Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

26
Mar 19

“E numa Rapidinha

(triunfo na Coral Cup)

The Rocket assumiu o comando”

(do Ranking Mundial)

 

Com os jogadores a partirem para a última prova do circuito antes do início do Mundial tendo o mesmo jogador como Líder do Ranking da época (2018/19) e Líder do RM – o inglês, lendário mas ainda no ativo, Ronnie O’Sullivan. Além de ser o jogador esta época com mais provas conquistadas (5 sendo 3 delas de RM), sendo ainda o jogador a ter mais Meias-Finais/Finais atingidas (8 no total). E (já adora) com a sua vítima predileta (pelo menos nos últimos tempos) a ser o australiano Neil Robertson (derrota em duas finais da Coral, pelo mesmo indivíduo The Rocket) devendo aproveitar a ausência (de Ronnie) para ver se é de vez o Vencedor (até porque pelas suas últimas performances e entre tantos grandes jogadores, é um dos que o merece − e nesse sentido sendo um dos grandes candidatos ao título de Campeão Mundial). Já tendo sido Campeão do Mundo.

 

Ronnie+O+sullivan+Mark+Selby+2016+Betfred+QzWucWVD

Campeonato do Mundo de 2016

(com o inglês Mark Selby a bater o chinês Ding Junhui na Final)

Na imagem a partir da esquerda

(e transportando-nos para a atual liderança do RM)

Com Ronnie O’Sullivan (6º) sendo o homem a abater

E com Mark Selby (11º) e Mark Williams (8º) a serem os dois mais fortes pretendentes

 

Com todo o TOP 32 do Ranking Mundial presente à exceção (por opção pessoal) do seu novo Líder RONNIE O’SULLIVAN (e de outros 6 jogadores ausentes/eliminados na Ronda de Qualificação, destacando-se entre eles o inglês Shaun Murphy) inicia-se no próximo 1º de Abril o XINGPAI CHINA OPEN: contando com a presença de 64 jogadores (na 1ª Ronda da prova) e atribuindo aos jogadores excelentes prémios (pecuniários) e os respetivos pontos para o RM − cada vez mais apetitosos à medida que se aproximarem da Final (atingindo as Meias-Finais/45.000£ e atingindo a Final/90.000£/225.000£ −  conforme finalista vencido ou vencedor). Um momento em que dada a ausência de THE ROCKET (não pontuando para o RM e preferindo-se guardar para o Mundial) outros poderão aproveitar a ocasião para se tornarem Nº1 do RM: casos do inglês Mark Selby/2ºRM (ainda líder há poucos dias atrás e podendo reassumir a liderança) e do galês Mark Williams/3ºRM (atual Campeão do Mundo e podendo ultrapassar igualmente o inglês Ronnie O’Sullivan).

 

Para tal bastando vencer o XingPai Open da China e arrecadar de imediato as suas 225.000£ (mais de 260.000€). Uma prova milionária só suplantado pelo Mundial (em prémios) com as suas 500.000£/mais de 580.000€ pata o Vencedor (e 200.000£/mais de 230.000€ para o finalista vencido).

 

(imagem: zimbio.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:07

25
Mar 19

“O’Sullivan completes astonishing return to world no 1

with Tour Championship victory”

(Desmond Kane/Eurosport.com)

 

Como chegar de novo a Líder do Ranking Mundial aos 43 anos?

 

Depois de:

Se sagrar 5X Campeão do Mundo

(2001/04/08/12/13);

Ganhar 34 provas de Ranking Mundial

(última – 2019 Coral Players Championship);

Fazer 1000 breaks centenários.

 

2550512-52908950-2560-1440.jpg

Ronnie O´Sullivan

Novo Líder do RM

 

Vencendo a sua 35ª Prova de Ranking Mundial

E fazendo o seu 1008º break centenário

(no 2019 Coral Tour Championship)

 

Final

J

J

Final

Final

J

J

Final

F

Ronnie O’Sullivan

(ING)

Neil

Robertson

(AUS)

R

F

Ronnie O’Sullivan

(ING)

Neil

Robertson

(AUS)

R

1ª S

Dia/23.03

H/19:00

-

13º

27

82

7-6

6

69

0-1

14º

89

0

8-6

29

87

0-2

15º

7

61

8-7

74

0

1-2

16º

7

68

8-8

97

0

2-2

3ªS

D/24.03

H/19:00

-

77

16

3-2

17º

129 [129]

5

9-8

106

24

4-2

18

36

62

9-9

71

60

5-2

19

95

0

10-9

35

65

5-3

20

10

77

10-10

2ª S

Dia/24.03

H/13:00

-

21

80

30

11-10

100 [100]

17

6-3

22

91

4

12-10

10º

49

60

6-4

23

20

73

12-11

11º

0

106 [106]

6-5

24

83

35

13-11

12º

69

32

7-5

25

-

-

-

À melhor de 25 frames

(J: Jogador F: Frame R: Resultado S: Sessão []: Breaks Centenários)

 

Neil_Robertson_at_Snooker_German_Masters_(DerHexer

Neil Robertson

(7ºRM)

 

E assim com o Open da China aí à porta (início no próximo domingo 01.04) e com o Mundial a menos de um mês de distância (fase final com início a 20.04) eis que o penta Campeão do Mundo Ronnie O’Sullivan (The Rocket) assume de novo a liderança do Ranking Mundial: na sua posse e pela última vez a 3 de Maio de 2010 (já lá vão quase nove anos e tendo como seu antecessor e sucessor outra lenda ainda no ativo o escocês John Higgins) e agora reassumida (Março de 2019) com a conquista do 2019 Coral Tour Championship. Numa final fantástica tendo como seu opositor outro dos maiores jogadores da atualidade o australiano Neil Robertson e justificando definitivamente a forte candidatura de THE ROCKET ao título de 6X Campeão do Mundo. Esta época (faltando o Open da China e o Mundial) sendo o único a ter ganho 3 provas de RM (para além do triunfo noutras 2 de n/RM).

 

[Transmissão na Eurosport do Open da China (a partir do Beijing National Olympic Center Gymnasium) e do Campeonato do Mundo (a partir do Crucible Theatre em Sheffield).]

 

(imagens: eurosport.com – wikipedia.org)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:19

23
Mar 19

18ª Prova do Circuito Mundial de Snooker

(época 2018/19)

Contando para o Ranking Mundial

(da modalidade)

E podendo ou não alterar o atual Líder desse ranking

(antes da realização desta prova, o inglês Mark Selby).

 

Meias-Finais

 

Fase

J

N

RM

F

J

N

RM

F

MF1

Ronnie

O’Sullivan

ING

2

10-9

Judd

Trump

ING

6

-

-

(Eliminou na 1ªR)

Stuart

Bingham

ING

12

9-3

Mark

Williams

GAL

3

9-8

Fase

J

N

RM

F

J

N

RM

F

MF2

Neil

Robertson

AUS

8

10-6

Mark

Allen

IRLN

5

-

-

(Eliminou na 1ªR)

Mark

Selby

ING

1

9-8

Kyren

Wilson

ING

7

9-7

(J: Jogador N: Nacionalidade RM: Ranking Mundial/provisório F: Frames MF: Meia-Final R: Ronda)

 

hqdefault.jpg

Ronnie O’Sullivan & Neil Robertson

Finalistas do Coral Tour Championship

(na sua 1ª edição)

 

Final

 

Fase

D

H

J

N

RM

J

N

RM

Final

23

2pm/8pm

24

8pm

Ronnie

O’Sullivan

ING

2

Neil

Robertson

AUS

8

(D: Data H: Hora)

 

Repetindo a final do Coral Players Championship (disputada no passado dia 10 de Março e ganha por Ronnie O´Sullivan por 10-4) o inglês Ronnie O’Sullivan e o australiano Neil Robertson marcam um novo encontro (numa final) agora na final do Coral Tour Championship: com a particularidade do vencedor da final para além de conquistar o Coral tour Champpionship (e um prémio pecuniário de 150.000£/150.000 pontos para o RM) chamará a si simultaneamente a conquista da Coral Cup.

 

51OP8UyBXfL.jpg

The Rocket

Vencendo esta prova assumindo a liderança do RM

(mas para tal tendo de superar Neil Robertson)

 

Uma final ainda com um outro ponto de bastante interesse, pois caso THE ROCKET vença a prova agora em disputa (a 18ª da época contando p/RM) assumirá mais uma vez (na sua já longa, sem fim a vista e fantástica carreira) a liderança do Ranking Mundial da modalidade (retirando-a ao seu compatriota Mark Selby) − a menos de um mês do início do Mundial 2019. E com Ronnie O’Sullivan e Neil Robertson a poderem ser os únicos (tendo já vencido 2 provas e vencendo esta final) a ganhar a sua 3ª prova de RM esta época.

 

Concluído o Coral Tour Championship seguindo-se o OPEN da CHINA (1/7Abril) − sem a presença de The Rocket – mas agora com transmissão na TV através do Eurosport. E com os principais favoritos à conquista deste Mundial (confirmação a fazer após o Open da China) a sair certamente deste lote de 6 (os únicos jogadores que até ao momento ganharam pelo menos 2 provas de RM esta época): Neil Robertson, Ronnie O’Sullivan, Mark Allen, Stuart Bingham, Judd Trump e Kyren Wilson.

 

(imagens: Snooker Perfect/youtube.com e amazon.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:52

18
Mar 19

Disputadas 22 provas (das 25) integrando o Circuito Mundial de Snooker (profissional/individual época 2018/19) – com 20 dessas provas sendo de Ranking Mundial (RM) e outras 5 não/RM – o inglês STUART BINGHAM (Campeão do Mundo em 2015) junta-se a um grupo restrito de 6 jogadores tendo ganho esta época 2 provas de RM (de entre cerca de 90 jogadores tendo pelo menos 1 vez atingido os oitavas-de-final ou seja os melhores 16 de cada prova): Ronnie O’Sullivan/ING (+2 provas de n/RM), Judd Trump/ING (+1 prova de n/RM), Kyren Wilson/ING (+1 prova de n/RM), Neil Robertson/AUS e Mark Allen/IRLN. E com este Sexteto Fantástico a ter ganho mais de 70% (16 no total) das 22 provas até agora realizadas.

 

Open de Gibraltar

(Meias-Finais e Final)

Detentor do Troféu 2018: Ryan Day/GAL

Vencedor do Troféu 2019:

Stuart Bingham/ING

 

bingigibral.jpg

Stuart Bingham

(Vencedor do Open de Gibraltar)

 

OPEN de GIBRALTAR

 

Fase

J

N

RM

F

J

N

RM

MF1

Ryan

Day

GAL

17º

4-2

Lu

Ning

CHI

74º

MF2

Stuart

Bingham

ING

12º

4-0

Yuan

Sujin

CHI

53º

Final

Stuart

Bingham

ING

12º

4-1

Ryan

Day

GAL

17º

(J: Jogador N: Nacionalidade RM: Ranking Mundial F: Frames)

 

Para a conclusão da época 2018/19 faltando realizar-se apenas 3 provas de RM – Coral Tour Championship (prova de RM fechada), Open da China e finalmente o Campeonato Mundial de 2019 – pelo que o interesse até ao início do Mundial (Qualificações iniciando-se a 10 de Abril) residirá essencialmente na definição do TOP 16 do RM (dando acesso direto à fase final do Mundial sem se ter que sujeitar a 3 rondas de Qualificação) estabelecido logo após a conclusão da prova chinesa (com a final marcada para 7 de Abril). E se todos os jogadores do Top 14 (atual) parecem (aparentemente) ter a sua posição garantida (de momento com Luca Brecel sendo o 14ºRM) já um outro grupo de (digamos) cerca de 4 jogadores terá ainda de lutar muito para alcançar tal objetivo (o Top 16) − e restando-lhes apenas o Open da China: Jack Lisovski (ING/15ºRM), David Gilbert (ING/16ºRM), Ryan Day (GAL/17ºRM) e Joe Perry (ING/18ºRM).

 

Coral Tour Championship

1ªEdição do Troféu

(Prémios: 150.000£/60.000£/40.000£/20.000£)

Atual Líderes da Coral Cup:

Ronnie O’Sullivan e Judd Trump

 

índice.jpeg

Mark Allen

(Líder do RM a um ano)

 

A partir de 19 de Março (terça-feira) e estendendo-se até domingo (24 de Março) desenrolando-se uma nova prova de RM (a 18ª da época) com participação por convite e limitada aos 8 melhores do RM a um ano − integrando praticamente todo o TOP 8 do RM exceção feita ao escocês John Higgins (com participação mais fraca esta época/depois de 2 anos finalista do Mundial, mas aí sendo derrotado, afetando-o na sua performance seguinte, apesar de ser o Vice-Campeão do Mundo) aqui substituído pelo inglês Stuart Bingham. No fundo com a atual Elite do Snooker Mundial (e neste caso sendo indevidamente beneficiada, em relação aos restantes jogadores, sem a qual essa mesma Elite não existiria) a decidir entre si o TOP 8 do RM, aí e entre 3 desses jogadores – MARK SELBY, RONNIE O’SULLIVAN e MARK WILLIAMS − indicando qual chegará ao Open da China como Líder do Ranking Mundial.

 

CORAL TOUR CHAMPIONSHIP

 

Fase

J

N

RM

J

N

RM

QF1

Mark

Allen

IRLN

Kyren

Wilson

ING

QF2

Neil

Robertson

AUS

Mark

Selby

ING

QF3

Judd

Trump

ING

Mark

Williams

GAL

QF4

Ronnie

O’Sullivan

ING

Stuart Bingham

ING

12º

(QF: Quartos-de-Final)

 

E com o Coral Tour Championship (na sua 1ª edição) sem transmissão televisiva (ou não fosse este já um torneio fechado), restando-nos agora e pacientemente (apesar de tudo sempre podendo ver algo antes via WEB) esperar pela chegada do OPEN da CHINA e pelo dia 1º de Abril (quando o mesmo começa). Entretanto e para finalizar e concluído o Challenge Tour (uma 2ª Divisão do Snooker dando acesso direto a provas de RM nos dois anos seguintes – ou seja para 2019/20 e 2020/21) com os ingleses BRANDON SARGEANT e DAVID GRACE a garantirem esse acesso direto sendo respetivamente 1º e 2º do RCT (Ranking Challenge Tour, englobando 10 provas esta época).

 

No dia 1º de Abril com o Snooker a voltar simultaneamente

À ação e aos ecrãs de TV

(na EUROSPORT).

E logo a partir de Pequim.

 

Com uma prova Milionária (atribuindo ao vencedor 225.000£)

Sendo o detentor do troféu Mark Selby (atual Líder do RM).

 

Infelizmente sem a presença (por opção do mesmo) do inglês Ronnie O’Sullivan

Mas talvez aí presente (esperemos) entre os comentadores Eurosport.

 

(imagens: abola.pt – snookerhq.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:32

08
Mar 19

Players Championship

Meias-Finais

 

16057095390752284946.jpg

1ª Meia-Final

Neil Robertson Vs. Judd Trump

(imagem: Campeonato do Mundo de 2011)

 

Meia-Finais

Players Championship

 

D/H

J

N

RM

J

N

RM

08.03 19.00

Neil

Robertson

AUS

Judd

Trump

ING

09.03 19.00

Mark

Allen

IRLN

Ronnie

O’Sullivan

ING

(D/H: Dia/Hora J: Jogador N: Nacionalidade RM: Ranking Mundial)

 

A 3 provas de Ranking Mundial/RM do início da disputa do Campeonato do Mundo de 2019 – Gibraltar Open (aberta), Coral Tour Championship (fechada) e China Open (aberta) – com 1 outra prova de RM ainda por concluir – Players Championship – e com 1 outra não de RM (por convite) por finalizar – Champions League – é cada vez mais cerrada a luta por um lugar no TOP 16 do RM: isto porque os 16 melhores jogadores integrando o RM no final do Open da China terão apuramento direto para a Fase Final do Mundial 2019 enquanto que os outros (16) terão que se sujeitar a 3 rondas de Qualificação (num total de 32 finalistas) para aí estarem igualmente presentes. De momento com o Players Champioship (prova de RM fechada) nas Meias-Finais – final a 10 de Março − seguindo-se de imediato a final da Champions League (prova por convite não sendo de RM) – a 13/14 de Março.

 

_104708671_players_pa.jpg

2ª Meia-Final

Ronnie O’Sullivan Vs.Mark Allen

(imagem: 2018 UK Championship)

 

Currículo dos Semifinalistas

Players Championship

 

J

N

RM

CM

VPR

VPRE

Ronnie

O’Sullivan

ING

5X

(2001/04/08/12/13)

34

1

 

Mark

Allen

IRLN

-

5

2

Judd

Trump

ING

-

10

2

Neil

Robertson

AUS

1X

(2010)

15

2

(CM: Campeão do Mundo VPM: Vitórias Provas de Ranking VPRE: VPR Época 2018/19)

 

Relativamente ao Players Championship com os quatro semifinalistas a integrarem o Top 8 do RM, com Mark Allen, Judd Trump (+1 prova não de RM) e Neil Robertson a poderem ganhar a sua 3ª prova (de RM) e Ronnie O’Sullivan a sua 2ª (+2 provas não de RM). No próximo domingo dia 10 de Março realizando-se a final do 2019 Players Championship (1ª sessão às 13:00 e 2ª sessão às 19:00) − à melhor de 19 Frames − com o vencedor (sucedendo a Ronnie O´Sullivan) a arrecadar 125.000£ e o finalista vencido 50.000£. Sempre com transmissão Eurosport.

 

(imagens: en.people.cn – thetricolour.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:00

25
Jan 19

Final do Masters 2019

20 Janeiro – Londres

 

Judd Trump (5ºRM) – 10

Ronnie O’Sullivan (3ºRM) – 4

 

Pela 1ª vez Finalista e Vencedor do MASTERS

 

p06yn0yb.jpg

JUDD TRUMP

Judd Trump hammered seven-time champion Ronnie O'Sullivan 10-4 with a brilliant performance to win his first Masters title

(imagem/legenda: bbc.com)

 

Na 45ª edição do MASTERS (evento integrando a TRIPLE CROWN) disputado este ano no Palácio Alexandre em Londres – tendo como maior vencedor o inglês Ronnie O’Sullivan (por 7X) e como atual detentor do troféu o norte-irlandês Mark Allen (conquistado em 2018) – o inglês JUDD TRUMP – juntamente com o o seu compatriota Kyren Wilson uma das maiores esperanças do futuro na modalidade – estreou-se como finalista desta edição conquistando-a pela 1ª vez: batendo na final o ainda ativo mas já Lenda THE ROCKET por uns expressivos 10-4.

 

J

N

RM

J

N

RM

Judd

Trump

ING

Ronnie O’Sullivan

ING

J

N/RM

F

J

N/RM

F

Kyren

Wilson

ING/9º

6-2

Stuart

Bingham

ING/12º

6-2

Mark

Selby

ING/1º

6-2

Ryan

Day

GAL/13º

6-3

Neil

Robertson

AUS/10º

6-4

Ding

Junhui

CHI/8º

6-3

(J: Jogador N: Nacionalidade RM: Ranking Mundial F: Frames)

 

Uma prova confirmando a subida de forma do inglês Judd Trump, talvez sendo de momento e conjuntamente com Ronnie O’Sullivan um dos melhores jogadores na prática desta modalidade do bilhar: juntando-se ao grupo de 4 jogadores tendo ganho esta época (de 2018/19) duas ou mais provas do Circuito Mundial (c/p/RM + nc/p/RM) – Mark Allen/IRLN (2+0), Ronnie O’Sullivan/ING (1+2), Judd Trump/ING (1+1) e Kyren Wilson/ING (1+1) conquistando 9 em 14 do total (64%). Mantendo ainda Mark Selby/ING como Líder do RM e Mark Allen/IRLN como líder RM desta época.

 

Iniciando-se no final deste mês de Janeiro o MASTERS da ALEMANHA (30 Janeiro/3 Fevereiro) a primeira prova de RM a realizar-se neste ano de 2019 (detentor do troféu Mark Williams/GAL)

 

– Com as ausências notadas (do TOP 16 do RM) de Ronnie O’Sullivan/ING e Mark Allen/IRLN e a eliminação de Luca Brecel/BEL (na ronda de Qualificação) –

 

O mais forte opositor ao Vencedor do Masters

 

neilro.jpg

NEIL ROBERTSON

Robertson pulveriza Hawkins (6-3) e joga 'meias' do Masters com Trump

(imagem/legenda: abola.pt)

 

E atribuindo ao finalista vencedor um prémio de 80.000£ (ou pontos p/RM). E disputando-se pelo meio (do Masters/Masters da Alemanha) os grupos 5 e 6 da Liga dos Campeões (prova p/convite n/contando p/RM: juntando-se aos outros 4 finalistas (os ingleses Stuart Bingham, Judd Trump e Jack Lisovski e o australiano Neil Robertson) os ingleses Mark Selby (grupo 5) e Martin Gould (grupo 6); ficando a faltar (antes da realização da Final) o grupo 7.

 

Estando ainda previsto (por confirmar) para este mesmo período (fim de Janeiro/início de Fevereiro) – como prova por convite e por equipas – mais um confronto (a realizar-se em território chinês) Reino Unido/China (marcado para 1 de Fevereiro).

 

(imagens/legendas: as indicadas)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 10:00

01
Jan 19

Coincidindo com o início do ano de 2019

 

– E logo após a PASSAGEM DE ANO –

 

Disputa-se desde o meio-dia deste 1º de Janeiro (concluindo-se no dia seguinte) o grupo 1 da LIGA DOS CAMPEÕES:

 

Ronnie-O-Sullivan-John-Higgins-Scottish-Open-Snook

John Higgins

Sendo 4X Campeão do Mundo e 3 X Vice-Campeão do Mundo

Os dois últimos em 2017/Selby e logo de seguida em 2018/Williams

E como resultado (desse azar-de-duplo-impacto) ficando muito perto (em finais de 2018)

De um verdadeiro Ataque de Nervos

 

14ª Prova desta época integrando o principal Circuito Profissional (10 contando p/RM e 4 n/contando para esse RM e realizando-se por convite, caso desta Liga dos Campeões),

 

Este ano na sua 12ª edição e tendo como vencedores (anteriores) do respetivo troféu (mais do que 1X) o inglês JUDD TRUMP (por 3X) e o escocês JOHN JIGGINS (por 2X e atual detentor).

 

Liga dos Campeões de 2018

Final

John Higgins (ESC) – 3 Zhou Yuelong (CHI) – 2

(reconquistando o título conquistado em 2017)

 

E com a fase final a estar marcada para 13/14 de Março deste ano, com a disputa do Grupo final a concretizar-se na Arena Ricoch em Coventry (Inglaterra).

 

E nesse dia (por volta do meio-dia local) saltando logo para a mesa (de Snooker) 3 ingleses (Jack Kisovski, Jimmy Robertson, Robert Milkins) e 1 australiano (Neil Robertson),

 

Seguidos de imediato (por volta da uma local) por outros 3 ingleses (Ricky Walden Mark King, Anthony Hamilton).

 

Ranking Mundial

(atualizado a 31 de Dezembro de 2018)

Nas vésperas da disputa do Campeonato do Mundo (de 2019)

Com o TOP 16 (tendo acesso direto à fase final)

Dispensando as (incómodas e perigosas) três rondas (extra) de Qualificação

 

RM

(RE)

V/F/MF

J

N

RM

(RE)

V/F/MF

J

N

(3º)

1/0/2

Mark

Selby

ING

(14º)

1/0/0

Kyren

Wilson

ING

(4º)

1/0/0

Mark

Williams

GAL

10º

(5º)

1/1/0

Neil

Robertson

AUS

(2º)

1/1/1

Ronnie

O’Sullivan

ING

11º

(30º)

0/1/0

Shaun

Murphy

ING

(12º)

0/1/0

John

Higgins

ESC

12º

(9º)

1/0/1

Stuart

Bingham

ING

(6º)

1/0/1

Judd Trump

ING

13º

(18º)

0/0/0

Ryan

Day

GAL

()

2/1/0

Mark

Allen

IRLN

14º

(36º)

0/0/0

Luca

Brecel

BEL

(13º)

0/0/1

Barry

Hawkins

ING

15º

(15º)

0/0/2

Stephen

Maguire

ESC

(29º)

0/0/0

Ding

Junhui

CHI

16º

(8º)

0/1/1

Jack

LIsovski

ING

(RM: Ranking Mundial RE: Ranking Época V: Vitória Final F: Derrota Final MF: Atingiu Meia-Final J: Jogador N: Nacionalidade)

 

Numa competição em que o melhor que The Rocket (Ronnie O’Sullivan) atingiu foi ser finalista vencido em 2016 (derrotado na final por 3-2 pelo seu compatriota Judd Trump).

 

E para 12 (de Janeiro) estando previsto o início do MASTERS (no Palácio Alexandre em Londres de 13/20 do mês), uma prova por convite (n/contando p/RM) talvez com transmissão Eurosport. Se não só a 30 com o MASTERS da ALEMANHA (30 Janeiro/3 Fevereiro) e transmissão na TV.

 

[Logo neste 1º de Janeiro de 2019 com o jogador inglês Mark King a tomar a dianteira na 1ª fase do Grupo 1 (ao fim de 12 das 21 encontros sendo o único jogador ainda invicto), mantendo-se mais próximos na corrida o seu compatriota Ricky Walden e o australiano Neil Robertson (ambos c/1 derrota). Concluindo-se amanhã dia 2 este grupo e iniciando-se logo a 3 o Grupo 2.]

 

(imagem: Getty/express.co.uk)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:41

17
Dez 18

Chegando-se agora ao intervalo de Natal e à Passagem de Ano 2018/2019.

(10 dias inteirinhos – 22 a 31 de Dezembro m – seSnooker)

 

Open da Escócia

Final

Mark Allen – 9

Shaun Murphy – 7

[1-0; 1-1; 2-1; 2-2; 2-3; 3-3; 4-3; 5-3;

6-3; 6-4; 6-5; 6-6; 6-7; 7-7; 8-7; 9-7]

 

Concluída a 10ª prova do Circuito Profissional contando para o RANKING MUNDIAL de SNOOKER, o ano de 2018 encerra com o inglês MARK SELBY na liderança do RM – MARK WILLIAMS/GAL em 2º e RONNIE O’SULLIVAN/ING em 3º – e com o norte-irlandês MARK ALLEN na liderança do Ranking da Época (2018/19) – Ronnie O’Sullivan em 2º e Mark Selby em 3º.

 

3f50e1aa7889ed75c85ede3b6b4be9a9--mark-selby-billiíndice.jpg

Mark Selby e Mark Williams

(1ºRM/1.153.000£ e 2ºRM/996.000£)

 

Das 10 provas disputadas contando para o RM com MARK ALLEN a ser o único jogador a vencer 2X e com outros 7 tendo ganho 1X. Acrescidas de outras 3 provas não contando para o RM com Ronnie O’Sullivan a vencer por 2X e com o seu compatriota KYREN WILSON a ganhar 1X. No conjunto com Ronnie O’Sullivan com 3 e Mark Allen e Kyren Wilson ambos com 2.

 

maxresdefault.jpg

1937dd050cda28d16f4d69d2799b1b1f--john-higgins-tri

Ronnie O’Sullivan e John Higgins

(3ºRM/982.000£ e 4ºRM/725.000£)

 

E para demonstrar o poderio dos Ingleses nesta modalidade de bilhar que é o SNOOKER, na tabela do TOP 16 do RM (dando acesso direto à fase Final do Campeonato do Mundo, não se tendo que sujeitar às várias rondas de Qualificação) incluindo-se 8 Ingleses, 2 Galeses, 2 Escoceses, 1 Norte-Irlandês, 1 Chinês, 1 Australiano e 1 Belga: com 13 oriundos das Ilhas Britânicas (mais de 80%).

 

99b2db29302991.55ecd57dbf4de.jpg30742429302991.55ecd57dc04db.jpg

Judd Trump e Mark Allen

(5ºRM/663.000£ e 6ºRM/633.000£)

 

No início de 2019 e integradas no calendário do mês de Janeiro, salientando-se entre as provas mais importantes (e sequencialmente) o início da Liga dos Campeões e a disputa do MASTERS (provas por convite n/contando p/RM) – depois do Campeonato do Mundo o segundo mais antigo torneio de Snooker (curiosamente ganho por 7X por Ronnie O’Sullivan e com o último vencedor a ser Mark Allen – e o início do MASTERS da ALEMANHA (prova contando p/RM).

 

E então até Janeiro de 2019.

(na Eurosport com o MASTERS)

 

(imagens: pinterest.pt Snooker – Scene/youtube.com – Snooker Nation Extra/youtube.com – behance.net)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:12

16
Dez 18

Iniciado a 27 de Julho com a disputa do MASTERS de RIGA (vitória na final do australiano Neil Robertson batendo o inglês Jack Lisovski por 5-2 – prémio para o vencedor de 50.000£) realiza-se hoje (domingo 16 de Dezembro) a final da 10ª prova da época (2018/19) contando para o Ranking Mundial: a Final do OPEN da ESCÓCIA entre o norte-irlandês MARK ALLEN (à procura da 2ª vitória esta época depois de ter ganho o Campeonato Internacional) e o inglês SHAUN MURPHY (atingindo a sua 1ª final esta época). Regressando as provas de RM apenas em 2019 com a disputa do MASTERS da ALEMANHA (detentor do troféu Mark Williams/GAL) – com Ronnie O’Sullivan (mais uma vez de uma prova de RM) e Mark Allen ausentes.

 

WST0006_SO18_TourBanner.jpg

Cartaz de promoção do OPEN da ESCÓCIA de 2018

À frente com Neil Robertson/AUS detentor do troféu (conquistado em 2017)

tendo ao fundo duas lendas ainda vivas e bem ativas da modalidade (Snooker)

Mark Williams/GAL à esquerda e John Higgins/ESC à direita

(respetivamente atuais Campeão e Vice-Campeão do Mundo de Snooker)

 

Meia-Final do Open da Escócia

 

MF

J

RM

F

J

RM

1

Mark

Allen

(IRLN)

0-1; 0-2; 0-3

0-4; 1-4; 2-4

2-5; 3-5; 4-5

5-5; 6-5

Daniel

Wells

(GAL)

59º

2

Shuan

Murphy

(ING)

11º

1-0; 2-0; 3-0

3-1; 4-1; 4-2

4-3; 5-3; 6-3

Judd

Trump

(ING)

(MF: Meia-Final J: Jogador RM: Ranking Mundial F: Frames)

 

Uma prova que confirmará Mark Selby (1º), Mark Williams (2º) e Ronnie O’Sullivan (3º) como os três primeiros do RM – e quanto ao ranking da época com os três primeiros a serem Mark Allen (1º), Ronnie O’Sullivan (2º) e Mark Selby (3º) – e que manterá os 9 vencedores de provas (caso vença Allen) ou a estreia de um 10º vencedor diferente (caso vença Murphy).

 

Final do Open da Escócia

 

Jogador

MARK

ALLEN

SHAUN

MURPHY

Foto

Allne.jpg

Shaun-Murphy.jpg

Nacionalidade

Irlanda Norte

Inglaterra

Idade

32

36

Profissional

(desde)

2005

1998

RM

(e da época)

(1º)

11º

(31º)

Campeonatos do Mundo

MF

(no CM de 2001)

CM em 2005;

VCM em 2009 e 2015

Provas de RM

4

7

Outras provas

7

15

Vitórias entre ambos

(e frames)

6

(62)

12

(76)

Open da Escócia

(melhor resultado)

4ª R

(em 2004 e 2016)

2ª R

(em 2016)

(CM: Campeão Mundo MF: Meia-Final VCM: Vice-Campeão Mundo)

                                 

Na final a disputar este domingo (na Arena Emirates em Glasgow) e a realizar-se em duas sessões (14h e 20h locais) à melhor de 17 FRAMES (vence o jogador que ganhe 9) – e concluída a mesma – seja qual for o resultado com MARK ALLEN a reforçar a sua posição de Líder do Ranking da época e com Shaun Murphy caso vença a 9ºRM (ultrapassando Kyren Wilson e Neil Robertson de momento e respetivamente 9º e 10º).

 

(imagens: worldsanooker.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 02:14

14
Dez 18

2018 SCOTTISH OPEN

Detentor do Troféu:

Neil Robertson

(Austrália)

Batendo na final o chinês Cao Yupeng na negra por 9-8

 

Uma competição que terminada a sua 4ª ronda – ainda com 16 jogadores em prova e antecedendo os Quartos-de-Final (QF) – apenas mantinha 4 jogadores do TOP 16 em prova: JUDD TRUMP (ING/5ºRM), MARK ALLEN (IRLN/6ºRM), SHAUN MURPHY (ING/11ºRM) e RYAN DAY (GAL/13ºRM). E concluídos os QF …

 

hqdefault.jpg

Mark Allen e Judd Trump

(Tour Europeu de 2013 – Evento 6 – Vitória de Allen na Final por 4-1)

 

Uma prova na sua 25ª edição (iniciada em 1981) já com diferentes denominações mas maioritariamente contando para o Ranking Mundial (23 em 25 edições) e entre os jogadores ainda no ativo com Ronnie O’Sullivan/ING e John Higgins/ESC a terem ganho por 2X. Só ultrapassados por Steve Davis/ING (vencendo por 6X) e por Stephen Hendry/ESC (vencendo por 3X).

 

Disputadas as 4 primeiras rondas do OPEN da ESCÓCIA de 2018 (decorrendo de 10 a 16 de Dezembro) sendo já conhecidos os 8 jogadores (dos 128 inscritos) apurados para os QUARTOS-DE-FINAL desta prova (a 10ª da época 2018/19) contando para o RANKING MUNDIAL – num conjunto de 4 encontros a ser disputados sexta-feira dia 14 de Dezembro (e integrando 4 jogadores do TOP 32 do RM):

                                                                                                                   

OPEN da ESCÓCIA

(Quartos-de-Final)

 

Fase

J

N

RM

J

N

RM

QF 1

Sam

Baird

ING

88

Shaun

Murphy

ING

11

QF 2

Stuart

Carrington

ING

40

Judd

Trump

ING

5

QF 3

Alfie

Burden

ING

83

Mark

Allen

IRLN

6

QF 4

Ryan

Day

GAL

13

Daniel

Wells

GAL

63

(J: Jogador N: Nacionalidade RM: Ranking Mundial/em13.12.2018)

 

Como se pode constatar e devido às ausências e eliminações de alguns dos favoritos – como Ronnie O’Sullivan (ING/2ºRM) ausente da competição (recente vencedor do UK Championship) e John Higgins (ESC/4ºRM) eliminado na 4ª ronda (surpreendentemente por Alfie Burden e depois de na ronda anterior fazer a sua 9ª tacada máxima da carreira de 147 pontos/arrecadando por esse motivo um prémio extra de 25.000£) – com todo o favoritismo (à vitória na prova) a dirigir-se para a dupla TRUMP/ALLEN mas com outra dupla a espreitar (MURPHY/RAY).

 

Alfie_Burden_at_Snooker_German_Masters_(DerHexer)_170px-Sam_Baird_PHC_2014-2.jpg

Alfie Burden e Sam Baird

(os jogadores presentes nos QF com RM mais baixo)

 

E chegando à Final do Open da Escócia com Judd Trump/ING e Mark Allen/IRLN a poderem repetir a proeza de ganharem a sua 2ª prova (num total de 10 contando p/RM +3 n/contando p/RM = 13) esta época (de 2018/19), aproximando-se de Ronnie O’Sullivan/ING (1+2) e de Kyren Wilson/ING (1+1).

 

De qualquer das formas com o vencedor do Troféu deste ano a sê-lo pela 1ª vez (entre os 8 finalistas, nunca nenhum deles tendo sequer estado presente, numa das 24 finais realizadas). Esta sexta-feira disputando-se os QF, sábado as MF e domingo a Final atribuindo ao vencedor um prémio de 70.000£ (e ao jogador vencido na final um prémio de 30.000£).

 

(imagens: Olexandr Shkolnyi/youtube.com – ipfs.io – wikipedia.org)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:00

Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13

19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO