Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

10
Nov 19

Comendo” Eletricidade!

(Microbes harvest electrons)

 

A partir de um estudo científico (publicado a 05.11.2019) oriundo da Universidade de St. Louis (cidade localizada no estado norte-americano do indina) e debruçando-se sobre bactérias (micro-organismos isolados ou organizados em colónias, podendo vir com ou sem ar e sendo dos organismos mais bem-sucedidos) – aparecendo evidências da sua existência em rochas andando pelos 3,8 biliões de anos (com a Terra a ter pouco mais de 4,5 biliões de anos) – a conclusão de que as mesmas sobrevivem “Comendo Eletricidade”:

 

191105133039_1_900x600.jpg

Bactéria

 

“New work reveals how one kind of bacteria 'eats' electricity

by pulling in electrons straight from an electrode source.”

(Washington University in St. Louis − November 5, 2019)

 

Não tendo boca como nós e assim por esse meio (instrumento, órgãos e aparelhos) não se podendo alimentar – transformar alimentos (através de reações químicas) para dele obter energia – e sabendo-se de antemão da necessidade das mesmas em obter tal recurso energético (tal como nas máquinas o combustível necessário, para o funcionamento dos seus corpos), tendo a mesma que recorrer (p/ poder sobreviver) a uma outra estratégia (e a um outro rumo): puxando eletrões e alimentando-se deles. Como? Simplesmente com a Bactéria ao alimentar-se de CO₂ e de “ENERGIA” produzindo recursos importantes (para si) como biocombustível.

 

[Artigo: sciencedaily.com/releases/2019/11/191105133039.htm]

 

(imagem: Kateryna Kon/Adobe Stock/sciencedaily.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:46

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


18
22

28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO