Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

31
Jul 14

E se eu um dia fosse à escola buscar o meu filho e saísse de lá com o seu cadáver: seria parvo ou terrorista?

 

“Estados Unidos atribuem disparos sobre escola da ONU ao exército israelita”

(mais de 1.400 mortos, 8.000 feridos, 250 crianças mortas e milhares de desalojados)

 

Tenham vergonha antes de se venderem (infelizmente nem sabendo bem a quem):

Todas As Crianças São Uma Parte De Nós!

 

Por vezes confesso que escrevo por revolta com o que fazem (aos outros minoritários como eu), especialmente quando se trata de jovens ou de crianças: não sou de esquerda nem de direita, nem percebo muito bem o que isso é.

 

O que eu sei é que nunca existirá justificação para mandar calar ninguém, apenas pelo facto de exercermos o nosso direito de opinião – até porque é só isso que faço, nunca insultando ou calando ninguém: nem mesmo com uma arma apontada à cabeça, quanto mais por filiação partidária (só sou filiado na minha família, grupo, conjunto e país).

 

Poderia ser como muitos outros ideólogos e oportunistas mais um fiel ao regime (anterior), mas apesar das vantagens que daí poderia tirar, nunca o apoiei e perdi (talvez como o dizem por parvoíce) – o que nunca lamentarei e renegarei, pelo bem e benefício dos outros.

 

Mas jamais me deixarei levar pelos novos iluminados do regime, só porque são ricos e porque controlam o sistema: se o quisesse seria alguém neste jardim, mas viveria à custa de quem diz mal de mim (o que não consigo suportar).

 

Só escrevo porque este é ainda um espelho de Pensamento e de Liberdade e lamento que quem não tendo mais nada que fazer, só sabe dizer mal de mim: eu que certamente poderia ser mais um amigo (mesmo que deficiente) do meu inimigo e certamente de mais alguém.

 

Lembro-me das promessas divulgadas durante a minha juventude e como portador (por respeito) da nossa memória e cultura, só posso chorar os meus antepassados: morreram e (como velhos) foram esquecidos.

 

Se não pensam como humanos pelo menos tenham vergonha de todo o mal que dizem.

 

(declaração de interesse: fui declarado parvo por delito de opinião, apenas porque não apoio ninguém – pelo facto sendo considerado esquerdista ou mesmo comunista – nem sou apologista de alguém – não apoiando nenhuma ideologia mediaticamente maioritária)

 

(imagem – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:28

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Julho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO