Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

22
Out 19

[Ainda longe do Ponto Zero.]

 

Como sempre e nestas

Democracias

não levando a lado nenhum,

continuando tudo na mesma,

meio-vivo, meio-morto”.

E como sempre aguardando.

 

Cumprindo-se o Indicado

(nas consultas direcionadas e obviamente condicionadas)

canada-elections.jpg

Canadá

Como sempre com a população a respeitar o "status quo" a ela imposto,

e as direções à mesma apontadas

– pelas unidirecionais e sucessivas sondagens –

para no final e cumprindo o seu dever

voltarem para casa e às suas naturais obrigações

(com muitos a não entenderem ser este período de decadência, já de mera sobrevivência)

 

Agora sem “Maioria Absoluta (atingida aos 170) restando “esperar para ver” o que fará o “tão contestado e criticado” líder do partido Liberal Justin Trudeau, tendo forçosamente que se aliar faltando saber com quem: mas para um ignorante na política partidária do Canadá e suas respetivas ideologias (não querendo saber de nada do seu passado, para não prejudicar desde já o seu futuro), à 1ª vista só existindo – para além de uma possível coligação nacional Liberal/Conservadora (atingindo uns amplos 278 lugares) – dois candidatos para uma possível coligação ou aliança: o Bloco Québécois (ficando com 189 lugares) ou  o New Democratic (ficando com 181 lugares). Apenas (um simples) cálculo matemático.

 

Eleições Federais do Canadá

2019

(resultados)

 

Partido

Líder

Lugares (2015)

Lugares (2019)

Variação

Liberal

Justin

Trudeau

177

157

-20

Conservative

Andrew

Scheer

95

121

+26

Bloc Québécois

Yves-F. Blanchet

10

32

+22

New Democratic

Jagmeet

Singh

39

24

-15

Green

Elizabeth

May

2

3

+1

People's

Maxime

Bernier

1

0

-1

(Outros)

 

-

(14)

(1)

-13

Total

 

-

338

338

0

(Maioria com 170 Lugares)

 

E como se constata facilmente (em jeito de conclusão, focando os aparentemente derrotados e os aparentemente vitoriosos) com o partido Liberal do Governo de Justin Trudeau a ser o maior derrotado (perdendo 20 lugares) − seguido do New Democratic de Jagmeet Singh (perdendo 15 lugares) – tendo do outro lado e como grandes vitoriosos (vitória relativa pois nem os Conservadores conseguiram igualar ou ultrapassar os Liberais)  os Conservadores de Andrew Scheer (ganhando 26 lugares) e o Bloc Québécois de Yves-François Blanchet (ganhando 22 lugares). Ficando 4 partidos e assistindo-se à estagnação de 2 − um deles e espantosamente (dada toda a campanha a nível Global em torno da Ecologia, da Proteção do Planeta, do Verde) sendo os Verdes: “Algo indo mal no Reino da Dinamarca”.

 

(imagem: CTV News/foreignbrief.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:59

Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9



27


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO