Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

24
Abr 20

Coronavirus live news: US Covid-19 death toll passes 50,000

(theguardian.com)

 

3500.jpg

Brooklyn/Nova Iorque/EUA

 

Esta sexta-feira com os EUA a ultrapassarem as 50 mil vítimas mortais: mais rigorosamente 51.342 (pelas 19:34 TMG) com uma taxa de mortalidade (provisória) de 5,65%. Só Nova Iorque com 21.283 vítimas mortais (41,45% do total).

 

Globalmente com o número de infetados (a 24.04.2020 pelas 16:55 TMG) perto dos 2,8 milhões (0,037% da população mundial), o número de vítimas mortais a caminho dos 200 mil (6,98% da amostra) e o número de casos graves/críticos próximo dos 59 mil (2,10% da amostra) ─ mais de 770 mil recuperados (27,66% da amostra) ─ em Portugal a situação do surto de Covid-19 mantem-se muito semelhante à do dia anterior: em relação ao dia de ontem diminuindo o número de vítimas mortais (-1) e o número de casos graves/críticos (-16) ─ e registando-se ainda 20.715 casos ativos (neles incluídos os casos graves/críticos, estando em UCI).

 

CV1.jpg

 

Algo de semelhante passando-se na Região do Algarve com os seus 320 infetados (+4) e as suas 11 vítimas mortais (=): com uma taxa de mortalidade (provisória) de 3,44% (no global de Portugal 3,75%). E num olhar geral por Portugal (continente e ilhas) e suas regiões (aqui subdividas em 7) registando-se 491 óbitos a Norte (57,49%) ─ o centro desta Pandemia  ─ 183 no Centro (21,43%), 160 em Lisboa e Vale do Tejo (18,74%) e 20 nas restantes regiões (2,34%). Relativamente aos grupos etários atingidos e segundo números da DGS, não se registando nenhuma vítima mortal entre os 0/39 anos e com essas vítimas (mortais) a concentrarem-se em idades iguais ou superiores aos 70 anos:

 

VC2.jpg

 

Uma brutalidade traduzida nos 87,59% (entre 70/79 com 20,38% e com 80 ou mais 67,21%) ─ atacando os mais velhos e eliminando muitos dos nossos primeiros professores, os nossos (insubstituíveis) avós. Nesta 1ª fase (não se iludam, não se deixem levar) com a luta a ter de continuar, se ainda quisermos mesmo usufruir da tão falada (e desejada) 2ª fase: depois de sobrevivermos (1ª fase) dedicando-nos então ao Regresso â Vida (2ª fase). No dia 3 de Maio e dependendo de nós se verá ─ mas ainda com o Algarve em grande sobressalto (ou não se praticasse por cá, “uma monocultura Turística”), não só a nível da Saúde como a nível da Economia, pois “podendo-se não morrer de doença, mas podendo-se morrer de fome”.

 

(imagem: Mike Segar/Reuters/theguardian.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 20:25

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Abril 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9



26


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO