Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

16
Jul 16

Um Golpe Militar com um único objetivo: mudar de direção salvaguardando Erdogan.”

 

http _im.ft-static.com_content_images_25072cfe-01b

E a Vitória esmagadora foi para a Vítima do Golpe

Recep Tayyip Erdoğan

 

Num cenário global pré-apocalíptico onde o rácio população/matéria-prima se tornará obrigatoriamente no único parâmetro de sobrevivência da nossa espécie – neste momento tendo já ultrapassado os 7 biliões de indivíduos – e tendo em consideração que os EUA ainda são de longe a maior potência militar existente à face da Terra (apesar de estarem agora a ser ultrapassados a nível económico pela China), é do seu interesse exclusivo como suprema entidade mundial e no sentido de manter indefinidamente a sua supremacia global, tratar de todos os pormenores e antecipar certos problemas.

 

Como parece confirmar este filme de origem turca – que há apenas 24h não passaria para a esmagadora maioria dos críticos de um filme de antecipação/ficção científica – mas que na verdade retrata uma realidade pré-fabricada pelos insuspeitos do costume de modo a reforçar poderes (os seus) e eliminar (de vez) obstáculos (os outros). Pelo que o Golpe Militar de 15 de Julho na Turquia tendo como objetivo aparente derrubar o regime e o seu presidente Erdogan – e analisando toda a evolução do golpe, os seus vencedores e os derrotados – só poderia ter mesmo uma parte interessada: o próprio regime e o seu Presidente.

 

Razão pela qual toda esta encenação montada em torno de um pretenso golpe militar onde são alguns milhares de militares mais novos que são atirados para o terreno e entregues sem qualquer tipo de preparação às feras – ainda agora não se conhecendo nenhum dos seus principais cabecilhas – não convence ninguém, parecendo mais o início de mais uma fase de implementação e consolidação do poder do regime atual centrado no seu presidente, agora que Erdogan acabara de reconhecer alguns dos seus maiores erros e queria mudar radicalmente (mas sem se contradizer e sair).

 

“E assim em menos de 12 horas se descobrem soluções – há custa de mais umas centenas de mortos (a caminho dos 300), mais uns milhares de feridos (a caminho dos 1500) e muitos outros milhares de prisioneiros.”

 

Ficando-se agora a aguardar pela chegada de novas notícias, para desse modo se prever o futuro da Turquia – de toda a região, da Europa e do Mundo. Mas nunca desta maneira: “Erdogan prometeu limpeza e ela já começou” (rr.sapo.pt)

 

(imagem: ft.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:02

Julho 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11

17
18

30



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO