Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

15
Jul 15

A partir do momento em que a NASA ficou à espera do telefonema do ET (a ser concretizado a partir de Plutão) e que posteriormente nos confirmou a recepção dessa importantíssima comunicação (para todos nós os humanos), que ficamos a saber que por lá está tudo bem e que ainda tudo é possível.

 

Plutão e Marte
(e extraterrestres)

 

images.jpg

Pluto e amigos no Espaço da nossa juventude
(talvez mesmo visitando Plutão)

 

Enquanto esperamos que algo de inesperado e excepcional aconteça lá para os lados de PLUTÃO (por exemplo “finalmente descoberta a primeira base alienígena no interior do Sistema Solar”) e que até possamos descobrir vida no agora planeta anão já agora de origem terrestre (por que não uma colónia fundada num outro ciclo ainda desconhecido da nossa evolução), aqueles que já não acreditam que a nossa salvação como espécie (de preferência dominante) virá do interior da nossa zona de conforto (da Terra interior e sua zona exterior), continuam desesperadamente a virar-se para qualquer tipo de pormenor para a generalidade das pessoas passando completamente despercebido, mas que para eles tudo representando e tudo evidenciando (por vezes de uma forma excessiva e que com a abundância de certezas nos leva a desconfiar): e neste aspecto particular Marte é o mais escolhido (talvez pela sua proximidade, talvez pelas sondas que lá estão, talvez por outra razão).

 

canvas.jpg

Superfície de Marte
(imagem com origem HiRISE)

 

Como é o caso apresentado no site UFO Sightings Hotspots, que na sua edição de 14 de Julho nos apresenta mais uma imagem da superfície Marte tirada a pouco mais de 300km de distância (oriunda do telescópio HiRISE instalado no MRO): informando-nos adicionalmente que poderemos estar em presença de antigas edificações artificiais, construídas na superfície de Marte (estruturas misteriosas, possíveis artefactos talvez metálicos com pictogramas e até portas e túneis).

 

Última Hora:
(Plutão)

 

Numa das primeiras imagens provenientes das câmaras da sonda NEW HORIZONS e chegadas já depois desta ter iniciado o sobrevoo do planeta anão (o que não significa que tenham sido registadas já depois da sonda chegar a Plutão – dessas ainda estamos à espera), a agência espacial norte-americana NASA oferece-nos duas imagens para nós inéditas, uma de PLUTÃO e a outra da sua lua CHARON.

 

nh-plutosurface.jpg

 

As montanhas geladas de Plutão
(registada pela NASA antes da chegada a Plutão e ainda a mais de 700.000km do planeta)

nh-charon.jpg

A surpreendente juventude e variedade de terreno de Charon
(registada pela NASA antes da chegada a Plutão e a quase 500.000km de Charon)

 

Apresentando-nos e descrevendo-nos a superfície de Plutão como “One of the youngest surfaces we’ve ever seen in the solar system”. E com a superfície da sua maior lua Charon a deixar os cientistas um pouco intrigados, se comparada com a superfície de Plutão: “Mission scientists are surprised by the apparent lack of craters on Charon”.

 

(imagens: WEB e NASA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:22

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Julho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9



28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO