Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

04
Dez 14

Às Portas do Deserto

 

Uma semana depois de Marrocos ter sido atingido por uma tempestade que provocou 36 mortos, nova tempestade atinge este país do norte de África causando agora pelo menos 7 vítimas mortais.

 

floods-morocco-600x397-guelmim.jpg

 

A tempestade atingiu sobretudo o sul de Marrocos, com toda a região a ser atingida por elevados níveis de precipitação, que acabaram por causar rapidamente grandes inundações: como as registadas na zona da cidade de Gugelmim, uma das mais afectadas.

 

_79233663_79232035 - região guelmim.jpg

 

O mau tempo registado no passado fim-de-semana obrigou as autoridades marroquinas a declararem a zona de Gugelmim (a mais atingida) uma área de desastre, com toda a zona a apresentar diversas estradas cortadas e parcialmente destruídas pela passagem das águas dos rios (ao extravasarem dos seus leitos), além da destruição de culturas, casas e outras infra-estruturas.

 

Morocco-Floods-ouarzazate.jpg

 

O mau tempo fez-se sentir mesmo às portas do deserto do Sahara com cidades como Marrakech e Ouarzazate a sentirem a fúria da tempestade. Numa região onde a água é um dos bens mais preciosos para a vida e sobrevivência da sua população, uma ocorrência meteorológica desta dimensão num país com escassez de água, é um caso raro logo imprevisível.

 

morocco-flood-southern.jpg

 

O tempo começou finalmente a melhorar a partir do início desta semana (segunda-feira). O Reino de Marrocos é governado pelo monarca Maomé VI tendo a sua capital em Rabat. Numa mistura de cordilheiras, planaltos e grandes planícies, na sua região sul (e fazendo fronteira com o deserto) o país apresenta uma topografia muito propícia (em caso de grandes precipitações) ao aparecimento de situações deste tipo (inundações).

 

(imagens – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:49

26
Nov 14

Depois de três dias seguidos sob os efeitos de uma tempestade que atravessou o norte do seu território em direcção ao sul da Europa, Marrocos vê-se agora com os efeitos provocados pela passagem desta frente atmosférica, transportando mau tempo, originando destruição e ainda causando vítimas.

 

Flooding-south-of-Morocco6.jpg

 

O mau tempo apresentou-se em toda a costa Atlântica de Marrocos, atravessando praticamente todo o país e concentrando os seus efeitos em torno da base da cadeia montanhosa do Anti-Atlas. Casas destruídas, estradas fechadas e o registo de mais de trinta vítimas, fazem parte do balanço destes três dias de chuvas intensas e inundações.

gens-0-2-36.jpg

 

Entretanto o tempo em Marrocos já acalmou, mas o perigo de inundações mantêm-se, dado o elevado nível da água dos rios e a previsão do regresso do mau tempo para os próximos dias 28 e 29 de Novembro. Pondo de novo em alerta regiões tão perto do deserto do Sahara como Guelmim, Ouarzazate e Marrakesh.

 

(imagens: The Watchers e GFFS)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 11:57

04
Jan 14

Os efeitos provocados pelo aquecimento global nas condições climatéricas que se fazem sentir por todo o mundo, também afectam naturalmente Portugal: mas é mais difícil ver do que sentir!

 

Ponte 25 de Abril em Lisboa

Encerrada parcialmente devido ao mau tempo e à existência de ventos fortes

 

    

Tornado em Paredes

Inundações na baixa de Águeda

 

Destruição provocada na praia do Machico por acção da chuva, do vento e do mar

 

Toda a zona costeira de Portugal continental está ainda em estado de alerta, com o mar a invadir o litoral e a provocar muitos estragos em habitações e outros edifícios situados nas suas proximidades – principalmente nas zonas costeiras situadas entre Espinho e Ovar. E com estes dois concelhos registando as situações mais preocupantes – no Furadouro (com o mar a invadir a marginal) e em Esmoriz (junto ao Bairro dos Pescadores).

 

(dados e imagens – retirados da WEB/SAPO)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:35

Junho 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO