Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

11
Abr 20

ISS comportando 6 astronautas, orbitando a Terra a uma altitude de pouco mais de 400Km (a uma velocidade de mais de 7,6Km/s) e fazendo-o em pouco mais de 1,5 horas (num dia orbitando o nosso planeta mais de 15X). E num momento em que à superfície do nosso planeta, se vive sob a ação de “um agente infiltrado, invisível e mortal” − mas certa e felizmente passageiro.

 

shl_5284_1.jpg

Lançamento da nave SOYUS MS-16 do Cosmódromo de Baikonur

concretizado na passada quinta-feira 9 de abril de 2020

e transportando consigo os astronautas da 63ª Expedição

à Estação Espacial Internacional

 

Desde que  a Estação Espacial Internacional (ISS) entrou em atividade (31 de outubro de 2000) seguindo-se às suas antecedentes SKYLAB (estação espacial norte-americana) e MIR (estação espacial russa), sendo desde aí abastecida ou pela nave espacial SOYUZ ou pelo vaivém espacial STS (esta última fazendo o seu derradeiro abastecimento em 29 de agosto de 2009 aquando da 20ª Expedição à ISS e encerrando definitivamente todas as suas outras atividades em 8 de julho de 2011) – a partir de 30 de setembro de 2011 com a 21ª Expedição à ISS, uma tarefa entregue exclusivamente à nave espacial SOYUZ – deu-se início na passada quinta-feira (9 de abril de 2020) à 63ª Expedição à ISS, durante a qual e como se tem sempre verificado uma equipa de astronautas substituirá a equipa anterior (em 4 de julho de 2006 durante a 13ª Expedição à ISS, iniciando-se a transferência de astronautas de uma expedição para a seguinte): num total de mais de uma centena de astronautas (e não falando de outros visitantes, entre eles um brasileiro) de dez nacionalidades diferentes, maioritariamente norte-americanos (mais de 50) e russos (uns 40). Nesta 63ª Expedição à ISS com um astronauta norte-americano (Christopher Cassidy) e dois astronautas russos (Anatoli Ivanishin e Ivan Vagner) a chegarem à ISS a bordo da nave espacial  SOYUZ MS-16, para reiniciando-se o processo (com saídas da ISS e transferências entre expedições) renderem progressivamente  os seus colegas da 62ª Expedição – dois astronautas norte-americanos (Andrew Morgan e Jessica Meir) e um astronauta russo (Oleg Skripochka) com o seu voo de regresso à Terra programado para o próximo dia 17 de abril (próximo sábado). E tal como a NASA afirmou com a viagem TERRA/ISS a ter corrido bem, depois e como desde sempre efetuado, com os astronautas a terem cumprido um longo período de quarentena (não especificamente, por causa da pandemia de Covid-19).

 

(imagem: NASA/GCTC/Andrey Shelepin)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:39

Como se tal fosse necessário a razão pela qual os “ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA” se considera e é considerado − e de longe − a “MAIOR POTÊNCIA MILITAR GLOBAL”.

 

800px-The_Pentagon,_cropped_square.jpg

Pentágono

 

Destruindo todas as suas infraestruturas básicas e investindo todas as suas IMPRESSORAS no tão falado COMPLEXO INDUSTRIAL MILITAR – sob controlo do PENTÁGONO e mandando este no próprio PRESIDENTE.

 

Seja ele REPUBLICANO (como o é TRUMP) ou DEMOCRATA (como o foi OBAMA) as duas faces da mesma moeda, o DOLAR.

 

De resto uma imagem que poderíamos atribuir a um dos mais miseráveis países do TERCEIRO MUNDO, sob a liderança de uma “DITADURA MILITAR”.

 

Ranking Mundial

País

Infetados

Óbitos

Novos Óbitos

Estado

Grave/Crítico

Óbitos/1M

Taxa Mortalidade

EUA

505.237

18.850

+103

10.947

57

3,73%

Ponto de situação Covid-19

11.04.2020 − 14:35 TMG

(Global: 1.725.126 Infetados – 104.878 Óbitos – Taxa Mortalidade 6,08%)

 

[E para além da ameaça biológica representada por este novo coronavírus, tendo o Mundo de se convencer que vindo aí uma Grande Crise Económica desta vez a nível Planetário, os EUA sendo provavelmente a maior vítima desta PANDEMIA, terão aí um pretexto (para estes uma obrigação sendo líderes do Império) para se defender com a única arma que então lhe restará: o seu poderio Militar podendo-nos atirar para uma catastrófica por definitiva WW3. Mas com todo o Planeta esperando que apesar de todo o mal provocado − sendo o Homem bem pior − o Covid-19 nos ajude: desaparecendo como se espera, no mínimo adormecendo.]

 

(dados: worldometers.info – imagem: wikipedia.org)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:35

"No Pants, no Problem.

But Cover Your Face."

 

Nudists.jpg

 

As coronavirus cases soar past 4,700 in the Czech Republic, the Eastern European nation’s nude sunbathers are being targeted by authorities for neglecting to cover up their mouths.

 

“Citizens can be without clothes in places designated for this purpose, but they must have their mouths covered and must observe the numbers in which they can go into nature,” said police spokeswoman Markéta Janovská.

 

País

Infetados

Óbitos

Novos Óbitos

Grave/Crítico

Óbitos/1M

Rep. Checa

5.732

119

+7

98

11

Portugal

15.472

435

+26

226

43

(11.04.2020/00:10 TMG)

 

[original: nypost.com/2020/04/07/nudists-warned-by-police-to-cover-up-their-mouths-for-coronavirus]

 

(texto/imagem e dados: boingboing.net e worldometers.info)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:27

“Will they bomb the pandemic to death?”

 

Even with the Covid-19 crisis,

the US war machine

ALWAYS wants more money

(Darius Shahtahmasebi, analista político neozelandês/10.04.2020/rt.com)

 

5e9098f12030273318456cbd.JPG

USS Theodore Roosevelt aircraft carrier in the South China Sea

(April 8, 2018)

 

E se no passado − no Antigo Regime − ainda ouvíamos a Rádio Moscovo e a Rádio Argel (ainda me lembro de ouvir a voz do nosso poeta Manuel Alegre) não por sermos agentes da URSS ou outra variedade de comunistas − mas porque era a única hipótese de muitos dos portuguese saberem de algo do que se passava nas ex-colónias com os seus filhos e netos sem saberem bem o que faziam por lá e no entanto a morrerem – sendo perseguidos pela PIDE depois designada DGS e simultaneamente sendo avisados de que “as paredes tinham ouvidos” e de que os soviéticos “comiam criancinhas” (quando os pedófilos eram outros, estando mesmo entre nós), no presente – no Novo Regime e tal como dito pouco depois do 25 de abril (por alguns revolucionários), pedindo a chegada das “Putas ao Poder dado os filhos delas (os “Filhos-da-Puta”) já la estarem”− mantendo de novo e tal como o avestruz a cabeça no buraco mesmo depois de nos darem a equivalência automática de “Analfabetos a Doutores”, deixando-nos de novo manipular mesmo com idêntica “conversa”: não compreendendo os novos doutores e desse modo não o comunicando ao povo (falta de cultura e de memória e algum oportunismo), que se quisermos mesmo saber de algo do que se passa no nosso país, muitas vezes e infelizmente a nossa única hipótese (sendo o nosso amigo “da onça ou enão de Peniche”) é sabendo-o através (mesmo que não o quiséssemos) dos nossos ditos (pelas autoridades e oficialmente) inimigos. O que eu faço agora consultando e ouvindo outras fontes a favor ou contra-a-corrente, desde as intragáveis (e norte-americanas) FOX e a CNN (as faces da mesma moeda, o Dólar) passando pela ALJAZEERA (do Catar) e chegando à RT (russa e de Putin): esta última e por sinal com montes de colaboradores ocidentais, entre eles norte-americanos. E daí a notícia inicial divulgada pela RT e envolvendo os Militares, assim como o Pentágono: aqueles que na verdade exercem o poder nos EUA e no Mundo, comprado o Poder Civil e por estes hipotecados os norte-americanos – sem direitos (nem saúde, nem educação, nem infraestruturas, etc.) e agora sem emprego (e sem subsídio). No entanto com meio Mundo desesperando à espera dos EUA e acabando em último caso e por mera questão de sobrevivência, por cair nas mãos de outros do bloco, “China/Rússia”, nada nos garantindo serem melhores (que o Bloco EUA/Europa Ocidental) mas sendo um facto os únicos a ajudarem o Mundo, depois do “manguito” da Alemanha e do Caos em que caíram os EUA: indeciso na escolha em novembro do seu Presidente sem poderes − e se os septuagenários lá chegarem − entre duas anormalidades.

 

[Disclaimer (agora que o logaritmo avança, chegando ao nosso servidor): não sou da Argélia, da Rússia, do Catar, da China ou da Alemanha, apenas um português de Portugal, pretendendo dentro das minhas limitações defender-me, assim como ao meu país.]

 

(legenda: RT − imagem: US Navy/Reuters/RT)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:53

Abril 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9



26


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO