Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

23
Abr 20

Depois de 19 dias consecutivos com o número de vítimas mortais (VM) abaixo dos 37 (a 3 de abril) e de 4 dias consecutivos já na casa das duas dezenas, eis que no 41º dia de evolução da Pandemia Covid-19 o número de VM dispara (+12) atingindo as 35 (a 3ª maior subida até agora registada, tendo a 1ª sido registada ─ +18 VM ─ a 7 de abril e a 2ª ─ +15 VM ─  a 3 de abril). Com as VM a integrarem maioritariamente o grupo etário de indivíduos com 80 anos de idade ou mais ─ já 67% do total de óbitos ─ e sendo oriundos dos lares de idosos. Talvez mais um sinal (indicando o grupo etário mais atingido)  do que um aviso (por um possível relaxamento da população).

 

CV1.jpg

Vítimas mortais por dia em Portugal

(ao longo de 41 dias)

 

Relativamente às 7 regiões do país atingidas (continente e ilhas) e com a região do Algarve a manter as suas 11 vítimas mortais (VM), com a região do Norte a ser a mais martirizada (475, 58% das VM), seguida da do Centro (179, 22%) e da de Lisboa e Vale do Tejo (146, 18%) ─ e com a Madeira a ser a única região sem VM (0%). E com a região do Norte a liderar nas vítimas mortais aparentemente não só, por ser uma das zonas do país com maior densidade demográfica, por se encontrar pejada de cidades e com muitas povoações dispersas (pequena propriedade) e ainda por albergar muitos lares de idosos (legais e ilegais) distribuídos um pouco por todo o lado.

 

CV2.jpg

Vítimas mortais totais por região

(ao longo de 41 dias)

 

A nove (9) dias de distância do fim de mais esta extensão do estado de Emergência (2 de maio), data a partir do qual se tudo correr bem passaremos de uma 1ª fase de “Fechados Em Casa” para uma outra 2ª fase de “DESCONFINAMENTO” cauteloso e progressivo ─ tão necessário como o da 1ª fase cujo objetivo prioritário era o de “Salvar Vidas”, agora cumprida a mesma e numa 2ª fase, sendo o objetivo prioritário “Salvar a Economia” ─ até pelo calendário ainda a cumprir durante o qual ninguém poderá relaxar (em nenhum sentido, connosco e com os outros) teremos sempre que estar atentos e em vez de remediar prevenir se lá quisermos chegar (vivos).

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:48

Abril 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9



26


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO