Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

20
Jul 14

I

 

Projéctil de 155mm a caminho de Gaza

(lançado a partir de território israelita)

 

Sem falar no número de feridos (aos milhares) registados desde o início desta nova campanha de limpeza israelita na Faixa de Gaza, os mortos já estão neste preciso momento muito perto de ultrapassar as quatro centenas: com a população civil à cabeça deste assassinato indiscriminado e colectivo e incluindo agora em muito maior número velhos e crianças – dada a opção estratégica de Israel ao decidir bombardear habitações civis – o genocídio da população palestina e a terraplanagem do território de Gaza tornaram-se agora muito mais evidentes. Mais um passo para um futuro colonato.

 

A Morte a caminho das habitações civis da Faixa de Gaza

 

E apesar das intermináveis e sucessivas violações dos direitos internacionais – incluindo o desrespeito total pelas deliberações do conselho de segurança da UN – Israel lá continua com a sua repetida e eficaz estratégia de impor a morte e o terror como forma de dominar mais facilmente o seu inimigo e inferior: é que não é por acaso que os residentes na Faixa de Gaza vivem tal e qual como um qualquer animal irracional e doméstico vivendo numa quinta de produção animal, deixados aí a crescer até ao seu ciclo se completar e finalmente chegar o momento de o abater. Cercados por terra, mar e ar, como num moderno e renovado campo de concentração.

 

(imagem/parcial – AFP/Jack Guez)

 

II

 

Thousands Flee Major Battle In Gaza

GAZA CITY, Gaza Strip

(AP)

 

Escalating their ground offensive, Israeli troops backed by tanks and warplanes battled Hamas militants in a crowded neighborhood of Gaza City on Sunday. The fighting, including heavy Israeli tank fire, killed scores of Palestinians, forced thousands to flee their homes and left dozens of homes destroyed.

 

Correndo pela Vida face à selvajaria dos bombardeamentos israelitas

 

Palestinian health officials reported at least 50 dead in air and artillery strikes that echoed across the city for hours and sent panicked residents fleeing, many carrying small children and waving white flags. Gaza officials said 35,000 people fled their homes Sunday.

 

(texto/parcial: Karin Laub/Peter Enav/The Huffington Post – imagem: AFP/Mahmud Hams)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:59

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Julho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO