Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

25
Mar 13

Olha bem para mim o teu fiel amigo e verifica sem receio como eu consigo projectar o teu cérebro num espaço limitado apenas a duas dimensões: tudo isto porque o teu cérebro foi dividido em três zonas, todas elas parcialmente lobotomizadas (e coloridas) e reduzidas a um único plano (ou fatia), caracterizado pela brutal e deliberada ausência da dimensão profundidade. O colorido associado a cada uma dessas zonas tem apenas como objectivo (fundamental) a transmissão de uma mensagem subliminar de autoridade a toda a comunidade envolvente – sobretudo a mais resistente à mudança – relembrando-lhes os três princípios básicos do bom funcionamento mental baseados na Teoria Pavloviana do Semáforo: vermelho (parar), verde (andar) – como cores primárias obrigatórias (sinónimo de dever) – e amarelo (aguardar) – como cor secundária opcional (sinónimo de direito).

 

Alta-Fidelidade

Com o primário azul disponível mas estranhamente não utilizado

 

E ainda por cima podendo eu aproveitar para nosso benefício o equipamento emissor e receptor de ondas electromagnéticas de que vens munido, profundamente implantado no teu cérebro através da utilização de técnicas intrusivas e parasitárias e aí colocado com um único desígnio virtual – já que a realidade hoje em dia confunde-se com o ilusório, complementando-se mutuamente como dois velhos amigos abraçados, abandonados e sem reacção aparente à chegada da morte: tornarmo-nos todos felizes num mundo em extinção, de modo a usufruirmos até ao mínimo detalhe de todas as nossas cerimónias fúnebres, mas agora em rituais de sangue, realizados ainda com os nossos corpos vivos.

 

(imagem – google.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:09

Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

12
14

23

27



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO