Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

21
Mar 13

O filme – realizado entre os dias nove e dezasseis mês de Março a partir do telescópio STEREO-B – relativo à passagem do cometa PAN-STARRS na sua órbita de aproximação ao Sol – atingindo o seu periélio a dez de Março – começa com a observação de algumas fortes explosões na superfície da nossa estrela, acompanhadas de imediato pela emissão de uma intensa CME, à medida que o cometa contorna o seu ponto de referência, o Sol. Ao mesmo tempo que se regista uma nova e intensa CME, o filme finaliza com a observação de novas explosões muito idênticas às inicialmente gravadas.

 

PAN-STARRS – NASA – STEREO-B

 

Imagem espectacular obtida a partir do telescópio solar STEREO-B, durante a passagem do cometa PAN-STARRS nas proximidades do Sol.

Cometa que não mais veremos em vida, dada a sua periodicidade (de milhões de anos).

Pode-se ver à direita da imagem o planeta Terra, enquanto à esquerda uma CME parece dirigir-se em direcção ao cometa.

Estas emissões súbitas de CME (Coronal Mass Ejection) registadas pelo telescópio da NASA, parecem corresponder a uma reacção do Sol à passagem dos cometas, tornando a estrela muito mais activa com a vizinhança destes corpos celestes e provocando CME com maior intensidade e dimensão.

Se um cometa como este provoca um aumento bem visível da actividade solar, então o que aconteceria se nas proximidades do Sol, passasse um outro cometa mas de muito maior dimensão?

Como reagiria o Sol a esta passagem e quais poderiam ser as consequências para o nosso planeta?

E para a vida na Terra.

 

 (imagem – spaceweather.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:57

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

12
14

23

27



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO