Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Caos no Reino do Petróleo

Quarta-feira, 25.06.14

 

Tanque de guerra do exército rebelde

(com o seu símbolo identificador)

 

No Iraque reina o caos total, com diversas forças militares presentes no cenário de guerra fazendo intercâmbio com outro palco de conflito vizinho, como é o caso da Guerra Civil na Síria. Sunitas, curdos e xiitas estão agora envolvidos num duelo de morte, com os dois primeiros grupos a unirem-se ao EIIL e a apoderarem-se do norte do Iraque, num combate brutal e sem prisioneiros contra os seus inimigos de Bagdade: um governo iraquiano não representativo, controlado pelos líderes religiosos xiitas.

 

Com os militantes do ISIS/ISIL equipados de material de guerra (novo) proveniente dos Estados Unidos da América via Guerra na Síria – onde os USA pretensamente apoiam os rebeldes xiitas – e utilizando-o posteriormente no Iraque para apoiar os sunitas. Contando ainda toda esta sopa de petróleo com o fornecimento de armas ao governo do Iraque por parte da Rússia (num claro desafio às pretensões hegemónicas dos USA na região) e com os pagamentos realizados aos mercenários vindos de todas as partes do mundo (para combaterem na região) pela sempre sinistra e presente Arábia Saudita.

 

Por cá o nosso governo lá vai aproveitando o pretexto da degradação da situação política e económica nesta região do médio oriente (o futuro do Iraque poderá passar pela sua divisão em três zonas distintas, com os curdos a norte, os xiitas a sul e os sunitas pelo meio) para subir mais uma vez o preço dos combustíveis (ou seja dos impostos) e ir à carteira dos indefesos portugueses.

 

(imagem – sott.net)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 09:37