Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

27
Fev 20

[Vivendo num Universo Vivo e tendo Alma, Eletromagnético.]

 

Estando presentes na Terra (e considerando-a como um descendente próximo do hipopótamo) desde há uns 30/40 milhões de anos − a BALEIA, uma das maiores criaturas do Mundo, capaz de viajar mais de 16.000Km – e sendo assim sujeita a todos os fenómenos que possam condicionar a evolução do ecossistema (terrestre) onde vivem – internos como os fenómenos sismológicos e de vulcanismo, externos como as tempestades solares e o geomagnetismo terrestre – estes mamíferos marinhos percorrendo todos os oceanos do planeta, também poderão por vezes ser afetados e verem o seu quotidiano perturbado (muitas vezes, significativa e perigosamente alterado).

 

225114_web.jpg

Baleias!

(sob efeito de tempestades solares)

 

Resultando para esta velha e resistente espécie danos que poderão ser mais ou menos extensos (potencialmente graves) sejam eles físicos e/ou psíquicos (partindo do princípio que estes animais têm psique): como por exemplo confusão e desorientação “ao nível mental da baleia”.

 

mystery-craft-ufos-space.jpg

UFO-Moon.jpg

v-shaped-ufo-nasa-iss-live-stream.jpg

Alienígenas?

(sob efeito de tempestades solares)

 

E se estes experientes (e inteligentes) animais acompanhando a evolução da Terra há algumas dezenas de milhões de anos (3 a 4 com o Homem andando por cá, há apenas uns 0,3 milhões de anos) nas suas habituais viagens anuais e interoceânicas (e intercontinentais) por vezes se deparam com obstáculos imprevisíveis (ou não o sendo, manifestando-se aleatoriamente) tendo que os ultrapassar, caso contrário deixando-se levar por eles (com tudo o de negativo que tal reação possa acarretar) e tendo que se sujeitar (adaptar ou extinguir),

 

Porque não pensar que as baleias tendo de se habituar (sujeitar, confundir, por vezes perecer) aos efeitos provocados na Terra (no Interior do seu ecossistema) pelas Tempestades Solares e pelas alterações no Magnetismo Terrestre − aqui confundindo-as na sua navegação

 

Eschrichtius_robustus_01-cropped-580x368.jpglitd-solar-prominence.jpg

Qual será a relação entre o comportamento das baleias

e as alterações no campo magnético terrestre originadas pelo Sol

 

O mesmo tipo de fenómeno não se poderá replicar no ambiente exterior (o Espaço) ao nosso planeta, afetando quem por lá anda (seja de origem natural ou artificial, terrestre ou hipoteticamente extraterrestre) da mesma forma: ficando confusos (nós ou eles?) como “baratas tontas”.

 

[Com a Terra a viver no presente − fim do mês de fevereiro de 2020  − sob um Mínimo de Atividade Solar, coincidindo com a mudança de ciclo do 24º para o 25º: com menor incidência dos raios solares (quantidade/intensidade), sendo substituídos por estas alturas e por outros, os raios cósmicos (muito mais energéticos e penetrantes, logo mais perigosos). E afetando (o Sol) o comportamento do campo magnético terrestre.]

 

(imagens: universetoday.com − ufosightingshotspot.blogspot.com

− Merrill Gosho/NOAA − NASA/SDO/J. Major.)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:14

Na imagem (abaixo) com esporos de um parasita observados ao microscópio – denominado HENNEGUYA SALMINICOLA (encontrado em salmões) – até agora o único ser vivo (animal multicelular) em que o seu DNA na sua sequência (assinatura) não apresenta (ao contrário de todos os outros animais da Terra, sejam terrestres, aéreos ou marinhos) “genes respiratórios”: ou seja, não necessitando de respirar oxigénio para sobreviver.

 

Q78HCWNMhVBfjZXp97VKRc-650-80.jpg

Alien Eyes

H. salminicola

(ou Henneguya salminicola)

Um parasita que ataca maioritariamente os salmões,

único animal conhecido (vivendo entre nós)

capaz de sobreviver “sem respirar” oxigénio

 

“A microscopic and genomic analysis of the creature revealed that,

unlike all other known animals, H. salminicola has no mitochondrial genome

the small but crucial portion of DNA stored in an animal's mitochondria

that includes genes responsible for respiration.

(Brandon Specktor/livescience.com)

 

Com este individuo um pouco estranho (pelas lacunas, pela forma, pelo aspeto) fazendo parte do Reino Animal e habitando (tal como o Homem) o nosso Ecossistema Terrestre (na imagem como que nadando sob os nossos olhos)  − e que muitos cientistas apontam como podendo ser um antepassado das ALFORRECAS – ao contrário dos seus prováveis ascendentes (e como afirma B.S.) perdendo o seu tecido, as suas células nervosas, os seus músculos (etc.) e pouco ou nada ficando (reduzindo-se ao mínimo) nem mesmo a sua capacidade respiratória.

 

Wz7qMKy2JGqg7hZcLf6WWn-650-80.jpg

Alien Eyes

H. salminicola

(ou Henneguya salminicola)

Sob um microscópio fluorescente c/ os núcleos dos parasitas

(sem DNA mitocondrial necessário para a respiração celular)

a emitirem uma cor verde

 

Um parasita com um perfil genético extremamente simplificado proporcionando-lhe uma rápida e numerosa reprodução − e no caso do H. Salminicola sendo relativamente benigna (como no caso dos salmões) − mas com outros parasitas “seus familiares” a não serem bem assim, infetando e exterminando grandes stocks de outros peixes (uma ameaça para os peixes e pecadores).

 

Those "eyes" are actually stinging cells,

which contain no venom but help the parasite latch onto a host when needed.

These stinging cells are some of the only features

that H. salminicola has not ditched

on its journey of evolutionary downsizing.

(Brandon Specktor/livescience.com)

 

E tal como B.S. refere com os parasitas “Henneguya Salminicola” observando-nos, com aqueles “Olhos Alienígenas”.

 

(imagens: Stephen Douglas Atkinson/livescience.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:31

Com o contágio de COVID-19 já tendo atingido a Europa − da Rússia a Espanha (de leste a oeste) e da Finlândia a Espanha (de norte a sul) − tendo até ao início desta quinta-feira (uma da madrugada) infetado 542 pessoas.

 

Screenshot_2020-02-27 Coronavirus COVID-19 (2019-n

Casos Globais de coronavírus Covid-19

Johns Hopkins CSSE

(Europa)

27.02.2020 −  01:03:23

 

Segundo dados de John Hopkins CSSE com o país mais atingido a ser sem dúvida a Itália, para além do nº recorde de infetados (453) detendo de longe o maior nº de vítimas mortais (12) – só superada para além da China, pelo Irão (19 mortes) e com a Coreia do Sul (12 mortes) a acompanhá-la.

 

Países

Infetados

Vítimas Mortais

Recuperados

Nome

%

%

1

Itália

453

12

2,65

3

0,66

2

Alemanha

27

-

-

15

55,56

3

França

18

2

11,11

11

61,11

4

Espanha

13

-

-

2

15,38

5

UK

13

-

-

8

61,54

6

Croácia

3

-

-

-

-

7

Rússia

2

-

-

2

100,00

8

Finlândia

2

-

-

1

50,00

9

Suécia

2

-

-

-

-

10

Áustria

2

-

-

-

-

11

Noruega

1

-

-

-

-

12

Bélgica

1

-

-

1

100,00

13

Geórgia

1

-

-

-

-

14

Macedônia N

1

-

-

-

-

15

Suíça

1

-

-

-

-

16

Roménia

1

-

-

-

-

17

Grécia

1

-

-

-

-

17

Total

542

14

2,58

43

7,93

 

E com os casos a aparentemente começarem a acentuar-se (e a concentrar-se) em torno do eixo vertical ítalo-franco-germânico direcionando-se mais para a Europa Ocidental (vejam as bolinhas vermelhas e grandinhas), sendo preocupante em Itália (para além dos 12 mortos) a fraquíssima taxa de recuperação, em França a elevada taxa de mortalidade e na Alemanha (para além do nº de infetados, mas com muitos deles recuperados) a grande proximidade da Itália e as diversas comunidades aí existentes. Para já com Portugal (em Johns Hopkins CSSE) a não ser mencionado.

 

(imagem: www.arcgis.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 02:18

Questionário para todos aqueles que desejam,

continuar a trabalhar para Donald Trump:

 

1476cbCOMIC-federal-employment.jpg

 

Da autoria de “TOM THE DANCING BUG(festejando o 30º aniversário de publicações do cómico) e no qual o atual presidente dos EUA coloca algumas questões, a pretendentes querendo trabalhar para ele (e seu governo/administração).

 

Divulgado em Boing Boing e da autoria de Ruben Bolling – um cartoonista norte-americano de New Jersey (na casa dos 50), em que (nas suas obras e temas desenvolvidos) “His pieces demonstrate concern about the power of large corporations and satirize the way government has been corrupted by money” (wikipedia.org) – e entregue para Portugal pela Amazon.

 

E em vez de brutalizar o Presidente a pedido de muitos adultos, utilizando-o com outras intenções através de desenhos cómicos – “divertidos, deliciosos e estranhos(Peter Sagal/amazon.com) – sobretudo pedagógicos – “For everyone else, it's a MUST-READ!" (Mark Hamill/amazon.com) e para crianças dos 7 aos 77 anos (como impresso na antiga revista Tintin).

 

(imagem: Tom the Dancing Bug/boingboing.net)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:18

Fevereiro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


23


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO