Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

28
Mar 17

O que pensaria um Extraterrestre ao chegar à Terra, sabendo que seres minúsculos caraterizados pela violência e prepotência sobre a sua própria raça (equiparando-a e equiparando-se a zero), se autodenominavam como Excecionais?

 

23-trump-aliens.w710.h473.jpg

Donald Trump Would Make a Great President

If Aliens Attack Earth

 

“So when the murderous, chittering insectoids from Planet X come calling with their laser drills, are you telling me you don’t want this guy leading the charge for Team Planet Earth? Are you pretending that you wouldn’t thrill to the vision of Earth’s own Cheeto Jesus building that wall or electrified force dome or other impractical giant apparatus that will protect us all from the rampaging hordes of intergalactic assassins? Think about it: A fictional invasion by soulless anthropomorphic kill-monsters from outer space is the one scenario — perhaps the only scenario — in which the prospect of President Trump seems entirely reassuring. Do your worst, Mars, because we’re Earth, and we’re going to win. We’re going to win so much.” (Adam Sternbergh/vulture.com)

 

Após a inesperada vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais norte-americanas de Novembro de 2016 (já lá vão 4 meses e com os Democratas a conseguirem até ao momento fazer-nos pensar que as eleições ainda não se realizaram), apanhando completamente desprevenida a elite na altura fazendo-se passar como representante do verdadeiro poder nos EUA (nem sequer lhes dando tempo para se orientar e pondo em causa a vida económica e financeira da candidata derrotada, da sua família, fundação privada e associados), a única lição que daqui poderemos tirar é de que o poder já não está no Estado e muito menos nos seus representantes – mas efetivamente nas estruturas que suportam as Corporações. Apoiando-se (as Corporações) no Homem mas descartando-se dele sem remorsos e digerindo-o no decorrer do processo – tornando-o irreconhecível mas fazendo parte do todo. E abalroada a Pirâmide com a descida da plataforma (de milionários), vendo-se os parasitas correrem gritando salve-se quem puder. E assim, enquanto a areia desce inexoravelmente na ampulheta e para adiarmos o fim, invertemos o artefacto logo ali fazendo o pino – e logo ficando eretos. Batendo com a cabeça no chão, partindo o tempo sem solução e sem tempo de recuperação.

 

Like Trash, Like Shit.

 

(legenda e imagem: vulture.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:12

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Março 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9



26


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO