Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

21
Ago 16

Enquanto vamos a banhos no Algarve e nos entretemos com as Olimpíadas do Rio:

Turquey wedding suicide bomber "was child aged 12-14"

(num casamento uma criança-bombista fez-se explodir matando mais de 50 pessoas)

 

_90865189_034887696-1.jpg

Na manhã seguinte ao atentado mulheres choram à porta da morgue de Gaziantep

(este Domingo)

 

Com toda a sociedade civil da TURQUIA agora constantemente ameaçada, cercada e asfixiada pelas milícias armadas (legais ou ilegais) ao serviço da sobrevivência do ditador ERDOGAN – especialmente a partir do Golpe Militar para o derrubar supostamente levado a cabo por GULLEN e com apoio dos EUA – sucedem-se os atentados um pouco por todo o país. E assim após um aparente e delirante Golpe Militar levado a cabo por setores da oposição e pelos seus aliados norte-americanos (que deixou toda a sociedade turca paralisada com prisões e despedimentos em massa em setores fulcrais da sua sociedade não só pública como privada), no final expresso com uma derrota em toda a linha dos golpistas e dos seus poderosos aliados (internos e externos), eis que a violência persiste tanto externa como internamente: com mais um atentado bombista levado a cabo numa localidade perto da fronteira Síria (em GAZIANTEP – do outro lado da fronteira fica ALEPO a pouco mais de 120Km), provocando entre os participantes de um casamento curdo mais de 50 mortos e com o bombista-suicida a ser uma CRIANÇA (12/14 anos) ligada ao Estado Islâmico (ISIS).

 

_90864435_gaziantep.jpg

As ruas de Gaziantep cheias de gente e ambulâncias após a ocorrência do atentado

(este Sábado)

 

Claramente considerando este atentado mais um aviso dirigido ao poder centralizado em torno do líder do AKP no Governo (o antigo Democrata progressivamente elevado na hierarquia do poder e pós-golpe metamorfoseando-se em seu Ícone e Ditador absoluto), agora que ERDOGAN se reaproxima da Rússia e de PUTIN (com a China, o Irão e até a Arábia Saudita à espreita, estrategicamente para ver o que dá mais), afastando-se dos EUA, dos seus paus-mandados europeus e até dos terroristas do Estado Islâmico (ou DAESH). Mais um reflexo do retrocesso da influência estratégica e da supremacia global dos EUA registado nos últimos tempos um pouco por todo o Mundo, não se querendo convencer que o Mundo não é mais Unipolar (como quis acreditar com a queda da URSS) e que para se vencer e conquistar no futuro (como no presente) a melhor maneira é conversar (e não ser bruto nem matar). E se pensarmos que a partir de 2017 os EUA estarão entregues nas mãos de um CLINTON ou de um TRUMP (infelizmente as duas faces da mesma moeda o DÓLAR), dá mesmo para pensar que o APOCALIPSE está a chegar.

 

(imagem: REUTERS e STR)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:32

Agosto 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
13

16

22
27

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO