Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Lobotomia Sem Cirurgia e Com Lágrimas Escondidas

Segunda-feira, 27.05.13

“É possível destruir um povo – e a sua cultura e memória – sem se recorrer à lobotomia”


Será esta a nossa sina?

 

Cirurgicamente Portugal é:

 

- Um território dirigido por uma minoria hipócrita e mesquinha de indivíduos, cuja única realidade – já não sonham nem usam o espelho – é viver à custa de todos os outros;

 

- Um espaço maioritariamente esquecido e desprezado, povoado por inúmeros rebanhos de ovelhas, de carneiros, de cabras e de bodes, todos muito ordeiros e pobres, alegres e generosos, mas sempre e por precaução, sem opinião. Andando sem pensar ou hesitar, em direcção ao precipício sagrado, como se fosse esse o seu destino fatal;

 

- Um território que de tanto doer, até as lágrimas sabe esconder.

 

(imagem retirada de – Web/blogue de Beatriz Saraiva)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:59


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.