Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

03
Nov 14

“Não é por acaso que o Espaço e o Tempo ao serem construídos em conjunto, dão origem a Acontecimentos (como a vida). Transformando-se de imediato e duma forma ilusória, numa única variedade (como a morte).”

 

T = E/V

 

Qual será o motivo pelo qual uma razão de proporcionalidade (directa ou inversa) entre dois parâmetros reais (uma constante abstracta), se transforma automaticamentee por idealismo num novo parâmetro real (apresentando características obviamente diferentes)?

 

283837322_9fc8d0714d.jpg

 

Vejamos aqui o caso da relação entre dois parâmetros reais como o Espaço (E – parâmetro real independente) e a Velocidade (C – parâmetro real dependente), igualmente presentes na fórmula do físico alemão Einstein:

 

E' = M x C²

 

Ou então se quisermos desenvolver a Teoria da Relatividade de Einstein e aplicarmos a sua fórmula a um corpo em movimento:

 

E' = ½ x M/V²

 

Como qualquer ser humano demonstrando alguma capacidade de compreender e de assimilar rapidamente entenderia, se não existisse qualquer elemento de ligação disponibilizado no espaço por acção do movimento (mesmo que no vazio aparente), então nada existiria no nosso Universo: nele Matéria (M) e Energia (E') são parâmetros reais independentes e a Velocidade (V) apenas um parâmetro real dependente, uma referência ao espaço (segundo a nossa visão distorcida do mundo dependendo de T e não da relação fundamental existente entre Matéria e Energia).

 

(T – Tempo; E – Espaço; V – Velocidade; E' – Energia; M – Massa; C – Velocidade da luz)

 

(imagem – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 10:46
tags: ,

Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


24



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO