Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

31
Mar 20

Agora que estamos em casa sem saber o que fazer e verdadeiramente não nos apercebendo o que está realmente a acontecer,

 

Screenshot_2020-03-31 Space online - SPACE-START N

ISS

Com as suas duas câmaras offline

 

− Constatando apenas que somos o alvo de qualquer coisa,

pelo número de mortes que estão a acontecer –

 

Entre vários sites que antes não tínhamos disponibilidade de tempo para consultar até porque não passavam de meros loucos adeptos das “Teorias da Conspiração”, muitos deles já sem qualquer tipo de credibilidade pois há muito afastados do acesso aos canais oficiais e certificados, e sistematicamente utilizados pelos mesmos que em público os denegriam, com outras intenções que não as propaladas pelos seus editores e responsáveis,

 

− Caso de sites de base norte-americana como “Above Top Secret (muitas vezes no passado recente sendo colocado curiosamente “Off Line” em períodos coincidindo com tempos de crise e de paralisia Governamental, não havendo dinheiros injetados e simples e temporariamente fechando/hibernando) e “Before Its News (já na altura pelo seu conteúdo sendo suspeitos e agora esmagados pelo “lixo que cada vez mais noticiam”)

 

Screenshot_2020-03-31 Aliens Are Observing Us Whil

Nas proximidades da ISS

Objetos Voadores – 1ª vaga

 

E sendo no presente (hoje 31 de abril) completamente surpreendidos (tipo “estalada ou murro na cara”) após semanas ininterruptas de divulgação de registos sucessivos oriundos da transmissão “Live Feed” da Estação Espacial Internacional (ISS) observando objetos estranhos passeando-se em frente à ISS (com cortes de transmissão aparecendo pelo meio, quando não dispondo de qualquer tipo de justificação oficial minimamente aceitável) pela interrupção total de qualquer tipo de imagem daí oriunda (câmaras 1 e 2 da ISS) como até de outros satélites (satélite Gosat),

 

– E como já afirmado antes, tendo tempo de sobra para encetar uma busca mais profunda e sistemática, reparando desde logo no desaparecimento em massa de muitas dessas notícias (e sites dedicados ao tema), ao mesmo tempo que (colocando na procura por exemplo o tema Espaço, nada aparecendo de novo e sendo massacrados em substituição pelo surto epidémico do novo coronavírus) em seu lugar aparecia o nosso novo companheiro de viagem interior (e terrestre)

“o agente infiltrado, invisível e mortal Covid-19”

 

Colocando-se definitivamente a questão suportada pela nossa natural estupefação, de saber e logicamente tentar compreender (sendo dotados como todos os entendidos afirmam de Psique, ao contrário dos outros animais definidos por nós sem psique, apenas aqui presentes para nos servirmos deles, por exemplo comendo-os) o que está na realidade a passar-se:

 

Screenshot_2020-03-31 ISS 1 camera online - SPACE-

ISS

Câmara nº 1 offline

 

Para lá de não se entender nada bem como estes Teóricos da Conspiração foram afastados e substituídos  por estes novos sites/notícias sobre este novo coronavírus (francamente “qual será a relação?”), tendo-se logicamente de concluir (existindo ou estando − sim ou não − por perto, os tais alienígenas) que em princípio as explicações para o sucedido (e constado, não existindo para já emissão) se resumirão apenas a três (uma interna, outra externa e a outra sendo mista) − da simples fatia de pão com manteiga, até à mais elaborada tosta mista.

 

Uma entrada em hibernação destes sites devido à crise Global sanitária instalada (por ação de agentes internos), uma ausência de difusão de notícias passando-se mesmo algo no exterior ao nosso Ecossistema (por ação de agentes externos) ou então uma operação conjunta agora por qualquer razão levada a cabo e envolvendo uma Coligação a nós estranha por desconhecida e não claramente visível (por ação de agentes internos e externos):

 

Screenshot_2020-03-31 Space online - SPACE-START N

Satélite Gosat

Câmara off-air

 

Mas desde logo reconhecendo nunca tendo visto um objeto estranha nem o seu tripulante, podendo-se tratar obviamente (sendo mais rigoroso, na utilização da palavra) não de uma intervenção de terrestres e/ou alienígena, mas de uma constatação de que poderão existir terrestres habitando ainda a Terra e outros tendo há muito partido desta (sabendo-se que tal como o fazem os emigrantes muitas vezes para sobreviver tendo-se mesmo que partir, só o animal morto logicamente não se mexendo − ficando-se sem movimento e parado, estando mortos ou a caminho disso).

 

Com o Sistema Solar e os seus biliões de anos (de existência) “podendo já ter passado por vários Ciclos (não de extinção, mas de desaparecimento/reaparecimento) e diversos Saltos (Civilizacionais)”:

 

Sendo natural não encontrarmos qualquer tipo mesmo que mínimo de sinais ou de vestígios com estas hipóteses relacionados (até como prova) sabendo-se que num segundo se vai a carne sendo os ossos uma questão de tempo (cronologicamente apenas nos reportando no passado à Idade dos Dinossauros).

 

Screenshot_2020-03-31 ISS 2 camera online - SPACE-

ISS

Câmara nº 2 offline

 

E assim com a única explicação a ser a da sua não existência (de UFO´S e ALIENAS) sendo pois natural que num momento de Crise Planetária (podendo levar-nos ao colapso) se invoque o mais importante (a nossa sobrevivência), dirigindo toda a nossa atenção exclusivamente para o que aqui se passa  não nos distraindo do fundamental e urgente:

 

Num Mundo em que milhões e milhões morrem num curto espaço de tempo (sem que ninguém ligue, ou sequer se incomode) pouco se incomodando com as consequências da Guerra, com o Mundo colocado em histeria por apenas uns milhares de mortes

 

− Ou seja, sendo mais profícuo e barato para quem nos controla e manipula, em vez da utilização do poder das armas como fator decisivo (não o sendo como se vê, com guerras localizadas e da maioria dos Povos afastada), optar-se por utilizar o Poder Ilimitado do Medo servindo-se apenas um simples organismo básico, mais barato, eficiente e a qualquer momento podendo-se ligar ou desligar (por alguém interior, exterior ou misto ou com outra forma qualquer).

 

Screenshot_2020-03-31 Aliens Are Observing Us Whil

Nas proximidades da ISS

Objetos Voadores – 2ª vaga

 

Deixando-vos aqui as imagens à vossa apreciação (usufruto, neste “tempo de nada e de cabeça rapada” com prazer ou então não), no mínimo (não se deixando levar muito pela psique, podendo-nos induzir em erro) para nosso divertimento e para assim passarmos o tempo, algo a que já estamos bem habituados “deixando sempre para amanhã, a vida que poderíamos ter hoje”

 

− E como católico-romanos esperando a nossa vez de chegarmos (depois de mortos) ao Paraíso, é certo que não os dos pagãos cheios de mulheres e de virgens.

 

(imagens: space-start.net − ufosightingshotspot.blogspot.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:38

E já agora porque será que se antes viramos

sorrir a Ministra e a Diretora

− Com o Secretário de Estado de trombas

Agora desaparecidas as duas (nesta conferência de imprensa)

Com o outro (antes de trombas) também já sorrindo?

 

Mas afinal de contas que conceito tem esta gente de Vergonha e o que significará para eles Hipocrisia? Mesmo sabendo nós e de antemão que para eles, um cargo público (pelos vistos uma “Missão Impossível”) é apenas um passo necessário para o Privado.

 

E para quem ainda tinha dúvidas, se ontem deixamos de ter MINISTRA DA SAÚDE (aparecendo lá atrás numa cerimónia inútil e sorridente, estrategicamente escondida e protegida pelo 1º MINISTRO), hoje deixamos de ter DIRETORA GERAL DE SAÚDE (tal como a Ministra fizera ontem, atirando às feras o seu ajudante).

 

DGS-26marco-noticiasdecoimbra.jpg

Ontem, hoje e amanhã mudando-se algo

 

Solução?

OBVIAMENTE DEMITO-AS!

 

E nunca esquecendo o primeiro a fugir o PRESIDENTE (entrando de Quarentena mal ouviu falar da proximidade do vírus), nestes momentos em que o tempo já não existe (e analisando para que lado deve pender o prato da balança, exitando entre NÓS e a ECONOMIA) necessitando ainda de tempo para pensar.

 

“Talvez sendo homem custando ao Presidente, parir de novo (e sendo sua a autoria)

o Estado de Emergência.”

 

Com a comunicação social sendo conivente, colocando questões e não recebendo respostas e em vez de insistir recolocando a questão (de que todos nós aguardávamos impacientemente a resposta) metendo a viola do saco, analisando os números e esperando mais 24 horas pelo dia de amanhã (com cálculos errados e sem resposta).

 

DGS_CONFERENCIA.jpg

E surpreendentemente ficando tudo na mesma

 

Num retrato de um país bem espelhado no tratamento dado aos agentes do SEF (implicados no tratamento dado a um cidadão ucraniano), suspendendo de imediatamente esses agentes, subindo por ali acima e levando à demissão dos seus Chefes, mas aí parando antes de chegar ao respetivo Ministro.

 

Mas em que raio de gente devemos nós (o Povo) confiar, quando entre certificados e nomeados (do Governo) e com todos os verdadeiros profissionais na linha da frente − e apesar de desprotegidos, nem sequer perdendo tempo em se salvar (salvando outros e pondo em risco, familiares mais próximos) − nos dizem ser estes politico-profissionais os melhores!

 

E mais uma vez iludidos, ainda tendo pensado por segundos, que o da direita (nas duas imagens) – aparentemente não aguentando a sua superior e corrigindo-a − ainda estivesse connosco. Com o mais novo o da esquerda (2ª imagem) o inferior hierárquico, estando notoriamente nervoso.

 

(imagens: 26.03.2020/noticiasdecoimbra.pt – 24.03.2020/noticiasmaia.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 15:11

Agora que os EUA começam definitivamente a tomar consciência de já terem entrado de vez na corrida de se transformarem − destronando definitivamente a China − no Nº 1 do Top Mundial de Infetados de Covid-19 (já com mais de 150.000 casos confirmados, 20% do total Global, 1ª medalha de Ouro) podendo ainda e a curto-prazo tornarem-se igualmente no Nº 1 do Top Mundial de Vítimas Mortais de Covid-19 (a caminho dos 2.000 infetados, perto de 8% do total Global, 2ª medalha de Ouro), com os Democratas a começarem mesmo que lentamente a demonstrarem finalmente poderem estar mais interessados no futuro (Coletivo) dos EUA − nos cidadãos que afirmam representar − do que no seu próprio futuro e ambição particular (Individual) – centrando-se exclusivamente e durante quatro anos no ataque ao presidente democraticamente eleito (respeitando as regras do jogo previamente conhecidas e aceite por todos) Donald Trump, tentando de uma forma mais direta e eficaz evitar a queda definitiva do Império Norte-Americano (com sede em Washington) e a entrada antecipada do novo Império Planetário encabeçado pela China tendo a seu lado a Confederação Russa, o Império Chinês (com sede em Pequim),

 

16fb5600-d642-434d-8a1a-f8e064e14a00-getty-1203497

 

Tornando-se verdadeiramente deprimente e assustador ver 75 anos após o fim da II Guerra Mundial, aqueles que antes destruíram a Europa e quase todo o Mundo − ainda-por-cima carregando às suas costas e de uma forma bem visível muitos dos cadáveres daí resultantes, de que os Campos de Concentração ainda são uma grande evidência e testemunho, tendo ainda como reflexo presente, ofuscante e brutal, um complexo de culpa que sempre transportarão consigo (e bem expresso) se não no seu corpo na sua alma – agora não se socorrendo de “Armas Físicas Manuais(de Destruição Maciça Objetiva, comprovando não serem os humanos à prova de bala), mas de “Canudos Psíquicos Intelectuais”, pudessem retornar e ressuscitar (equiparando-se a “Salvadores”) recorrendo de novo às mesmas teorias racistas agora não apenas de “cor ou de raça”, mas associando-as como alternativa viável a um novo processo de  exploração e negação (sobrepondo a economia dita coletiva à liberdade individual), à meteorologia local e condições ambientais (que naturalmente os pobres sobrevalorizam, não tendo outras perspetivas de vida), designando-nos inicialmente (não pessoalmente mas através dos seus intermediários/proxenetas) como “malandros só gostando de copos e de mulheres(uma afirmação só podendo ser proveniente do “verdadeiro macho”, mais habituado não a ter uma mulher, mas uma prostituta, no fundo insultando a classificando o género feminino) e posteriormente mesmo com os cadáveres a caírem como castelos de cartas (pensando ainda estarem a jogar “ao burro em pé”) nos catalogarem como “os merdas do sul” tendo como chefe de orquestra uma mulher fazendo-nos um manguito e na prática indicando-nos a nossa direção utilizando e bem ereto, hirto e determinado ”o seu dedo do meio”: num estado de desespero italiano vendendo os ventiladores à melhor proposta, apresentada pela Suíça (pelos vistos sem grandes resultados, para os compradores/clientes).

 

Enterrando-se e levando-nos com eles para o abismo, enquanto hesitam entre aqueles a quem obedecem sem questionar e nada fazem por eles (EUA, só tendo papel) e aqueles que na realidade lhes têm enchido os cofres (China e Rússia, tendo Ouro): e nem sequer aprendendo com quem nunca esteve connosco apenas nos usou (Reino Unido), um dia abandonando-nos e encostando-se aos EUA e agora com a chegada do Covid-19 vendo-se completamente isolado, falido e sem saber a quem recorrer.

 

37202645_28465860_WEB-1060x594.jpg

 

Mas chegando de falar de coisas (política/políticos) nojentas e já agora utilizando o Costa “repugnantes”, sendo apenas pena tal mensagem em vez de ser dirigido ao prostituto não ser dirigida ao atual gerente e financiador do bordel, pelos vistos moral e legal. Desculpem (mesmo os disparates e os erros) mas é da fúria incontida, acumulada e desesperada face ao número interminável de cadáveres. Europa? Deixa-me rir e chorar! É certo com a nossa parte de culpa e de responsabilidade, vivendo num país onde num só dia e em pouco tão tempo soubemos e apenas por denúncia (hierarquicamente igual ou inferior aos seus praticantes) o que fizeram agora com conhecimento de todos com um cidadão ucraniano (certamente tentando por todas as formas tal como muitos de nós chegar aos seus e ao seu país) − assassinando brutalmente, talvez como o fazem habitualmente (noutro contexto ou não) com “um cão – e como sempre prendendo-os mas assim não tanto (prisão domiciliária e para não os incomodar muito e dar-lhes mais espaço para se movimentarem prometendo-lhes uma pulseira eletrónica, quando deviam ser postos logo atrás das grades até para poderem conviver com o seu amigo covid-19) e subindo na hierarquia mas nunca atingindo o topo, o Ministro (que por decência devia assumir a sua responsabilidade e demitir-se) não fosse o “Diabo tecê-las”: algo que poderíamos dirigir em diferentes graus mas com as mesmas consequências aos responsáveis entre outros, da Educação (onde anda o Ministro vindo as sugestões do ministro da Economia e com os professores numa ação forçada e repugnante a avaliarem à pressa alunos a meio da corrida ignorando as regras iniciais, mandadas para a “bardamerda”), da Administração Interna (ignorando como se não fosse sua responsabilidade o que se passa nas cadeias) e até da Saúde, neste ultimo caso com os responsáveis ou até o 1ª Ministro a assumirem pessoalmente não propriamente a demissão destes mas o seu afastamento, mesmo que temporário (tanta a saturação pela falta de credibilidade técnica dos mesmos, necessitando as pessoas de novos seres humanos pelo menos frente às câmaras, de modo a ainda darem alguma esperança àqueles que sabem poder vir a morrer em combate apenas e inacreditavelmente – esperando-se que no futuro criminalizados pelas suas não ações) ou não estivessem os seus subordinados (os “Heróis do Povo”) completamente desarmados, “usando apenas fisgas e só sendo possível de o fazer uma vez” e (pasme-se) pelos vistos dirigidos pelos seus (por nomeação e confiança) especialistas e até matemáticos (denegrindo aquilo que muitos assumiram com sacrifício mas voluntariamente, não recorrendo certamente ao ”juramento do hipócrita”).

 

Chega (2ª vez)! Pedindo desculpa no entanto por qualquer coisinha e não deixando de mencionar seja qual for a sua ideologia política (eu sei, não é a minha, mas talvez pela 1ª vez votando em “Alguém” com letra grande) aquele “Homem de Ovar” que não “protegendo o seu cuzinho” se lançou mesmo assim às feras assumindo em nome do Povo e se necessário o seu sacrifício político e pessoal − e reparem vencendo e com todos os outros (uns bons, outros maus, é a vida, mas um tendo de ser sempre o 1ª) depois a tentarem copiá-lo.

 

(imagens: Getty Images − Estela Silva/Lusa/dinheirovivo.pt)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:03

30
Mar 20

Beware far-right arguments disguised as environmentalism

(theconversation.com)

 

file-20200326-132965-14zoazd.jpg

 

“Posters in the style of the activist group Extinction Rebellion (XR) have appeared in the UK declaring “Corona is the cure, humans are the disease”. A now-deleted tweet from @xr_east had photos of the poster, under the line that “Earth is healing. The air and water is clearing”.” (29.03.2020/theconversation.com)

 

Não sendo apenas Jair Bolsonaro (atual Presidente do Brasil) a dizer as barbaridades que diz (loucuras de um criminoso), sendo apenas o mesmo a ponta do icebergue (dando-lhes obviamente visibilidade), daqueles que poderão assumir amanhã o poder (nesta Europa em decadência, agora à beira do precipício): como se vê no Reino Unido (à deriva e sem líder, não o sendo Boris Johnson) com a extrema-direita a aparecer (agora com a sua teoria contrária, mas surgindo estilo Greta), começando a abrir o caminho da subida dos Populistas ao poder.

 

Depois do “manguito” de Merkel (a um dos 27 do “seu” Clube) face ao desespero (mortal) da Itália (já perto das 11.000 mortes) – e com muitos outros a caminho (Espanha/perto de 7.000, França/2.600, o Reino Unido/perto dos 1.300, a Holanda/perto dos 780 e ... a ALEMANHA/ultrapassada as 500).

 

(imagem: theconversation.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:27

29
Mar 20

Como se já não bastasse o surto epidémico de Covid-19 (definido como uma Pandemia) atravessando todo o nosso planeta e igualmente atingindo Portugal (e a Região do Algarve),

 

acesso-praias-albufeira-scaled.jpg

COVID-19: Albufeira fecha estacionamentos e acessos às praias

(Praia da Galé)

 

Sendo agora acompanhado na região algarvia pelo assassinato “macabro” de um jovem (de 21 anos de idade, técnico de informática trabalhando em Porches e antigo aluno da Escola Secundária de Albufeira), há cerca de uma semana dado como desaparecido e agora parcialmente encontrado – assassinado e esquartejado e ainda com partes do seu corpo por encontrar – tendo agora de nos socorrer pretendendo-se saber algo sobre a evolução deste vírus mortal na região, dos poucos órgãos de comunicação social escrita existente no Algarve (como por exemplo o real relatório da situação epidemiológica em Portugal, como é o caso da Região do Algarve, onde resido há mais de 35 anos) − já que pelos vistos os “matemáticos da DGS” não serão assim tão matemáticos como isso (pelo menos na recolha, tratamento e compreensão de dados) – depois da consulta de vários jornais algarvios e sabendo estes de antemão os números não estarem corretos, ficando-se a conhecer finalmente (em números sempre em evolução, podendo neste momento já estar alterados),

 

Região

Confirmados

Vítimas Mortais

%

%

Norte

3550

59,5

61

51,3

Centro

709

11,9

28

23,5

Lisboa/V.Tejo

1478

24,8

28

23,5

Alentejo

41

0,7

0

0,0

Algarve

108

1,8

2

1,7

Madeira

43

0,7

0

0,0

Açores

33

0,6

0

0,0

Total

5962

100,0

119

100,0

Portugal Continental e Ilhas

Confirmados/Vítimas Mortais

(Dados: DGS/29.03.2020/11:00)

 

Que o número de vítimas mortais registadas até ao momento na região, não serão nem os números apresentados pela DGS e pela ARS Algarve de apenas 1 indíviduo falecido, nem os números divulgados pelas Redes Sociais apresentando (acreditando neles, desde o início de março) uma lista já extensa de mortes em toda esta região (mais a Sul de Portugal) – só em Albufeira talvez a caminho de uma dezena e até com alguns deles identificados (provavelmente um dia destes, tendo que forçosamente de sair de casa e aparecer, provando estarem vivos), já que “para estas fontes adorando o impacto do sensacionalismo (de preferência trágico) todas as mortes serem Covid” – a notícia de que esse número (pelo menos no início deste domingo 29 de março) seria de 3: depois do idoso de 77 anos residente e falecido em Albufeira, sendo seguido dias depois pelo professor da Escola Manuel Teixeira Gomes (de Portimão) residindo em Carvoeiro (Concelho de Lagoa), surgindo hoje o caso do idoso de nacionalidade britânica de 77 anos residente em Benagil (o primeiro estrangeiro residindo na região vítima do Covid-19, segundo registado em Lagoa). E com todas as outras mortes sendo associadas ao novo coronavírus − pelas inúteis e por vezes (já agora recorrendo ao nosso 1º Ministro)repugnantes” Redes Sociais − nada tendo a ver com o mesmo.

 

Concelho

Confirmados

Vítimas Mortais

Recuperados

%

%

%

Portimão

20

17,7

0

0,0

1

100,0

Lagoa

4

3,5

2

66,7

0

0,0

Silves

3

2,7

0

0,0

0

0,0

Albufeira

25

22,1

1

33.3

0

0,0

Loulé

18

15,9

0

0,0

0

0,0

Faro

30

26,5

0

0,0

0

0,0

SB Alportel

1

0,9

0

0,0

0

0,0

Olhão

2

1,8

0

0,0

0

0,0

Tavira

3

2,7

0

0,0

0

0,0

VRSA

7

6,2

0

0,0

0

0,0

Restantes

0

0,0

0

0,0

0

0,0

Total

113

100,0

3

100,0

1

100,0

Concelhos da Região do Algarve

Confirmados/Vítimas Mortais/Recuperados

(Dados/já corrigidos: ARS Algarve/29.03.2020/14:00)

 

Segundo dados recolhidos consultando os jornais de hoje (domingo, 29 de março) da Região do Algarve, registando-se até agora 113 casos (DGS/108) confirmados de Covid-19 e 3 vítimas mortais (DGS/1), numa taxa de mortalidade (calculada sobre  amostra) de 2,7% (Portugal Continental/Ilhas/Estrangeiro de 2,0%) − ambos números aceitáveis sabendo-se que anteriores coronavírus (nas amostras consultadas muito longe do impacto deste, sendo este e em princípio muito mais violento) andaram por uma taxa de mortalidade de cerca de 2% (pelo menos não superiores) e que no caso do Covid-19 a taxa de mortalidade (até ontem/hoje) andava nos 4,7%. Itália nos 11%!

 

(legenda/imagem: jornaldoalgarve.pt)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:34

[Querendo chegar à secção (por exemplo, um de nós) e fazendo-lhe umas festinhas (o sinal indicativo), com o funcionário da loja (um gato sem abrigo, trabalhador numa loja de alimentos) imediatamente orientando o cliente para o local pretendido.]

 

“Stray cat leads convenience store customer to pet food shelves”

(boingboing.net)

    

Screenshot_2020-03-29 Stray cat leads convenience   Screenshot_2020-03-29 Stray cat leads convenience

 

Enquanto na Região do Algarve (tal como na do Alentejo) muitos dos privilegiados  do nosso país (certamente muitos deles, no mínimo até pela sua cultura e conhecimentos com responsabilidades morais e éticas) – os falsos mas certificados  “Doutores & Engenheiros− pensando apenas neles – ou seja, como salvarem a sua pele, mesmo podendo-se matar e no desenrolar do processo, matando igualmente outros – se puseram há dias atrás em fuga antes que fechassem as grandes vias e fossem impedidos de o fazer (consumando um ato individual de traição para com toda a coletividade), facto esse de fácil comprovação deslocando-nos hoje a certos sectores essenciais como os da Área da Alimentação –

 

Lacking money and hands, this cat was waiting for someone

with both to come along and offer assistance

    

Screenshot_2020-03-29 Stray cat leads convenience   Screenshot_2020-03-29 Stray cat leads convenience

 

Ao entrarmos em muitas dessas lojas como consumidores habituais nessas áreas (com estreitas ligações entre clientes e funcionários) e conhecendo necessariamente os nossos acompanhantes habituais de compras, quase que nos sentindo como “estranhos numa terra estranha (residindo nós nela) face ao número crescente do que parecem “marcianos” quase que nos olhando de lado como se fossemos nós os infetados COVID – chegando protegidos no interior dos seus quase escafandros, quando muitos dos aqui residentes nada têm para se proteger (nem luvas, nem máscaras, nem produtos de desinfeção)  

 

“Stray cats follows you into the store and guides you to his fav cat food”

(boingboing.net)

    

Screenshot_2020-03-29 Stray cat leads convenience   Screenshot_2020-03-29 Stray cat leads convenience

 

Um exemplo de animais sem psique (ainda-por-cima “sem-abrigo”) conduzidos por outros animais (efetivamente) com psique, colaborando nesta campanha necessária e vital contra este agente infiltrado e invisível” e assim (mesmo que inconscientemente, mas sendo eficaz), protegendo-nos (talvez salvando-nos) a todos (numa curta notícia, boingboing.net): com um gato de rua, perdido e sem-abrigo, certamente depois de treinado para tal e em troca sendo recompensado (em troca de casa, de comida e de afeto) − e ainda dizendo os exibindo a sua pretensa psique, não terem estes direito psique – a encaminhar os clientes para o setor da loja que mais conhece (a seção de alimentos para cães e gatos e restantes animais) e desse modo auxiliando-os na procura.

 

(legenda e imagem: r/funny - minreii/reddit.com - boingboing.net)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:49

28
Mar 20

“Às 21:22 TMG de 28.03.2020 com o Mundo a registar

658.205 infetados (a Amostra) e 30.447 vítimas mortais,

apresentando uma taxa de mortalidade

(vítimas mortais/amostra x 100)

a ser de 4,6%.”

 

coronavirus-4833754_1280.jpg

 

  1. Crise Económica (como introdução) − Ricos & Parasitas

 

“Com o surto epidémico de Covid-19 passando a Pandemia, revelando definitivamente e para quem até agora não queria ver (nesta enorme tragédia, o único “Ponto Positivo”), nas mãos a que estamos todos entregues: nem sequer sendo na dos Ricos, nem sequer sendo na dos Pobres, mas evidentemente na dos Intermediários: daí que a grande luta que se deve travar a nível Global não sendo tanto de classes, mas contra aqueles oportunistas e parasitas que crescem descontroladamente e tal como um vírus mortal (muito pior do que o Covid-19) entre ambos: daí a nova conversa de que após a Crise Sanitária e nem se sabendo como ela  acabará − podendo surgir novas vagas (tal como acontece todos os anos com a Influenza) − virá (segundo os oportunistas-parasitas) a Crise Económica. Ou ainda não repararam que até o republicano Trump (como poderia ser outro Democrata Rico e não vendo solução para manter o seu lucro) tenta desesperadamente acabar com eles e com o pântano de Washington (já pensaram para que servem as Bolsas na perspetiva  do coletivo?), colocando em seu lugar (evidentemente que não os Pobres) os seus familiares e amigos?”

 

covid19pt-768x510.jpg

 

  1. Crise Sanitária (atual) – Ricos, Parasitas & (já agora) Pobres

 

Aproveitando o clima de “Guerra Bacteriológica” promovida pelos EUA e obviamente aproveitada pelas  “Redes Sociais” para mesmo sobre cadáveres e de uma forma infelizmente imparável (e já agora “repugnantes”) se autopromoverem,

 

– Entre outros e em Portugal como “o Instagram (uns 1.000 milhões de utilizadores), o WhatsApp (uns 1.500 milhões de utilizadores) e o Facebook (mais de 2.000 milhões de utilizadores)

 

Servindo-se para tal e no caso de Portugal (e da Região do Algarve onde resido) nas insuficiências gritantes (e alarmantes para o público em geral) de comunicação e de esclarecimento por parte das entidades oficiais responsáveis por essas funções tão importantes como vitais nestes casos de “Guerra Declarada e já em Curso(como será o caso evidente da DGS, ou seja, dos seus responsáveis políticos aparecendo na TV, pelos vistos deixando de ser prioritariamente profissionais da Saúde e passando a ser da Politica − dos seus especialistas de secretária e dos seus ditos e repetidamente mencionados “Matemáticos”),

 

− Já com vítimas mortais, o conduto para estes “criminosos instalados na Web (tendo acesso a canais da Comunicação Social abertos e sem nenhum tipo de controlo)

 

E isentando desde já de qualquer tipo de responsabilidade a base desta cadeia (tendo apenas que obedecer e calar, mesmo colocando as suas próprias vidas em risco) como os profissionais da Saúde colocados no terreno tentando de todas as formas e feitios o avanço do inimigo, mesmo desprovidos de verdadeiras e reais armas para o combater (tal como muitos outros no sector alimentar, no sector do transporte e em muitas outras áreas essenciais − muitas delas nem sendo isso, pois só pensando na manutenção do seu lucro),

 

Habitando na Região Sul de Portugal no meu caso em Albufeira, desde o primeiro sinal de Alerta sobre este surto epidémico deste novo coronavírus (Covid-19) e atravessando Portugal, não sendo da iniciativa (como deveria ser) das nossas Entidades Políticas Responsáveis, mas das notícias que chegavam (desde o início do ano de 2020) continua e repetidamente (um Aviso ignorado e deferido no tempo, e por sistema sempre escolhido pelos incompetentes − não sabendo o que fazer senão esperar por ordens sendo eles a deve-las tomar − para não alarmar) lá de fora,

 

d917aceba72e7b4c4b2f33653ae59927.jpg

 

− Quase que completamente abandonados e apenas tendo acesso aos dados da DGS e da ARS Algarve (pelos vistos não credíveis) ou então das Redes Sociais (desempenhando apenas e na esmagadora maioria o “papel de Abutres”) –

 

Vendo-me desde que a Autoridades intervieram e se meteram a caminho − completamente desorganizadas como ainda hoje verificamos, apesar de todo o esforço e valentia de todo o povo anónimo (que será por abandonado o primeiro a morrer), sem chefes para o comandar (refugiados nos seus gabinetes e com um Presidente a dar o péssimo exemplo entrando ao primeiro sinal de perigo em Quarentena pelo que se viu desnecessariamente) unicamente preocupados com a sua saúde (se não existirem Chefes e segundo eles, sendo o descontrolo total − onde será que já ouvi isto?) – nas mãos dos boatos e rumores espalhados pelos “novos especialistas em Covid-19”, instalados e escondidos maioritariamente e não só sob o manto opaco (nada transparente) das Redes Sociais (e não só estas,  pois ocupando ainda os mesmos muitos canais de TV, como se vê até ao enjoo e ao vómito a toda a hora e atuando como um martelo embrutecedor, retirando-nos intencional e deliberadamente a pouca psique ainda em cada um de nós sobrevivente):

 

Com as autoridades por qualquer motivo (interior/exterior) não revelando tudo e assim abrindo (escancarando) as portas a este “2º segundo e igualmente mortal, Vírus Mortal”.

 

Antes de todos saberem, mas certamente que  baseadas em fugas (permitidas por quem aparentemente sabe e sabendo-se que chegadas por vias enviesadas, muita delas sendo incorretas) chegando-nos noticias de um morto, dez ou mesmo cem ou mais, oriundas das Redes Sociais, impossíveis de ser rebatidas face aos erros constantes e visíveis daqueles denominando-se e retratando-se como nossos únicos protetores: e impondo-se estes últimos (a tutela) servindo-se veladamente (sobre os seus subordinados, manuais ou intelectuais) de ameaças e chantagens, mandando-nos calar (e espantosamente entre os eruditos alinhados e seus respetivos subordinados, sem ninguém “patrioticamente” nos avisar − do perigo − e só se queixando depois, a ripostar)!

 

E assim e mais uma vez com as Redes Sociais a serem as protagonistas como “únicas e primeiras fornecedoras de verdade”, restando às autoridades confirmarem ou não (se assim o entenderem) a respetiva (e são tantas) notícia: no Algarve como no resto do país “amontoando-se os mortos” − podendo ser ou não verdade − muitas vezes com os mesmos a terem que aparecer em público para dizerem ainda estarem vivos. Por exemplo em Albufeira (e sobre notícias locais ou exteriores ao concelho) e para além da vítima mortal logo declarada pelo seu Presidente (do Município, Carlos Rolo), já existindo pelo menos e segundo as Redes Sociais mais 3/4 mortos e repetindo-se o mesmo (curiosa e infelizmente) por outros concelhos, apontando os números (não oficiais, “Sociais”) e face à falta de comparência de ambas (DGS/ARS) não para 3 vítimas mortais (confirmadas apesar de não mencionadas nos mapas da DGS e ARS Algarve) mas talvez e no mínimo lá para uma dúzia.

 

#mno_ribeira_do_porto.jpg

 

  1. Momento COVID-19 − Para já em Estado de Nojo

 

Quando o que lhes deveria interessar (às ditas Redes Sociais e a outras inutilidades) entre tantos pontos vitais e ignorados (igualmente numa prática governamental) – onde não está a Proteção Civil (os chefes), mas efetivamente os Voluntários (os seus subordinados, muitas vezes atuando independentemente e pagando por isso) – seria por exemplo:

 

A falta de estratégia e a total descoordenação (ninguém/profissionais confiando em ninguém/chefias) na proteção de todos os níveis de profissionais da Saúde (desde os médicos aos técnicos de manutenção e limpeza), a nossa primeira muralha de defesa frente ao “agente invisível e invasor”, oferecendo estes profissionais toda a (sua) resistência disponível, mas sem armas para combater  (nem efetivos humanos de reserva) e como consequência começando desde já e inevitavelmente a cair como primeiras e potenciais vítimas; o abandono a que são atirados os profissionais dos Transportes − locais, regionais ou internacionais – tal como os da Saúde imprescindíveis e fundamentais, aqui e no seu caso para que o país não pare e entre em colapso total (tal como as oficinas e os mecânicos necessários à manutenção das viaturas); o esquecer e atirar para trás das costas da generalidade da população fechando muitos serviços públicos diretos (lojas) e não colocando alternativas viáveis de diálogo e de comunicação, simultaneamente insultando a nossa inteligência empurrando-nos para contactos por email (como se os mais necessitados tivessem par além de dinheiro e conhecimentos, computador, periféricos e rede eficaz) e correio (acumulando-se no remetente) se quisermos ter acesso a algum tipo de ajuda disponibilizada (decretada mas espantem-se, ainda sem regras), no fundo e de facto, com conhecimento deles e assim negando-nos o acesso (na pratica e contabilisticamente, poupando dinheiro) às mesmas; permitindo até como exemplo negativo e ainda-por-cima proveniente das classes mais favorecidas (pelos vistos e dada a sua formação superior, só pensando para além delas, nelas) que as mesmas se pusessem em fuga em direção ao sul pouco se importando poderem estar contaminadas e inevitavelmente contaminando outros (provavelmente os seus escravos trabalhando em sectores essenciais e aqui residentes) como já se nota em Albufeira com privilegiados correndo para os seus apartamentos de Verão completamente equipados de luvas, máscaras, óculos e outros equipamentos (de proteção) aqui inexistentes e que aqui praticamente ninguém tem acesso (como se viu ainda hoje com o trânsito para sul na ponte 25 de Abril, entre outras justificações sob o pretexto de irem dar uma voltinha até à praia, não mencionando no entanto a mesma ser no Algarve) colocando não só outros em causa entre eles as forças policiais e de segurança; e para rematar e não incomodar (ainda mais, tantos são os casos e as discrepâncias de atuação não entre sectores, mas no mesmo sector) relevando o escândalo criminoso ainda em curso e no início, nos Lares de Idosos (já nem falando das prisões e apesar do solicitado pela UN de António Guterres, um português) dando-nos a ideia podendo ser errada, de que os idosos já estarão no presente (e ainda sem o grande impacto se sentir) entregues à sua sorte. Uma característica dos nossos e outros governantes (veja-se o panorama europeu) nunca se preocupando muito com o povo (só servindo mesmo para votar) como agora se constata (bem-vindos os voluntários e carolas, esses pelo menos vendo) com a situação dos Sem Abrigo – desde o início de março abandonados e até agora só pontualmente socorridos (fechada a restauração, nem sobras tendo para a alimentação).

 

maxresdefault.jpg

 

  1. Para além de Crime, uma Vergonha − Tendo de existir no final um Tribunal

 

Uma vergonha-criminosa finalizada com o dedo do meio apontado pelos holandeses para Portugal, pedidos esclarecimentos, sem nenhum tipo de desculpa oriunda da Holanda, claro está, com as costas bem protegidas pela sua amiga Alemanha: há 75 anos tendo levado à destruição da Europa e no presente (agora sem necessidade de exército) mandando de novo e de uma forma prepotente nela − vendendo ventiladores à Suíça (pelos vistos sem resultados visíveis) pois pagando bem. Ficando-se mesmo na dúvida se Trump (veja-se lá), querendo que os trabalhadores trabalhem enquanto o vírus aí não chegar − rodando nessa função os seus 50 estados e territórios (param uns arrancam outros) − não terá mesmo razão: só assim se podendo manter (mesmo que já não o seja, não interessa, pelo menos numa guerra deste tipo e calibre) como a Maior Potência Global.

 

Na realidade estando-se perante um vírus (atuando sobre uma amostra mais ou menos extensa da população Mundial, uma parte do Universo), ainda-por-cima estando rodeados e cercados por um vómito político este muito mais perigoso, por ser não referida a uma amostra, mas a um Universo.

 

(imagens:  gotoportugal.eu − LUSA – Miguel Nogueira/porto.pt

– LUSA/rtp.pt − Canal Universal 2.0.2.0!/youtube.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:32

27
Mar 20

“Certamente e afastada a Ameaça Sanitária (oriunda de um Vírus),

surgindo como sempre

− E já anunciada pelo conjunto de organismos dizendo-se com “psique

a Ameaça Económica (oriunda do Homem).”

 

Screenshot_2020-03-27 COVID-19 em Itália 919 mort

Itália c/ 919 mortos em 24 horas, um recorde mundial

 

Europa (Mundo)

 

Às 17:47 TMG desta sexta-feira (segundo a worldometers.info) com os números globais a indicarem 577.547 infetados  e 26.447 vítimas mortais − taxa de mortalidade de 4,6% acrescidos de um total de 21.674 em estado grave ou crítico (5,2%),

 

Muitos países Europeus apesar de saberem que atingido o Pico da Curva poderem igualmente ser colocados perante uma situação trágica e extrema – com a Itália (mais de 9.000 mortos), a Espanha (perto dos 5.000 mortos) e a França (ultrapassado os 1.500 mortos) a serem de momento os mais atingidos

 

Anseiam cada dia que passa e cada mais desesperadamente que esse dia chegue, sem que, no entanto, se veja ainda “a luz no fim do túnel”: com todos ainda em ascensão uns no início da subida, outros mais ou menos a meio e ainda outros muito perto mas nunca mais lá chegando.

 

preparedness-vs-covid19-cases-3.jpg

Casos de Covid-19, por 1 milhão de indivíduos

 

E se na Europa a Itália vai na vanguarda do número de vítimas mortais, na América do Norte os EUA é já o líder mundial destacado no número de infetados: estando a caminho dos 100.000 (16% do total Global). Entre os mais castigados (Top 10) e tomando como referência o nº de vítimas mortais destacando-se assim a 1º Itália (9.134), a 2º Espanha (4.934), a 3º China (3.292), o 4º Irão (2.378), a 5º França (1.696), os 6º EUA (1.429), o 7º Reino Unido (759), a 8º Holanda (546), a 9º Alemanha (304) e a 10º Bélgica (289) − logo a seguir vindo a Suíça (231).

 

Ainda não se falando muito em África e do que daí poderá advir e com todas as atenções a concentrarem-se no que se irá passar nos EUA:  nível global 1º no nº de infetados e 6º no número de vítimas mortais (e já com quase 2.500 em estado grave ou crítico). E no Brasil do louco e criminoso Bolsonaro com os números a indicarem perto de 80 mortos e quase 300 em estado grave/crítico.

 

Portugal

 

No nosso país (Continente, Ilhas e Estrangeiro) sendo o panorama o seguinte (fonte DGS):

 

Casos

%

Em Hospitais

Suspeitos

25.431

Confirmados

4.268

100,0

Internados

354

UCI

71

Vítimas mortais

76

1,8

Vítimas Mortais:

Norte/33, Centro/18, Lisboa e Vale do Tejo/24, Alentejo/0, Algarve/1, Madeira/0, Açores/0, Estrangeiro/0

Recuperados

43

1,0

 

relatorio_situacao.jpg

Em Portugal e de novo, com Redes Sociais e Notícias Falsas unidas

 

E referindo-nos à Região do Algarve (fonte ARS Algarve):

 

Casos

%

Doentes

Local

Confirmados

99

100

Faro/26, Albufeira/22, Portimão/17, Loulé/14, V. R. S. António/5, Lagoa/4, Silves/3, Tavira/2, Monchique/1, Olhão/1

Ativos

97

98,0

Casa

78

Hospital:

Internados 19

(7 em UCI)

Hospital

19

Vítimas Mortais

1

1,0

Albufeira 1

Recuperados

1

1,0

Portimão 1

 

E já pelas 19:35 TMG com os novos números (desde as 17:47) a apontarem para 588.861 (+11.314) infetados e 26.928 (+5.254) vítimas mortais − 22.087 (+413) em estado crítico/grave.

 

(imagens: lifestyle.sapo.pt – WHO/visualcapitalist.com − min-saude.pt)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 20:06

Amanhã tratando os seus cidadãos como se fossem iranianos.

(tal como o já fazem e pratica para com todos aqueles

− Sendo chineses ou não –

para o povo identificados como os “olhos em bico”)

 

bf319c6b-3b3d-4abd-b0f1-a7e30bb9d593-GTY_121452786

The coronavirus test that wasn’t

How federal health officials misled state scientists

and derailed the best chance at containment

(Brett Murphy and Letitia Stein/27.03.2020/USA TODAY)

 

“Under growing pressure to ease up on states

sufffering from the coronavirus,

the US has once again gone the opposite way on Iran,

announcing yet another new round of sanctions

against them on Thursday.”

(Jason Ditz/26.03.2020/news.antiwar.com)

 

Pensando” em nós (o Resto do Mundo) tal e qual como “pensam” neles (perceba-se, nos seus cidadãos) − veja-se o que se está a passar neste preciso momento nos EUA (ultrapassando já os 85.000 infetados), com Nova Iorque a ser o novo Epicentro Global em casos confirmados de Covid-19 e em todo o país, com o número de desempregados a ultrapassar já (repentinamente e sempre em crescendo) os 3 milhões de trabalhadores – com a autoproclamada maior potência Mundial e exemplo a seguir por todo o Mundo (sejam eles Republicanos ou Democratas, as duas faces da mesma moeda) tentando manter a sua imagem de Supremacia Global (infelizmente só Militar) e manter no seu lugar o “Bloco China/Rússia”, mais uma vez virando-se para os mais fracos ainda-por-cima (depois de múltiplas e asfixiantes sansões, contribuindo face à epidemia para o agravamento da saúde de todos os iranianos, a favor ou contra o regime) já abandonados e entregues livremente (e deliberadamente) aos Efeitos desta Pandemia (com as sansões a aplicarem-se mesmo na área da Saúde) reforça ainda mais as sansões ao Irão, como se os seus mais de 30.000 infetados, mais de 2.000 vítimas mortais e quase 3.000 em estado crítico ou grave, nada representassem (com o Complexo Industrial-Militar sempre ativo mesmo em plena crise pandémica no interior dos próprios estados constituindo os EUA, com os seus soldados a serem crescentemente infetados e provavelmente com muitos deles já tendo morrido anteriormente, mas como se tivessem sofrido, não de “resfriadinho” como o afirma o louco e criminoso Bolsonaro, mas de uma “gripe” bem, bem mais grave):

 

MTcxNDEwNzM3NjQ0NzA5ODcw.jpg

COVID-19 has taken an entire aircraft carrier out of commission

The aircraft carrier USS Theodore Roosevelt (CVN 71) and the guided-missile cruiser USS Bunker Hill (CG 52) transit the Philippine Sea March 18, 2020

(David Roza/taskandpurpose.com)

 

“US announces new sanctions against Iran despite coronavirus crisis”

Washington issues blacklist despite

pleas from some Democrats and world powers

to ease measures

(26.03.2020/middleeasteye.net/news.antiwar.com)

 

E a meses de umas eleições que escolherão o próximo dirigente da Maior Potência Militar do Mundo − entre um candidato como o Republicano “Rei dos Negócios Donald Trump” e um outro Democrata parecendo já “Meio Choné como Joe Biden”, ambos septuagenários e estando no grupo etário de risco, tendo de se manter vivos até lá (mais sete meses até novembro e com Biden já protegido no seu Bunker) – com os EUA já na liderança dos Infetados, ultrapassados já os 1.000 mortos e para lá dos mais de 2.000 em estado grave/crítico, correndo-se o risco de face ao alastrar a grande velocidade desta Pandemia no interior do seu próprio território, os Militares (dando-lhes liberdade total de ação tal como o fazem e praticam no exterior) intervenham decididamente e em força, e face ao caos e ao desespero crescente comecem a atuar da mesma forma como se estivessem no exterior das suas fronteiras: levando a guerra até às portas das casas dos norte-americanos.

 

(imagens: USATODAY/usatoday.com

− Navy photo/Mass Communication Specialist 3rd Class Brandon Richardson/taskandpurpose.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:36

26
Mar 20

Com a Pandemia de Covid-19 a atingir globalmente  (26.03.2020 pelas 18:05 TMG) os 510.446 infetados (0,007% da população mundial) e dos infetados tendo-se já atingido as 23.079 vítimas mortais (4,5% dos infetados) – e com a China (taxa de mortalidade = 4,0%) ultrapassado o seu Pico Máximo a caminho da estabilização e do regresso progressivo à sua atividade económica (já nos 75%) – com os olhos de todo o Mundo a virarem-se agora para a Europa (sobretudo Ocidental), continente onde a tragédia parece não ter fim enquanto o número de mortes não para de crescer violentamente:

 

maxresdefault.jpg

Os Idosos o grupo etário de maior em risco

(Vítimas maioritárias do Covid-19)

 

Itália com mais de 8.000 mortes (taxa de mortalidade = 10,2% e mais de 3.500 em estado grave/crítico), Espanha com mais de 4.000 mortos (taxa de mortalidade = 7,4% e mais de 3.000 em estado G/C), França a caminho das 1.500 mortes (taxa de mortalidade = 5,3% e a caminho dos 3.000 em estado C/G), Reino Unido perto das 500 mortes (taxa de mortalidade = 4,8% e mais de 150 em estado G/C) e Holanda perto das 450 mortes (taxa de mortalidade = 5,8% e perto dos 600 em estado G/C), estes 5 países ocupando o TOP 5 Europeu de Vítimas Mortais.

 

Para já não falar do continente Americano, a norte (América do Norte) e ainda pelo “início da sua viagem” com os EUA a ultrapassarem as 1.000 mortes, mas para já com uma taxa de mortalidade de apenas 1,5% (no entanto com mais de 2.000 em estado G/C).

 

Já no caso de Portugal (26.03.2020 pelas 11:00 Lisboa) com os números da DGS a apontarem para os 3.544 casos confirmados e para 60 vítimas mortais (taxa de mortalidade = 1,7% e 61 em estado G/C). Com as regiões (7+Estrangeiro) mais atingidas (em casos confirmados) a serem o Norte (1.858 casos), Lisboa e Vale do Tejo (1.082 casos) e o Centro (435 casos), com o Algarve a seguir (89 casos) e com a Madeira com o menor nº de registos (apenas com 15 casos).

 

A nível de vítimas mortais (num total de 60) com 28 no Norte (46,7%), 13 no Centro (21,7%), 18 em Lisboa e Vale do Tejo (30,0%) e 1 no Algarve (1,6%).

 

E dos 5 concelhos do continente com mais casos confirmados de Covid-19 (e liderando a sua região) com Lisboa (284), Porto (259), Coimbra (87), Faro (25) e Évora (8) − e nas ilhas a Ilha da Madeira (20) e a Ilha de S. Jorge nos Açores (8).

 

No caso particular da Região do Algarve (e segundo a ARS Algarve) mantendo-se (felizmente para nós os aqui residentes) 1 vítima mortal (em Albufeira), com o nº de casos confirmados (do maior para o menor) a indicarem (em 83 casos) Faro/25, Albufeira/19, Portimão/16, Loulé/10, Silves/5, Lagoa/4, V. R. S. António/3 e Tavira/1.

 

Screenshot_2020-03-26 Ponto de Situação Atual em

Evolução de casos novos de Covid-19

(2 a 26 de março)

 

E se antes existiam dúvidas sobre os grupos etários mais fortemente atingidos olhando-se apenas para os casos confirmados, agora (com todos a correrem em socorro para os lares de idosos, sejam públicos ou privados) que o número de vítimas mortais em Portugal já atingiu as seis dezenas de mortes, cada vez sendo maior a certeza de que tal como em toda a Europa e no Resto do Mundo, os mais idosos começam a ser de longe as maiores vítimas deste novo e mortal coronavírus Covid-19. Dos 70 de idade para cima, uns 80%?

 

E ainda com toda a Europa a caminho do Topo da Curva e com os números a serem cada vez mais duros, desejando-se que em Portugal o Topo da mesma (Curva) seja mesmo bem achatada:

 

Para dar hipótese aos equipamentos e aos recursos humanos (da Saúde – mas da mesma forma em muitas outras profissões como as associadas ao transporte e alimentação, profissões de risco) de modo a atuarem e não nos deixando morrer, nos salvarem.

 

De momento em Portugal com os seus 3.544 casos e 60 mortos (1,7%), não estando muito longe das taxas de mortalidade de outros coronavírus numa determinada amostra, sendo de uns 2%:

 

Logo em 3.544 a média “normal” apontando para uns 70/71 mortos, estando nós ainda abaixo (-10/-11).

 

(imagens: covid19.min-saude.pt)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 20:22

Março 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO