Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

22
Set 16

Tudo depende do dinheiro e da qualidade da arma!

 

Já alguma vez pensaram nos deveres que todos os cidadãos norte-americanos têm que respeitar e cumprir (particularmente os pobres e as minorias) se compararmos com os direitos que lhe são destinados e atribuídos?

 

1609200057-Dashcam-Footage-Shows-Police-Shooting-U

 

“US police have tasered and shot dead an unarmed black pastor as he stood with his hands raised above his head. Terence Crutcher, 40, a pastor from Tulsa, Oklahoma was killed by police officer Betty Shelby on Friday evening. Vision taken from a police helicopter shows Crutcher walking back to his vehicle and leaning on it with his hands on his head, when he is tasered by officer Tyler Turnbough and shot by Shelby before collapsing onto the road.” (9news.com.au)

 

A menos de dois meses das eleições presidenciais norte-americanas de 8 de Novembro em que aparentemente participam quatro candidatos – Clinton (Democratas), Trump (Republicanos), Johnson (Libertários) e Stein (Verdes) – e no momento em que um dos candidatos (CLINTON) persiste na sua violenta campanha contra o outro candidato verdadeiramente na corrida (TRUMP), a população negra dos EUA continua sistematicamente a ser abatida a tiro e a sangue frio pela intervenção inopinada (mas dirigida e comandada) das forças policiais: mesmo contando atualmente com um presidente colorido (nem se sabendo se é preto(por dentro ou se é branco/por fora) e a cumprir o seu segundo mandato (OBAMA), mas que face às perseguições sistemáticas que os negros têm vindo a suportar nos últimos anos e apesar de todas as declarações antirracistas por parte do seu partido (vejam-se ao ataques impiedosos da Democrata Clinton ao candidato Republicano Trump), no fundo nada diz e nada faz, conformando-se como todos os outros (indiferentes) com tudo o que antes lhe disseram e ensinaram – ser um fenómeno normal, recorrente e inevitável.

 

OKTUL108-919_2016_000000.jpg

 

“The videotaped death of Terence Crutcher, an unarmed black man who was killed by Tulsa police on Friday, offers a disturbing look into the distrust that has arisen between police and communities of color.” (philly.com)

 

Depois do genocídio dos índios norte-americanos e cumprindo uma velha tradição de eliminação faseada de todas as minorias ativas e como tal rebeldes (como o são todos os escravos) chega agora o Momento dos Negros (talvez decisivo ou talvez já ultrapassado pela presença de um negro na presidência) e a hora de se exprimirem: sabendo-se como esta minoria está cada vez mais isolada (em números absolutos já ultrapassados pelos hispânicos), desprotegida (mesmo das ações da polícia) e abandonada (regressando inexoravelmente e aos poucos aos tempos da escravatura). Ainda-por-cima num tempo eleitoral em que os Democratas se declaram antirracistas (defendendo os seus eleitores negros norte-americanos) – e tentando usar essa arma para derrotar os Republicanos – mas por outro lado (e em sentido contrário) fazendo uma pirueta e defendendo furiosamente os hispânicos (como os estrangeiros mexicanos): no final tratando a sua população negra como nunca tratou os terroristas (da Al-Qaeda e do Estado Islâmico) – matando os primeiros e prendendo os segundos. Num cenário de pura violência patrocinada pelo Estado.

 

shot-dead-protester-575x354.jpg

 

“Residents of Charlotte, North Carolina, woke to a state of emergency on Thursday with National Guard troops deployed on the streets after a second night of violent protests over the fatal police shooting of a black man. The latest trouble erupted after a peaceful rally earlier in the evening by protesters who reject the official account of how Keith Scott, 43, was gunned down by a black police officer in the parking lot of an apartment complex on Tuesday afternoon. Authorities say Scott was wielding a handgun and was shot after refusing commands to drop it. His family and a witness say he was holding a book, not a firearm, when he was killed.” (reuters.com)

 

Numa sociedade norte-americana onde a perceção da estratégia de supremacia e controlo a nível de territórios exteriores por parte das suas elites (Corporações e político a elas ligados como toxicodependentes), reflete na essência e no paradigma a sua miserável política interna: até com as estruturas e serviços básicos minimamente necessários para a sobrevivência de qualquer tipo de Sociedade e respetivo Estado (um Coletivo), a serem todas entregues à iniciativa privada tendo como único objetivo o lucro e a satisfação dos seus desejos particulares (individuais). E no entanto sem que nenhuma das suas elites de primeiro-plano ou marginais se dignem a alterar o rumo (trabalhando-o, transformando-o e adaptando-o à evolução), evitando o desastre final e a sua própria extinção (como sempre tem acontecido a poderes desproporcionados – os Impérios – definidos por extensão mas de nulo conteúdo e nula compreensão). Pelo que mais esta notícia sobre mais um negro abatido a tiro por simples questões de trânsito e em conflito com a polícia, ser cada vez mais banal (morrem pessoas todos os dias), cada vez mais cansativa (falam todos em crimes) e no fundo aceitável.

 

(imagens: sky25.ddns.net/thelakeandeswave.com/breakingnewsblast.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:40

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Setembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
15
17

23

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO