Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

02
Mar 21

Vivendo num estado de Pandemia por muitos justificado como uma consequência natural (ação/reação) do modo como tratamos o Ecossistema onde vivemos (e que partilhamos)  ─ “tratamos mal a Natureza e como resposta ela trata-nos mal” ─ recordando-nos de momentos passados ou mesmo remotos onde a nossa espécie (Homem) ou mesmo outra (dominante) de uma forma ilusória (filmes de  SCI-FI) ou real (extinção dos Dinossauros) poderá ter sido posta em causa (aqui na TERRA) e associando tudo isto ao cenário ambiental atualmente montado isolando o Homem, reabrindo trilhos fechados e há muito abandonados e convidando a fauna e a flora daí natural ao seu regresso ─ connosco condenados ao isolamento em casa (com medo) e com os animais livres/sem restrições visíveis a substituírem-nos no exterior (não só no campo, como na cidade)

 

haan-crows-mohawk.jpg

Num combate de galos ilegais

"acidentalmente" esfaqueando e matando

o seu dono e treinador

 

Tornando-se cada vez mais claro e evidente (aos olhos dos que ainda veem, sem utilizar palas) passado já tanto tempo e sucessão de eventos (uns noticiados/realçados, outros não) e face a tantas evidências colocadas aos nossos pés/diante de nós (sempre encobertas pelo manto nebuloso das teorias da conspiração), que nada disto será acidental: pondo de lado a Natureza proporcionando tudo o de que (de belo) vemos e sentimos (incluindo-nos a nós) dando-nos algo de extraordinário (como usufruto) para simplesmente podermos viver como se estivéssemos num paraíso (bastando unicamente servir-se dele), com os únicos a poderem estar no “Livro dos Suspeitos” por se encontrarem envolvidos direta/indiretamente neste incidente ─ podendo ter consequências catastróficas para nós, passando por uma lobotomia ou terraplanagem ─ a só poderem ser ou ALIENAS (extraterrestres), ALIENADOS (terrestres) ou outra qualquer  subespécie (das anteriores). Mas sempre com um Chefe-Produtor a controlar/investir no holograma e um Chefe-Diretor a impor/orientar a projeção, colocando-se no final o produto daí saído (artesanal/industrial) nas mãos do Criador, cabendo-lhe posteriormente distribuí-lo por outros níveis e hierarquias.

 

E entre “Alienas, Alienados e outros derivados” podendo estar presentes neste vasto (e para nós misterioso, intrigante, por vezes assemelhando-se como para os fanáticos, a uma ideologia/religião) leque de poder ─ certamente definidos e indicados como os corresponsáveis pela nossa existência de um certo modo fechada (como num Aviário) e condicionada (por uma linha de montagem levando-nos daí ao nosso destino, engolindo-nos e fazendo-nos desaparecer “integrando-nos”) ─ literalmente conduzindo-nos e absorvendo-nos (em redor de um falso coletivo construído em torno de uma indicada/imposta única referência) para além da presença tantas vezes repetida dos “Humanoides” ou de outras espécies (como nós afirmadas como) dominantes, surgindo ainda os outros animais (os irracionais) como um certo dia (repararemos nisso então) poderão até ser plantas:

 

603c011b2030274e80735c74.jpg

Entrando no cockpit de um avião,

atacando os pilotos e "sequestrando o veículo",

obrigando-os a uma aterragem de emergência

 

Nestes últimos episódios envolvidos por esta bruma espessa e de efeitos incertos (físicos/covid-19 como mentais/isolamento) que nos envolve e nos separa (uns dos outros) desde há mais de um ano (mantendo-nos estáticos sendo por natureza nómadas) ─ e analisando em conjunto as novas migrações e comportamentos (dos animais) ─ interiorizando e compreendendo o comportamento destes (entre outros exs. voltando a ouvir os passarinhos nas árvores, observando o regresso dos golfinhos nos estuários, reparando na ausência da poluição afetando a vegetação envolvente/mais bela e brilhante) acabando por aceitar não só esses factos positivos, como a fazê-lo igualmente (sendo cobardes) com os factos negativos. Surgindo então alguns desses casos, ultimamente por algum critério noticiados e envolvendo Galos & Gatos; como serão os casos do GALO-LUTADOR (na Índia) e do GATO-SEQUESTRADOR (no Sudão). No primeiro caso (do Galo) com o respetivo animal entrando numa luta de morte (ilegal) com um galo adversário, acidentalmente (equipado de uma navalha presa a uma das suas patas) esfaqueando o seu dono levando-o até à morte e no segundo caso com o protagonista sendo agora o gato ─ com o mesmo (de uma forma ou de outra introduzindo-se no interior do avião) entrando/sendo colocado na área de passageiros ─ imiscuindo-se no interior do cockpit do avião e atacando os pilotos obrigando-os a uma aterragem de emergência.

 

Se se podendo afirmar numa 1ª versão estarmos perante um cenário num contexto envolvendo “o Homem e os Outros” (estes últimos animais/plantas/irracionais) ─ TERRESTRES ─ já noutra versão não sendo de descurar a hipótese de se tratar de uma “Intervenção Exterior” ─ EXTRATERRESTRE. E numa espécie de “mistura de ambas” surgindo uma 3ª versão, tendo a Terra como centro de uma “Experiência Alienígena” (sendo nós as cobaias neste zoo terrestre com observador) ─ depois dos ALIENAS e de outras subespécies, talvez aqui com ALIENADOS (inseridos como poderemos estar, num momento experimental, numa Guerra Biológica).

 

(dados: rt.com/boinboing.net ─

imagens: Sputnik/Natalia Seliverstova/Facebook/Tarco Aviation/rt.com ─

Pexels/boingboing.net)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:32

Março 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO