Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

04
Jan 13

Se fores uma minhoca entretida a comer uma maçã portuguesa bem vistosa e saborosa e uma amiga tua te comunica que do outro lado da mesma é que é bom, o natural é que te dirijas para lá. E já agora, por que caminho – contornando toda a maçã ou optando por um percurso interior, mais curto e direto? Claramente a minhoca optaria pela segunda.

 

A Minhoca

 

Ao criar o buraco por deslocação da matéria, a minhoca produziu energia suficiente para – por efeito reativo – sinalizar o espaço percecionado onde se deu essa deslocação e salvaguardar o tempo associado por abstração, tal e qual como o que acontece com a outra grande invenção do Homem associada à passagem do tempo, a Alma.

 

O Buraco

                                                                                                          

As diferentes perceções da realidade são uma das consequências da intersecção de espaços sequenciais com espaços paralelos, resultando dessas interações o aparecimento de portais de comunicação síncronos e/ou assíncronos e as denominadas viagens no tempo.

 

O Buraco de Minhoca

 

É como se saltássemos de uma escada para outra, desfasadas por apresentarem níveis diferenciados de energia, mas ocupando ambas no entanto o mesmo conjunto, apesar de distanciadas entre si. Sendo o buraco da minhoca a porta para essa comunicação, são infinitas as possibilidades de se apresentarem perante nós outras realidades e de em todas elas já estarmos presentes.

 

(imagens – Google.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:22

Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

15
16

25
26

27
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO