Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

30
Nov 17

[Albufeira/Silves 29 Novembro 2017]

 

Tal como ler, viajar é fazer uma visita simultaneamente ao passado, ao presente e ao futuro ‒ e desse modo ativando a nossa cultura e (sobretudo) a nossa memória, de uma forma bem saudável e suficiente para nos manter bem vivos (física e mentalmente): é que só os mortos não se mexem.

 

Digitalizar0003.jpg

Silves

 

Hoje de manhã na minha viagem até Silves (partindo de Albufeira) podendo-se confirmar a manutenção de céu limpo, sem chuva e com uma ligeira descida das temperaturas (com o período de seca extrema/severa a continuar em Portugal Continental): um dia bem agradável para um passeio ao interior do Algarve ou em alternativa para um longo passeio na praia (por exemplo em Albufeira).

 

Ao entrar em Silves vindo de Alcantarilha e tendo passado pelo Amendoeira Golf Resort (ainda me lembro da antiga estrada rodeada por uma Multidão de Laranjeiras e de outros citrinos) no início da descida para Silves (pela estrada da Colina dos Mouros) agora rodeada por terrenos cultivados, batendo de frente com um belo postal (de Silves) apresentando-nos em baixo a ponte (Romana) e o rio (Arade), logo a seguir toda a cidade (acompanhando o curso do rio e subindo pelo monte acima) e lá bem em cima a Sé Catedral com o Castelo de Silves logo ao lado ‒ como “uma Cereja no topo do Bolo”.

 

laranja.jpg

Laranjeiras de Silves

 

Num dia lindo, com o céu azul e o Sol presente ‒ com o ar claro e limpo e com os raios solares a temperarem o nosso corpo num dia típico deste Algarve Mediterrânico ‒ saindo vazio (de mãos a abanar) do Tribunal de Silves (presente o ofendido não comparecendo os autores do crime) sem saber bem o que fazer, mas já preparado para tal (desenlace) usufruindo ao máximo da viagem (de regresso) observando tudo em volta (sobretudo o campo e o Algoz) e nesse intervalo de tempo recordando o tempo passado (de há uns trinta anos para cá) e comparando-o com o espaço d’agora deslocando-se mesmo ao meu lado (do presente).

 

E pelas catorze horas finalmente prestes a ir almoçar, olhando pela janela o Sol lá fora a brilhar (com uma pequena corrente de ar): com a temperatura do ar a andar pelos 16⁰C apresentando-se o céu limpo com vento norte/moderado (temperatura água do mar = 20⁰C com ondulação de 0,5/1 metros), não se prevendo chuva (0%) e com as temperaturas a variarem entre os 7⁰C (mínima) /16⁰C (máxima).

 

7473.jpg

Albufeira

 

Sismologicamente falando e já depois do pequeno sismo (impercetível) de M0.8 a Sul de Albufeira (dia 29) ‒ nesse mesmo dia umas horas antes tendo-se registado outro sismo a SW de Monchique de M0.7 ‒ tendo ocorrido mais outros quatro sismos mas sempre de baixa intensidade: M1.1 NE de Loulé (dia 29), M1.1 S Lagoa (dia 30), M1.5 SW Faro (dia 30) e M0.9 NE Monchique (dia 30). Como se vê nada de significativo para a normal atividade sísmica registada nesta região do sul de Portugal (no entanto situando-se numa região próxima de importantes falhas tectónicas, sendo suscetível à ocorrência periódica de sismos mais intensos ‒ como por exemplo o de 1755) ‒ e no entanto sendo conveniente estar sempre bem atento (dado o nosso passado geológico).

 

Com as previsões meteorológicas para a cidade de Albufeira a apontarem para os próximos 7 dias (1 a 7 de Dezembro) a continuação do céu limpo (por vezes um pouquinho encoberto), sem chuva (previsão de 0%) e com vento fraco a moderado sobretudo de N; com as temperaturas a manterem-se estáveis prevendo-se mínimas dos 4⁰C/7⁰C e máximas dos 14⁰C/17⁰C. E prevendo-se que quando muito possa chover a 8/9 (14% a 21%) ‒ e sabendo-se que a Norte o cenário ainda é pior ‒ com a seca a continuar (a acelerar) e a passar de EXTREMA a SEGURA (cobrindo quase todo o continente): um caso que dá para pensar depois dos fogos deste ano (com mais de uma centena de mortos) e do contínuo avanço do deserto a caminho da Península Ibérica (saltando sobre o Mediterrâneo).

 

(imagens: jf-silves.pt/cm-silves.pt/algarv-e-ventos.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:09

Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

13
16

20
22

26


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO