Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

25
Dez 17

Não era um UFO, não era o Pai Natal, era apenas Elon Musk

 

Três dias antes do Pai Natal entrar em cena (dia 25) alguém se intrometeu (dia 22) tentando ser protagonista (e ofuscando o papel do Pai, das renas e do Trenó) ‒ e no Céu surgindo o espetáculo que não o do Pai Natal.

 

DRsu9kAUIAAFtVu.jpg

 

No passado dia 22 de Dezembro de 2017 (sexta-feira, início do fim-de-semana natalício) a população da Califórnia (EUA) na altura atenta ao que se passava no Céu noturno do seu estado, pode de uma forma inesperada (ainda bem pela surpresa) usufruir de um espetáculo estranho (se não bizarro) e deveras fascinante (por nunca visto pela maioria), assistindo durante um certo intervalo de tempo (largos minutos) à evolução de um objeto brilhante projetado sobre a escuridão e apresentando (para seu espanto) uma forma, dimensão e textura desconhecida. E dado o elevado número de testemunhas observando o estranho fenómeno (como o referenciado por um residente da cidade do Lago Havasu no Arizona registado na imagem 1) com muitas delas a reportarem às autoridades (de imediato) o facto ocorrido.

 

MTUxNDEyMjgwMg==.jpg

 

Como não poderia deixar de ser (tudo o que vemos tem que ter uma explicação) com o fenómeno ocorrido e à falta de melhor sugestão (natural ou artificial) a ser inicialmente integrado nos Casos Inexplicáveis (até para dar mais suspense e assim convidar à investigação), surgindo desde logo a hipótese Extraterrestre (da existência de ET´S) e a possibilidade de estarmos na realidade a observar a movimentação de mais um possível UFO (ou OVNI). E com várias testemunhas deixando-nos as suas interpretações do que viram, sentiram e pensaram (um pouco por toda a Califórnia) ‒ no fundo e sem o saberem descrevendo um fenómeno com uma fácil explicação (e na realidade de Iniciativa de um ser vivo e inteligente): mas sendo de origem terrestre e tendo o Homem no comando.

 

aHR0cDovL3d3dy5zcGFjZS5jb20vaW1hZ2VzL2kvMDAwLzA3Mi

 

“Riding in car and noticed an object leaving contrails. Suddenly contrails widened and then a spiraling object shot out a white circular light. There were 2 bright lights in sky and one object aimed a bright light at the other bright object. Contrail became a huge white cloud formed and remained visible for a long time and didn't move for a while.”

(MUFON Case)

 

“Wife called me outside, I saw the tail end of bright white-lighted object moving quickly in a southern direction leaving a clouded trail that seemed to glow white. Sun was down and moon not very bright at time of sighting.”

(MUFON Case)

 

“I was in my home when family called and told me to go outside. It was extremely well lit. I thought it was a meteor, but it was too well lit and had a large tail. It had a slightly curved path with a smaller object launching off.”

(MUFON Case)

 

aHR0cDovL3d3dy5zcGFjZS5jb20vaW1hZ2VzL2kvMDAwLzA3Mi

 

Na realidade com os Californianos (de noite, sem aviso e logo sendo apanhados de surpresa) a observarem o lançamento de mais uma das naves espaciais de Elon Musk (a Space X) a partir da base da Força Aérea Norte-Americana instalada em Vandenberg e provavelmente dirigindo-se para a ISS (Estação Espacial Internacional) a uns 400Km de altitude (ou numa outra missão para a colocação de satélites). No início de mais um fim-de-semana neste caso sendo especial pois antecedendo a vinda do Pai Natal (com toda a gente a preparar-se para a passagem para 25 e para a chegada da prenda) ‒ numa época do ano convidando-nos a um regresso à nossa infância, à nossa ingenuidade e à magia de viver sem limites ou impossíveis ‒ aparecendo no Céu um objeto sem dúvida espetacular (que não a Estrela de Belém) mas despertando receio (medo) pela possível presença de algo estranho, aí circulando indevidamente (que não o Pai Natal).

 

aHR0cDovL3d3dy5zcGFjZS5jb20vaW1hZ2VzL2kvMDAwLzA3Mi

 

Em 22 de Dezembro (trinta minutos depois do pôr-do-sol) com um Falcon 9 lançado pela Space X da base de Vanderberg na Califórnia (localizada a norte da cidade de Los Angeles) e carregando dez satélites de comunicação (Iridium Next) para serem colocados em órbita da Terra, na sua trajetória de subida em direção ao seu objetivo deixando atrás de si um rasto de plumas luminosas (com um aspeto pelos vistos não muito usual) e como consequência desse fenómeno (atmosférico) fazendo alguns acreditar (dos observadores/testemunhas) de que poderiam estar presente de um facto verdadeiramente insólito ‒ ou então de mais um UFO. E no entanto sendo apenas mais uma missão (não do Pai Natal, das suas renas e do seu trenó), da nave espacial de Elon Musk (e como que um seu Postal de Natal).

 

 

(imagens: Mehmet Akcin‏ @mhmtkcn, Erica Kelly Martin, space.com, Hany Girgis, Instagram: never_unpacking e Jennifer Garrison)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 20:15

Dezembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
16

23

30



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO