Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



God & Drones

Quarta-feira, 14.05.14

Não sei se o escritor George Orwell no seu magnífico e esclarecedor romance “1984”, alguma vez imaginou que o Grande Irmão pudesse ser mais ou menos colorido: mas que Obama com os seus drones tinha grandes possibilidades de assumir o seu papel numa versão paralela, ninguém o pode negar.

 

In God We Trust (antes), In Drones We Trust (depois)”

Why?

 

A preto-e-branco A Única Versão

 

That’s Why:

E Pluribus Unum (antes), E Unum Pluribus (depois)”

 

Ao olhar para Martim Luther King só me vem ao pensamento a imagem de um homem bom, que nunca se esqueceu de que os outros também tinham o direito a existir – mesmo que com ele poucos o fizessem ou sequer o apoiassem – lutando sempre e duma forma intransigente na defesa da universalidade dos direitos humanos, facto que lhe criou muitos inimigos na sociedade norte-americana de então, levando mais tarde ao seu assassinato. Martim Luther King era um sonhador, acreditava profundamente num Deus e certamente que contando com todos os seus irmãos, queria construir uma grande nação.

 

E agora a maior desilusão desde o fim da II Guerra Mundial para os povos de todas as nações do mundo: internamente ainda é suportado pelos estados norte-americanos que o elegeram, estando no entanto em queda permanente nas sondagens periodicamente aí realizadas – isto apesar do seu único acto decente e patriótico realizado no campo da assistência na saúde com o programa público Obamacare. Mas a crise de identidade da sociedade norte-americana, não definindo para si própria nem para o mundo o seu projecto de sociedade e o seu papel futuro no mundo e preocupando-se unicamente com o seu tempo presente e desprezando as consequências das suas acções no futuro (de todos, eles incluídos), apenas a tem afastado cada vez mais dos Novos Centros de Verdadeira Decisão Global (nunca na defunta ONU ou na suicidária UE) com a China a comandar – a nível económico ainda este ano – o cada vez mais amplo pelotão. E não serão as suas armas de marca – os Drones – que o salvarão do Inferno e os Estados Unidos da América do precipício.

 

(imagem – Web)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 02:29


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.