Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A Mancha Solar AR2936, Está de Regresso

Segunda-feira, 21.02.22

Na sequência do “Incidente STARLINK” em que 40 dos 49 satélites lançados no passado dia 4 de fevereiro pela agência aeroespacial privada SPACEX a bordo de um lançador FALCON9, antes mesmo de serem colocados em órbita da Terra devido a uma anomalia repentina, reentrando na atmosfera terrestre e desintegrando-se,

A notícia da próxima chegada da já nossa conhecida (sendo de facto um regresso) mancha solar AR2936 (faltando-se saber agora, com que comportamento), sendo um facto já comprovado ter sido a atividade desta a provocar a queda e a destruição de mais de 80% dos Starlink (do multimilionário norte-americano Elon Musk) lançados no início de fevereiro,

Starlink_2.jpg

A 4 de fevereiro com uma tempestade geomagnética a deitar abaixo

mais de 80% dos satélites Starlink lançados pela Spacex

Dois dias antes do lançamento do Falcon9 com os seus 49 STARLINK a bordo, com a Terra a ser atingida por uma CME não provocando grandes consequências como tempestades geomagnéticas, mas já no decorrer do próprio lançamento com os mesmos satélites a serem atingidos inesperadamente por uma intensa tempestade magnética (ainda desenvolvida pela passagem da CME anterior),

Agora anunciando-se como estando aí a rebentar (a rotação completa do Sol durando 27 dias) e estando-se a par das últimas movimentações desta mancha solar AR2936, nestas últimas quase que duas semanas tendo estado a evoluir, mas do outro lado do Sol e há poucos dias explodindo ejetando uma poderosa CME provavelmente da classe X (a mais intensa),

Screenshot 2022-02-21 at 18-10-37 SpaceX set to la

Apesar do sucedido antes com a Spacex a lançar a bordo do seu Falcon9

mais 46 satélites de telecomunicações Starlink

Tendo-se de recear, não só pelas suas potenciais caraterísticas explosivas, como por dentro em pouco tempo estar-nos direcionado (à Terra) e poder manifestar-se com maior ou menor intensidade pelos vistos tendo demonstrações recentes das duas, podendo-nos presentear com uma (como a de 4 de fevereiro, aceitável) ou com outra (igual há registada há dias do outro lado),

Essa sim podendo ser preocupante, repetindo-se agora deste lado e tendo-nos mesmo que acidentalmente como alvo. Dentro de pouco tempo ficará à vista e dentro de poucos dias se verá (de uma ponta à outra e acompanhando o movimento de rotação do Sol, sendo visível uns 14 dias).

20220216_0130_c3_512.jpg

De 15 para 16 de fevereiro com uma explosão do outro lado do Sol

a originar uma intensa ejeção de massa coronal não dirigida

Desde logo com o comprometimento da parte de Elon Musk (no que toca aos seus satélites e a outros possíveis encontros com CME’S) de que nunca nenhum STARLINK colidirá em órbita com outros satélites ou mesmo e despenhando-se com a Terra ─ deixando-se de ter medo de que, “o céu nos caia sobre a cabeça”.

Afirmando-o por demasiado convencido e que o digam os chineses, já tendo que desviar aquela que será a sua grande Estação Espacial, para não ser atingida por um minúsculo Starlink.

Jocelyn-Blanchette-0L9A1149-Panorama_1645390444_lg

De momento e com a chegada do vento solar com o mesmo a provocar

tempestades magnéticas menores e originando auroras

Últimas (21.02.2022): Com a antiga mancha solar AR2936, depois de cumprida a sua rotação do outro lado do Sol (durante cerca de 14 dias), a reaparecer a nordeste da coroa solar, não tão ameaçadora como parecia há uns dias atrás (no final do dia 15 de fevereiro emitindo uma intensa CME, sendo do outro lado não dirigida). E enquanto os ventos solares com as tempestades geomagnéticas provocadas, continuam a dar origem ao aparecimento de Auroras, aguarda-se pelo que a mancha AR2936 e outras ainda nos reservam (nos próximos 14 dias). Ainda hoje (21 de fevereiro de 2022) com a Spacex a lançar com sucesso (colocando-os em órbita da Terra) mais 46 satélites Starlink.

(imagens: indiatoday.in ─ phys.org ─ sohowww.nascom.nasa.gov ─ spaceweathergallery.com)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:15