Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

09
Out 19

“Rocks enriched with mineral salts discovered by NASA's Curiosity at a location on Mount Sharp called "Sutton Island" suggest that water vanished slowly, rather than all at once, possibly returning to the area in a persistent cycle of drying and overflow. This discovery serves as a watermark for when the Martian climate was gradually getting drier.”

(PIA23375: Sutton Island Model of Drying Lakes/photojournal.jpl.nasa.gov)

 

Com uma sonda espacial

− Para os marcianos, automática e alienígena

perfurando a superfície do seu planeta,

à procura da sua Água.

 

2549MR0133960010205654E01_DXXX.jpg

CURIOSITY ROVER

SOL 2549

08.10.2019

(NASA)

 

Evidências de uma intervenção externa (de terrestres) num Mundo Alienígena (em Marte) perfurando a superfície desse corpo (um planeta) – num terreno (Aeolis Palus) localizado na cratera GALE (uma cratera de impacto situada na periferia da planície ELYSIUM) localizada a sul da linha do equador marciano (4,8°S) – onde se pode constatar facilmente a ação de uma perfuradora em dois pontos diferenciados da sua crosta (na imagem seguinte no canto inferior/esquerdo e no canto superior/direito): sendo terrestres e vivendo num Mundo rochoso e maioritariamente coberto de Água (cerca de 70%) – e com o próprio Homem na sua constituição química sendo-o maioritariamente à base de H₂O (variando entre os 50% e os 75%) – logicamente à procura desse líquido para os SERES HUMANOS tão precioso (por vital).

 

PIA23375.jpg

Tal como nos lagos terrestres com os lagos marcianos formando-se pela confluência de múltiplos afluentes, descendo as encostas (aqui do Monte Sharp) até às zonas mais baixas (da cratera, Gale) e aí se acumulando – aumentando e descendo de nível até à seca final

(photojournal/ PIA 23375)

 

Numa ação desenvolvida pelo ROVER CURIOSITY (um veículo motorizado circulando sobre a superfície de Marte desde 05.08.2012 e tendo já percorrido mais de 21Km) tendo como alvos prioritários da sua missão não só estudar a geologia de Marte, como a possibilidade deste planeta alguma vez no seu passado poder ter tido condições de ambiente, não só para conter Água, como até por poder ter possuído algum tipo de vida (mesmo que algo diferente da nossa ou primitiva) no passado (já muito distante): na sua História Geológica de uns 4,5/5 biliões de anos nesta mesma região onde o veículo motorizado CURIOSITY se desloca (cratera de Gale, proximidades do Monte SHARP), nessa mesma depressão (cratera=depressão de impacto) podendo ter existido no passado (talvez há uns 2 biliões) um Grande Lago Marciano.

 

PIA23374.jpg

Os Lagos Brilhantes das salinas de Quisquiro

O Altiplano Sul-Americano tal como se apresenta hoje na Terra, num cenário semelhante ao que poderíamos encontrar no passado em Marte

(photojournal/PIA 23364)

 

Numa suspeição de existência − de H₂O em Marte – cada vez menos duvidosa, não só pelos sinais do passado (sinais de erosão devido à presença e circulação, talvez há uns 2 biliões de anos, de água formando um grande lago, um “Oásis no Planeta Vermelho”, entretanto evaporando ou sendo salvaguardada em depósitos subterrâneos) como pelas mais recentes descobertas (da possibilidade de existência de água armazenada no Permafrost ou nas calotes polares), confirmando essa existência: e até num determinado ponto da Evolução de Marte (onde segundo os investigadores, Marte poderia estar parcialmente coberto por um oceano, menor do que o terrestre) podendo ter albergado Vida. E descobrindo-se a História de Marte (o seu Passado e o seu Presente) podendo-se perspetivar a História da Terra (o seu Futuro): para já apenas com sondas (automáticas, não tripuladas, governamentais) amanhã e cumprindo-se as promessas − da NASA (para já de Trump) e da SPACE X (de Elon Musk) − com naves tripuladas (do Governo ou da Iniciativa Privada) – não só colocando Homens na Lua como em Marte (Viagens Interplanetárias) como aí instalando bases, futuros entrepostos (das Viagens Interestelares).

 

(imagens: NASA/JPL-Caltech/MSSS − photojournal.jpl.nasa.gov)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:18

Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9



27


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO