosa reprodução − e no caso do H. Salminicola sendo relativamente benigna (como no caso dos salmões) − mas com outros parasitas “seus familiares” a não serem bem assim, infetando e exterminando grandes stocks de outros peixes (uma ameaça para os peixes e pecadores).

 

Those "eyes" are actually stinging cells,

which contain no venom but help the parasite latch onto a host when needed.

These stinging cells are some of the only features

that H. salminicola has not ditched

on its journey of evolutionary downsizing.

(Brandon Specktor/livescience.com)

 

E tal como B.S. refere com os parasitas “Henneguya Salminicola” observando-nos, com aqueles “Olhos Alienígenas”.

 

(imagens: Stephen Douglas Atkinson/livescience.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:31

Com o contágio de COVID-19 já tendo atingido a Europa − da Rússia a Espanha (de leste a oeste) e da Finlândia a Espanha (de norte a sul) − tendo até ao início desta quinta-feira (uma da madrugada) infetado 542 pessoas.

 

Screenshot_2020-02-27 Coronavirus COVID-19 (2019-n

Casos Globais de coronavírus Covid-19

Johns Hopkins CSSE

(Europa)

27.02.2020 −  01:03:23

 

Segundo dados de John Hopkins CSSE com o país mais atingido a ser sem dúvida a Itália, para além do nº recorde de infetados (453) detendo de longe o maior nº de vítimas mortais (12) – só superada para além da China, pelo Irão (19 mortes) e com a Coreia do Sul (12 mortes) a acompanhá-la.

 

Países

Infetados

Vítimas Mortais

Recuperados

Nome

%

%

1

Itália

453

12

2,65

3

0,66

2

Alemanha

27

-

-

15

55,56

3

França

18

2

11,11

11

61,11

4

Espanha

13

-

-

2

15,38

5

UK

13

-

-

8

61,54

6

Croácia

3

-

-

-

-

7

Rússia

2

-

-

2

100,00

8

Finlândia

2

-

-

1

50,00

9

Suécia

2

-

-

-

-

10

Áustria

2

-

-

-

-

11

Noruega

1

-

-

-

-

12

Bélgica

1

-

-

1

100,00

13

Geórgia

1

-

-

-

-

14

Macedônia N

1

-

-

-

-

15

Suíça

1

-

-

-

-

16

Roménia

1

-

-

-

-

17

Grécia

1

-

-

-

-

17

Total

542

14

2,58

43

7,93

 

E com os casos a aparentemente começarem a acentuar-se (e a concentrar-se) em torno do eixo vertical ítalo-franco-germânico direcionando-se mais para a Europa Ocidental (vejam as bolinhas vermelhas e grandinhas), sendo preocupante em Itália (para além dos 12 mortos) a fraquíssima taxa de recuperação, em França a elevada taxa de mortalidade e na Alemanha (para além do nº de infetados, mas com muitos deles recuperados) a grande proximidade da Itália e as diversas comunidades aí existentes. Para já com Portugal (em Johns Hopkins CSSE) a não ser mencionado.

 

(imagem: www.arcgis.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 02:18

Questionário para todos aqueles que desejam,

continuar a trabalhar para Donald Trump:

 

1476cbCOMIC-federal-employment.jpg

 

Da autoria de “TOM THE DANCING BUG(festejando o 30º aniversário de publicações do cómico) e no qual o atual presidente dos EUA coloca algumas questões, a pretendentes querendo trabalhar para ele (e seu governo/administração).

 

Divulgado em Boing Boing e da autoria de Ruben Bolling – um cartoonista norte-americano de New Jersey (na casa dos 50), em que (nas suas obras e temas desenvolvidos) “His pieces demonstrate concern about the power of large corporations and satirize the way government has been corrupted by money” (wikipedia.org) – e entregue para Portugal pela Amazon.

 

E em vez de brutalizar o Presidente a pedido de muitos adultos, utilizando-o com outras intenções através de desenhos cómicos – “divertidos, deliciosos e estranhos(Peter Sagal/amazon.com) – sobretudo pedagógicos – “For everyone else, it's a MUST-READ!" (Mark Hamill/amazon.com) e para crianças dos 7 aos 77 anos (como impresso na antiga revista Tintin).

 

(imagem: Tom the Dancing Bug/boingboing.net)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:18

26
Fev 20

E a partir de 25 com a Terra a ter (oficial e temporariamente) 2 luas

Uma Lua Gigante (a LUA de d = 3.475Km)

E uma outra Lua Extra Anã (2020 CD3 de d = 1m/6m).

 

bg-w1.jpg

 

MPEC 2020-D104

2020 CD3: Temporarily Captured Object

(Minor Planet Center)

 

Observado pela primeira vez (oficialmente e posteriormente registado) no passado dia 15 de fevereiro – pelos astrónomos norte-americanos Theodore Pruyne e Kacper Wierzchos, utilizando o Telescópio do Observatório de Mount Lemmon (Tucson/Arizona) – e com a sua órbita acabando por ser definida a 25 (num código de 0 a 9, indicando a incerteza da sua órbita e possibilidade de impacto com a Terra, sendo designado como 4), a descoberta de mais um NEO (Near Earth Object/Objeto Próximo da Terra) − um asteroide muito particular − denominado 2020 CD3: um pequeno objeto movimentando-se nas proximidades da Terra, por vezes aproximando-se − podendo colidir − ou afastando-se da mesma, na sua aproximação ao nosso planeta (seja esse o caso) podendo ser capturado pelo mesmo, acompanhando-o temporariamente para de seguida (e tal como acontecerá com a Lua) partir e nos deixar para trás. Ou seja, a partir de agora e oficialmente com a “TERRA” a ter a “LUA” e (não tendo impactado e não se prevendo tal) mais uma “Lua Pequenininha” (com 1 a 6 metros de diâmetro).

 

file-20200226-24694-oergqg.jpg

 

Earth’s (been orbited for the past three years or so)

Got a new ‘moon’

(theconversation.com)

 

Não sendo uma visita inesperada por parte destas pequeníssimas luas ao nosso planeta Terra, com algumas a irem e virem como sucederá dentro de poucos anos a à lua 2020 CD3: como já sucedeu (por exemplo) com 2006 RH, passando por cá (em 2006/2007), afastando-se (em 2008 para o outro lado do Sol) e talvez regressando (segundo os astrónomos e nada acontecendo entretanto na sua viagem) em 2028. E já agora do objeto 1991 VG (pertencendo ao grupo dos chamados “quase satélites”) dando umas voltas à Terra (talvez mesmo só 1), desaparecendo e no futuro talvez voltando. Sem notícias de impacto e devendo-nos preocupar mais com outros tipos de asteroides – como os NEA/Near Earth Asteroids e os PHA/Potencially Hazardous Asteroids: com os PHA a serem os mais perigosos, com 100 metros ou mais de diâmetro e passando a 0,5DL ou menos de distância da Terra. Sabendo-se que muitos asteroides passam por cá e (não entrando na atmosfera/não explodindo/não impactando) nem sequer sabemos disso (sobrevivendo-se ao evento, só depois).

 

[d: diâmetro]

 

(imagens: minorplanetcenter.net – theconversation.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:22

[Com (todos incluindo o DNC, a baterem em) Sanders, mas ainda sem (e já com todos incluindo o DNC, a aplaudirem) Bloomberg. E com os restantes (6) compondo o cenário.]

 

Com a SUPER TERÇA-FEIRA cada vez mais próxima,

(3 de março 2020/1.600 delegados em disputa, 1/3 do total)

 

Colocando em disputa (em 15 votações, sendo caucus ou primária) 1.344 DE (sujeitos a votação) e 256 DNE (não sujeitos a votação os SUPERDELEGADOS) num “Total de 1.600 Delegados” − ou seja 1/3 do total de delegados à Convenção DEM – realiza-se este próximo sábado (29 de fevereiro) a Primária da Carolina do Sul: distribuindo um total de 63 delegados (54DE+9DNE).

 

3o6n3t.jpg

Bilionário TRUMP Vs. Bilionário BLOOMBERG

O Confronto desejado pelas Elites do Sistema

− Republicanas ou Democratas –

(cada um deles fazendo parte

das duas faces da mesma moeda, o DÓLAR)

 

No presente com o candidato BERNIE SANDERS a liderar a contagem, ainda sem a participação do bilionário (e paraquedista) Michael Blooomberg, mas com tudo podendo mudar a 3 de março com a entrada de Bloomberg em cena e a mais que possível (ao fim do dia) desistência de algum dos outros 6 candidatos: entre eles e certamente (confirmando-se os maus resultados obtidos até hoje) Gabbard e Steyer e podendo ainda ser acompanhados por um dos candidatos do trio Biden/Warren/Klobuchar (o mais provável sendo o último).

 

Convenção

Democrática

Iowa

New Hampshire

Nevada

Carolina

Do

Sul

Sondagem

a nível

Nacional

P

C

DE

DNE

S (%)

DE

DNE

(%)

Sanders

45

29  por distribuir

22,0

54 em votação

9 por distribuir

28,0

Buttigieg

26

8,0

12,0

Biden

15

31,5

17,0

Warren

8

8,0

8,0

Klobuchar

7

4,0

3,0

Steyer

0

11,0

3,0

Gabbard

0

4,5

2,0

Bloomberg

-

-

19,0

(P: Posição C: Candidato DE: Delegados Eleitos DNE: Delegados Não Eleitos S: Sondagem)

Sondagem: média RCP de 24.02.2020

Sondagem Nacional: RCP/The Hill/HarrisX de 25.02.2020

 

Bernie-Sanders-2020.png

Bernie Sanders

Não aprendendo a lição de 2016 e pela 2ª vez arriscando

a ser atropelado de novo pela estratégia do DNC

(pró-sistema, pró-Clinton e notoriamente anti-Sanders)

 

Hoje (quarta-feira,26) e tendo em vista a Convenção DEM com 155 delegados já disputados (3,3%), entre sábado e terça-feira com mais 1600 delegados em disputa (33,7%) para a partir da próxima SUPER TERÇA-FEIRA ficarem ainda outros 2995 delegados por disputar (63,0%).

 

Na próxima terça-feira 3 de março e com 1/3 dos delegados já atribuídos ficando-se a saber de vez quais os verdadeiros candidatos à nomeação DEM que prosseguirão as suas candidaturas: naturalmente com SANDERS (o alvo DEM a abater) e BLOOMBERG (a última esperança DEM) continuando presentes, alguns do quarteto (oficial/alternativo) formado por BUTTIGIEG/BIDEN/WARREN/KLOBUCHAR  (não reconhecendo a derrota ou querendo ainda negociar a sua desistência, prosseguindo na corrida) e provavelmente com Steyer e Gabbard a desistirem – no fim do dia, talvez restando uns 4 a 6.

 

E pelo assistido no último debate DEM realizado ontem 25 de fevereiro na TV (o último antes da, para alguns, decisiva SUPER TERÇA-FEIRA) – num triste e confuso espetáculo (por vezes parecendo não ter moderador) com os candidatos tal e qual como adolescentes pondo constantemente o dedo no ar para lhes darem atenção e ainda com a plateia (estranhamente?) parecendo ter sido paga para apoiar o multimilionário presente (Bloomberg) − com todos (os 8)  a atacarem-se uns aos outros e com 7 deles (aqui como predadores e aliados) escolhendo 1 deles (o socialista por vezes comunista Sanders) como presa comum – esperando-se novos e talvez mesmo surpreendentes episódios para esta NOVA SAGA DEM agora nas Presidenciais 2020:

 

Star-Wars-Han-Solo-Better-Pilot-Darth-Vader.jpg

EUA

Pelo guião DNC seguindo-se um duelo Sanders Vs. Bloomberg

Lado Mau da Força contra Lado Bom da Força

(nesta Guerra de Estrelas sendo respetivamente Darth Vader e Han Solo)

 

Para “A Guerra das Estrelas” em curso no DNC, com SANDERS representando DARTH VADER (o Lado Sombrio da Força) e com BLOOMBERG representando HAN SOLO (o Lado Bom da Força) a poder muito bem vir a ser a derradeira esperança da vitória das FORÇA DO BEM.

 

Uma tristeza para uma nação que se diz a “Maior Potência Global e Terra de Excecionais”, proporcionando-nos desde há 4 anos um “espetáculo com consequências” − Negativas e para todo o Mundo − e simplesmente (mesmo para um leigo, sentindo o que se passa à sua volta) confrangedor e deplorável: infelizmente com participação efetiva tanto do campo DEM como do campo REP e suscitando-nos desde logo a questão (nos EUA como no Resto do Mundo)mas onde está a visão da América, projetada e lançada na nossa adolescência”?

 

[DNC: Comitê Nacional Democrata]

 

(imagens: imgflip.com – davegranlund.com − movieweb.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:04

25
Fev 20

[Dados: Johns Hopkins CSSE/gisanddata.maps.arcgis.com – 25.02.2020 às 12:53:02]

 

Screenshot_2020-02-25 Coronavirus COVID-19 (2019-n

Mapa da distribuição Global do coronavírus COVID-19

 

Como se pode ver pela [tabela 1] com a China a continuar a ser o epicentro deste surto epidémico, com quase 97% dos casos e [99%] das mortes; com a Europa para já com as primeiras mortes registadas, resultando uma taxa de mortalidade de [0,3%]. Com a Organização Mundial de Saúde a não considerar (pelo menos para já) este surto como uma Pandemia, esperando que os primeiros sinais de recuo do vírus na China (continental) continuem e que outros polos que parecem querer surgir (outros na Ásia, como no Oriente e na Europa) estabilizem.

 

Casos

Total

Na China

Na Europa

%

%

%

Confirmados

80.289

100,0

77.660

96,7

319

0,4

Mortes

2.704

3,4

2.663

98,5

8

0,3

Recuperados

27.840

34,7

27.591

99,1

40

0,1

Tabela 1

 

Observando a [tabela 2] e comparando o impacto do vírus Covid-19 na China (no Epicentro) e na Europa (lá longe), sendo fácil de constatar a incidência brutal do vírus no seu epicentro − ou não vivessem na China perto de 1,5 biliões de almas, a caminho dos 20% da população Mundial, sendo de um total de mais de 80.000 infetados quase 78.000 chineses – com taxa de mortalidade nos 3,4 e taxa de recuperação 10X superior: algo que nos deve preocupar no mínimo um bocadinho, pois se os infetados para já sendo poucos (se comparados com os da China) e a taxa de mortalidade estando dentro dos limites (2%/3%), já a taxa de recuperação na Europa sendo bem menor que a da China − não se percebendo bem porquê (tendo a Europa e os EUA como exemplo) sendo apenas 1/3 da chinesa. Para já e para lá da China, com as maiores preocupações a dirigirem-se (até pelo número de vítimas mortais até agora registadas) para o IRÃO (16 mortos), Coreia do Sul (10) e Itália (7), esta última aqui tão perto: nas últimas notícias (17:30 desta terça-feira) e referidas a Itália, registando-se já entre 280 infetados 10 mortos.

 

Taxas

Na China

Na Europa

Nº de Infetados

77.660

319

Mortes

3,4%

2,5%

Recuperados

35,5%

12,5%

Tabela 2

 

No que concerne ao coronavírus e às suas versões mais virulentas e impactantes (por mortais) – SARS, MERS e COVID-19 na versão de 2002/03 com uma epidemia de SARS (síndrome respiratório severo e agudo) a afetar 8.008 indivíduos provocando 774 vítimas mortais (num período de 9 meses e espalhando-se por 18 países) atingindo uma taxa de mortalidade aproximada de 9,6% (sobretudo na China continental e em Hong Kong) e na Europa em 34 casos provocando apenas 1 vítima mortal (nem 3%); já na versão de 2012 e referindo-nos à epidemia de MERS (síndrome respiratório do médio-oriente) − inicialmente referenciada à Arábia Saudita (como seu epicentro) − com diversos surtos a terem já afetado a população (como o de 2015 da Coreia do Sul e o de 2018 na Arábia Saudita, entre outros), com as taxas de mortalidade variando (tal como as registadas entre 2012/15) no epicentro e nos países próximos, entre os 44% na Arábia Saudita (452 mortos em 1029) e os 20% da Coreia do Sul (38 em 184) − num total nesse período (de tempo) de 1360 infetados, 527 morrendo ou seja 39%; finalmente na atual versão de 2019/20 do novo coronavírus, com a epidemia de COVID-19 apesar de parecer mais contagiosa (do que as outras anteriores) e estendendo-se já a quase três dezenas de países (de todos os continentes), pela evolução da mesma e pelo número de pessoas afetadas para já fixando-se por uma taxa de mortalidade (aceitável para o vírus que é ou poderia ser) em torno dos 2%/3%. Faltando ver agora como o novo vírus (COVID-19) evolui, saltada a fronteira da China e chegando ao resto do Mundo: e então aí se verá a competência da China face à competência da Europa − para lidar com estes casos.

 

[E às 16:03:06 de hoje, com os dados já alterados: 80.350 casos (100,0%), 2.705 vítimas mortais (3,4%) e 27.878 recuperados (34,7%).]

 

(imagem: gisanddata.maps.arcgis.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:56

Fevereiro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


23


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO