Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

21
Ago 15

A lua DIONE

 

Enquanto a sonda CASSINI prossegue a sua missão conjunta NASA/ESA/ISA tendo como objetivo o estudo do planeta SATURNO (situado a mais de 1,2 biliões de quilómetros da Terra), dos seus anéis e das suas mais de 60 luas, por vezes somos presenteados com imagens de mundos distantes como este (os raios luminosos emitidos pelo Sol demoram mais de uma hora a lá chegar), enviadas a partir dos confins do nosso sistema por uma nave de origem e tecnologia terrestre (atingindo as vizinhanças de um mundo desconhecido e alienígena).

 

PIA17201.jpg

As crateras da lua Dione e os anéis do planeta Saturno

 

Neste caso o convidado é a lua DIONE numa imagem captada no passado dia 17 de Agosto quando a sonda Cassini se encontrava a pouco mais de 150.000km desta lua de Saturno. Imagem onde para além de estar bem visível (em primeiro plano) a existência de um número elevado de crateras espalhadas por toda a superfície da lua Dione, ainda é possível observar sob um fundo negro (do espaço) os fantásticos anéis que circundam o planeta Saturno. Sendo este satélite natural de Saturno mais um dos mundos gelados do nosso SISTEMA SOLAR.

 

O que nos leva a Recordar

 

Entretanto continuamos a pensar como é que foi possível que passados 54 anos sobre o discurso ao Congresso dos EUA do recém-eleito presidente norte-americano JOHN F. KENNEDY (“Acredito que esta nação se deve comprometer em atingir o objetivo, antes do final desta década, de colocar um homem na Lua, e traze-lo de volta a salvo”) e após o espetacular evento proporcionado pela chegada dos astronautas da NASA ao nosso satélite natural oito anos depois (terminando toda esta aventura da humanidade no fim inexplicável do programa APOLLO catorze anos depois), a exploração espacial se resuma atualmente a umas quantas sondas telecomandadas a partir da Terra (e espalhadas pelo nosso Sistema Solar), focando-se ultimamente num planeta (Marte), em dois planetas anões (Plutão e Ceres) e até num já visitado cometa (67P/C-G).

 

E que nos transporta à Última Questão

 

Ou a Conquista do Espaço se encontra num período regressivo do seu desenvolvimento (o que na esmagadora maioria dos casos indica o fim inevitável de qualquer tipo de projeto, neste caso o da NASA), ou então terá que existir uma outra estrada alternativa e paralela mas que todos nós ainda desconhecemos (talvez uma outra NASA, menos civil e mais militar).

 

(imagem – NASA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 10:29

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Agosto 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13

16
19

28
29

31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO