Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

26
Fev 16

No próximo dia 5 de Março (um sábado) um asteroide passará nas proximidades do nosso planeta. No entanto até ao dia de hoje os astrónomos não nos conseguiram confirmar se ele fará uma tangente à Terra (mais ou menos distante) ou mesmo uma secante (colidindo com a Terra). Nem sequer informar-nos da data exata da sua passagem ou se o mesmo ainda existe. Falamos do asteroide 2013 TX68 um calhau com cerca de 30m de dimensão e que passará a cerca de 14,5 milhões de quilómetros da Terra…se por acaso não for a 18.000Km…se por acaso for nesse dia…se por acaso ainda existir. Formidável – e que se cuidem os satélites!

 

Comet-P2016-BA14-3-22-2016-Steven-Tilley.jpg

Cometa P/2016 BA14

 

Já no que diz respeito aos cometas, durante o próximo mês de Março seremos presenteados com a aproximação (ao Sol) de dois deles: os cometas 252P/LINEAR 12 e P/2016 BA14.

 

Maiores Aproximações de cometas à Terra:
(Todas)

 

Ordem Cometa LD Ano
1 C/1491 B1 3.7 1491
2 D/1770 L1 5.9 1770
3 Tempel-Tuttle (1366) 8.6 1366
4 P/2016 BA14 9.1 2016
5 C/1983 H1 12.1 1983
6 Halley (837) 13.0 837

 

Maiores Aproximações de cometas à Terra:
(Apenas Século XX e XXI)

 

Ordem Cometa LD Ano
4 P/2016 BA14 9.1 2016
5 C/1983 H1 12.1 1983
7 252P/LINEAR 12 13.8 2016
11 Pons-Winnecke (1927) 15.4 1927
17 Schwassmann-Wachmann 3 24.1 1930
18 C/1983 J1 24.5 1983

(LD: Distância Terra/Lua – 1LD = 384.400Km)

 

Com o primeiro destes dois cometas com a sua maior aproximação à Terra a estar prevista para o próximo dia 22 de Março (a mais de 5 milhões de quilómetros de nós) e com o segundo (e inesperado cometa) a acompanhá-lo (numa trajetória muto semelhante) e passando a cerca de 3,5 milhões do nosso planeta. O que até poderá significar que o cometa 252P/LINEAR 12 se fragmentou em dois, originando o outro cometa P/2016 BA14. E podendo mesmo originar uma chuva de meteoros. Dois cometas que se integrarão agora na lista daqueles que passaram mais próximo da Terra e com o novato cometa P/2016 BA14 a ser o medalhado de ouro para os Séculos XX/XXI – além de ser o primeiro a passar mais perto da Tera nos últimos (2016 – 1770) 246 anos.

 

(dados: earthsky.org – imagem: Steven M. Tilley/iTelescope.net Observatory/Siding Spring/Australia)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:22

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Fevereiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11

14
15
16




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO