Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Covid-19/Portugal ─ Quem Espera, Desespera.

Terça-feira, 19.01.21

Num novo dia de recordes (diários) em Portugal, com 10.455 novos infetados e mais 218 vítimas mortais (quase 6X mais que o máximo registado na 1ª Vaga): hoje (terça-feira, 19.01.2021) o 2ª país europeu em número de infetados e o 4º no número de vítimas mortais.”

 

Mas (para além do encerramento dos postigos) de que é que estão à espera para o (real, não virtual) Confinamento Geral?

 

1ª Vaga

Covid-19:

Governo decreta encerramento de escolas a partir de segunda-feira.

(regiao-sul.pt/12.03.2020)

 

sala-de-aula.jpg

 

"O governo vai decretar o encerramento de todas as escolas do país a partir de segunda-feira e até às férias da Páscoa, como medida de combate à propagação à pandemia de Covid-19, anunciou o primeiro-ministro. “Manda o princípio da prudência que se avance para a suspensão de todas as atividades letivas presenciais até ao período das férias da Páscoa”, revelou António Costa." (regiao-sul.pt/12.03.2020)

 

2ª/3ª Vaga

COVID-19:

Portugal com novo recorde de mortes em 24 horas. Mais 218 óbitos e 10.455 infetados

(sapo.pt/19.01.2021)

 

Screenshot_2021-01-19 Mais 218 óbitos e 10 455 in

 

"O relatório da situação epidemiológica, com dados atualizados até às 24h00 de ontem, indica que a região Norte é a que regista o maior número de mortes acumuladas relacionadas com o vírus SARS-CoV-2 com 3.811 óbitos (+51 do que ontem), seguida de Lisboa e Vale do Tejo (3.332 +88), Centro (1.495 +55) e Alentejo (431 +17). Pelo menos 127 (+5) mortes foram registadas no Algarve. Há 22 (=) mortes contabilizadas nos Açores. Na Madeira registam-se 28 óbitos (+2) associados à doença." (sapo.pt/19.01.2021)

 

Para encerrar uma das três principais vias de transmissão do vírus SARS CoV-2 (famílias/escolas, famílias/emprego e famílias/lares), conectando diretamente famílias/escolas (e todo o meio envolvente e respetivas vias) e contribuindo para o crescimento do contágio ─ não o fazendo podendo originar, a insustentabilidade a curto-prazo desta situação (pandémica).

 

(imagens: regiao-sul.pt e Patrícia de Melo Moreira/AFP/sapo.pt)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:15


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.