Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

28
Abr 20

Em Portugal das 948 Vítimas Mortais, 0% tendo entre 0/39 anos,

13% entre 40/69 anos e 87% 80 anos ou mais.

 

No 59º dia de registo (dados da DGS) da Pandemia do vírus SARS-CoV-2 (responsável pela doença Covid-19) e quando os responsáveis do nosso país se preparam para a não renovação do Estado de Emergência (pela meia-noite do próximo dia 2 de maio), atinge-se esta terça-feira (28 de abril) o número de vítimas mortais (VM) mais baixo (20 VM) desde o registado há 22 dias atrás: ocorrido no dia 6 de abril com 16 VM. Com o valor máximo registado ─ o Pico Máximo de VM ─  a ter ocorrido a 3 de abril e com a primeira evidência dessa tendência a poder ter sucedido a 23 de março.

 

CV1.jpg

 

A nível das sete regiões em que foi dividido o país (pela DGS) com o Norte a deter o maior número de VM com 546 (57,6%) ─ em Portugal o centro da Pandemia com mais de metade das VM seguido da região Centro com 194 (20,5%) e de Lisboa e Vale do Tejo com 185 (19,5%) ─ e com a Madeira a ser a única região a não ter declarado nenhum óbito (0%). Na região do Algarve assinalando-se 12 VM (1,3%). E com a taxa de mortalidade (provisória) em Portugal (continente e ilhas) de momento nos 3,9% ─ a nível Global nos 6,9%.

 

cv4.jpg

 

Numa análise Global abrangendo os cerca de 200 países e territórios do nosso planeta, com o Top 10 das vítimas mortais a incluir 6 países da Europa (60%), 2 da América (20%) e outros dois da Ásia (20%): no topo da tabela (Top 10) estando os EUA de DONALD TRUMP (mais de 57 mil mortes) ─ liderando no Hemisfério Norte ─ e na base o BRASIL de JAIR BOLSONARO (mais de 4,6 mil mortes) ─ liderando no Hemisfério Sul. E a nível dos 5 continentes liderando em cada um dele os EUA, a Itália, o Irão, a Argélia (437 VM) e a Austrália (84 VM).

 

CV3.jpg

 

E com o “bicho-corona” tendo já atravessado todo o Hemisfério Norte ─ responsável pela grande maioria do total de vítimas mortais ─ e entrado no Hemisfério Sul, parecendo à primeira vista o “bicho-corona” não se “dar tão bem” como no Norte, não tendo para já provocado as consequências catastróficas que muitos previam e temiam: apenas estando bem ativo no Brasil e tal não espantando infelizmente ninguém, ou o seu Presidente não fosse o “TRUMP SUL-AMERICANO” (uma réplica do original, com um molde do pior). Seguindo o esperado e quanto a Portugal iniciando-se uma 2ª fase, depois de “fechados em casa” (a 1ª) a fase de “Desconfinamento” (passando-se de Estado de Emergência ─ e para já ─ para Estado de Calamidade).

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:23

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Abril 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9



26


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO