Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

21
Jan 20

[Enquanto nos EUA se assiste desde a sua tomada de posse (em janeiro de 2017 do 45º Presidente dos EUA o republicano Donald Trump) ao espetáculo deplorável dos derrotados nas últimas Presidenciais (a candidata Democrata Hillary Clinton) não aceitarem já tão perto das próximas presidenciais (novembro de 2020) o resultado obtido há 4 anos − vitória surpreendente (por inesperada e ingerível pelos DEM) e legal de TRUMP (pelos REP) – mostrando mais uma vez para quem afirmando-se não cego ainda não queria ver o período de decadência em que há muito entrou os EUA (iniciado em dezembro de 1991 com o fim da URSS e confirmado dez anos depois em setembro de 2001 com o ataque às Torres Gémeas) anunciando o fim do seu IMPÉRIO (ocidental com o seu eixo centrado em Washington).]

 

3-chinas500met.jpg

 

Na China tal como o poderíamos afirmar para o seu poderoso aliado (oriental e estratégico) a Rússia, os seus objetivos e desígnios viram-se deliberadamente (nem que seja inicialmente seguindo apenas uma perspetiva económica e financeira, como forma de penetrar e conquistar novos mercados) e de uma forma inteligente (elogiando e oferecendo, não sancionando e ameaçando) para as questões concretas da nossa vida (resumindo-se cada vez mais ao nosso dia a dia de trabalho) e do desenvolvimento do nosso planeta (tentando prioritariamente evitar a sua destruição e a nossa extinção pelos Senhores da Guerra), como o será certamente o caso da Ciência e da Tecnologia e o da Conquista do Espaço (do Universo): progressivamente com o Eixo da Terra a deslocar-se de Washington para Pequim e com muitos observadores − não orientais mas ocidentais − a preverem ainda para este ano (de 2020) a revelação da cada vez mais próxima e potencial “Crise do Dólar”.

 

World's largest radio telescope starts formal operation

 

China put world's largest and most sensitive radio telescope into formal operation on Saturday. The Five-hundred-meter Aperture Spherical radio Telescope (FAST) will provide astronomers around the globe with a powerful tool to uncover the mysteries surrounding the genesis and evolutions of the universe.”

 

chinas500met.jpg

 

The Five-hundred-meter Aperture Spherical radio Telescope (FAST) is a single-dish telescope with a diameter of half a kilometer and a receiving area equivalent to about 30 football fields. It is located in a naturally deep and round karst depression in southwest China's Guizhou Province.

In over two years, FAST has identified 102 new pulsars, more than the total number of pulsars discovered by research teams in Europe and the United States during the same period.

Dubbed "China Sky Eye," FAST is about 2.5 times as sensitive as the second-largest telescope in the world and capable of receiving a maximum of 38 gigabytes of information per second.

 

138696973_15787413841511n.jpg

 

FAST has expanded four times the volume of the space range that radio telescopes can effectively explore, which means that scientists can discover more unknown stars, cosmic phenomena and laws of the universe, or even detect extraterrestrial life, said Li Kejia, a scientist at the Kavli Institute for Astronomy and Astrophysics at Peking University.

With a cost of nearly 1.2-billion-yuan (around 170 million U.S. dollars), FAST was completed in September 2016, over 20 years after it was proposed by Chinese astronomers.

Nearly 10 scientists from the United States, Britain and Pakistan have worked at FAST. More global collaborations are expected in areas such as gravitational wave detection and very-long-baseline interferometry (VLBI) following its formal operation.

 

[texto em Xinhua Headlines: xinhuanet.com/english/2020-01/11/c_138696973.htm]

 

(imagens: FAST e Xinhua/Ou Dongqu)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:51

Janeiro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
14
15

23

26
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO